Como Adotar os Princípios da Cultura Amish em Sua Vida

A simplicidade e a regularidade da vida dos Amish oferece uma alternativa para a correria e intensidade digital da vida moderna. Embora este artigo não defenda a renúncia de tudo que é moderno, ele tem por objetivo destacar alguns dos princípios Amish, que poderiam lhe oferecer uma abordagem mais saudável à vida, através de uma visão mais orientada de família e uma forma mais sustentável de valorizar o básico em nosso dia a dia. Dito isso, alguns princípios dos Amish podem ajudá-lo a apreciar mais sua vida e sua família. Os Amish são todos cristãos.

Passos

  1. Passe mais tempo ao ar livre. A vida moderna tende a nos prender o dia todo em casa, na frente de Tvs, celulares e computadores. A renúncia das atividades ao ar livre têm aumentado a taxa de obesidade e doenças relacionadas a falta de exercícios. Ao quebrar este ciclo, você poderá restaurar sua saúde física e mental, além de aprender a valorizar a natureza.
    • Envolva-se diariamente em algum tipo de exercício físico ao ar livre. Seja um passeio pelo bairro ou uma trilha por uma mata fechada, encontre uma maneira de queimar algumas calorias, enquanto passa um tempo de qualidade ao ar livre.
    • Compre um pedômetro e caminhe cada dia mais. Os Amish caminham muito mais do que andam de carro, e isso traz grandes benefícios para a saúde. Os homens que seguem este estilo de vida dão cerca de 18.000 passos por dia, enquanto as mulheres chegam a 14.000; isto se traduz em taxas muito baixas de obesidade.
    • Convide toda a família para acompanhá-lo. Tente incluir toda família em atividades saudáveis, da criança mais jovem ao adolescente mais relutante. Ensinar as crianças a apreciarem a vida ao ar livre é importante para ajudá-los a formar esses hábitos na vida adulta.
    • Tire um tempo para perceber e reconhecer a generosidade da natureza. Esforce-se para notar pelo menos um dos presentes que a natureza nos concede a cada dia, e isso trará paz e equilíbrio para sua mente e espírito.
  2. Seja menos obcecada com sua higiene pessoal. Embora seja muito importante estar sempre limpo e apresentável, gastar rios de dinheiro com produtos de beleza é uma maneira infalível de deixá-la insatisfeita com sua aparência, sedenta por mais “soluções” consumistas. Em vez de se deixar atingir pela bola de neve das cirurgias plásticas, botox e roupas caras, tente uma abordagem mais simplista.
    • Descubra o que combina com você, em vez de perseguir truques da moda e objetos “essenciais”. Crie um orçamento consciente para a compra de roupas, priorize a qualidade sobre a quantidade e faça suas peças durarem mais, cuidando bem delas.
    • Seja modesta. Perceba que ninguém está pedindo para você adotar o vestuário padrão das mulheres Amish. Em vez disso, apenas evite usar roupas muito apertadas, chamativas ou reveladoras. Use roupas confortáveis, elegantes e apresentáveis, que se encaixem em seu estilo de vida.
    • Escolha um penteado que combine com você e se atenha a ele. Evite a perseguição constante da “última moda”, que a leva a cortar e tingir seu cabelo até que você não se lembre mais de sua cor original.
    • Minimize o uso de joias e acessórios, ou abandone estes por completo. Você economizará tempo, dinheiro, e não precisará mais se preocupar em combiná-los com suas roupas, ou mesmo perdê-los.
    • Considere a possibilidade de se abster dos acessórios e joias, como fazem os Amish. Quanto mais simplicidade e menos adornos, melhor. Procure usar roupas mais simples e da cor preta. Um chapel largo complementa o look, e evita que os raios solares atinjam seu rosto.
  3. Redescubra a sensação gratificante do trabalho duro, tanto físico quanto mental. Os Amish consideram o trabalho árduo como uma das mais importantes contribuições que você pode fazer na vida, e acreditam que você colhe o que planta. Ideias como ficar rico da noite para o dia não passam por suas cabeças.
    • Trabalhe com empenho e eficiência. Trabalhar pesado não significa que você precisa fazer tudo da maneira mais difícil. Integre eficiência, organização e planejamento ao seu dia, a fim de maximizar o seu tempo e realizar mais tarefas. Leia livros e conteúdos na internet sobre como trabalhar de maneira mais eficaz, e faça um esforço consciente para ter um bom dia de trabalho todos os dias.
    • Não tenha medo de trabalho duro. Para evitar qualquer esforço extra, muitas pessoas não colocam a mão na massa com tanto afinco quanto poderiam. Abrace a oportunidade de ser mais útil e produtivo, em vez de fugir dela. Considere seu trabalho como uma de suas contribuições mais importantes para a sociedade.
