Como Verificar a Existência de Piolhos

Os piolhos são pequenos insetos parasitas sem asas que vivem no couro cabeludo. Eles podem ser difíceis de visualizar porque medem apenas de 2 a 3 mm. Um exame mais detalhado da região e pentear o cabelo com cuidado são as únicas maneiras de verificar com sucesso. É mais fácil ver se outra pessoa tem piolhos, mas você também pode checar sua própria cabeça se tiver alguns espelhos.

Quando procurar por piolhos

  1. Veja se há coceira no couro cabeludo. Esse é o sintoma mais comum de infestação por piolhos, porém outros problemas, incluindo caspa e eczema, também podem causá-lo.A coceira ainda pode ser sinal de uma reação alérgica a produtos como xampu.
    • Algumas pessoas que têm piolhos não sentem coceira de imediato. Pode levar até seis semanas após a infestação para que o couro comece a coçar.
    • Outros podem sentir um formigamento na cabeça, como se algo estivesse se movendo ou rastejando.
  2. Procure por flocos brancos no couro cabeludo ou no cabelo. Eles podem ser causados por caspa ou eczema, ou ainda por uma reação alérgica aos xampus e outros produtos capilares. No entanto, também podem na verdade ser os ovos dos piolhos (as lêndeas).
    • A caspa geralmente ocorre ao longo do cabelo, quanto as lêndeas costumam ficar mais perto do couro cabeludo e não se espalhar tanto.
    • Se você não puder escovar ou agitar os flocos para removê-los facilmente do cabelo, eles podem ser ovos de piolho.
  3. Procure por piolhos nas roupas. Eles podem se infiltrar na sua casa por meio das vestimentas ou da roupa de cama. Os piolhos não voam, mas podem percorrer grandes distâncias.
    • Você pode ver pequenos insetos que se parecem com sementes de gergelim marrom-claras no vestuário, na roupa de cama, na pele ou no cabelo.

Preparando-se

  1. Encontre uma fonte de luz brilhante. A luz natural servirá bem se não for filtrada por cortinas ou persianas. Já a luz do banheiro costuma ser forte o suficiente. Caso precise de mais iluminação, use uma lanterna ou uma luminária de mesa.
  2. Umedeça o cabelo da pessoa. Para tanto, use uma torneira ou um borrifador. Os piolhos podem ser vistos no cabelo seco ou molhado, mas muitas pessoas têm mais facilidade para encontrá-los nos fios úmidos.
    • Trabalhar com o cabelo molhado também facilita a separação cuidadosa das partes e o processo de prender as seções examinadas e afastá-las para que você possa continuar a verificar o resto do cabelo.
  3. Reconheça os piolhos adultos. Eles são difíceis de ver, principalmente porque podem ser mover facilmente e não gostam de luz. Quando as partes do cabelo são separadas, os adultos podem rapidamente voltar para os fios e para as sombras. Mesmo que os piolhos adultos sejam minúsculos, é possível vê-los se você puder ler as legendas de um jornal.
    • Os piolhos adultos têm cor marrom-clara e o tamanho de uma semente de gergelim. Eles costumam ser encontrados perto do couro cabeludo, logo acima e atrás das orelhas e na linha do cabelo que fica ao redor da base do pescoço.
  4. Reconheça os ovos, também chamados de lêndeas. Eles ficam bem presos, praticamente cimentados ao cabelo e são marrom-amarelados ou bronze antes de eclodirem. Parecem-se com sementinhas. Os ovos recém-postos são brilhantes e muitas vezes encontrados perto do couro cabeludo.
  5. Identifique as lêndeas eclodidas. Depois que os ovos, ou lêndeas, eclodem, a casca permanece bem presa ao cabelo. A cor dela se torna praticamente transparente.

