Como Dançar sem Passar Vergonha

Se você tem muita vergonha de dançar em público pode estar perdendo muito da festa e da diversão com seus amigos. Não demora muito pra aprender uns passos básicos e ganhar confiança pra cair na pista de dança, ainda que rápido, e garantir que seus amigos parem de pegar no seu pé por você não querer dançar. Esse artigo te ensina passo-a-passo como melhorar o seu senso de dança e cair na pista sem nenhuma vergonha.

Passos

  1. Tranque-se num quarto. Encontre um espaço que seja grande o suficiente pra você dançar sem bater em nada e onde você não seja perturbado por ninguém. Tire da sala tudo o que for frágil e afugente os seus animais se eles reagirem mal à sua dança frenética e a musica alta. Até mesmo suborne as pessoas que moram com você e mande-os ir ao cinema.
    • Aumente o som. Escolha músicas que te dão vontade de dançar e que te fazem sentir bem.
    • Vista-se pensando no seu conforto e flexibilidade. Não vista nada que vá te deixar com calor, ou que te faça sentir constrangida.
  2. Dance em frente ao espelho. Isso vai permitir que você se veja e possa descobrir quais são os seus melhores passos e aqueles que você deve evitar. Entretanto, veja o comentário abaixo sobre espelhos terem o potencial de fazer você sentir-se insegura.
    • Comece a dançar e veja os seus passos. Anote aqueles que são bons.
    • Permita-se experimentar fazendo passos que você sente que combinam com a música. Leia Como encontrar o seu próprio estilo de dança para mais detalhes.
  3. Se nada parecer bom, volte ao começo.
    • Pé esquerdo pro lado, depois junte os pés. Pé direito pro lado, depois junte os pés outra vez. Mantenha esses movimentos no ritmo da música, seja ela rápida, ou lenta.
    • Uma outra abordagem é simplesmente ficar balançando o pé no ritmo da música. Embora isso não seja realmente dançar, vai pelo menos parecer que você está entretida com a música e com a dança.
    • Fique relaxada. Destrave os joelhos, deixe as mãos e os braços soltos e relaxe os quadris.
    • Assista DVDs para aprender danças específicas que você sabe que te chamarão para dançar. Se for para uma ocasião especial, como um casamento, ou aniversário, é melhor considerar umas aulinhas iniciais pra saber o básico. Mesmo que você dance apenas a primeira valsa, é melhor do que mostrar a todos que você nem se deu ao trabalho de tentar.
  4. Lide com o sentimento de insegurança na hora de dançar. Para algumas pessoas, grande parte do desejo de esconderem-se da dança é por sentirem-se inseguras e preocupadas com os julgamentos das outras pessoas. Já que boa parte dessa insegurança está na sua cabeça, e dançar é para qualquer um, não importa o nível de treino, lidar com esse pensamento é uma boa ideia. Coisas que você deve considerar:
    • Sinta o movimento. Ao invés de focar-se demais nos passos da dança, pense em como ela te faz sentir. Quanto mais você permitir ao seu corpo sentir a música, mais você desenvolverá sua “memória muscular” e deixará de lado as preocupações em sua mente.
    • Não leve tão a sério as críticas. Algumas pessoas irão rir porque estão tão envergonhadas como se elas mesmas estivessem dançando e por isso sentem que encontraram alguém muito parecido com elas, então elas estão rindo com você, não de você. Outras pessoas irão fazer críticas com a melhor das intenções, esperando que você vá ouvi-las e poderá aprender como fazer um passo de uma forma mais fácil; nesse caso, aceite a crítica e veja o que você pode aprender com ela. Tente pelo menos uma vez e se você não gostar da sugestão, você não precisa aceitá-la.
    • Esqueça o espelho. O espelho pode fazer você se sentir mais insegura e menos satisfeita com a sua forma de dançar. Se você achar que um espelho está te fazendo parecer dançar como um robô, ou que você está mais fazendo poses do que dançando, então você está usando o espelho de forma incorreta. O espelho deve simplesmente refletir a sua alegria, não limitar a sua habilidade inata de dançar.
  5. Saia da sala e vá para um lugar público. É importante vestir-se bem; se seus passos de dança não forem lá isso tudo, pelo menos você vai estar deslumbrante!
    • Dê uma olhada na pista de dança para ver o que as pessoas estão fazendo, antes de juntar-se a elas na dança. Se for uma música agitada e você quer dançar uma música lenta, ou o contrário, então espere até que a música mude.
    • Para aqueles que podem beber: tomar um drink pode ajudar você a se soltar um pouco mais, mas evite ficar bêbado, ou no dia seguinte você terá algo com o que se envergonhar. Se você não pode, ou não quer beber, tente fazer exercícios de respiração e afirme para si mesmo que está confiante com seus passos e assim você ficará mais tranquilo. Diga a você mesmo: “Eu posso dançar tão bem quanto essas pessoas. Eu adoro dançar. Eu sou um bom dançarino.”
    • Leve um amigo. É sempre mais fácil ter coragem de fazer algo com que você está preocupado quando se tem apoio. Ele, ou ela pode ajudar você a criar coragem e até mesmo te levar pra pista de dança pra você se "dar uma chance".
  6. Caia na pista. Se não tiver muita gente, tente ficar perto de alguém que está chamando muita atenção pela forma como dança, não importa se ela estiver dançando bem ou mal. Isso significa que a atenção das pessoas estará focada em outro lugar e você não precisa sentir que elas estão te observando. Isso ajuda a perceber que muitas outras pessoas na pista de dança estarão tão inseguras quanto você, mas na maioria das vezes, ninguém está olhando ou julgando como os outros dançam, então apenas entre na onda.
    • Evite a todo custo dançar no meio de uma roda. Certifique-se de que você está segura dançando fora do círculo para não chamar atenção desnecessária para você.
  7. Tente parecer que está se divertindo. Isso é o que irá fazer o seu estilo de dança funcionar; se você está se divertindo, qualquer passo esquisito que você faça poderá até ser copiado por outras pessoas, porque elas irão querer sentir “um pouco do que você está sentindo” – diversão! Sorria bastante, ria aqui e ali e entregue-se à música.
    • Faça contato visual com as pessoas ao seu redor. Não fique olhando para o chão.
    • Aja como se você soubesse o que está fazendo e a sua confiança irá aumentar.
    • Mantenha os seus braços abaixo do ombro o tempo todo. Isso vai garantir que você não derrube acidentalmente outra pessoa. E mais, dançar balançando os braços é a maneira mais fácil de chamar atenção pra você!
  8. Siga o que as pessoas ao seu redor estão fazendo. Tome cuidado para não imitar ninguém, porque isso é um pouco esquisito; deixe que a galera e a música te guiem.
    • Quando você estiver com um parceiro, ou amigo, siga os movimentos dele se você não souber bem o que fazer. Se for alguém que está com você, não irá se importar se você usá-lo como guia.
    • Não pise nos dedos das pessoas. Dance no seu próprio espaço.
  9. Fuja dos passos de dança malucos. Se de repente você sentir vontade de fazer break dance, krumping, ou fazer passos famosos do Usher ou do Justin Timberlake, melhor dar um tempo! Isso vai chamar atenção pra você imediatamente e vai te deixar envergonhado a menos que você seja completamente capaz de fazer esses passos.
    • Outras coisas que você não deve fazer: agir como John Travolta no filme Embalos de Sábado à Noite, pular pra cima e pra baixo, mordiscar seus lábios, dançar cancan, bate-cabeça ou dar gritinhos.
    • Evite começar um trenzinho. Se você quiser seguir os outros, tudo bem, mas não seja a pessoa a puxar o trenzinho!
    • Evite dançar sensualmente. A menos que você realmente conheça a pessoa que está com você, dançar sensualmente com alguém pode levar você a se envergonhar e perder o seu parceiro de dança.
  10. Saiba quando parar. Depois de dançar algumas músicas e ter se divertido, o melhor a fazer é sair da pista de dança antes que você faça alguma bobagem. A ideia de se acostumar a dançar em publico é relaxar e começar com pequenos passos. Com o tempo você se sentirá menos inseguro. Evite dançar demais nas primeiras vezes que você for se aventurar numa pista de dança, assim você irá sentir-se bem em dançar e ainda terá a chance de se divertir com uma boa conversa ou tomando uns drinks. Fique feliz pelo trabalho bem feito; você foi lá, tentou e conseguiu.