    • Evite quaisquer distrações que tirem sua concentração do trabalho. A TV, o rádio, músicas, jogos, etc são todas fontes de distração, que podem evitar que você termine seus afazeres. Não use nenhum desses durante o trabalho.
    • Congratule outras pessoas quando elas se empenham em suas tarefas. Se o seu filho está indo muito melhor do que você esperava na escola ou em um esporte, certifique-se de reconhecer o esforço dele.
  4. Em vez de depender do mundo dos alimentos processados, cultive parte dos alimentos que você consome e prepare-os você mesma.
    • Aprenda a costurar e tricotar suas roupas, e compartilhe estas habilidades com seus amigos e família. A medida que você fica melhor neste ofício, comece a costurar colchas, lençóis e quaisquer outros artigos que você precisaria comprar no passado. Procure usar materiais que, outrora, você jogaria fora.
    • Asse seus próprios pães, bolos e biscoitos. Ao fazer isso, você sempre sabe os ingredientes dos produtos que você e sua família consomem, trazendo alimentos mais gostosos e saudáveis para dentro de casa. Além disso, trabalhar com massas é uma ótima maneira de aliviar o stress!
    • Cultive suas próprias frutas e vegetais. Transforme seu gramado em seu próprio jardim comestível. Todo o trabalho necessário será recompensado com alimentos frescos, diversificados e saborosos. Se você mora em um apartamento, descubra plantas que possam ser cultivadas dentro de casa, em sua janela da cozinha ou varanda.
    • Preserve sua colheita. Desidrate as frutas ou coloque-as em conserva, para apreciá-las durante o inverno.
    • Faça suas próprias refeições rápidas. Faça seus próprios lanches, em vez de comprá-los, e guarde-os no congelador. Você pode fazer e congelar pizzas, macarrão, queijo de qualidade, curries, ensopados, frituras, etc.
    • Crie sua própria fonte de energia. Faça velas, instale painéis de energia solar, jogue os jornais velhos na lareira e encontre o máximo de soluções possíveis para economizar energia em sua casa.
    • Crie seu próprio entretenimento. Você pode fazer muitas coisas sozinho, incluindo brinquedos, quebra-cabeças, livros, jogos de tabuleiro etc, reciclando e reaproveitando materiais sempre que possível.
  5. Evite aparelhos modernos que não melhorem sua vida de alguma maneira. Isso não quer dizer que você deve renunciar à tecnologia moderna só porque ela é moderna. O importante é refletir sobre o que é positivo em sua vida e o que não passa de uma distração. Por exemplo, 3 Tvs em uma casa podem estar mantendo sua família separada em um momento no qual poderia estar unida, enquanto os alimentos de micro-ondas podem estar minando sua saúde. Torne-se um consumidor consciente, percebendo como certos aparelhos regulam seus comportamentos.
    • Certifique-se de que cada item em sua casa tenha uma utilidade. Livre-se do que está apenas ocupando espaço, e dando-lhe preocupações extras.
    • Se você pratica a abordagem “quanto mais, melhor”, procure diminuir esta tendência a acumular coisas. Simplifique sua vida, encontrando maior profundidade e significado na companhia dos outros e na auto-reflexão. Isso o ajudará a viver com mais clareza e felicidade.
  6. Aumente suas possibilidades de viver uma vida mais tranquila. O objetivo final na cultura Amish é viver em uma comunidade pacífica e trabalhadora. Embora possa ser difícil encontrar a paz em um mundo de notícias chegando 24 horas por dia e de aparelhos eletrônicos cada vez mais evoluídos, você sempre pode tomar algumas medidas para se ajudar a viver de forma mais tranquila.
  7. Diminua o uso de aparelhos eletrônicos. Passe algumas noites sem ficar na frente da TV ou computador, e considere meditar ou ler um bom livro.
    • Rejeite a violência. Os Amish são proibidos de participar de qualquer forma de violência. De desligar a TV durante programas violentos, até fugir de situações que podem acabar em socos e pontapés, sempre há uma maneira pela qual você pode adotar o mesmo princípio.
    • Pratique técnicas que incentivem um comportamento pacífico. A meditação ou o yoga abrem sua mente para a paz e a tranquilidade. Aprenda a usar técnicas de comunicação não-violenta. Aprenda habilidades de mediação ou negociação, que ajudam a manter o controle sobre os ânimos muito inflamados.
  8. Por mais que, na cultura Amish, os papeis do homem e da mulher sejam bem tradicionais, você ainda pode implementar os mesmos princípios em um relacionamento moderno. Encare seu relacionamento como uma parceria, que exige que ambos trabalhem duro para manter o amor e a chama acesos. Prepare-se para se comunicar de maneira positiva, e resolver os problemas como um casal.
