Como Escrever um Sermão

Você pode desenvolver lições eficazes para sermões, três ou mais vezes por semana? Isso pode ser feito, seguindo estes passos simples. Então, como você cria suas lições cristãs e sermões? Não, não uma lição emprestada ou sermão que pode fazer pelo menos uma vez ou ocasionalmente, como em uma emergência. Claro, você pode obter algo para ensinar ou pregar sobre rapidamente assim, mas vai ser relevante para você e seu público? Aqui estão algumas ideias sobre como formar sua lição ou sermão.

Passos

  1. Siga, acima de tudo, as escrituras e a liderança do Espírito Santo, para o propósito de Deus na vida de seu público. Conheça seu público. Também procure uma sincera "unção" - estude e reze para buscar a orientação do Espírito Santo: seja entusiasta.
  2. Tenha uma ideia clara do que você pretende ensinar. Você nunca vai começar a pregar sem sentido ou propósito, se você seguir as etapas para se organizar.
  3. Planeje e faça um esboço de seu tópico, que é algo que você gostaria de saber mais sobre e pode explicar e ensinar: isso não significa criar uma história como a literatura, ou uma palestra, e nem mesmo escrever uma redação, mas você precisa planejar como explicado na seção três.
    • Uma lição ou sermão é geralmente melhor, se é falada sem memorizar tudo e nem mesmo escrever tudo em frases completas e, então, você não apenas o lê, mas usa um contorno significativo, pega suas palavras-chave maiores, de modo que se destaquem em seu olho e em sua mente. Isso pode ser um mapa para seguir. Uma lição ou sermão não é como um discurso ou oração, que um orador público (como um político) pode ler na audiência.
    • Este sermão pode ser um novo tópico, ou uma "série", de vários sermões ou aulas.
  4. Seja dinâmico, sem ficar lendo, como se aquilo estivesse escrito na pedra, e então, você poderá se sentir mais inspirado, vivo e fazer uma comunicação mais inspiradora entre professor/pregador e a classe/Congregação.
  5. Tente "não" depender de notas muito detalhadas, mas isso não significa que você estará falando sem seu plano ou contorno.
    • Conheça o sermão, e planeje tão bem que você não precise olhar para ele ou suas notas mais do que ocasionalmente, ou só precise de uma ou outra palavra-chave para trazê-lo a sua mente, mas pode ficar com ele lá, aberto e disponível.
  6. Be direto; chegue ao ponto que a mensagem se destina, mas como você faz isso?
  7. Pense um tópico como tendo três partes simples na mensagem, ou uma lição como três parte. Essas três partes se seguem.

Esboço em três partes

  1. Introduza seu tópico de mensagem : veja quais assuntos cobrir, porque cada coisa é importante, ou relevante.
    • Você pode colocar um comentário bem humorado sobre algo que foi ou não foi feito.
    • Use um ponto de partida, relacionado com uma escritura ou um evento que foi/é o impulso para a ideia principal.
  2. Ensine a mensagem, desenvolvendo-a (expandindo-a) : dê exemplos e diga quem está envolvido?, quando?, onde?, como?, porquê? e dê alternativas, diferentes maneiras pelas quais os eventos poderiam transcorrer.
    • Visto que você passou o conceito a ser desenvolvido na introdução, e você e a classe ou congregação sabem do que você está falando, você precisa saber como fazer a conclusão.
    • Desenvolva seus principais pontos com exemplos como histórias, parábolas bíblicas, uma parte de uma canção, ou algo que você pode tecer no tópico.
    • Você pode perceber que haverão objeções em seu tópico como:
      • "O que isso significa?"
      • "' Como isso aconteceu? '"
      • "' E se (tal coisa) tivesse acontecido? '"
    • E então, faça perguntas retóricas (portanto, é não para buscar uma resposta do público, a menos que seja um pequeno grupo) e as responda: " e se tal coisa acontecesse? Bem, então isto é o que você ou alguém que pode fazer porque quer, mas depois... ." (preencha os espaços em branco antes disso)—e então, responda as objeções ou perguntas deles. Se você permitir respostas, não concorde com a resposta, mas suspenda o julgamento e diga "OK" e, em seguida, oriente sobre o caminho que você tinha em mente.
  3. Conclua com um plano de ação, com base no assunto ou tópico ' '. Talvez este seja um chamado para aceitar Jesus como Salvador. Isto é colocar o revestimento no que você introduziu e desenvolveu—tal como Lembrar-se de experimentar as ideias, orar, estudar, etc.
    • É como uma atribuição para fazer as coisas que você ensinou ou pregou.

