Como Criar um Cãozinho Equilibrado

É bem sabido que filhotes são fofas, pequenas e adoráveis bolinhas de pelo. Com sua ajuda e participação, seu filhote pode crescer saudável e equilibrado como o faria na natureza, não importando em que estágio de desenvolvimento ele está, um mês ou dois anos. Entretanto, este artigo também se aplica a cães adultos!

Passos

  1. Caso for adquirir um filhote, faça algumas perguntas a você e sua família. Você está pronto para assumir um compromisso? Tem tempo suficiente disponível para um cachorro? Lembre-se de que tomar conta de um cão é tarefa de tempo integral. Ele conta com você para preencher a vida dele!
  2. Caso você já tenha um filhote que é calmo e feliz, ele está em grande forma. Há alguma coisa que você possa melhorar? Se não, provavelmente esse artigo não é para você. Entretanto, se seu filhote tem alguns hábitos ruins que devem ser corrigidos, você deve procurar por outro artigos no wikiHow que poderão ajudar a educar seu cão.
  3. Atividade física é importante! É a melhor maneira para acalmar seu cão. Você não vai querer um filhote pulando pela casa inteira por não se exercitar o suficiente; mais tarde, isso também pode levá-lo à hostilidade. Há muitas maneiras para fazer seu cão se exercitar e ele vai adorar! Você pode jogar bola com ele em um grande campo aberto; se você gosta de corridas pela manhã, leve-o com você; caminhadas duas vezes ao dia também é ótimo. De qualquer maneira, ele deve se exercitar duas vezes ao dia; além disso, dependendo da raça, tamanho e idade de seu filhote, a quantia de exercício de que ele precisa vai variar.
  4. Imponha algumas regras! Com certeza existirão comportamentos que você não quer em seu animal; entretanto, você deve ser consistente o tempo tod oao disciplinar seu cão. Por exemplo, se ele gosta de pular em você, apenas empurre-o para baixo, diga NÃO, e saia de perto. Com o tempo, seu cão vai entender e não vai mais a pular nas pessoas.
    • Não deixe seu cão pedir pela comida da mesa, e nunca deixe alguém lhe dar comida. Isto é um hábito ruim, devendo você fazê-lo entender que não será tolerado e não funciona.
    • Sem latidos. Isto pode assustar as pessoas e se tornar um mau hábito, também podendo levar algum tempo para ser corrigido. Faça que seu cão se exercite mais, pois pode ser parte do problema (ou não). Leia este artigo: Como fazer um Cachorro Parar de Latir.
    • Tente corrigir qualquer hábito ruim que você não goste. Lembre-se de que os hábitos acima são apenas exemplos de comportamentos ruins que seu cão pode desenvolver.
  5. Você deve formar um laço forte com seu cão. Essa ligação com certeza fortalecerá a relação de vocês e o ajudará a ser mais feliz e equilibrado.
  6. Mostre a ele que você está no comando; caso contrário, ele pode ver essa posição não preenchida e tentará tomar o controle por instinto. Não o culpe por isso! Além do mais, isso não ajudará a sua situação.
    • Como ter certeza de que você está no comando? Nos termos e César Millan, o “líder da matilha”. Mantenha-se calmo e assertivo, como ele diria; pesquise em sua página para maiores informações; o link é o primeiro nas citações abaixo.
  7. Dê a seu cão tanta atenção e amor quanto você gostaria de receber! É uma boa parte da relação, mas não dê atenção se ele estiver fazendo algo que você não quer que ele faça; caso contrário, isso reforçará o comportamento, como pedir por comida ou pular em você, por exemplo.
  8. Esteja certo de que seu cão é calmo e submisso antes de dar a ele qualquer coisa. Dessa maneira, ele aprenderá que apenas vai receber o que precisa estando calmo e submisso, ou seja, orelhas para trás, cauda abanando e para baixo e o corpo relaxado. Entretanto, há uma diferença entre assustado e submisso; se o seu cão estiver assustado, as orelhas estarão para trás, cauda entre as pernas e às vezes encolhido ou tremendo ou apenas claramente tenso (não necessariamente).
  9. Divirta-se! Cães são ótimos companheiros, mas são grande responsabilidade. Lembre-se de que seu cão não viverá para sempre, portanto, enquanto ele/ela estiver com você, aproveite o máximo possíve!

Avisos

  • Você deve sempre monitorar seu cão quando ele estiver na esteira
  • Caso seu cão desenvolva problemas maiores que parecam além da sua capacidade de correção, consulte um profissional. Procure ajuda em fontes de reputação, tais como o treinador local, um centro veterinário, um criador/tutor experiente, ou alguém que reabilita cães.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.