Como Combater a Pobreza Mundial

A pobreza mundial é talvez o maior problema no mundo hoje. Atualmente, 24.000 crianças morrem por dia em todo o mundo devido a causas relacionadas à pobreza. O montante anual necessário para erradicar a fome no mundo é de $30 bilhões de dólares, enquanto o orçamento do Exército dos EUA é de 530 bilhões de dólares por ano. Os benefícios da erradicação da pobreza ultrapassam os esforços humanitários e podem até ajudar nos interesses econômicos e estratégicos de um país. Atuando tanto em nível local como global, você pode contribuir para a erradicação da pobreza.

Atuando em Nível Mundial

  1. Informe-se. Converse com várias organizações e aprenda para onde a maior parte de seu dinheiro vai. Saiba como a economia da pobreza funciona e como o comércio entre os países contribui para a redução ou para o aumento da pobreza.
    • Você vai precisar aprender como o seu próprio governo lida com o fornecimento de ajuda, para onde esse dinheiro vai e como ele é usado. Muitas vezes, os países ricos que fornecem "ajuda", na verdade, limitam o acesso ao mercado dos países atingidos pela pobreza e estipulam condições aos pacotes de ajuda. Assim, os países que recebem a ajuda devem utilizar os bens e serviços dos países doadores a um preço exacerbado.
    • Aprender como funcionam a ajuda e a economia da pobreza, irá ajudá-lo(a) a determinar as organizações que são dignas de seu apoio.
    • Às vezes, é mais eficaz mostrar o seu apoio a um projeto de lei específico, como a Lei de Segurança Alimentar Global nos EUA. Confira a página da Legislação em borgenproject.org para ver quais os projetos de lei de combate à pobreza estão chegando atualmente à Câmara dos Representantes e ao Senado.
  2. Apoie uma organização anti-pobreza. Há uma enorme quantidade de organizações, sem fins lucrativos e não governamentais, que buscam erradicar a pobreza. As melhores organizações tendem a ser aquelas que apoiam o desenvolvimento econômico e a autossuficiência do país em desenvolvimento, em vez de simplesmente despejar dinheiro e produtos supervalorizados, que serão de pouca ajuda.
    • Dê o dinheiro diretamente para aqueles que necessitam. Grupos como o Give Directly or Kiva ajudam você a dar o dinheiro diretamente para aqueles que mais precisam em lugares como Quênia e Uganda. O programa permitiu que pessoas, que de outra forma não teriam meios, comprassem uma motocicleta para usar como um táxi ou um moinho para entrar no ramo da moagem de milho. A ideia é que o dinheiro chegue àqueles que necessitam sem passar pelas mãos das instituições de caridade, que podem ou não estarem realmente fornecendo ajuda e dando oportunidades.
    • Uma organização como a Mercy Corps se concentra em fornecer medidas de emergência para países em estado de turbulência. Estes países estão prontos para desafiar o status quo e construir uma forma de resistência a futuras turbulências. As medidas de emergência são importantes para minimizar os desastres das emergências, como ocorreu, por exemplo, nos EUA com o furacão Katrina, nas Filipinas e no Japão com os terremotos.
    • A capacitação das mulheres é extremamente importante na erradicação da pobreza. Ela deve acontecer por meio da educação e do acesso à reprodução independente. As mulheres educadas tendem a ter menos filhos, menos partos prematuros e menos gravidezes indesejadas. Como as mulheres são frequentemente as primeiras professoras das crianças, elas podem transmitir a sua educação e formar uma base para a educação das crianças em suas comunidades.
    • Capacitar as comunidades locais, em vez de simplesmente fornecer comida ou roupas, ajuda essas comunidades a crescerem e se tornarem autossuficientes, o que, por sua vez, reduz a pobreza na comunidade. Capacitar o pessoal local significa dar acesso à educação, à saúde e a mais oportunidades.
  3. Seja um(a) voluntário(a). Existem diversas maneiras de se voluntariar em escala global. Você pode doar seu dinheiro ou seu tempo para organizações que estão ajudando a combater a pobreza global. Ao se voluntariar, você não apenas apoia causas nobres, mas realmente luta por elas.
    • Mantenha uma arrecadação de fundos para uma organização de sua escolha. A arrecadação de fundos vai ajudar tanto a levantar dinheiro como a aumentar a conscientização, o que pode ser uma boa maneira de ajudar.
    • Se você estiver interessado em patrocinar uma criança para dar-lhe educação e alimento, então a worldvision.org pode ser sua melhor opção. Outras instituições de caridade conhecidas são a Heifer International (que ajuda a doar uma cabra, uma vaca ou outros animais para uma família necessitada), Doctors Without Borders (que presta serviços médicos gratuitos onde eles são necessários) e a SOS Children's Villages (que ajuda a encontrar famílias para crianças órfãs e dá apoio aos aidéticos).
    • Na verdade, você pode trabalhar tanto no exterior como em sua própria comunidade para reduzir a pobreza. Contate a organização de sua escolha e veja quais oportunidades eles oferecem para quem quer ajudar a reduzir a pobreza.

