Como Fazer Café na Prensa Francesa (Cafetiere)

Cafeteiras automáticas podem ser rápidas e convenientes, mas em se tratando de valorizar o sabor e o aroma do café, nada é melhor do que a prensa francesa - sem contar o charme e a tradição que acompanham esse utensílio. Ele proporciona melhor contato do pó de café com a água, evitando a retenção de óleos e sedimentos que de outro modo ficariam retidos nos filtros das cafeteiras convencionais. Se tiver uma prensa dessas no armário, aproveite as dicas a saguir para pôr em prática um estilo de passar café que vai mudar completamente a sua opinião sobre os processos convencionais de fazer a bebida.

Deixando Tudo à Mão

  1. Escolha o grão certo para moer. Há variedades para todos os gostos. Confira a seguir os tipos disponíveis e veja qual deles agradaria mais o seu paladar.
    • Se você quer um café com alto teor de cafeína, escolha um que seja levemente torrado. Contrariando a crença popular, o café mais escuro não é o que contém mais cafeína. Isso porque quanto mais escuro ele é, mais tempo ele foi torrado - e uma quantidade maior de sua cafeína foi queimada. Logo, se você quer grãos que vão espantar o sono, vá de grãos apenas levemente torrados.
    • Você escolhe a densidade do sabor. Normalmente, grãos mais escuros tem um sabor mais acentuado. Os mais claros são um pouco menos amargos, com notas doces. Se você é leigo em matéria de café, a aposta mais segura são os grãos levemente torrados.
    • Confira se os grãos são grossos o suficiente. Diferentemente do pó de café para o expresso ou o café passado na cafeteira, o café para a cafetiere deve ser granulado - mais parecido com areia do que com pó.
    • Sempre use grãos frescos. Seja qual for a maneira escolhida para passar o café, ele deve ser sempre fresco. Caso contrário, sua bebida perderá sabor e qualidade. É melhor comprá-los em quantidade suficiente apenas para 2 semanas para não haver sobras que acabam ficando velhas. Para garantir o melhor sabor, moa os grãos só na hora de passar o café.
  2. Experimente uma prensa francesa. Ela é um tipo de caneca de vidro com um filtro acoplado a uma alça. Assim pode-se colocar os grãos no fundo, o filtro logo em seguida e então despejar água quente. No site do Mercado Livre, basta digitar “cafeteira francesa” e você poderá encontrar modelos por até abaixo de 30 reais. Já para quem pode investir mais, o site da Delgrani oferece cafeteiras francesas gourmet.
    • Há quem reclame que o café da prensa francesa vem com grãos não coados. Na verdade, esse problema ocorre não por causa da cafeteira francesa. A causa dele é o tamanho irregular ou pequeno demais dos grãos - eles acabam passando pelo filtro e acabam na sua xícara.
    • A cafeteira francesa também é conhecida como “Cafetiere.”
  3. Invista em um bom moedor (conhecido também como “moinho”) de grãos de café. Ele é quase tão importante quanto a própria cafeteira. Os melhores moedores são os que tem um cone para colocar os grãos. Eles custam o dobro dos mais baratos, mas se o que você quer é o melhor café, vale a pena o investimento. Só um bom moinho consegue quebrar os grãos no tamanho certo - fator decisivo para extrair mais sabor deles.
  4. Complemente o seu “kit café”. Fora a água fervente, você pode variar bastante a forma de preparar seu café: adoçante, açúcar, mel, caramelo, chocolate, canela, leite, etc. Você pode também tomar o café puro para apreciar todas as sutilezas de aroma e sabor da bebida.

Passando o Café com a Cafeteira Francesa

  1. Pré-aqueça a cafeteira. Como ela é feita de vidro, se ela estiver fria e você despejar água fervente nela, o vidro pode trincar devido ao choque térmico. Para evitar esse problema, coloque água morna na cafeteira e depois a esvazie.
  2. Hora de moer o café. É essencial moer os grãos somente na hora de passar o café. Assim ele não fica oxidado e você conseguirá extrair o máximo de sabor.
    • Para fazer uma xícara de café, basta moer uma colher de sopa cheia de grãos.
    • Continue acrescentando os grãos. Para cada xícara, vai uma colher de sopa cheia. Por exemplo, se na sua cafeteira francesa couberem 2 xícaras de água, pode-se colocar 2 colheres de sopa de grãos.
    • Uma boa hora para colocar a água para ferver é antes de você começar a moer os grãos. A temperatura certa da água fica entre 90 e 93 graus - ou seja, instantes depois de começar a ferver.
  3. Coloque os grãos moídos na cafeteira. Retire a tampa da cafeteira e coloque o pó de café no fundo do copo na quantidade desejada.
  4. Acrescente a água. Depois de fixar o filtro sobre os grãos moídos, coloque água fervente na cafeteira. Levante o êmbolo da cafeteira e misture os grãos à água para extrair deles o sabor do café.
  5. Agora é só esperar. Deixe o êmbolo da cafeteira puxado para cima para que os grãos possam continuar interagindo com a água. O tempo certo para deixar o café curtindo é de 3 a 4 minutos. Você pode até deixar um alarme para tocar quando der o tempo.
  6. Toque final. Terminado o tempo, abaixe o êmbolo para separar os grãos e a água. Abaixe o êmbolo devagar e com cuidado para evitar que os grãos escapem ou que o café transborde. Agora é só servir-se na sua caneca preferida e apreciar o seu café!

