Como Beber Responsavelmente

Se você gosta de bebidas alcoólicas, é importante saber como beber com responsabilidade e ficar dentro do seu nível de tolerância ao álcool. Se você não fizer isso, você pode machucar seus amigos e familiares e colocar-se em grave perigo. Se você quer saber como beber responsavelmente, quando estiver em um bar, em uma festa, ou em qualquer outro lugar onde as pessoas estiverem bebendo, então você tem que fazer um plano, conhecer os seus limites, e saber como identificar e evitar situações perigosas. Para saber como lidar com bebidas alcoólicas em vez de deixar o álcool tomar controle sobre você, basta seguir os passos apresentados neste artigo.

Crie um plano

  1. Beba com um grupo de amigos. Se você quiser beber responsavelmente, então a primeira coisa a fazer é evitar beber sozinho(a), ou beber com pessoas que você não conhece bem ou que não confie totalmente. Se você estiver sozinho(a) e não tem alguém que fique de olho em você, é possível entrar em todos os tipos de problemas, sem que ninguém perceba que algo está errado. Se você está indo para uma festa ou para um bar, certifique-se sempre de beber com um grupo de pessoas que você gosta e confia.
    • Não beba em companhia de pessoas que incentivam excesso de bebida ou olham com desdenho para quem não bebe, ou não bebe muito. Você deve sentir-se confortável mantendo o seu próprio ritmo.
    • Não saia com pessoas que têm a reputação de desaparecer com alguém que elas encontram em um bar ou simplesmente de desaparecer no meio da noite. Certifique-se de sair com pessoas em quem você possa confiar.
  2. Crie um “sistema do amigo" com pelo menos um de seus amigos. Quando você sair com amigos, pelo menos um deles deve ser uma pessoa que conhece o seu próprio limite, ou que não beba muito, e esteja disposto a “tomar conta” de você e dizer-lhe quando parece que você teve o suficiente. Às vezes, você pode estar bebendo muito acima do seu limite sendo teimoso(a) demais para admitir isso, e esse amigo pode avisá-lo(a) quando é hora de mudar para água.
    • Esse amigo pode dizer quando você já bebeu o suficiente, impedi-lo(a) de dirigir, e estar preparado para levá-lo(a) para casa, se você estiver tendo uma noite difícil.
    • Não abuse do "sistema de amigo” - se você é sempre a pessoa que bebe, ninguém vai querer sair com você. Você deve ser capaz de ser a pessoa sóbria, e retornar o favor ao sair com amigos.
  3. Conheça os seus limites. Antes de tudo, conheça a si mesmo(a) e seus próprios limites. Não demora muito para saber a quantidade de álcool que você pode tolerar, e cada organismo é único em sua capacidade de tolerar o álcool. Ouça o seu corpo e responda de uma forma que o beneficie ao invés de prejudicá-lo. A primeira vez que você bebe, você deve beber com amigos no conforto da sua própria casa ou da casa de um dos amigos, para que você não corra o risco de deixar levar-se pela galera de um bar. Isso lhe ajudará a ter uma noção do quanto você pode e não pode aguentar.
    • Você pode definir concretamente os seus limites. Seus limites podem ser "quatro copos de vinho em seis horas", "quatro cervejas por noite", ou "dois drinques por noite" (dependendo do que esteja bebendo). Diga a si mesmo(a) quais são seus limites antes de sair para que você esteja mais propenso(a) a se ater a eles durante toda a noite.
    • Se for a primeira vez que você sai para beber, é importante adotar um ritmo constante e lento, para que você venha a conhecer a sua tolerância ao álcool.
  4. Saiba como voltar para casa. Ao sair com amigos, você deve saber com antecedência exatamente como você voltará para casa. Existem algumas opções; a mais fácil é, antes de sair, designar alguém para dirigir, assim você terá uma pessoa que ficará somente no refrigerante, e levá-lo(a) para casa em segurança. Você também pode voltar para casa de ônibus ou de outras formas de transporte público ou simplesmente chamar um táxi ou a ir a pé, se você não morar muito longe. Qualquer um desses métodos irá servir.
    • O que você não deve fazer é dirigir até o bar na esperança de que um de seus amigos o(a) leve para casa, ou pegar carona com alguém que você sabe que vai beber, contando com a chance que outra pessoa dirija o carro mais tarde.
