Como Fazer Manteiga de Maconha

A manteiga infundida com cannabis pode ser usada em qualquer receita que peça manteiga, mas costuma ser mais usada ao fazer brownies. Usar a manteiga com cannabis permite que você evite as desvantagens de fumar (riscos à saúde e cheiro ruim) e ainda aproveite os benefícios da droga. Outra vantagem da manteiga de maconha é que ela fica melhor com versões menos potentes ou desejadas da droga, como cortes de plantas podadas ou que geraram sementes.

Preparando a erva (descarboxilação)

  1. Saiba que, mesmo que não seja necessário, a descarboxilação é um processo simples que aproveita cada broto ao máximo. Este Passo deixa o broto mais forte. A maconha tem muitos componentes, e alguns deles são medicinais/psicoativos, e outros não. Você pode se livrar dos não tão bons fazendo a descarboxilação da erva antes, o que significa apenas assá-la em temperatura baixa. Isso vaporiza compostos como o THCA, que não entorpece, o que resulta em uma manteiga mais forte.
    • Você também pode usar ramos, folhas ou uma mistura de folhas e brotos, se preferir.
  2. Preaqueça o forno a 115 °C. O ideal é uma temperatura baixa e boa. Mesmo que uma temperatura alta remova os compostos mais rapidamente, ela também expulsará compostos desejados, como os terpenos (que dão a cada ramo o aroma e sabor únicos). 115 ºC é uma temperatura segura.
  3. Despedace a erva em uma assadeira, espalhando para não deixar buracos ou vãos. O ideal é que os brotos fiquem com menos de 1,2 cm de diâmetro, mais ou menos. Use uma assadeira grande o suficiente para conter toda a erva apenas. Se houverem espaços vazios, a assadeira esquentará rapidamente, o que causa um “cozimento” irregular.
  4. Asse os brotos por 30 minutos ou mais, misturando a cada 10 minutos para evitar que queimem. Quando estiverem prontos, ficarão com uma coloração marrom e se despedaçarão facilmente nas mãos.
  5. Moa os brotos até que virem uma mistura grossa, com pedaços visíveis. Não moa até virar pó – o ideal é que eles virem pedaços pequenos, como cascalho. Use um moedor de ervas ou simplesmente bata rapidamente no liquidificador ou processador de alimentos.
  6. Como opção, deixe a cannabis de molho na água por 20 a 60 minutos antes de assar. Fazê-lo removerá parte da clorofila, sujeira e fertilizantes da matéria vegetal, que podem deixar um sabor de grama na manteiga. O THC e outros canabinoides não são solúveis em água, e não serão afetados pelo molho.
    • Quando terminar, tire a água com um escorredor de macarrão e seque com papel-toalha.

Fazendo manteiga de cannabis no fogão

  1. Fervilhe 1/4 de xícara de água e 450 g de manteiga no fogo médio. Use uma panela pequena e coloque a água e a manteiga juntos. Ligue o fogo, mexendo até que comecem a formar bolhas na superfície, mas a mistura não deve ferver.
    • Essa receita usa uma proporção de 30 g de maconha para 450 g de manteiga. Ajuste de acordo com sua preferência.
    • Se tiver um termômetro culinário, o ponto é mais ou menos em 87 ºC.
  2. Adicione a maconha e abaixe o fogo. Pegue a erva triturada e misture bem, abaixando o fogo. A chave para uma boa manteiga de maconha é ir “devagar e sempre”, o que liberará os óleos essenciais e compostos sem desnaturalizá-los.
  3. Deixe a mistura fervilhar por duas a cinco horas, mexendo a cada meia hora e colocando água conforme o necessário. Dependendo do teor que desejar na manteiga, você pode deixá-la por mais ou menos tempo. Se deixar por quase cinco horas, a manteiga ficará mais forte, mas você terá que ficar atento e colocar mais água morna ocasionalmente se ela começar a evaporar.
    • Deixar por três horas é o mais comum, mas duas horas serão suficiente para render uma manteiga utilizável.
    • Se quiser cozinhar por quatro a cinco horas, coloque mais água antecipadamente; ponha uma a duas xícaras, em vez de ¼.
  4. Forre um escorredor com uma gaze e coloque sobre uma tigela de vidro. Use a tigela onde pretende guardar a manteiga quando terminar. O escorredor e a gaze captarão qualquer pedaço de planta que tenham sido deixados na manteiga ao terminar de cozinhar.
  5. Despeje a manteiga líquida no escorredor para que ela caia na tigela de vidro. Despeje devagar e não espere a manteiga esfriar. Use a parte de trás de uma colher de pau ou uma espátula para pressionar o excesso de manteiga nos pedaços sólidos restantes.
    • Quer deixar o processo mais chique? Use uma prensa francesa para coar a manteiga líquida.
  6. Dobre a gaze e aperte para remover o resto da manteiga. Torça bem para não desperdiçar a maconha. Quando terminar, jogue fora a gaze e os restos sólidos.
  7. Refrigere a manteiga líquida, coberta, por três a cinco horas, e então retire a água de cima. Conforme a manteiga esfria, a água se separará dela. Simplesmente despeje ou retire e depois coloque de volta na geladeira.
  8. Use a manteiga de cannabis em qualquer receita onde utilizaria manteiga comum. Você pode passá-la em torradas ou usar para fazer biscoitos de gotas de chocolate. Ela durará na geladeira o mesmo tempo que a manteiga normal, e pode ser usada em praticamente qualquer receita.

