Como Construir uma Casa com Fardos de Palha

Uma casa de gesso e fardos de palha é uma opção acessível e ecologicamente correta de habitação. Abaixo estão expostos os materiais e métodos envolvidos nesse tipo de construção, que é barata, eficiente em termos energéticos e pode durar centenas de anos. Por concisão, este artigo não abordará a instalação de serviços públicos (tubulação de gás, água e esgoto e fiação elétrica) para se concentrar apenas na construção da estrutura.

Passos

  1. Faça um plano. Qual será o tamanho? Quantos cômodos são necessários? Quais serviços públicos você deseja instalar? Onde serão as portas e janelas?
    • Desenhe a planta baixa. Faça um diagrama simples da disposição dos cômodos. Se você vai usar piso de concreto, precisa determinar precisamente a posição de ralos, chuveiros, banheiras e torneiras — e, consequentemente, das linhas de água e esgoto. Se vai usar um piso suspenso de madeira, poderá mudar com facilidade as linhas de água e esgoto após a construção.
    • A medida da parede exterior deve ser divisível pelo tamanho do fardo de palha que você vai usar. Isso minimiza o número de fardos que precisam ser cortados e também o desperdício.
  2. Decida qual será o tipo de fundação. A primeira dentre as soluções mais comuns é um lastro de concreto. A segunda, dois tablados estreitos e paralelos de madeira que contornam a casa, sobre o qual é apoiado um estrado de vigas de madeira de 40 cm, amparado também por pilares centrais. Se optar pela fundação de madeira, consulte as normas de segurança do seu país quanto à dimensão dos materiais e à distância máxima entre eles.
  3. A sapata da fundação deve ficar abaixo da linha de congelamento, se você mora em climas frios, e o piso deve ser nivelado, seja o terreno inclinado ou plano (que tornaria o trabalho mais fácil). Verifique os parâmetros do seu país para a composição da fundação de paredes externas. As linhas de eletricidade, gás e água podem ficar sobre a laje, sob o assoalho, nas paredes ou por cima do teto.
  4. Construa uma estrutura de madeira ou metal. Ela será a responsável por distribuir o peso do teto para a fundação, e portanto deve ser muito resistente. Para evitar que a estrutura se incline para os lados, faça mãos-francesas que liguem a base das colunas à viga superior com tábuas de 2,5 x 10 cm, ou aparafuse calços diagonais (feitos de tábuas de 5 x 10 cm) entre os elementos verticais da estrutura. A base de cada uma das colunas deve ser bem fixada à fundação. Para obter mais estabilidade e compensar a dilatação e o deslocamento da palha, é possível ligar as vigas superiores à fundação com cabos de aço (que, terminada a obra, ficarão escondidos dentro dos fardos de palha).
  5. Para deixar tudo seco durante a etapa de construção, instale o telhado antes de qualquer coisa. Essa precaução evita que a palha fica encharcada por causa da chuva, neve ou granizo.
  6. Erga as paredes com fardos de palha, não de feno. Material composto de talos de cereais, a palha precisa estar muito seca (abaixo dos 20% de umidade) e muito bem compactada para evitar que o ar (incluindo o vapor e a neblina) penetre no fardo antes de ser feito o reboco. Ambos fatores são essenciais para impedir o apodrecimento da palha após a construção. Jamais use fardos de grama. Comece a construir as paredes afiando algumas varas de madeira (galhos de salgueiro com 2,5 cm de espessura, por exemplo) e afixando-as verticalmente na fundação de madeira ou concreto (o que pode ser feito com uma furadeira ou inserindo a vara no concreto ainda molhado). Reforce os fardos com galhos de salgueiro curvados em U, o que precisa ser feito com eles ainda verdes para que mantenham o formato. Não havendo galhos curvados, use galhos comuns na estrutura vertical da parede e algum tubo flexível para fazer os arcos.
    • Para curvar as varas em U: selecione varas de salgueiro de 1 m e faça uma marca a 33 cm de cada extremidade. Acerte a vara nessas marcas com uma marreta grande para amaciar as fibras. Isso tornará flexível a madeira dessas regiões, permitindo que a vara seja curvada num arco. Sempre que assentar uma nova camada (ou fiada) de fardos, insira em cada par de fardos, de cima para baixo, um arco de salgueiro (com a abertura virada para baixo e o meio da curva alinhado ao ponto em que os dois fardos se encontram). Isso prenderá os fardos aos que estiverem abaixo deles, o que é especialmente importante na fiada superior. Ao atingir a altura desejada, você pode amarrar a parede de cima a baixo com uma cinta para dar mais estabilidade a ela, mas sem apertar demais.
  7. Reboque as paredes. Vários tipos de gesso podem ser usados no reboco — inclusive fórmulas com ingredientes regionais. Escolha um produto que atenda a estes três requisitos: disponibilidade, custo e resistência ao clima da sua região. Para um acabamento profissional, use ferramentas de reboco; para um mais rústico, aplique o gesso com as mãos. Cubra a superfície por completo, sem deixar nenhuma palha exposta ou desprotegida pelo gesso. De outro modo, a parede estará mais sujeita a incêndios, infiltrações e infestações por vermes.
  8. Instale portas e janelas. Os espaços para acomodá-las devem ser previamente planejados e executados na etapa da construção, com vigas de madeira sob cada abertura para suportar o peso da porta ou da janela. Prenda os batentes às colunas de madeira da estrutura ou a um feixe de varas de salgueiro revestido com o gesso.
  9. Use tintas respiráveis. Escolha um produto à base de silicato mineral e livre de resinas artificiais, solventes de petróleo e biocidas (ou seja, veneno), mas resistente às intempéries e aos raios ultravioleta. A aplicação da tintas respiráveis é semelhante à das convencionais. Ainda assim, como existem diferenças entre as duas, convém ler as instruções do fabricante e segui-las à risca. Antes de pintar, verifique se todas as paredes estão sólidas, limpas, secas e livres de oleosidade.
    • Pintar o exterior com tinta respirável é essencial, pois ela permite que a umidade saia do interior da parede. Cada tinta possui um valor de permeabilidade ao vapor: quanto maior esse número, mais acelerada a deterioração da parede, que será impedida de transpirar a umidade. A maioria das tintas não respiráveis não exibe no rótulo o valor de permeabilidade, normalmente acima de 3 nesses produtos. Apenas tintas de com valor de permeabilidade igual ou menor que 0,1 são adequadas para edificações com palha ou gesso.