    • Se você não dirige ou não tem um carro, independentemente da circunstância, nunca entre em um carro dirigido por outra pessoa que bebeu demais.
    • Nunca entre em um carro com um estranho se você estiver embriagado(a). O álcool afeta os seus sentidos e senso de julgamento. Peça o número do telefone dessa pessoa e espere até que você esteja sóbrio(a) antes de decidir o que fazer.
    • Ainda que você esteja desesperado(a) para chegar em casa, é melhor pagar um táxi ou chamar um amigo de confiança para buscá-lo(a) do que entrar no carro com alguém que está bêbado ou com um estranho só porque é mais conveniente.
    • Nunca dirija bêbado(a). Não dirija mesmo se tiver bebido apenas um drinque. Uma única bebida já é o suficiente para fazer o bafômetro “apitar”. Mesmo se você acha que "se sente bem", o teste do bafômetro pode indicar o contrário.
  5. Consuma bebidas alcoólicas somente se você for maior de idade. No Brasil, a idade mínima legal para compra e consumo de álcool é 18 anos; se você estiver em outras partes do mundo, a idade pode variar entre 16-21 anos . Não saia com uma identidade falsa se você tem menos de 18 anos, a menos que esteja preparado(a) para lidar com as repercussões legais. Se você está quebrando a lei, você não está sendo responsável.
  6. Não beba se você não está em um estado de espírito positivo. O álcool é um agente depressor, então se você já está se sentindo irritado, chateado, ou apenas instável, é bem provável que tudo isso piore. Embora você possa pensar que o consumo de bebida alcoólica irá fazê-lo(a) se sentir bem e esquecer todos os seus problemas, isto realmente agravará a situação. Você pode sentir uma euforia inicial e alívio, após a primeira ou segunda bebida, mas ficará “embebido(a)” em um estado de espírito muito pior do que estava antes de beber.
    • Faça uma regra de só beber quando sentir-se feliz, e não quando quer lidar com a sua tristeza.
    • Nunca use a bebida como uma forma de lidar com seus problemas. Você precisa estar sóbrio(a) para fazer isso.
    • Não saia para beber com alguém com quem você está zangado(a). O álcool fará a sua raiva aflorar, e será muito melhor se você resolver seus conflitos quando estiver com a mente lúcida.
  7. Não beba com o estômago vazio. Você sentirá os efeitos muito mais rápido se beber com o estômago vazio e aumentará a possibilidade de se sentir doente. Qualquer alimento é melhor do que nada, mas você deve tentar comer uma refeição mais saudável, rica em carboidratos e proteínas que pode ajudar a absorver o álcool, em vez de comer apenas alguma fruta ou uma salada. Fazer uma refeição antes de sair fará com que você fique bem menos propenso(a) a beber mais do que o seu limite.
    • Se você chegar a um bar e perceber que não comeu nada nas últimas horas, peça algo para comer e faça uma refeição rápida antes de começar a bebericar. Não se preocupe se isso é um pouco inconveniente - irá valer a pena.
  8. Verifique com seu médico se você pode misturar quaisquer eventuais medicamentos com álcool. Se você estiver tomando medicamento sob prescrição, consulte o seu médico para ter certeza de que você pode beber álcool no mesmo dia em que você tomou o remédio. Isso varia de acordo com a medicação, por isso, antes de começar a consumir bebidas alcoólicas certifique-se de saber se o remédio receitado terá quaisquer efeitos negativos se misturados com álcool.
  9. Não beba se você não dormiu o suficiente. Se você dormiu apenas duas ou três horas, será muito melhor ir para a cama do que para um bar. O álcool vai afetá-lo(a) muito mais intensamente, se você já está se sentindo tonto(a), cansado(a), e sem o controle de sua própria mente e corpo, por estar exausto(a).
    • Você pode ter ficado estudando para uma prova na noite anterior e pode estar morrendo de vontade de sair para comemorar o final das provas com seus amigos, porém, é melhor adiar por mais uma noite, até você se sentir bem descansado(a).
    • Não pense que ter uma super dose de cafeína bebendo três xícaras de café forte ou beber uma bebida energética melhorará a situação. Na verdade, a mistura de muita cafeína e álcool lhe fará se sentir ainda pior e mais propenso(a) a “desabar”.