Atuando em Nível Local

  1. Localize as áreas necessitadas de sua comunidade. Você pode conseguir essa informação entrando em contato com o departamento de serviço social local ou com as instituições religiosas/de caridade. Descubra o que você pode fazer para ajudar a sua comunidade e o que é necessário.
    • Dê apoio aos abrigos locais. Doe o seu dinheiro/tempo para os abrigos locais para garantir que eles sobrevivam. Muitos abrigos foram retirados das áreas da cidade, onde são mais necessários, porque eles têm "má aparência".
    • Seja um voluntariado nos abrigos locais e no sopão. Isto lhe dará a oportunidade de conhecer as pessoas que os utilizam, dando, assim, um rosto e uma voz à pobreza. Além disso, discuta com eles o que eles precisam.
  2. Apoie leis e projetos de leis que ajudam a reduzir a pobreza. Preste atenção às leis e aos projetos de leis a serem promulgados em sua região, ou no seu país. Proteste contra as leis que procuram punir os pobres simplesmente por serem pobres.
    • Lute por um salário mínimo digno e pelas leis básicas de proteção trabalhista para os trabalhadores, para que essas pessoas possam viver apenas de seus salários, em vez de serem forçadas a ter dois ou três empregos de salário mínimo que mal alimentam suas famílias.
    • Entre em contato um senador ou deputado por telefone ou e-mail e diga que você quer o aumento da verba para medidas anti-pobreza (há uma página do wikiHow para saber como entrar em contato com senadores e deputados. Você pode encontrar seus números de telefone e endereços no site do Senado em: www.senado.gov.br/senadores e no site da Câmara do Deputados em: www2.camara.leg.br/deputados/pesquisa ). Um telefonema só vai durar 15 segundos e ninguém vai fazer perguntas. Os líderes eleitos querem dar o que as pessoas em seu círculo eleitoral querem, por isso, se mais pessoas ligarem querendo mais verba para as medidas anti-pobreza, então, os congressistas vão aprovar leis a esse respeito.
  3. Faça doações. As doações, especialmente em dinheiro, para certas organizações locais vão fazer uma enorme diferença no combate à pobreza em sua comunidade. A maioria das organizações que trabalham para reduzir a pobreza têm orçamentos apertados e pouco financiamento, e elas precisam de toda a ajuda que puderem obter dos membros da comunidade.
    • Dedique seu tempo para instituições de caridade. Ajude na distribuição de sopa ou de cestas básicas, principalmente durante as férias.
    • Doe brinquedos e roupas para uma instituição de caridade. Certifique-se de que as roupas e os brinquedos estejam em boas condições e não estejam manchados ou danificados.
    • Doe alimentos. Bancos de alimentos precisam de alimentos nutritivos e não perecíveis, como carnes, grãos, frutas e legumes enlatados. Doe também temperos fechados. Temperos são muito caros para pessoas que estão desabrigadas ou passando por necessidades, mas eles podem fazer toda a diferença em uma refeição mais saborosa.

Dicas

  • Não trate as pessoas que estão passando necessidades como se eles fossem inferiores às pessoas em melhores condições. Há uma variedade de razões que levam as pessoas à pobreza, ser "ignorante" ou "preguiçoso" é raramente, se é que já foi, o motivo real.

Avisos

  • Cuidado com as instituições de caridade para as quais você pretende fazer doações. Muitas vezes, as grandes instituições de caridade gastam uma grande parte do orçamento com publicidade para encontrar futuros doadores. Enquanto uma parte do seu dinheiro é destinada a ajudar as pessoas nas ruas, uma boa parte vai ser usada para financiar os salários das pessoas que trabalham na organização e para a sua própria publicidade. Isso é verdade, mesmo para as organizações sem fins lucrativos.
  • Esteja ciente de onde você quer se voluntariar. Há organizações à procura de pessoas para serem voluntárias mesmo em lugares como a Somália, que não é seguro para a maioria das pessoas. Se você estiver viajando sozinho(a), especialmente se você for do sexo feminino, tome muito cuidado se a área onde você pretende trabalhar é segura.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.