Dicas

  • A popularidade das casas de palha e gesso aumenta cada vez mais, principalmente nos Estados Unidos. Se você é residente desse país e gostaria de conhecer os parâmetros que ele exige para este tipo de construção, faça uma pesquisa com os termos "Appendix M Straw-Bale Structures".
  • O valor R de uma parede de palha com 60 cm de espessura seria aproximadamente 33. O revestimento de gesso em ambas as faces torna a parede de palha, pelo menos em teoria, hermeticamente fechada.
  • Há na internet vários artigos úteis a respeito de técnicas de construção e edificação com palha. O link da referência a seguir disponibiliza um vídeo e um curso introdutórios grátis de construção com palha, além de um artigo com dúvidas frequentes e uma galeria de fotos (em inglês).
  • Se você não tem experiência em construção civil, erigir uma casa com palha pode ser uma boa porta de entrada. Além do mais, atirar gesso ou lama em paredes de palha é divertido, e talvez sirva como terapia para as frustrações causadas pelo preço atual dos imóveis e pelo mercado imobiliário como um todo.

Avisos

  • O método aqui apresentado não é definitivo. O objetivo deste artigo é oferecer diretrizes. Antes de começar a construção, busque uma segunda opinião.
  • Consulte um engenheiro se for obrigatório apresentar um alvará antes de começar a obra. Muitos países permitem edificações de palha em áreas rurais e as proíbem nas urbanas.
  • Obedeça às normas de segurança e saúde para não machucar a si próprio, os ajudantes da obra, crianças etc.
  • Apenas comece a obra se houver disponibilidade de materiais (como argila e varas salgueiro) e se este tipo de construção for permitida por lei.
  • Planeje bem a obra e providencie todos os alvarás requeridos para executá-la.

Materiais Necessários

  • Quantos fardos de palha forem necessários
  • Materiais para a fundação e para o assoalho (opcional)
  • Tábuas e chapas de madeira para as paredes interiores
  • Pregos e parafusos
  • Varas de salgueiro (ou outro tipo de madeira e canos flexíveis)
  • Material para o telhado
  • Reboco (que pode até ser de barro ou argila, se um acabamento assim for desejável e permitido pela legislação local)
  • Tinta mineral de silicato (sem resinas artificiais, solventes de petróleo, biocidas ou venenos; e resistente a raios UV e intempéries)
  • Ferramentas: as necessárias para fazer a cava da fundação e afiar as varas de salgueiro; um serrote para cortar vigas de madeira; um arco de serra para aparar a palha; uma marreta e um martelo; ferramentas para rebocar
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.