Controle o que você bebe

  1. Mantenha-se hidratado(a). O álcool desidrata e drena vitaminas e minerais do seu corpo. Beba água, refrigerante ou água com vitaminas para restaurar as vitaminas perdidas.
    • Beber uma proporção de 1 bebida não alcoólica para 1 bebida alcoólica é uma boa regra – isto é, um copo de água para cada dose de álcool. É sempre melhor, contudo, ter uma proporção maior de não-álcool para álcool.
  2. Saiba o que você está bebendo. Embora seja bom tentar algo pela primeira vez, como um coquetel novo ou uma cerveja que você nunca experimentou antes, esteja ciente do teor alcoólico antes consumir mais do que um copo. Nem sempre pode ser possível detectar a força do álcool na sua bebida devido à adição de adoçantes, leite, creme ou outros ingredientes. Além disso, sua própria reação pessoal a uma bebida desconhecida pode ser um estado de embriaguez mais rápido do que o provocado pelas bebidas habituais.
    • Alguns ingredientes em bebidas mistas podem elevar a taxa de álcool no sangue (TAS) mais rapidamente do que outras, dependendo do seu peso. Alta tolerância ao álcool, como muitos acreditam, não vai resultar em uma TAS mais baixa em comparação com uma pessoa que tem baixa tolerância.
    • É verdade que cervejas são uma escolha mais segura do que uma bebida misturada, mas você deve saber o teor alcoólico da cerveja que está bebendo. Embora muitas tenham um teor alcoólico de 4-5%, algumas cervejas podem ter um teor alcoólico de 8-9% ou mais, o que pode fazer uma grande diferença.
  3. Não beba mais do que uma dose por hora. Se você quiser beber com responsabilidade, então você não deve ter mais do que uma bebida por hora. "Uma bebida" significa 350 ml de cerveja, 150 ml de vinho, ou 45 ml de álcool 40% por hora. Pode ser difícil se ater a este limite quando seus amigos estão bebendo muito mais, mas esta é a maneira de ficar seguro. Saborear uma cerveja ou bebericar um copo de vinho vai demorar mais tempo do que tomar uma dose de bebida forte, e é melhor porque o álcool não vai lhe atingir de uma só vez.
    • Muitas vezes as pessoas têm mais do que uma bebida por hora só porque eles não têm nada para fazer com suas mãos e começam a remexer-se ou sentirem-se nervosas quando não estão segurando um copo. Se este for o seu caso, basta segurar um copo de água ou um refrigerante entre bebidas para ter sempre algo para ocupar suas mãos.
  4. Mantenha um ritmo. É importante manter um ritmo constante quando estiver bebendo. Pode levar algum tempo para o álcool fazer efeito. Você pode se sentir bem durante os primeiros minutos após ter tomado a primeira dose, mas tenha em mente que você provavelmente ainda não sentiu os efeitos. Coma uns petiscos ou beba um pouco de água para o álcool se difundir através de seu corpo.
  5. Evite brincadeiras envolvendo bebidas alcoólicas. Apesar dos jogos que têm bebidas como meio de apostas serem, para alguns, uma ótima maneira de passar o tempo em uma festa e fazer alguns amigos, estes jogos incentivam muita bebedeira e certamente lhe fará esquecer onde você está em apenas alguns minutos.
    • Você também pode jogar estes jogos jogando a bebida que você “deve” beber fora, de forma discreta, ou passá-la para um amigo(a) que não tenha bebido muito.

