Como Parar de ser Desagradável com as Pessoas

É bem provável que você aja de modo desagradável com os outros por estar lidando com problemas emocionais próprios. Acabar com as emoções negativas pela raiz e tornar-se uma pessoa mais feliz são coisas que podem ajudá-lo a ter uma personalidade mais gentil. Além disso, aprender a comunicar-se e a compreender os outros pode ajudá-lo a reduzir as situações em que é desagradável inconscientemente. É possível modificar pensamentos, sentimentos e ações para tornar-se uma pessoa mais gentil.

Dominando as emoções

  1. Pense no motivo por trás das ações desagradáveis. As pessoas geralmente são maldosas com as outras para que sintam-se melhores consigo mesmas. Entretanto, essa abordagem pode não ser muito eficaz, principalmente se você deseja ser gentil com os outros. Você se sentirá bem ao descontar seus problemas em outras pessoas, mas o sentimento de culpa o atacará mais tarde. Outras razões por trás desse comportamento podem incluir:
    • Você é incapaz de controlar as emoções negativas e as desconta nos outros.
    • Você sente que seu ego está ameaçado e age de modo desagradável como forma de defesa.
    • Você inveja a vida ou as conquistas de outra pessoa, o que faz com que queira magoá-la.
    • Você projeta os sentimentos negativos que sente sobre si mesmo em outra pessoa.
    • Você tenta sentir-se único e diferente dos outros distinguindo as diferenças entre vocês de modo desagradável.
  2. Perceba que os pensamentos, os sentimentos e as ações estão conectados. Pode ser difícil determinar o que é um pensamento e o que é um sentimento, pois ambos se relacionam: os pensamentos afetam os sentimentos que, em troca, afetam as ações. Portanto, se deseja mudar de atitude, comece mudando o modo como pensa.
    • Por exemplo, se você pensa "Este cara é um idiota" ao conversar com uma pessoa, você pode frustrar-se, o que ficará visível em suas palavras e ações. Ao pensar "Ele precisa aprender mais sobre este assunto", você pode sentir-se mais inclinado a ensiná-lo. Esse sentimento de paciência transparecerá nas palavras ditas.
    • Lembre-se de que mesmo quando sentir-se incapaz de controlar pensamentos ou sentimentos, você ainda é capaz de controlar suas atitudes. Sempre que fala ou age, você escolhe quais palavras ou ações usa.
  3. Obtenha controle sobre as emoções antes de falar. Se está conversando com alguém e sente estar prestes a ser desagradável, pare e pense antes de responder. É mais provável que você responda de modo produtivo (e menos desagradável) se parar e usar a razão primeiro.
    • Se está sentindo-se particularmente nervoso, ressentido, magoado ou triste, é uma boa ideia esperar um pouco para conversar com outras pessoas. Essas emoções podem atrapalhar uma comunicação positiva e fazer com que você seja desagradável.
  4. Crie um "diário de agradabilidade". Escreva entradas sobre como interagiu com as pessoas no decorrer do dia. Caso tenha sido desagradável com alguém, tente lembrar-se de detalhes como a pessoa com quem foi maldoso, o porquê de ter agido assim, o que foi dito e quais eventos levaram ao incidente. Se você foi agradável com os outros, principalmente em situações onde normalmente seria maldoso, recompense-se pelo "bom comportamento".
    • Acumular entradas no diário sobre comportamentos desagradáveis pode ajudá-lo a identificar se existem pessoas, eventos ou ambientes que pareçam "desencadear" essa tendência comportamental. Identificar tais "gatilhos" é uma ferramenta que permite que você melhore quando essas situações ocorrerem novamente.
  5. Cultive um senso de humor. Ser capaz de rir com facilidade (com as pessoas e não das pessoas) pode fazer com que o humor sobreponha as tendências desagradáveis. Se está começando a sentir-se impaciente e acredite que isso fará com que você seja desagradável com alguém, tente encontrar um motivo para rir. Encontrar humor em uma situação ou rir sobre outra coisa pode alterar as reações químicas em seu organismo, fazendo com que você realmente sinta-se bem humorado.
  6. Durma bem. Você precisa dormir de 7 a 8 horas por noite para ter um dia bem- sucedido. A falta de sono pode contribuir para diversos problemas de saúde, incluindo a incapacidade de controlar adequadamente as emoções. Ter uma boa noite de sono pode ajudá-lo a ter paciência e compreensão para ser gentil com os outros, independentemente do estado emocional em que se encontra.
    • Se você possui problemas de sono crônicos, consulte um médico ou farmacêutico e pergunte sobre medicamentos seguros. Você também pode realizar algumas alterações na dieta,reduzindo o consumo de cafeína e açúcar, ou no estilo de vida – reduzindo o tempo em que passa mexendo no computador ou vendo TV durante a noite – para dormir melhor.
  7. Medite antes de eventos e conversas potencialmente estressantes. A meditação pode ajudá-lo a regular as emoções e fazer com que você seja mais gentil. Se estiver pressentindo que será desagradável com alguém por estar nervoso ou impaciente, tire um tempo para refrescar a cabeça através da meditação. Encontre um local privado e calmo para realizar a seguinte sequência:
    • Respire profunda e lentamente. Isso diminuirá sua frequência cardíaca e fará com que você sinta-se mais calmo. As respirações devem ser profundas o suficiente para que a barriga se expanda ao inspirar.
    • Visualize uma luz branca e dourada preenchendo seu corpo conforme inspira. Imagine essa luz preenchendo e relaxando a mente. Ao expirar, visualize as cores escuras indo embora do corpo.
    • Após acalmar-se com a meditação, você deve sentir-se mais preparado para falar com os outros de modo mais gentil.