    • Defina claramente as funções de cada cônjuge, de maneira que ambos fiquem satisfeitos. Ainda que os dois trabalhem fora, procure dividir as tarefas de casa, a fim de evitar problemas de comunicação. Você também pode atribuir as responsabilidades domésticas a quem tem mais afinidade com elas, ou mesmo rotacionar as tarefas, caso nenhum dos dois se importe com isso!
    • Tire algum tempo para apreciar seu cônjuge. Em um mundo muito corrido, cheio de ocupações, alguns casais podem achar difícil ter tempo para curtir a relação, especialmente se o casal em questão já tiver filhos. Siga o exemplo dos Amish, que estabelecem um momento do dia para mostrar amor e apreço pelo seu companheiro, seja através de um jantar ou uma noite junto à lareira. Procure sempre fazer suas refeições junto com sua família.
    • Evite discussões muito agressivas. Quando os Amish se desentendem, o volume da discussão é tão audível quanto um sussurro. Alguns passam dias sem conversar com seu cônjuge, até que possam resolver o problema por si mesmos. Antes de tentar algo do tipo, discuta isso com seu esposo, visto que ele precisará entender o que você está fazendo, a fim de evitar mais problemas e ressentimento. Como alternativa, use habilidades de assertividade e comunicação não-violenta para esclarecer os problemas e descobrir maneiras de superá-los.
  9. Ame seus filhos incondicionalmente, mas não os mime. Muitas crianças se consideram mais ou menos amadas pelos pais, de acordo com os ganhos materiais e os privilégios que recebem. Os Amish demonstram seu amor através da disciplina e consistência, a fim de transformarem seus filhos em membros produtivos da sociedade. Muitos Amish também permitem que seus filhos adolescentes desfrutem de um período de liberdade em suas vidas, antes de fazer um compromisso final com o estilo de vida Amish. Embora você não deva pedir que seus filhos adotem suas crenças e profissão, deve ensinar a eles os valores certos, permitindo que eles tenham liberdade para passar pelo conturbado período da adolescência.
    • Todos os privilégios devem ser conquistados. Em vez de dar um celular a seu filho, simplesmente porque ele pediu, mostre que ele precisa fazer algo para merecê-lo. Com exceção da alimentação, abrigo e das roupas, qualquer outra coisa que seu filho deseje deve ser conquistado através do bom comportamento, do bom rendimento na escola e nas tarefas da casa. Isso ensinará seu filho que nada é de graça, tornando-o uma pessoa mais compreensiva, que procura cuidar melhor do que tem.
    • Ensine as crianças a respeitarem os outros, principalmente os adultos. Os adultos, em particular, são tratados com o maior respeito possível na cultura Amish. Desde cedo, você deve ensinar seu filho a dar o respeito que ele espera em troca.
    • Converse com seus filhos sobre moral e valores. Ensine uma lição a seu filho todos os dias. Ensine-o a ser um amigo melhor, a fazer a coisa certa quando alguém precisa de ajuda, mostre-o a diferença entre o certo e o errado e traga mais harmonia para a vida da família.
    • Seja um exemplo. Seus filhos o observam o tempo todo; você deve moldar o caráter deles através do seu. O velho jargão que diz “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” deve ser eliminado da vida da sua família.
  10. Pratique a humildade. Em uma sociedade moderna, o maior costuma ser considerado o melhor, bem como aquele que pensa mais em si mesmo do que nos outros. No entanto, os Amish praticam exatamente o oposto. Através da humildade, eles entendem melhor seu papel no mundo, que é viver em harmonia com os outros, em vez de pensar apenas em si mesmo. Lembre-se, você pertence a uma comunidade.
    • Nunca fofoque. Além de ser algo desprezível, a fofoca é considerada uma ofensa contra a comunidade Amish.
  11. Não se gabe. Por mais que você tenha ficado feliz com a nota 10 do seu filho, se gabar disso é considerado algo ousado e negativo.
    • Evite ser "chamativo". O brilho e glamour de Hollywood "não" é apreciado pelos Amish. Evite chamar atenção para si mesmo através de suas roupas, carro ou imóvel.
    • Aprecie o questionamento constante, bem como a auto-renovação. Você sempre pode saber um pouco mais do que sabe hoje. Uma outra pessoa sempre terá algo a ensiná-lo.
    • Seja uma pessoa grata. Quando estamos sempre ocupados com algo, é difícil se sentir grato pela nossa vida, especialmente pela vida das pessoas à nossa volta. Tudo passa.