Evite situações perigosas

  1. Sinta-se confortável com o que está a sua volta. Se você estiver em uma festa, familiarize-se com as pessoas que moram na casa. Procure saber onde fica o banheiro, encontre um lugar seguro e isolado para deixar o seu casaco ou outros pertences (mas nunca a sua bolsa ou carteira). Se você achar que está perdendo o controle, dê rapidamente uma desculpa ("Eu deixei meu celular no bolso do casaco!") E dirija-se para o lugar isolado para se acalmar e/ou livrar-se de sua bebida. Se você sentir que é melhor ir para sua casa, encontre os donos da casa e peça-lhes para chamar um táxi ou para pedir a uma pessoa sóbria para levá-lo(a).
    • Se você estiver em um local público, observe todas as portas de saídas ao chegar ao local. Você deve fazer isso, instintivamente, em caso de uma emergência, como um início de incêndio para saber com antecedência o ponto de saída mais próximo. Também é útil saber o ponto mais próximo de táxi ou de transportes públicos. Não torne as coisas mais difíceis para você mesmo(a), tenha sempre uma estratégia de saída.
    • Certifique-se de saber como voltar para casa “de olhos fechados”. Se você ficar bêbado(a) ao ponto de perder sua memória, o seu senso de autopreservação ficará tão afetado quanto suas inibições e você pode facilmente se perder. Se você não sabe como voltar para casa de modo seguro, você provavelmente deveria ficar em casa.
  2. Evite a pressão dos colegas. Lembre-se sempre de que você está bebendo por prazer e para se divertir, não para se mostrar. A razão principal de beber é desfrutar da bebida, desfrutar da companhia e se sentir livre. Você não precisa seguir o ritmo de seus amigos, ou se envolver em competições estúpidas que poderiam arruinar a noite e até mesmo amizades. Se você está saindo com pessoas que lhe encorajam a beber mais, mesmo quando você não quer, então você está saindo com as pessoas erradas.
    • Se você realmente quer que as pessoas a parem de ficar perguntando o porquê de você não está bebendo mais, simplesmente diga que você vai dirigir, e elas provavelmente irão lhe deixar em paz. Esta é uma boa solução de curto prazo, a solução de longo prazo é ficar longe das pessoas que colocam pressão indesejada sobre você.
  3. Pare de beber, se você começar a sentir-se bêbado(a). Os sintomas de intoxicação incluem sensação de perda de controle sobre seus pensamentos, visão embaçada, fala pastosa e dificuldade em manter o equilíbrio.
  4. Pare de beber, se você vomitar. Embora isso geralmente seja um sinal óbvio, é importante que você não tente beber mais álcool, mesmo que se sinta "melhor", após ter vomitado. O vômito é um sinal de que seu corpo não pode tolerar a quantidade de álcool que você consumiu e a rejeição é a última linha de defesa do seu corpo entrando em jogo. Nesta fase, você já realmente exagerou e é hora de se preocupar com a sua saúde ao invés de sua festa.
    • Se você sentir vontade de vomitar, então você deve ir ao banheiro. O vômito é um meio do seu corpo liberar o excesso de álcool que não pertence ao seu sistema. Você não deve forçar o vômito, mas também não deve tentar retê-lo.
  5. Deite-se de lado, se você está se sentindo mal. Se você vomitou, sente que pode vomitar, ou sente-se muito mal, você deve deitar-se de lado para evitar asfixiar-se em seu vômito, o que pode acontecer se estiver deitado de costas. Mantenha um balde bem próximo e esteja preparado(a) para vomitar, se necessário. Se você se encontra nesta situação desagradável, não vá para casa sozinho(a) - peça um amigo ou amiga de confiança para passar a noite em sua casa, em caso de você precisar de ajuda.
    • Se você está se sentindo doente, tendo dores de cabeça ou qualquer outra indisposição, diga isto para o seu amigo. A pessoa que esta lhe fazendo companhia precisar estar atenta no caso de você desenvolver intoxicação por álcool e necessitar de intervenção médica rapidamente.
    • Se você vir alguém deitado que está realmente doente certifique-se de colocar essa pessoa deitada de lado também.
  6. Não faça quaisquer escolhas sexuais quando tiver bebido. Embora você possa pensar que o álcool pode dar-lhe um pouco de coragem para finalmente falar, ou se aproximar da pessoa que você está a fim, na verdade, isto pode realmente influenciar o processo de tomada de decisão e pode levá-lo(a) a fazer algo do qual você vai se arrepender profundamente mais tarde. Você pode paquerar um pouco, pedir o número do telefone de um cara ou de uma garota, e decidir o que fazer quando você estiver sóbrio(a), mas você deve evitar ir para casa com alguém que você acabou de conhecer, ou até mesmo passar dos limites em um bar – o que não é um comportamento elegante, e você não vai se orgulhar disso mais tarde.
  7. Não aceite uma bebida de um estranho. Se você mal chegar a uma festa ou a um bar e um cara lhe oferecer uma bebida de imediato, não aceite, a menos que você o veja fazendo ou pegando a bebida para que você saiba exatamente o que tem dentro do copo. Se o cara pega uma cerveja de uma geladeira, então tudo bem, mas se ele desaparece na cozinha e volta com uma "bebida misteriosa", que pode conter muito álcool ou até mesmo algum tipo de drogas, está pode ser considerada como uma situação muito perigosa.
    • Você não precisa ser rude ao recusar a bebida. Basta usar honestidade sobre o seu raciocínio. É melhor parecer hostil do que estar em perigo.
  8. Não perca sua bebida de vista. O seu copo deve estar sempre em sua mão, ou pelo menos em sua visão em todos os momentos, se você estiver em uma festa ou em um bar. Se você deixar o seu copo a em qualquer lugar e virar as costas, alguém pode mexer com a sua bebida, ou você pode até mesmo acabar pegando uma bebida mais forte, por engano, pensando ser a sua.
    • Se você for ao banheiro, peça um amigo para segurar o seu copo ou leve-o com você. Isso ajudará a evitar qualquer adulteração em sua bebida.

