Como Lidar com Uma Pessoa Que Não Tem Respeito por Você

Gostar de alguém que não tem respeito por você é algo que se precisa levar em consideração na hora de avaliar o caráter da pessoa e, consequentemente, tirá-la da sua vida sem rodeios; por outro lado, a atração não é algo sobre o qual temos controle e, por alguma razão, o coração é teimoso. Infelizmente, a atitude desrespeitosa e a grosseria podem ser interessantes de um jeito bem perverso, pois a gente entra em modo "salvador", pensando que poderá mudar a pessoa. Essa situação pode ser confusa e dolorosa, principalmente se a pessoa sempre o ignora. Se sim, é hora de examinar a atitude dela e se dar mais respeito, ao invés de dar a ela mais munição para atacá-lo. Este artigo lhe dará dicas de como superar esse tipo de indivíduo e voltar a se amar.

Passos

  1. Atente-se para o efeito "glamour". Às vezes, é muito fácil se interessar pela posição ou pelo status de alguém, e não pela pessoa em si. Essa confusão de identidade pode ser difícil de desfazer, mas, se não tentar separar a pessoa da posição, você estará se apaixonando por algo irreal. Em outras palavras, se a pessoa estiver numa posição de autoridade, poder ou respeito em algo que lhe interesse, seja trabalho, passatempo, time etc, você poderá confundir isso com o caráter dela. Esse é um problema bem comum nesse mundo no qual o "ter" costuma ser mais valorizado do que o "ser".
    • Por exemplo, Joana tem uma queda por Gustavo. Ele é o presidente da turma e sabe falar muito bem em público, algo que ela gostaria de ter coragem o suficiente para fazer também. Gustavo dá ótimos discursos e tem bastante influência. Ele parece ter uma multidão atrás dele, onde quer que vá, tentando ganhar um pouco da sua atenção. Joana também quer ser notada por essas características. Ela sabe que Gustavo não é lá muito legal com ela e até mesmo a insultou diretamente em alguns momentos, mas Joana pensa que isso é charmoso, pois ele é inteligente e espirituoso e, algum dia, vai se dar conta de que ela é ótima com as palavras também. Joana está muito, muito enganada! Ela ama a posição de Gustavo, não o idiota que ele realmente é.
    • Jorge está se apaixonando por sua chefe. Ela é inteligente, esperta e atrevida, e há um burburinho de que a gerência está pensando em promovê-la. Ainda assim, ela é mordaz ao conversar com ele, além de sempre exigir que refaça todo o trabalho, mesmo que isso não seja necessário e outras pessoas reconheçam o ótimo profissional que Jorge é. O problema é que Jorge está sempre disposto a atendê-la, afinal, a chefe é bem mais inteligente e, se ele não reclamar, ela logo vai perceber o quanto ele é especial. Assim como Joana, Jorge está redondamente enganado. Ele está deslumbrado pela posição da chefe e acaba ignorando a falta de educação dela pensando que um dia ela vai mudar. Ela não vai, e ele sempre vai acabar se menosprezando.
  2. Você precisa se respeitar! Insistir em alguém que não tem respeito nenhum por você sempre vai estar ligado as suas próprias inseguranças. De certa forma, você vê essa pessoa grossa e sem educação como alguém que poderá preencher o vazio existente dentro de si. Na verdade, ninguém pode lhe completar; apenas você mesmo pode fazer isso e, se tiver problemas de autoestima, autorrespeito e insegurança, será preciso se concentrar em suas próprias necessidades, ao invés de continuar a insistir em alguém que sabe como encontrar suas fraquezas e atingi-las em cheio. Pare de se colocar nessa situação e comece a se valorizar. Lembre-se de que uma pessoa que o insulta e o trata mal constantemente não merece fazer parte da sua vida.
  3. Não tente analisar o comportamento da pessoa. Ela provavelmente é assim por mil motivos, desde quaisquer inseguranças até uma necessidade por atenção. Contudo, você precisa chegar ao ponto de dizer para si mesmo: "Quem liga?". Você não é anjo da guarda, psicólogo, muito menos personal trainer de ninguém. Se a pessoa tiver problemas, você não precisa salvá-la. Se pensar demais no motivo, você corre o risco de encontrar desculpas para o comportamento do sujeito. Se ele o menospreza, machuca ou trata mal, isso deve ser alerta suficiente para você começar a se livrar dessa paixonite por ele.
    • Se você estiver tendo problemas para se livrar do comportamento de tentar agradar alguém, procure na busca por dicas para impedir essa atitude destrutiva.
  4. Caia na real de que você precisará superar essa pessoa. Não é possível construir um relacionamento saudável se uma das pessoas não respeitar a outra. Embora essa seja a parte mais difícil do processo, também é a essencial. Se você não estiver disposto a abandonar esses sentimentos, continuará insistindo na pessoa e deixando suas próprias necessidades em segundo plano.
