Como Fazer seu Marido Aderir a uma Dieta sem que Ele Perceba

Por vários motivos — as festas de fim de ano ou hábitos alimentares pouco saudáveis —, muitos homens casados chegam a um ponto em que seu corpo fica irreconhecível se comparado ao passado. Nessas ocasiões, é de responsabilidade da esposa dar apoio ao marido de maneira sutil, sem fazê-lo se sentir mal pelo ganho de peso. Você pode comprar alimentos mais saudáveis, convidá-lo para praticar exercícios físicos e ser um bom exemplo e modelo de comportamento para ajudar seu amado a ficar bem por dentro e por fora.

Cuidando da alimentação

  1. Não compre porcaria. Além dos valores nutritivos limitados, alimentos como hambúrguer, pizza congelada e afins costumam conter altos teores de gordura, calorias, sódio e açúcar. Se não for você quem faz as compras da casa, considere assumir essa responsabilidade por um tempo. Afaste seu marido desses produtos para ajudá-lo a adquirir hábitos alimentares saudáveis, começando nas escolhas no supermercado. Se não encher a geladeira desses alimentos nocivos, seu esposo nem vai ter a opção de consumi-los quando bem entender!
    • Se já houver alimentos assim na casa, tente levá-los para o trabalho ou escondê-los até que seu esposo aprenda a controlar as porções do que consome. Tire da geladeira itens como sorvete e pizzas congeladas.
    • Refrigerantes e bebidas semelhantes também podem ser nocivos, devido ao seu alto teor de açúcar. Evite comprar produtos desse gênero.
    • Pode ser que você demore um pouco mais no supermercado enquanto se acostuma com os novos itens que precisa colocar no carrinho de compras.
  2. Encha a geladeira de alimentos alternativos saudáveis. Seu marido vai inevitavelmente perceber a ausência dos produtos de que tanto gosta. Para não deixá-lo com fome, estoque algumas opções mais adequadas, que ainda possam deixá-lo satisfeito — algo essencial para essa mudança de hábito.
    • Se seu marido gostar de batatinhas e salgadinhos, por exemplo, troque-os por maçãs ou leguminosos; se gostar de doces, como sorvete, compre iogurte gelado. De maneira geral, tente levar os gostos dele em consideração quando for às compras.
    • Uvas congeladas, cenouras baby e amêndoas são lanches rápidos e práticos. Quanto mais acessível for o alimento, melhor. Se comprar frutas frescas, corte e guarde tudo em recipientes na geladeira.
    • Abuse da criatividade quando pensar em substitutos para as refeições. Se seu marido gostar de purê de batata, por exemplo, troque-o por purê de couve-flor. Substitua carnes de porco e boi por peru (carne branca) e ovos mexidos por claras de ovos comuns.
  3. Prepare três refeições substanciais para ele a cada dia. Esse hábito é muito importante, por mais que não seja cultivado em toda família. Você pode melhorar bastante a dieta de todos se preparar café da manhã, almoço e jantar saudáveis, além de impedir que seu marido consuma produtos nocivos ao longo do dia, como fast food ou batata frita.
    • Se não tiver tempo para preparar todas as refeições, faça o que puder em quantidades maiores, que possam ser embaladas. É muito fácil montar um almoço com o que restou do jantar, alguns pedaços de uma fruta e amêndoas — além de ser uma ótima opção do ponto de vista nutritivo.
    • No café da manhã, dê iogurte, aveia ou algum cereal com baixo teor de açúcar a seu marido. Você não precisa preparar algo, a menos que ele esteja deixando de comer bem para ir a uma padaria no caminho do trabalho. Se isso acontecer, prepare uma vitamina ou um parfait de iogurte caseiro, que possa ser guardado na geladeira.
  4. Almoce e jante em casa com mais frequência. Quem cozinha e prepara os alimentos em casa costuma consumir menos calorias, carboidratos, açúcar e gordura do que aqueles que optam por comprar comida ou comer fora. Embora muitos restaurantes tenham cardápios saudáveis, nada supera uma boa refeição caseira. Poupe seu dinheiro e as calorias!
    • É essencial regular o tamanho das porções quando se come em casa. Preparar refeições não só facilita e incentiva esse controle, mas também pode impedir que você exagere — afinal, restaurantes costumam servir porções e acompanhamentos grandes.
    • Crie um plano de alimentação no início de cada semana e vá ao mercado comprar os ingredientes certos. Isso vai facilitar o preparo das refeições para quem tiver pouco tempo.
    • Se precisar de ideias de receitas, visite alguma página da internet.

