Como Escrever uma Equação Química

As equações químicas são bem diferentes das equações matemáticas. As equações matemáticas servem para igualar dois números ou expressões por meio do sinal de igual. Outro detalhe importante desse tipo de equação é que as parcelas à esquerda e à direita do sinal podem ser trocadas uma com a outra sem alterar o resultado. Já as equações químicas servem para representar a mistura de átomos e moléculas produzindo uma reação química. Nesse tipo de equação, a seta é usada para indicar a direção em que as substâncias iniciais se combinam para criar novas substâncias. Numa equação química, as substâncias introduzidas na reação, chamadas de reagentes, devem sempre ficar à esquerda da seta, enquanto as substâncias resultantes da reação, chamadas de produtos, devem estar à direita.

Escreva uma Equação Química

  1. Entenda os símbolos dos elementos químicos. Os elementos são as peças fundamentais da Química. Numa tabela periódica estarão listados todos os elementos químicos conhecidos e as características dos seus átomos (você pode encontrar uma tabela na maior parte dos livros-texto de Química). Repare que o símbolo de um elemento é representado ou por uma letra maiúscula ou uma letra maiúscula seguida de uma minúscula; por exemplo, C é o símbolo do elemento carbono e He é o símbolo do elemento hélio.
  2. Entenda que alguns elementos são instáveis e precisam se ligar a outro átomo do mesmo elemento. O par resultante desse ligação é chamado diatômico. Um átomo de oxigênio, por exemplo, é instável. O ar atmosférico contém o par diatômico O2, que por sua vez é estável.
  3. Entenda que átomos podem se combinar para formar moléculas. Uma molécula é representada como uma sequência de símbolos de elementos químicos, onde cada um deles é seguido por um número subscrito que representa o número de átomos existentes na molécula daquele determinado elemento; por exemplo, a molécula de metano é composta de 1 átomo de carbono e 4 átomos de hidrogênio, portanto, sua molécula deve ser representado como CH4.
  4. Determine o tipo de reação que será descrita. Reunir alguns átomos e elementos na forma de uma equação química não quer dizer que eles irão reagir. Para que uma reação ocorra, é preciso que os reagentes sejam movidos pelo princípio da entropia. A entropia é a tendência das substâncias da natureza buscarem por um estado menos energético. Se as substâncias envolvidas forem capazes de se reorganizar em átomos ou moléculas de menor nível energético, então a entropia desencadeará uma reação química.
  5. Escreva os reagentes da equação. Escreva os reagentes do lado esquerdo da seta que indica a reação; por exemplo, para que o ferro sofra oxidação e se transforme em óxido férrico são necessários o metal ferro e o oxigênio gasoso, portanto os reagentes dessa reação seriam Fe e O2.
  6. Escreva os produtos da equação. Escreva os produtos do lado esquerdo da seta; por exemplo, o produto da óxido-redução do ferro é o óxido férrico, portanto, a equação química completa seria Fe + O2 --> Fe2O3.
  7. Faça o balanceamento da equação. Os átomos não podem ser destruídos nem criados do nada. A quantidade de átomos de cada elemento no lado dos reagentes deve ser igual à quantidade no lado dos produtos. A equação química Fe + O2 --> Fe2O3 que representa a oxidação do ferro não está correta; observe que a reação começa com um átomo de ferro e dois átomos de oxigênio, mas nos produtos temos dois átomos de ferro e três átomos de oxigênio. Para corrigir isso, é necessário ajustar as proporções da equação. Depois de alguns cálculos, chegamos à equação balanceada 4Fe + 3O2 --> 2Fe2O3; dessa vez, temos quatro átomos de ferro e seis átomos de oxigênio no lado dos reagentes e quatro átomos de ferro e seis átomos de oxigênio no lado dos produtos.

Materiais Necessários

  • Tabela periódica dos elementos.
  • Lápis.
  • Papel.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.