  5. Concentre-se em por que você não deve admitir as atitudes da pessoa, ao invés de ficar obcecado com a paixonite que sente por ela. Se ela tiver demonstrado uma atitude desrespeitosa em relação a você, isso deve ser aviso suficiente de que a visão que ela tem de você sempre vai ser distorcida. Se continuar a encontrar desculpas para esse comportamento, continuará a permitir que a grosseria ocorra, além de deixar que ela se comporte horrivelmente com você. Analise a forma dos insultos. Por exemplo: essa pessoa o humilha em público? Provoca-o sem motivo? Irrita-o absurdamente? Joga piadinhas para você, principalmente com outras pessoas por perto? Debocha de você? Saber por que não gostaria de ter um relacionamento amoroso com o sujeito é parte fundamental de se livrar de uma paixonite desse tipo.
  6. Proteja a si mesmo afastando-se da pessoa. Provavelmente, você vem tentando estar perto dela o máximo possível, suportando as grosserias e os insultos apenas para passar um tempinho com ela. Qualquer que seja seu comportamento, pare — para o seu bem! É recomendado se afastar da pessoa completamente e passar esse tempo cuidando de si mesmo. Aqui estão algumas dicas:
    • Não fale com a pessoa. Ela claramente não merece sua atenção.
    • Se tiver o número da pessoa na lista de contatos, o e-mail na lista de endereços eletrônicos ou o perfil em alguma rede social, delete qualquer fonte de contato e conexão. (Você pode inclusive bloqueá-la!) Isso mostrará para a pessoa que você não aceitará as ações passadas dela, muito menos lidará com quaisquer grosserias futuras.
    • Se a pessoa tentar falar com você, não responda. Simplesmente se afaste. Se ficar quieto lhe parecer uma grosseria (afinal, é importante não descer ao nível do sujeito), peça desculpas educadamente e então vá embora.
    • Se você for obrigado a falar com a pessoa (no trabalho, por exemplo), seja superficial e diga apenas o necessário; tudo de maneira profissional, claro. Considere registrar todos os insultos direcionados a você ou a seu desempenho para depois mostrar ao chefe ou à pessoa responsável. Na sua cabeça, é essencial transformar a situação de paixonite em assédio.
  7. Pare de falar sobre essa pessoa com seus amigos. Não fofoque sobre ela nem a insulte pelas costas. Fazer isso é entrar no jogo dela e falhar em fortalecer o respeito por si mesmo. Quando alguém perguntar o que aconteceu entre vocês, diga algo parecido com: "Cansei de lidar com ele/ela". Ou, simplesmente, diga que vocês concordaram em discordar e não estão interagindo muito ultimamente. Por fim, a situação não é da conta de ninguém, portanto, você pode dizer: "Por que você quer saber? Não é nada importante".
  8. Apoie-se em familiares e amigos verdadeiros, ou até mesmo em outros colegas de trabalho. Dar o gelo em alguém é doloroso, principalmente quando se começou a fantasiar sobre um relacionamento e gastou tanta energia para que a pessoa mudasse de comportamento. Continuar a ter sentimentos pelo sujeito é natural, mas não uma razão boa o suficiente para voltar a cair nas mesmas ciladas. Marque uma reunião com alguns amigos e esqueça da pessoa por umas horas. Passe tempo com quem o acha bacana. Permita-se estar perto de gente que o respeite e não o menospreze.
  9. Deixe a vida continuar de maneira mais positiva. Perceba como você interage com as pessoas que cruzam seu caminho e não deixe seu coração voltar a ter ideias de salvar alguém. As pessoas só mudam se tiverem vontade. Para início de conversa, fantasiar que alguém vai mudar e enxergar você como alguém legal significa que o seu eu verdadeiro não está se sobressaindo o suficiente; por isso, o segredo é gastar algum tempo cuidando de você. A gente atrai pessoas parecidas, portanto, às vezes, começamos a gostar de alguém que revela o que repudiamos em nós mesmos. É importante tirar uma lição do fato de que você se apaixonou por alguém tão negativo, pois isso diz muito sobre você. Você merece mais e precisa se lembrar disso constantemente, até que se torne algo natural. Além disso, cuide desses aspectos de sua personalidade com mais atenção e carinho.
    • Fique de cabeça erguida e tenha autoconfiança. Assim, você atrairá pessoas parecidas, as quais compartilharão essa positividade e apreciarão sua personalidade. Pode parecer difícil a princípio, mas esta é a única maneira de atrair pessoas que vejam você verdadeiramente: não tendo medo de se expressar e exigindo respeito dos outros.
    • Pesquise outros artigos para ter mais ideias.