Sendo gentil com os outros

  1. Perceba que a maldade vem de dentro. A maioria das pessoas é desagradável com os outros quando sente-se ameaçada, humilhada ou intimidada. Perceber que o motivo por trás do comportamento desagradável é você e não os outros pode ajudá-lo a determinar se o comportamento é adequado para a situação.
  2. Desenvolva empatia, pois ela pode ajudá-lo a priorizar o comportamento gentil. A empatia pode ser a compreensão da perspectiva dos outros, o desconforto sentido pelo apuro de outra pessoa ou a capacidade de identificar-se com as emoções dos outros. Não importa a abordagem escolhida, foque-se em compreender e identificar-se com as pessoas com quem está conversando.
  3. Visualize uma inspiração. Encontre uma pessoa cujas palavras e ações o inspirem e imagine o que ela faria ou diria na mesma situação que você. Tente emular esse tipo de comunicação.
  4. Sorria para as pessoas. Isso pode fazer com que você pareça mais gentil. É provável que os outros sorriam de volta e você perceba que cultivar amizades é fácil. Manter uma boa postura e sorrir também pode fazer com que você sinta-se mais feliz, pois os pensamentos e sentimentos reagem à ação física do sorriso.
  5. Utilize uma linguagem corporal positiva, afinal, a comunicação não é apenas verbal. Você pode utilizar palavras educadas mas transparecer negatividade através da linguagem corporal ou das ações. Os sentimentos negativos quanto aos outros podem estar presentes e passar a impressão de que você é desagradável.
    • Para manter uma linguagem corporal neutra, experimente o relaxamento muscular progressivo – um processo no qual você tensiona e relaxa todos os músculos do corpo. Isso pode remover a negatividade ou estresse físico e mental.
  6. Expresse os sentimentos de modo assertivo quando necessário. Em vez de expressar-se de modo passivo (ficar nervoso sem dizer nada) ou agressivo (explodindo de modo que pareça desproporcional à situação), experimente a comunicação assertiva. Para praticá-la, utilize os fatos envolvidos (sem aumentá-los pelas emoções) para comunicar solicitações (em vez de demandas) de modo respeitoso. Comunique-se de modo claro e expresse os sentimentos com eficácia para que as necessidades de todos sejam atendidas.
    • Por exemplo, se sua tendência seria gritar com sua esposa por não dobrar as roupas do modo que gosta, experimente expressar-se de modo assertivo. Você pode dizer "Eu agradeço sua ajuda com as roupas, mas você dobra minhas calças de modo que elas ficam amassadas. Eu me sinto um péssimo profissional vestindo calças amassadas no trabalho. Eu agradeceria muito se você as dobrasse mais cuidadosamente ou se permitisse que eu lavasse e dobrasse minhas próprias roupas".

