Como Dizer Aos Seus Filhos Que Você Irá se Divorciar

O divórcio é difícil de lidar para qualquer criança de qualquer idade. Existem diversas maneiras de contar aos seus filhos que você irá se divorciar, mas nem todas são eficazes.

Passos

  1. É melhor contar a decisão quando ambos os pais estão presentes (alguns problemas, como violência doméstica, irá impedir que os dois estejam presentes). Tenha um plano antes de começar: concorde de antemão com o que vocês irão dizer e responder nas perguntas.
  2. Responda as perguntas de forma completa e que eles entendam, sem de distanciar do seu "plano".
  3. Mantenha a calma seja qual for a forma que reagirem. Provavelmente, eles ficarão bravos e irritados, mas tente não reagir da mesma forma.
  4. Se eles saírem gritando e chorando do local onde estiverem conversando, dê uns minutos para que eles possam respirar, e então, os DOIS pais devem ir ao quarto que estão, e conversar com eles.
  5. Conforte seu filho, não deixe que façam o contrário. Suas emoções devem ficar neutras o máximo possível. Se ficar emocionado(a), "dê um tempo" e volte quando puder focar suas atenções nos filhos.
  6. Explique a eles o porquê do divórcio. Não entre em muitos detalhes ou culpe o pai/mãe.
  7. Fale a eles o máximo possível sobre como a vida deles irá mudar (onde irão morar, em qual escola estudarão, com quem o cachorro ficará, etc.).
  8. Fale a eles como verão o pai/a mãe que não irá viver mais com eles.
  9. Ofereça a ajuda de um conselheiro, ou lembre a eles que outros adultos (especifique quem) estarão sempre dispostos a ajuda-los com conselhos e conforto.
  10. Os pais devem lembrar que eles amam os filhos, mesmo com o divórcio.
  11. Deixe claro que o divórcio não tem nada a ver com eles. Reforce o fato que eles não são o problema, durante a conversa. .
  12. Conte aos professores, conselheiros, babás e outros cuidadores de seus filhos sobre o divórcio. Assim, estas pessoas entenderão que alguma mudança significativa no comportamento de seus filhos pode estar relacionada ao divórcio. Peça para que estas pessoas lhe informem de alguma mudança.
  13. Fale para seus filhos: "mesmo se não morarmos mais na mesma casa, estaremos juntos na maior parte do tempo".
  14. Repita que você ama seus filhos e que nada que aconteça entre a mãe e o pai irá mudar isto.
  15. Encoraje seus filhos para que eles expressem o que pensam, dizendo coisas como "não há problema em chorar, mas você deve falar conosco sobre como você está se sentindo - e o que está pensando".
  16. Pergunte às crianças como elas se sentem em relação à separação da mãe e do pai antes do divórcio.
  17. Encoraje seus filhos a não fazerem algo precipitado em suas vidas, como por exemplo, fugirem de casa.
  18. Evite usar frases que incluem as palavras "culpa" ou "erro". Diga que é decisão consensual entre os pais, feita por adultos. Se vocês brigarem demais, confirme isto e explique que vocês estão tentando determinar o que é melhor para a família.
  19. Não transforme seu filho num confidente, não discuta questões adultas com eles. Não fale a eles que devem ser "o homem" ou "a mulher" da casa agora; isto aumenta a pressão e o estresse sobre eles. Eles são crianças, deixe com que continuem sendo crianças.
  20. Não use as crianças como "informantes" ou "espiões" para saber o que o pai/mãe está fazendo. Não tente ganhar a afeição do filho, ou fazer com que o pai/mãe pareça ser o culpado pelo divórcio.
  21. Não promete coisas que não pode entregar. Se você não sabe quem irá viver com quem e situações similares, fale que ainda estão decidindo o que é melhor para cada um, mas tranquilize-os com o que souber. Fale que eles ainda verão tanto o pai como a mãe, irão para a mesma escola e etc, se souber que isto irá acontecer.

Dicas

  • Fique calmo(a). Não grite. Deixe que eles falem.
  • Antes de dizer aos filhos sobre o divórcio, diga que tanto a mãe como o pai irá passar um tempo com eles mesmo após o divórcio.
  • Tranquilize-os. Mostre a eles como tirar o melhor de uma situação ruim.
  • Diga a eles que há o lado bom e ruim de tudo, mas não faça entender que o divórcio é algo bom ou que valha a pena.

Avisos

  • Se os seus filhos tiverem menos de 8 anos e não entenderem totalmente a situação, conte a eles de qualquer forma.
  • Nunca diga às crianças que o divórcio não é uma certeza, para não dar falsas esperanças a elas.
  • Gritar não vai melhorar o entendimento da criança sobre sua decisão de se divorciar.
  • Sempre inclua seus filhos no divórcio. Eles tem todos os direitos de saber por quem vocês irão se divorciar e de terem suas perguntas respondidas.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.