Dicas

  • Uma pessoa que o desrespeite não "precisa" de você de nenhuma forma. Ela pode adorar a atenção que você lhe dispensar, mas isso não vai mudar em nada as atitudes do sujeito. Ao contrário, uma atenção constante, apesar de insultos e desrespeito, vai reforçar que ela pode pode lhe tratar como capacho, independente dos seus sentimentos. Largue essa pessoa de mão!
  • Quando alguém lhe tratar mal, esse não é um convite para que você faça o mesmo. Se vingar pode ser delicioso, mas é contraprodutivo e não deixa ninguém se sentindo melhor (e você deve saber disso, pois passou por uma experiência emocional similar). Todos somos humanos, uns mais cruéis do que os outros, mas ainda humanos.
  • Aja como se nunca tivesse conhecido a pessoa. A vida deve continuar, e o castigo merecido daquela pessoa vai acabar acontecendo em algum momento. Mesmo se o carma não reverberar, não se preocupe. Você precisa se concentrar em ser a melhor pessoa que conseguir, não em vingança.
  • Como parte desse processo de largar a pessoa de mão, tente falar sobre o comentário ou comportamento e veja o que acontece. Ela provavelmente vai ficar surpresa e ficar na defensiva. Talvez, comece até mesmo a cobrar você por qualquer tipo de comportamento, e essa é a chance para que expresse o arrependimento de não ter falado nada antes. Evite atacá-la, apenas relembre ocasiões em que ela foi sem educação e cruel.

Avisos

  • Se a pessoa ameaçá-lo, comunique à polícia imediatamente.
  • Se ela se desculpar, provavelmente é para não se complicar ainda mais. Ninguém fica feliz em uma situação que aponte nossos defeitos. Caso a pessoa realmente se arrependa, ela vai entender todo o estrago que as ações dela lhe causaram e tentar se desculpar por meio de bons comportamentos futuros e não com algo específico como: "Vamos para o Havaí!". Essa é apenas uma tentativa de "apagar" o acontecido.
  • Não fique em contato com a pessoa, mesmo se ela ligar para se desculpar e dizer que "isso não vai acontecer de novo". Esse quase sempre é um método para tudo voltar a ser como era antes.
  • Quase todo mundo se torna um crianção na hora de admitir defeitos e erros. A pessoa provavelmente vai tentar encobrir o problema, ao invés de lidar com ele de forma madura.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.