Usando métodos de cozimento alternados

  1. Ajuste a quantidade de maconha, e não a de manteiga, se quiser alterar a concentração. Mantenha todo o resto igual, já que a água está presente para evitar que a mistura queime, e não exatamente para diluir a manteiga. Mantenha a proporção de manteiga e água igual e simplesmente ajuste a quantidade de cannabis. Você também pode ajustar o tempo de cozimento, cozinhando menos para deixar mais fraco, mas isso é um desperdício de erva – menos brotos cozidos por mais tempo darão o mesmo resultado.
    • 30 g de brotos renderão uma manteiga bem forte, então provavelmente é melhor usar 45 g se tiver apenas ramos ou folhas.
    • Se usou bem mais de 30 g, coloque mais manteiga para absorver todo o THC. Entretanto, 30 g de erva para cada 450 de manteiga é mais que suficiente.
  2. Cozinhe um pouco de manteiga em menos de uma hora se quiser uma guloseima rápida. O método seguinte é para pequenas quantidades, e rende meia xícara de manteiga de maconha rápida e facilmente. Este Método não requer assar antes. Siga estes passos:
    • Moa 7,5 gramas de brotos de cannabis (não use folhas ou ramos).
    • Aqueça meia xícara de manteiga em uma panela sobre o fogo médio até que derreta.
    • Coloque os brotos devagar, mexendo frequentemente.
    • Fervilhe por 45 minutos, mexendo sempre. Devem se formar apenas bolhas pequenas na superfície da manteiga.
    • Escorra em um escorredor com gaze.
    • Deixe esfriar e use.
  3. Use uma panela elétrica para fazer a manteiga de maconha sem usar as mãos. Uma panela elétrica é a forma perfeita de cozinhar devagar, que é o ideal. Para fazer isso, tudo o que você precisa é:
    • Misture uma xícara de água, 450 gramas de manteiga e 30 gramas de maconha moída na panela elétrica.
    • Ligue-a na potência baixa e mexa.
    • Cubra a panela e deixe fervilhar por oito a vinte quatro horas, mexendo ocasionalmente.
  4. Tente usar manteiga derretida para obter uma manteiga mais suave. A manteiga derretida já foi separada, isolando as gorduras essenciais do leite. Ela absorverá o THC melhor e cozinhará de forma mais limpa, com menos fumaça caso você acidentalmente superaqueça alguma coisa.
  5. Pulverize os brotos torrados com um pouco de álcool antes de colocar na manteiga. Esse pequeno truque científico ajuda a quebrar a celulose dos brotos, aumentando a liberação de THC e deixando a cor final menos verde. Porém isso só funciona se você fizer o Passo de descarboxilação (assamento prévio). Simplesmente pulverize os brotos depois de tirar do forno e deixe-os descansar por 10 a 15 minutos enquanto começa a derreter a manteiga.
  6. Escalde a maconha antes para obter uma manteiga com pouco aroma e sabor da erva. Essa receita usa o truque de cozimento de escaldar, que consiste de esquentar e esfriar os brotos rapidamente para remover a clorofila e outros compostos químicos fedidos. Para fazer isso, você precisa estar disposto a fazer o assamento prévio também, então prepare-se para um procedimento que demorará horas. Dito isso, o escaldamento é fácil de fazer:
    • Ferva uma panela grande de água.
    • Deixe uma tigela de lado com água e gelo.
    • Coloque a maconha moída em uma esfera de chá, e então coloque na água fervente por cinco minutos.
    • Remova a esfera com a erva e ponha imediatamente no banho de gelo por um minuto.
    • Repita até que toda a maconha seja escaldada.
    • Asse a erva previamente a 100 °C por uma hora até secar.
    • Faça a manteiga normalmente.

Dicas

  • Este processo funciona com qualquer óleo. Tente fazer com azeite de oliva, óleo de amendoim, óleo vegetal, óleo de coco ou até mesmo com banha.
  • Esta receita funciona melhor com uma maconha fraca, como cortes, caule ou brotos cheios de sementes.
  • Use manteiga sem sal.

Avisos

  • A manteiga de cannabis cheira bastante ao cozinhar. Converse com as pessoas que você mora antes para evitar surpresas desagradáveis.
  • A maconha é ilegal na maioria dos países e só é medicalmente reconhecida nos EUA. Obtenha a erva legalmente antes de tentar fazer esta receita.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.