Praticando exercícios juntos

  1. Façam uma caminhada após o jantar. Comece com algo simples para tirar seu marido do sedentarismo. Praticar essa atividade depois do jantar pode trazer inúmeros benefícios à saúde, além de ser um bom momento para vocês conversarem e desabafarem sobre o dia.
    • Comecem com caminhadas breves e avancem a algo mais longo.
    • Vocês não precisam ter pressa para colher os benefícios do exercício.
  2. Matriculem-se numa aula de exercícios físicos. Mesmo que seu marido não goste muito da ideia de fazer Yoga ou Zumba, tente encontrar uma aula que ambos possam acompanhar. Até atividades como tênis podem servir para deixá-lo animado. Você pode, por exemplo, sugerir que ele pense em algo que gostava de fazer quando era criança e encontrar uma opção semelhante, adequada para suas rotinas.
    • Para não se "denunciar", peça que seu marido ensine a você como jogar algo que ele praticava quando mais jovem (como basquete) ou diga que gostaria de praticar atividades em dupla (como tênis), mas que não encontrou companhia.
    • Encontrem um rocódromo na cidade onde moram e pratiquem algo novo juntos!
  3. Façam aula de salsa. Essa pode não ser sua primeira opção, mas praticar 30 minutos dessa queima, em média, 175-250 calorias. Além desses benefícios físicos, vocês ainda podem conseguir estreitar seus laços enquanto praticam.

Sendo um exemplo a seguir

  1. Desligue a televisão. Suas decisões têm impacto direto sobre seu marido: se desligar a TV à noite e fizer uma caminhada ou passear com o cachorro, por exemplo, pode acabar influenciando-o. Além de participar de uma atividade passiva, todo telespectador fica exposto a muitas propagandas de alimentos nocivos, que acabam condicionando seus hábitos de compra.
    • Comece com algo pequeno: escolha uma noite da semana em que seja proibido ligar a TV — e atenha-se a essa regra. Conforme a família se acostuma, aumente para duas ou três noites.
    • Vocês podem, por exemplo, participar de brincadeiras e jogos.
  2. Pare de fumar. Se você e/ou seu marido tiverem esse hábito, é hora de parar! Além de fazer mal à saúde, o cigarro afeta a capacidade de absorção de vitaminas e minerais cruciais pelo corpo, como cálcio e vitaminas C e D. Resumindo: o fumo prejudica tanto a alimentação quanto a nutrição das pessoas.
    • Caso precise de mais motivos para se convencer, lembre-se: quem fuma com muita frequência costuma ter mais gordura no corpo que quem fuma pouco ou quem não tem esse hábito.
  3. Reduza sua ingestão de álcool. Muitas pessoas bebem enquanto fazem lanches (sejam estes amendoins em um bar ou uma fatia de pizza no tardar da noite); ou seja: a bebida estimula a aquisição de hábitos alimentares nocivos. Considere também as calorias desnecessárias que acaba ingerindo. Um coquetel "leve", por exemplo, pode de 120 ml pode conter até 25 gramas de carboidratos, enquanto bebidas mais encorpadas, como o mudslide, chegam a ter 500 calorias.
    • Opte por tomar cerveja light, que tem um baixo teor de carboidratos (cerca de 3-4 gramas por garrafa/lata) quando comparada às 10 gramas de cervejas comuns.
    • Sempre que quiser tomar algum drink, beba água também. Se possível, alterne entre ambos para garantir um consumo de 350 ml de água para cada bebida alcoólica, o que pode ajudar a reduzir seu consumo pela metade.
  4. Seja "mentora" do seu marido. No fim das contas, por mais que se esforce para ajudá-lo — preparar refeições, fazer compras, entre outros —, ele ainda deve se comprometer a mudar. Por isso, mostre ao esposo o que fazer (substituir alimentos ou comprar produtos mais saudáveis no mercado etc.) para ser capaz de sustentar essa mudança de estilo.
    • Peça a ajuda dele para preparar refeições e escolher o cardápio da semana.
    • Dê apoio a seu marido, mas não se esqueça: ele que precisa se esforçar mais!

Dicas

  • Sirva as refeições em pratos menores, que deem a impressão de maior quantidade.
  • Abra o jogo se seu marido notar que você está tentando alterar a dieta que ele segue. Diga que quer que ele tenha uma vida longa e saudável!

Avisos

  • Não faça comentários sobre o peso do seu marido. Ninguém gosta de ouvir que engordou; concentre-se na saúde e no bem-estar dele.
  • Deixe que seu marido se esforce para mudar. Ele deve querer comer o que você prepara e concordar em praticar exercícios em sua companhia. Não desanime se o processo não parecer surtir peso.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.