Usando alguns recursos opcionais

  1. Buscar conselhos de outras pessoas em todas as suas ideias: não. É uma boa ideia ter alguém para discutir, se você não falar e visitar todos os dias várias pessoas e evitar a não estudar ou preparar-se bem... isso não vai funcionar muito frequentemente.
  2. Converse com outros professores/pregadores para obter ideias, mas isso pode se tornar um hábito, ser uma muleta e uma perda de tempo para vocês dois, se vocês tem diferentes necessidades e objetivos.
  3. Experimente usar vários esboços de livros velhos ou novos de sermões, mas mude-os para servir ao seu propósito.
    • Encontre serviços de estrutura de tópicos de sermão na Internet, e organize-os às suas necessidades.
    • Eles provavelmente podem servir às suas necessidades, se você escolher um esboço de sermão do tipo que soe bem, mas é algo que não particularmente irá inspirar ou informar, ou sobre o qual você não se importaria de falar/ouvir.
    • Não estarão no seu estilo, em sua ordem, ou da maneira que você sente ou fala.
    • Baixe lições ou sermões de coleções:
    • Alguns ótimos materiais religiosos dos velhos tempos devem ser encontrados por aí, de graça.
    • Considere sua inscrição em contornos de pregação, talvez com apresentações em Power Point, com fotos e exemplos--mesmo com uma ordem completa de serviço, lista de referências cruzadas, versos e canções para usar.
  4. Considere um software da Bíblia, que tenha a Bíblia, comentários, um dicionário, referências cruzadas, que tudo possa ajudar.
    • Use grátis sites acessíveis para 25 versões, e mesmo com línguas diferentes, tais como e ; os dois sites são totalmente grátis e são bastante diferentes uns dos outros: consulte as fontes e citações abaixo.
  5. Ore e leia a Bíblia diariamente. Dê graças, tome notas, pense e reflita sobre as escrituras para alcançar e receber inspirações.

Dicas

  • Prepare-se mais do que você pensa que você vai precisar, porque você pode ir mais rapidamente do que você esperava e sair do material antes do que imagina.
  • Qual é o título do seu sermão? Quais são as escrituras de apoio? O que Jesus ensinou sobre isso? Quais são as principais idéias? Que perguntas retóricas você pode fazer a audiência? Perguntas vão ajudar você a se preparar e pensar através de suas idéias. Tente escrever.. algumas páginas de bons pontos sobre o tema, e se você só pode digitar meia página, altere seu tópico.
  • Reze pedindo "sabedoria e revelação" em Efésios 01:16 para si mesmo.
  • Às vezes você se perde em um sermão e começa a "agir" como se estivesse ensinando ou pregando só para preencher o tempo. Isso pode levar você a divagar, em pé no púlpito, despreparado.
    • Encontre-se e tente ter algum entusiasmo para encobrir a confusão e mostre que você acha que sua aula ou sermão é realmente importante pra você, e que deve interessar a outros.

Avisos

  • Evite não ter uma verdadeira lição ou sermão: só uma ideia para apresentar e desenvolver com um versículo da Bíblia ou dois geralmente não é suficiente. Os piores sermões são aqueles que você não prepara direito. Você pode tentar substituir a emoção pela preparação, e provavelmente vai se sair mal.
    • Então, você pode cantar, orar, gritar, saltar, vibrar no púlpito e agitar sua Bíblia, se você não está preparado, lembrando que a palavra diz "abra a sua boca e Deus ajudará". Mas, prepare-se para a próxima e então esteja aberto para o Espírito Santo para fazer um trabalho para além do que você esperava.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.