Como Fazer Pesto

O que fazer com todo esse manjericão no fim do verão? Pesto caseiro é versátil e simples, entretanto tem um gosto sofisticado e vai dar um toque especial a vários dos seus pratos prediletos! "Pesto" literalmente significa bater ou esmagar, uma referência à maneira original como o pesto era preparado. Este artigo vai te ensinar como fazer o clássico pesto genovês e outras variações.

Pesto Genovês

  1. Espalhe os pinolis numa assadeira e torre até ficarem dourados. Coloque os pinolis embaixo de uma grelha para gratinar até ficarem dourados ou simplesmente asse no forno a 200 C por 5-10 minutos, checando sempre.
    • Outra alternativa é torrar os pinolis numa frigideira em fogo médio-baixo no fogão. Mexa sempre.
    • Pinolis queimam facilmente o que faz com que seja meio complicado trabalhar com eles. Quando estiver torrando os pinolis, preste muita atenção e os mexa frequentemente. É uma questão de segundos a diferença entre pinolis torrados com perfeição e queimados
  2. Pique o alho, queijo e pinolis (opcional). Se você picá-los antes de colocá-los no processador alimentos, isso irá deixar o pesto final mais fino.
  3. Acrescente os ingredientes picados e o manjericão no processador. Adicione o azeite através do bocal do processador, gradualmente, enquanto a comida está sendo processada.
    • Se você não tem um processador de alimentos, você pode usar um liquidificador (o pesto vai ficar mais fino e menos granuloso se você usar o processador).
  4. Adicione sal e pimenta a gosto. Pulse mais uma ou duas vezes o processador.
  5. Sirva.

Variações

  1. Faça "pistou". Pistou é uma variação francesa (de Provença) do pesto feito de maneira similar, exceto sem os pinolis. Ele consiste de manjericão, alho, azeite e às vezes queijo. Pistou é normalmente usado em sopas de legumes.
  2. Acrescente folhas de hortelã e amêndoas. Ao "pesto genovês" original, acrescente umas folhas de hortelã e troque os pinolis por amêndoas que podem ou não ser torradas.
  3. Faça pesto alla siciliana ou pesto vermelho. Ele é parecido com o pesto tradicional, mas leva tomate, muito menos manjericão e os pinolis são trocados por amêndoas.
  4. Faça pesto alla calabrese. Este pesto incorpora pimentão vermelho grelhado, pimenta do reino e, às vezes, berinjela e ricota junto com o manjericão e tomates. Ele tem um sabor claramente apimentado.
  5. Faça pesto trocando o manjericão por tomate seco. Para um pesto mais rico e adocicado, misture o tomate seco com os pinolis, alho e azeite.
  6. Substitua o manjericão por outras ervas frescas. Apesar do manjericão ser o ingrediente tradicional do pesto italiano - e quase religiosamente usado em receitas italianas autenticas - você pode fazer experimentos com as ervas frescas que colocar no processador. Tente substituir o manjericão por:
    • Rúcula. O pesto fica com um sabor bem forte.
    • Coentro. Faz um pesto leve, fresco e com um sabor suave.
    • Alho de Urso ou Alho Selvagem. Uma variação alemã do pesto.
    • Salsinha. O pesto fica leve e suave.
  7. Troque os pinolis por outros tipos de castanhas. Como os pinolis são caros, muitas pessoas substituem por outros tipos de castanhas. Alguns desses substitutos são:
    • Nozes.
    • Castanha de caju.
    • Pinhões chineses.
    • Amêndoas.
  8. Terminado.

Ingredientes

  • 3 xícaras cheias de manjericão fresco
  • 1/4 de xícara de pinolis (pinhão)
  • 1/2 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • 1/2 xícara de queijo italiano (parmesão, romano, etc.)
  • 2 dentes de alho (dependendo do seu gosto)
  • sal e pimenta a gosto

Dicas

  • Quando for torrar os pinolis, fique sempre de olho porque em segundos eles vão de perfeitamente torrados a queimados. Você sabe que eles estão prontos quando sente o aroma e quando eles estão ligeiramente dourados.
  • Tente usar alho assado, ao invés de cru, para um sabor mais adocicado e suave. Para assar uma cabeça de alho, aqueça o forno a 175 C e corte o topo de uma cabeça inteira de alho para que a parte de cima dos dentes fique exposta. Coloque a cabeça de alho numa folha de papel alumínio, regue a cabeça com azeite, embrulhe no papel alumínio e asse no forno por 30 a 45 minutos. Você saberá que está pronto quando puder sentir o cheiro do alho na casa toda e quando os dentes estiverem macios. Apertando gentilmente, eles sairão da casca.
  • Receitas de pesto são normalmente guias... e devem ser adaptadas ao seu gosto. Tente colocar mais ou menos azeite, alho ou queijo. Também tente variar os pinolis usando, por exemplo, nozes.
  • Pesto pode ser colocado no freezer e descongelado para ser usado mais tarde. Lembre-se de congelá-lo num recipiente vedado. Ele irá durar meses. Para congelar porções individuais, tente usar uma forma de cubos de gelo. Um "cubo de pesto" pode ser jogado numa tigela de macarrão quente.
  • Sirva pesto como uma pastinha acompanhado de pão fresco, torradas, gressinos, na pizza, no macarrão, em pratos de frango ou adicione algumas colheres cheias ao molho caseiro para a salada. Deixe a sua imaginação correr solta!
  • Nozes torradas podem substituir os pinolis. Elas são bem mais baratas e, quando torradas, têm um sabor forte e agradável, parecido com o dos pinolis. Quase todos os tipos de castanhas podem ser usados - seja criativo e teste coisas novas!
  • Pesto pode ser feito com uma série de ervas. Tente rúcula ou coentro.
  • Acrescente salsinha fresca ao manjericão para deixar o seu pesto com uma cor verde mais viva e saudável.

Materiais Necessários

  • Processador de alimentos
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.