Examinando o cabelo em busca de piolhos e lêndeas

  1. Comece separando o cabelo molhado em partes. Divida-o em pequenas seções e coloque o pente perto do couro cabeludo. Use um pente normal de dentes finos ou para piolhos e penteie cada parte, partindo de perto da raiz até as pontas. Penteie cada seção mais de uma vez.
    • Os pentes para piolhos estão disponíveis nas farmácias. Eles são menores do que um pente normal, porém seus dentes ficam bem mais juntos para facilitar a procura pelos piolhos e lêndeas.
  2. Continue a pentear o cabelo em partes. Ao terminar de pentear uma parte do cabelo molhado, use uma presilha para separá-la do cabelo que ainda não foi examinado. Penteie cada seção do cabelo, examinando o pente após cada passada.
  3. Examine a área ao redor das orelhas e a base do pescoço com cuidado. Esses são os locais onde os piolhos adultos e as lêndeas costumam ser encontrados.
  4. Pegue um piolho vivo entre o polegar e o indicador. Se você vir algo se movendo, tente pegá-lo dessa maneira e prendê-lo com fita adesiva a um pedaço de papel branco para que possa examiná-lo mais de perto. Pode ser útil comparar o que você encontrar a imagens documentadas de piolhos.
    • Pegar esse inseto entre os dedos não é perigoso. Dessa maneira, você pode confirmar se a pessoa tem mesmo uma infestação por piolhos.
  5. Não confunda a caspa com piolhos ou lêndeas. Pessoas de todas as idades têm coisas que ficam presas no cabelo, e pentear o de alguém com tanto cuidado provavelmente revelará caspas, nós, tecido e outras coisinhas que se escondem nele. As lêndeas não serão fáceis de remover, já que ficam bem presas aos fios. Use uma lupa para examinar pequenos itens encontrados durante o processo de pentear para ter certeza.
  6. Veja se você está com piolhos. Essa tarefa, obviamente, não é fácil, portanto tente conseguir alguma ajuda se possível. Caso decida inspecionar seu próprio cabelo sozinho, siga os mesmos passos básicos. Todos que moram com a pessoa infestada devem ver se estão com piolhos.
  7. Molhe seu cabelo. Os piolhos e as lêndeas podem ser vistos no cabelo seco ou molhado, mas talvez seja mais fácil procurar por eles molhando o cabelo.
  8. Providencie a iluminação adequada. A iluminação do banheiro costuma ser mais forte que a dos outros cômodos, e além disso você poderá usar os espelhos. Caso necessário, utilize uma pequena luminária para aumentar a luminosidade.
  9. Use um espelho de mão. Você precisará examinar com cuidado as áreas atrás e ao redor das orelhas. Utilize presilhas para segurar o cabelo e posicione o espelho de modo que possa ver claramente os locais que precisa examinar.
  10. Posicione o espelho de modo a ver a parte de trás do seu pescoço. Procure com cuidado por qualquer coisa que esteja se arrastando e por lêndeas ou cascas presas ao seu cabelo naquela região.
  11. Use um pente de dentes finos ou para piolhos. Você precisará separar o cabelo em partes e penteá-las várias vezes para examiná-lo melhor. Observe bem o pente após cada passada pelos fios e continue a usar presilhas para separar o cabelo que já examinou.
    • Lembre-se de se concentrar na região ao redor das orelhas e na base do pescoço. É difícil examinar o próprio cabelo em busca de piolhos, por isso concentrar-se nos locais mais prováveis pode ajudar você a saber se está com uma infestação.
  12. Observe bem o pente. Você pode usar uma lupa para examiná-lo cada vez que o passar pelo cabelo. Identifique a caspa, os nós, o tecido e outros itens com cuidado. Casquinhas pequenas e parecidas com sementes estarão bem presas e serão difíceis de remover, e provavelmente farão com que o folículo do fio saia com elas. Assim, você poderá examinar de perto o que for retirado e o que permanecer no pente para saber se está com piolhos ou lêndeas no cabelo.