Dicas

  • Não tome pílulas para dormir, ou quaisquer medicamentos com álcool, se eles tiverem uma contraindicação conhecida com relação ao álcool
  • Lembre-se, beber não é a resposta para todos os problemas e pode até causar mais problemas em sua vida. Se você gosta de beber, tente limitar-se a uma ou duas bebidas. Se você não pesa muito, tente limitar-se a menos do que isso. Beber e embriagar-se é ruim para sua saúde, não só pelo fato de você perde células cerebrais, mas também é extremamente perigoso estar 'sob a influência'. Você não precisa embriagar-se toda vez que beber, você pode beber com moderação. No entanto, se a embriaguez acontece com frequência, certifique-se de estar com alguém e em uma área fechada onde você não pode prejudicar ou causar danos a qualquer coisa que não seja o imóvel em que você está.
  • O álcool é um agente depressor. Portanto, é uma má ideia misturar álcool com estimulantes - especialmente cafeína, como café ou bebidas energéticas. Estimulantes enganam o seu corpo fazendo o sentir-se mais alerta e consciente, o que pode levá-lo a pensar que você pode tolerar mais algumas bebidas. Lembre-se de manter em mente o número de bebidas que você teve em uma noite.
    • Estimulantes também aceleram o seu ritmo cardíaco, o que, combinado com álcool, pode causar taquicardia de curto prazo e outros problemas cardíacos graves.
  • Se você fica perdido toda vez que você beber e faz um monte de besteiras, ou se seus amigos precisam carregá-lo(a) para casa nocauteado(a), eventualmente, ninguém vai querer mais sua companhia para sair para beber e você pode ter certeza de que passou dos limites. Você pode ter um problema sério. Procure ajuda imediatamente.

Avisos

  • Se você beber, nem sequer pense em dirigir. Vá a pé para casa, chame um táxi ou peça carona a alguém.
  • Número anual de mortes induzidas por álcool, mundialmente: 2,5 milhões de pessoas
  • Não misture bebidas energéticas com álcool. A sensação de embriaguez é “disfarçada” por bebidas energéticas, o que é perigoso, pois diminui a habilidade de estabelecer um limite e aumenta o risco de intoxicação por álcool.
  • Não recorra à bebida por razões problemáticas. Enquanto ir a um bar com alguns amigos para assistir futebol não é necessariamente um problema, o mesmo não se pode dizer se você se volta para a garrafa de uísque depois de romper uma relação amorosa.
  • Se você observar alguém desmaiado, que não recobra a consciência e não vomitou depois de ingerir quantidades extremas de álcool, leve a pessoa para o hospital. Ela pode estar sofrendo de intoxicação alcoólica. Inconsciência é uma condição com risco de morte.
  • Esteja ciente de que qualquer quantidade de álcool pode afetar sua coordenação e estado de espírito. Em que grau isso é afetado depende do que você bebe, da sua idade, da sua massa corporal, e do quão rápido você bebe. Consumir álcool responsavelmente implica conhecer os seus próprios limites, beba com moderação e aja com maturidade sobre o assunto.

Materiais Necessários

  • Água
  • Comida
  • Amigos para ajudar
  • Alguém designado para dirigir, transporte público ou táxi
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.