Dicas

  • Integre todos os princípios dos Amish que você acredita serem benéficos para você e sua família. Se trabalhar no jardim não é para você, tente encontrar outras maneiras de apreciar e interagir com a natureza. Adapte os princípios deste artigo da maneira que funcione melhor para você.
  • Considere os princípios Amish como um esforço colaborativo em sua família. A família deve viver em união, então certifique-se de incluir todos os membros de sua família em sua iniciativa.
  • Se você tem um bom conhecimento da língua inglesa, talvez ache interessante ler o livro “Amish Values for Your Family: What We Can Learn from the Simple Life”, (2011) da Suzanne Woods Fisher. Este livro foi destinado a ajudar famílias modernas a aplicarem princípios antigos, e tem muitos exemplos que você pode querer usar.
  • Os valores dos Amish são todos baseados no cristianismo, portanto, para ser um Amish, você precisa ser cristão. Eles vivem de uma maneira que ajuda a manter as tentações afastadas de suas vidas. No entanto, você pode muito bem adotar os princípios dos Amish como uma orientação de estilo de vida .
  • Passe tanto tempo quanto puder com sua família.

Avisos

  • A vida dos Amish não é fácil, é apenas diferente.
  • Por mais que os Amish usem punições físicas com seus filhos, você não deve fazer isso.
  • Evite romantizar a cultura Amish. Como qualquer cultura, eles devem ser observados em contexto, com a percepção de que podem haver certos elementos indesejáveis em seu estilo de vida, tais como a minimização dos direitos das mulheres, o abuso verbal e físico como forma de disciplina, padrões baixos de educação etc.

Materiais Necessários

  • Pedômetro
  • Roupas simples e menos acessórios
  • Um diário para registrar as coisas pelas quais você é grato (opcional, mas útil)
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.