Como Utilizar a Ferramenta de Clonagem no Photoshop

Existem objetos que talvez precisem ser removidos de uma imagem: um ex-namorado ou namorada, um texto comprometedor, uma propaganda que não pode ser exibida por razões legais ou defeitos fotográficos, como pontos de luz ou sombra extrema. Por mais que a ideia seja apagar coisas da imagem, a ferramenta utilizada é a de clonagem, que copia pixels de uma área da imagem e os cola sobre outra área. Assim, fundos texturizados podem ser "clonados" sobre objetos indesejáveis, deixando o fundo limpo e contínuo.

Passos

  1. Abra a imagem que deseja alterar no editor de sua escolha e selecione a ferramenta de clonagem. No Photoshop, a ferramenta utilizada é a "Clone Stamp" (Carimbo de Clonagem). Escolha a porção que deseja clonar cuidadosamente.
  2. Aplique um zoom de 200% a 300% na imagem, focando-se na área em que deseja colar os pixels clonados. Isso fará com que você tenha uma visão melhor dos detalhes e concentre o trabalho em áreas pequenas. A partir desse ponto, selecione o pixel que deseja clonar, pressionando a tecla "Alt" ou "Option" ao clicar com o mouse. Escolha uma área próxima para garantir que as cores e texturas combinem o máximo possível. Por exemplo, para remover uma pessoa que está na frente de uma parede, clone as texturas da parede.
  3. Clone primeiro as áreas mais fáceis, como o céu e texturas uniforme e escuras. Selecione uma área próxima e clique para cloná-la sobre a parte a ser removida. Faça retoques pequenos e vá devagar em áreas mais detalhadas. Remova o zoom da imagem de tempos em tempos para conferir o progresso, pois é difícil perceber os erros com a imagem aproximada. Caso cometa algum erro, utilize o comando Desfazer, pressionando "Control" + "Z" para desfazer o último retoque.
  4. Não apresse o trabalho. Experimente clonar detalhes específicos a partir de seções mais afastadas da imagem. Por exemplo, escolha um detalhe parecido de outra parte da imagem para evitar que a repetição de seções similares. Preste atenção em linhas finas e ondulações, duplicando-as a partir de áreas similares sempre que possível.

Dicas

  • Salve com frequência, principalmente quando sentir que fez um ajuste bom em uma área específica. Salve o arquivo com outro nome para manter a versão original disponível sempre.
  • Para tornar as texturas mais naturais, clone-as a partir de diversas partes da imagem. Utilizar a mesma área diversas vezes criará um padrão repetitivo perceptível no local. Às vezes, um único clique em uma área é tudo que você precisa, então mova o cursor ao redor com frequência.
  • Sempre faça a clonagem primeiro. Faça outros ajustes na imagem depois, pois eles podem ajudar a disfarçar os erros e defeitos da imagem.
  • Utilize um pincel com a borda suave para mesclar as texturas com mais naturalidade e utilize uma borda rígida para texturas específicas. Além disso, escolha o tamanho do pincel com cuidado. No geral, utilize o menor tamanho possível para texturas. Escolha um pincel maior para áreas mais suaves. Lembre-se, não apresse o processo!

Avisos

  • Tome cuidado ao editar imagens de pessoas ou locais. Representações falsas podem render processos!

Materiais Necessários

  • Software de edição de imagem como o Adobe Photoshop, Paint Shop Pro, ou GIMP.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.