Fazendo Chá com a Cafeteira Francesa

  1. Escolha o seu chá. Você pode usar folhas ou flores secas (hortelã e camomila por exemplo) ou ainda abrir o saquinho de chá e despejar o conteúdo na cafeteira. Para cada xícara de chá que você quiser fazer, acrescente uma colher de sopa das folhas/flores ou do conteúdo do saquinho.
    • O chá verde é cheio de antoxidantes e traz inúmeros benefícios à saúde. É a escolha certa para obter uma bebida energizante.
    • Para um chá simples e puro, aposte no chá branco. Ele é o tipo menos processado de todos, oferecendo um sabor suave e adocicado. O chá branco é comprovadamente benéfico à saúde da pele..
    • Para um sabor intenso, vá de chá preto. O chá da Índia é uma escolha garantida e bastante tradicional, mas há outras variedades também o earl gray, por exemplo, pode ser encontrado em supermercados onde vendem-se importados. É um chá com um aroma maravilhoso e notas frutais.
    • Tanto o chá de camomila como o de hortelã auxiliam a digestão, além de não conterem cafeína.
    • Para aquela levantada nos ânimos, aposte no chá de mate. Ele é rico em vitaminas, além de trazer a cafeína a bordo de um sabor delicioso.
    • O chá Oolong é bastante apreciado na China. Parecido com o chá preto, pode ser encontrado em vários sabores em lojas de produtos orientais.
  2. Ferva a água. Enquanto ela não ferve, deseja água morna, quase quente, na cafeteira. Esse cuidado vai evitar que o vidro da cafeteira trinque devido ao choque térmico da água fervendo com o vidro frio.
    • A temperatura certa da água varia conforme o chá que você escolheu. Uma boa medida é deixar a água em algo em torno de 90 graus.
  3. Hora de acrescentar os ingredientes. Coloque o chá no fundo da cafeteira e coloque a quantidade de água desejada (dependendo de quantas xícaras de chá você quer). Misture um pouco para que as folhas sejam curtidas melhor.
  4. Tempo certo. Deixe o êmbolo puxado para cima e aguarde por 3 minutos para que o chá curta. Não deixe passar desse tempo - esperar demais vai fazer com que a bebida fique amarga e com o gosto estranho.
  5. Toque final. Passados os 3 minutos, sirva-se com o chá e aproveite! Você pode adicionar mel, açúcar ou leite para enriquecer o sabor da bebida.

Dicas

  • Uma prensa francesa pode ser usada para fazer chá ao substituir o café moído pelas folhas de chá, alterando o tempo de espera de acordo.
  • Caso queira um café gelado, use água gelada para fazer a bebida na cafeteria e deixe-a na geladeira de um dia para o outro. O resultado será um café bem suave e adocicado, pois os óleos essenciais dos grãos foram poupados do calor.
  • Limpe sua prensa francesa toda vez que usá-la. Remova o filtro imediatamente e lave bem. Para desmontar o filtro para limpeza, segure o fundo com uma mão e desatarraxe a alça com a outra. Existem várias partes, e você deve memorizar ou anotar a ordem para poder montar tudo de novo. Use bicarbonato de sódio e esfregue bem para remover os odores remanescentes de café. O filtro deve ficar com um cheiro neutro, ou ele vai alterar o sabor do café. Você pode usar um tablete para limpeza de dentadura no interior da prensa e colocar as partes desmontadas dentro, com água. Deixe de molho um pouco, enxague e tudo vai estar completamente limpo.
  • Para evitar que a bebida transborde, não encha muito a cafeteira e nem pressione o êmbolo muito rápido. Algumas prensas francesas têm uma linha para indicar o máximo de água que deve ser colocado. Mas em geral, deixe pelo menos 2 dedos de espaço entre a água e a boca da cafeteira.

Avisos

  • Se encher demais a cafeteira ou pressionar o êmbolo com muita força, a água vai espirrar, podendo até causar queimaduras.
  • O sedimento é o maior inimigo da prensa francesa. Até mesmo bons moedores vão produzir uma pequena quantidade de partículas finas. Se não seguir os passos para assentar o pó, seu primeiro gole vai ser arenoso e desagradável. Você também vai notar este sedimento no fundo da caneca quando estiver terminando seu café. Ali é que ele deve ficar.
  • Estudos indicam que pode existir um elo entre café não filtrado e aumento no colesterol LDL. Se colesterol for um problema, consulte seu médico a respeito de usar a cafeteira francesa e filtre com um filtro de papel sem alvejantes - embora isto altere o sabor de seu café no final.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.