Tratando os piolhos

  1. Trate a pessoa infestada. Você pode tratar os piolhos usando produtos disponíveis sem prescrição. Siga as instruções atentamente, incluindo as medidas de segurança.
  2. Comece pedindo para a pessoa vestir roupas velhas, para o caso dos ingredientes do tratamento danificarem as peças. Ela também deve lavar o cabelo, mas não aplicar o condicionador.
  3. Siga as instruções do produto. O médico ou farmacêutico pode ajudar você a escolher os melhores tratamentos. Depois de tratar a pessoa seguindo as recomendações da embalagem, examine o cabelo dela novamente em cerca de oito a 12 horas. Se você ainda vir piolhos, mas eles estiverem se movendo devagar, o tratamento ainda está agindo. Continue com o processo de remover o máximo de piolhos e lêndeas mortos possível usando a técnica de pentear.
  4. Repita o tratamento se os piolhos ainda estiverem ativos. Ao examinar o cabelo, veja se os piolhos continuam tão ativos quanto estavam antes da aplicação do produto. Se esse for o caso, siga as instruções da embalagem para tratar novamente a pessoa infestada.
  5. Siga as orientações do produto se for necessário repetir o tratamento. Geralmente, você deve tratar de novo o couro cabeludo da pessoa após uma semana. A maioria dos produtos disponíveis diz como fazer o segundo tratamento. Seu médico ou farmacêutico pode ajudar com conselhos sobre a repetição e sobre como cuidar dos outros membros da família.
  6. Trate o ambiente. Lave e seque todas as roupas de cama, toalhas e vestimentas com as quais a pessoa entrou em contato até dois dias antes do tratamento. Use água quente e coloque a temperatura da secadora na configuração alta.
    • Os itens que não podem ser lavados podem ser limpos a seco ou colocados em um saco plástico selado por duas semanas.
  7. Coloque os pentes e as escovas de molho. Cada vez que usar um pente ou escova para remover piolhos e lêndeas, deixe os itens de molho por cinco a dez minutos em água quente a pelo menos 54,4ºC.
  8. Aspire o chão e os móveis. Os piolhos só vivem cerca de dois dias quando não estão em uma pessoa, e as lêndeas não podem eclodir se forem removidas da temperatura normal de um corpo humano, morrendo após uma semana.
  9. Lave as roupas e deixe os pentes de molho. Cuidado para não causar uma reinfestação acidental: lave todo o vestuário e as roupas de cama na água quente. Guarde os itens não laváveis em sacos plásticos fechados a vácuo por duas semanas e coloque os pentes e outros acessórios de cabelo, como grampos e presilhas, na água quente por pelo menos cinco minutos.
    • Lave todos os itens macios, como bichos de pelúcia ou almofadas e travesseiros, com água quente.
  10. Evite compartilhar os itens macios. Os piolhos muitas vezes são transmitidos entre as crianças quando elas compartilham roupas, chapéus, cachecóis ou bichos de pelúcia. Não deixe que seu filho divida esses itens com outras crianças.
    • Não compartilhe os itens macios entre os membros da família até que todos os sintomas de infestação tenham desaparecido.
  11. Continue a examinar de perto o cabelo da pessoa infestada. Siga o procedimento de penteio a cada dois ou três dias e por duas a três semanas para ter certeza de que a pessoa não foi infestada novamente.
  12. Deixe que seu filho volte à escola. Após um tratamento bem-sucedido, seu filho pode voltar para a aula no dia seguinte. Não o deixe em casa durante vários dias por causa de uma infestação por piolhos.
    • Instrua seu filho a não fazer contato cabeça-com-cabeça com outras crianças na escola.

Dicas

  • Verificar se há piolhos na sua própria cabeça pode ser extremamente difícil. Se possível, chame alguém para ajudar.
  • Se alguém estiver com piolhos, considere examinar outros moradores da casa.
  • Os piolhos são transferidos por meio de contato pessoal. Eles também podem se espalhar pelo contato com itens usados por alguém infestado, como chapéus, pentes, cachecóis e faixas de cabelo. Nunca compartilhe esses objetos com outras pessoas.
  • Os piolhos não transmitem infecções bacterianas ou virais.
  • Eles podem viver por até 48 horas quando não têm um hospedeiro humano do qual se alimentar.
  • Dependendo do grau da infestação, você pode entrar em contato com o médico para pedir indicações sobre tratamentos para a pessoa e para o ambiente.

Materiais Necessários

  • Pente de dentes finos ou para piolhos
  • Boa iluminação
  • Lupa
  • Borrifador com água
  • Fita adesiva
  • Papel branco
  • Espelho de mão
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.