Dicas

  • Ao tentar superar a vergonha de dançar é importante pensar em seus benefícios. Estudos mostram que a dança tem efeitos terapêuticos, como o combate à ansiedade, depressão, ódio e até mesmo o desinteresse pela vida sexual.
  • Dança de salão é uma boa se você for uma mulher: deixe que o homem guie você e tente não pisar nos pés dele. Se pisá-los ele saberá que você não tem ideia do que está fazendo. Apenas dance devagar e com calma.
  • Não é uma boa ideia imitar outra pessoa, mas se duas ou três pessoas estiverem fazendo o mesmo passo, junte-se a elas. Ninguém vai notar, várias pessoas podem te imitar, mas eles estarão apenas seguindo a galera, assim como você fez. É seguro seguir algo que é momentaneamente viral, especialmente se você gostar disso.
  • Também é sexy observar os passos de alguém e segui-los enquanto olha para essa pessoa. Se ela corresponder e te convidar a dançar com ela, isso é sinal de que ela está a fim de você, especialmente se ele ou ela estiver flertando com você. Se ela não estiver, não tente flertar, a menos que queira ser engraçado. Há uma diferença entre um olhar de “estou estudando seus passos” e um olhar de “puxa, como você é gostosa”.
  • Deixe em casa amigos ou familiares que não irão te apoiar.
  • Comece com uma pequena festa com seus amigos e outras pessoas com as quais você se sinta completamente confortável. Você pode aprender a não se focar tanto em como você dança, mas sim em se divertir com um pequeno grupo. Você vai começar a perceber que quase ninguém sabe dançar perfeitamente, mas o principal é se divertir!
  • Lembre-se que você é corajosa o suficiente para mostrar às pessoas suas habilidades e não se esqueça disso.

Avisos

  • Se você for tentar o headbanging, não bata a cabeça em alguém porque você pode acabar nocauteando a pessoa.
  • Evite a dança da galinha, a dancinha do vovô e o headbanging.
  • É difícil, mas se alguém rir, melhor entrar na onda e começar a fazer palhaçadas. Veja a mudança no riso – as risadas de deboche darão lugar a risadas de divertimento, além disso as pessoas que riem de você não te dariam uma salva de palmas depois. Pessoas batendo palmas e olhando pra você significa que elas acharam que você foi divertido de propósito, então agradeça os aplausos, sorria e divirta-se.
  • Se você puder e quiser dançar breakdance ou dar piruetas, melhor se aquecer antes, especialmente se já faz algum tempo. Sabe o que poderia ser muito vergonhoso? Se você distendesse um músculo na frente de todo mundo!

Materiais Necessários

  • Música
  • Um lugar para dançar
  • Um espelho
  • Um parceiro (opcional)
  • Bebida Alcoólica (opcional)
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.