Melhorando o humor no geral

  1. Faça algo que goste. Envolver-se em atividades que o fazem feliz também pode ajudá-lo a ser mais gentil com os outros. Fazer algo que gosta pode melhorar o humor distraindo-o do mau humor. Se conseguir controlar o temperamento, você tem mais chances de tomar decisões pensadas (e não emocionais) sobre como comunicar-se com os outros.
  2. Passe um tempo sozinho. Se você for uma pessoa introvertida, pode ser necessário ficar sozinho de tempos em tempos. Isso pode ajudá-lo a ser mais gentil com os outros, pois você se sentirá mais revigorado. Isso pode ser ainda mais benéfico se as pessoas que sofrem com o comportamento desagradável forem entes queridos. Isolar-se deles por um período breve pode ajudá-lo a tratá-los de modo mais gentil.
  3. Leia um livro ou assista a um programa de TV. Estudos demonstram que experimentar sensações através dos outros (o que acontece ao acompanhar personagens conhecidos em livros ou filmes) pode fazer com que você sinta-se mais feliz. As pessoas também passam pela catarse, ou uma segunda liberação de emoções, ao experimentar eventos através de personagens fictícios. Liberar emoções em um ambiente controlado desse modo pode ajudá-lo a controlar as emoções na vida real.
  4. Exercite-se. Há uma conexão muito potente entre os exercícios moderados e o bom humor. Exercitar-se regularmente pode ajudá-lo a controlar as emoções em geral, fazendo com que você sinta-se mais feliz. Isso pode fazer com que você seja mais gentil com os outros.
    • Considere praticar ioga. Essa prática combina a fisicalidade e a consciência, logo, ela possui os benefícios dos exercícios e da meditação. Se não conseguir encaixar os horários de um estúdio de ioga em sua agenda, experimente assistir vídeos instrucionais na Internet ou utilizar um aplicativo em um dispositivo móvel.
    • Caso você seja uma pessoa mais animada, experimente dançar! A dança funciona como um exercício e ativa os centros de prazer do cérebro.
    • Você pode descobrir que exercícios diários fornecem mais energia ao corpo, o que pode ajudá-lo a ser mais produtivo e paciente sem irritar-se com os outros.
  5. Alimente-se de modo saudável. Ficar com fome o deixará irritado, o que pode fazer com que você acabe descontando nos outros. Consuma uma dieta nutritiva rica em alimentos integrais para sentir-se mais saudável e feliz.
    • Inclua grãos integrais, frutas, vegetais e proteínas em sua dieta. Consumir gorduras saudáveis também pode fazer com que você fique satisfeito por mais tempo.
    • Evite alimentos sem gordura ou processados em excesso. Essas opções normalmente não são tão nutritivas e podem fazer com que você não fique satisfeito.
    • Os alimentos anti-inflamatórios e que contém os ácidos graxos ômega-3 podem contribuir bastante para a sensação de felicidade. Alguns alimentos específicos que entram em tal categoria incluem as folhas verdes, o abacate, o aspargo, as nozes, o chocolate meio amargo e o chá verde.
  6. Socialize-se com um amigo. É possível que você desconte todas suas frustrações nos outros por estar sentindo-se isolado. Passar um tempo com amigos pode ajudá-lo a melhorar o humor nessas horas. Saia para almoçar em outro horário para poder encontrar alguém, faça um "happy hour" em um bar ou vá jantar com um amigo. Caso isso não se encaixe no orçamento, vá caminhar ou visite um parque para conversar com alguém de quem goste.
    • Se não for possível reunir-se com um amigo pessoalmente, saiba que falar no telefone (principalmente com um amigo engraçado!) pode melhorar o humor rapidamente.

Dicas

  • Assim como todos os hábitos, será difícil parar de ser desagradável. Com perseverança, entretanto, esse comportamento maldoso e defensivo pode mudar.
  • Seja um bom ouvinte. Sempre ouça atentamente quando estiverem falando com você.
  • Seja cortês, paciente, observador, atencioso e positivo. Não seja uma pessoa negativa ou crítica. Procure sempre o lado positivo em qualquer situação.
  • Pense bem no que deseja falar. Nunca diga a primeira coisa que vier à cabeça, pois isso não melhorará a situação.
  • Repita constantemente para si mesmo que é uma boa pessoa e comece a aceitar isso. Mude de comportamento para alcançar esse novo padrão. Pensar que você é uma "boa pessoa" pode fazer uma diferença enorme no modo o com o qual você age. Sua mente reagirá positivamente a isso.
  • Seja sincero. Nunca seja gentil apenas para conseguir o que quer. Uma pessoa que é gentil para conseguir tratamento diferenciado não é gentil, mas sim mentirosa, rasa e cruel. Seja gentil para poder ter certeza de que foi uma boa pessoa.
  • Antes de fazer qualquer coisa, pergunte-se: "Este pensamento/ação/comentário fará do mundo um lugar melhor para mim ou para qualquer outra pessoa?" Se a resposta for não, não faça-o e evite as repercussões negativas. Não há sentido em esforçar-se para fazer com que você ou outras pessoas sejam infelizes.
  • Não julgue os outros. Esses julgamentos podem ser a fonte dos pensamentos desagradáveis que ficam claros através de suas interações.
  • Seja superior! Você não precisa ser desagradável só por uma pessoa ser maldosa com você.
  • Nem sempre é necessário elogiar alguém para não ser desagradável. Basta falar em um tom respeitoso.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.