Como Superar o Medo de Agulhas

Humanos podem ser evolutivamente condicionados a temer a picada de objetos afiados, como agulhas. Essa informação provavelmente não resolve seu problema, mas ao menos pode fazê-lo compreender melhor porque as agulhas causam um frio na sua espinha. Estima-se que mais de 10% dos Americanos teme agulhas, o que faz com que essa fobia seja bastante comum. Algumas pessoas têm medo da dor, outras temem o tamanho da agulha e há quem tema desmaiar. Uma coisa importante a ser lembrada é que você não está sozinho. Injeções podem parecer assustadoras no início – porém, com um pouco de prática e com a atitude certa, você poderá treinar seu corpo e sua mente para evitar o medo de agulhas.

Recomendações médicas para combater o medo

  1. Compartilhe seu medo. Em vez de esconder seu medo de agulhas e permitir que ele se eleve ao ponto de se tornar um ataque de ansiedade, converse com o profissional médico que aplicará a injeção. Permita que ele saiba de seu medo. A conexão social e a expressão normalmente ajudam as pessoas a se acalmarem. O profissional médico falará sobre suas opções e tomará precauções especiais para fazer com que o processo seja menos doloroso, sem gerar muita ansiedade.
    • Em vez de meramente conversar com o profissional médico que lhe aplicará a injeção ou que retirará seu sangue, marque uma consulta para falar com o profissional. Seu médico poderá levá-lo a um conselheiro que possa ajudá-lo a acalmar esse medo psicológico, além de prescrever medicamentos que diminuirão sua ansiedade.
  2. Tome um anestésico. A anestesia é algo que acaba com a dor e normalmente é aplicada na pele. Ela anulará a dor da agulha. Ainda que agulhas causem uma pequena quantidade de dor na maioria das pessoas, o ser humano que as teme pode sentir um sofrimento tremendo durante a aplicação dela. Nesses casos, um anestésico tópico pode ajudar muito.
    • Seu profissional médico deve ter uma ampla variedade de anestesias tópicas disponíveis para ajudá-lo. As mais comuns incluem, mas não estão limitadas a:
      • NeedleBuster (disponível nos EUA)
      • EMLA Creme
  3. Posicione seu corpo eficientemente. Para alguns pacientes que desmaiam e perdem a consciência, deitar-se e/ou elevar as pernas pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas do medo de agulhas. Essa é uma preocupação séria para muitas pessoas, já que vários pacientes com medo de agulhas acaba indicando medo de desmaiar associado à síncope vasovagal. Nesses casos, comentar sobre o medo de agulhas e da possibilidade de desmaiar é importante.
  4. Tome um medicamento ansiolítico. Medicamentos ansiolíticos podem ajudar especialmente aqueles que temem desmaiar ou que tendem a passar mal quando tomam uma injeção. Usado juntamente ao posicionamento correto do corpo e a um anestésico tópico, seu encontro com a agulha se transformará em uma experiência relaxante. Há várias coisas que você desejará lembrar ao tomar um medicamento ansiolítico.
    • Para “superar” seu medo de agulhas, e não adiá-lo temporariamente, você pode começar com uma dosagem mais pesada no início e diminui-la nos próximos procedimentos. Isso lhe ajudará a indicar à sua mente que a injeção não precisa ser acompanhada por ansiedade e/ou desmaios.
    • Visto que o ansiolítico pode deixá-lo tonto, você pode querer levar um amigo ou um membro de sua família consigo ao hospital ou clínica. Essa pessoa poderá reconduzi-lo de volta à sua casa. De outra maneira, você pode precisar ficar perto do hospital ou clínica até o efeito da medicação passar.
  5. Experimente outro medicamento. Betabloqueadores, que enfraquecem os efeitos de vários hormônios do estresse, podem fazer com que a experiência se torne mais agradável, especialmente se seu medo é de desmaiar, e não de sentir dor por causa da agulha. Diferente de outros ansiolíticos, eles normalmente não causam tontura. Ou seja, essa medicação não afetará sua habilidade de dirigir.

Distraindo-se durante o procedimento

  1. Não transforme isso em grande coisa. Não pense na agulha, ou tomar a agulhada. Não se preocupe com o tamanho da agulha e não se estresse com a dor. Se ficar se estressando com a agulha antes mesmo de ela tocá-lo, você apenas acumulará ansiedade. Resumidamente, isso faz com que o processo se torne muito desconfortável.
  2. Pense em alguma outra coisa. Distraia-se! Leve seus amigos consigo para poder conversar e se divertir com eles. Pense na festa que está chegando, ou naquele alguém especial. Se quiser, faça contas em sua cabeça: conte carneirinhos. Você poderia tentar levar um iPod consigo para escutar música e deixar de pensar na agulha.
    • Peça para que seu amigo ou parceira segure e aperte sua mão durante o procedimento. Esse estímulo físico ajudará a aliviar a dor da agulha e distrairá seu corpo.
  3. Tente não olhar a injeção. Não olhe o médico administrando a injeção. Olhe para longe e tente focar em algo atraente. Não foque necessariamente na enfermeira ou no médico administrando a injeção, pois ele pode estar focando na injeção e lhe indicará quando a agulha o perfurará.
    • Algumas pessoas acham que fechar os olhos é completamente útil, ainda que isso possa dar menos material sensorial para sua mente se distrair.
  4. Lembre-se de respirar lenta e profundamente. Foque em manter sua respiração. Uma respiração lenta e estável acalmará seus nervos e distrairá sua mente.
  5. Tente relaxar! Lembre-se de relaxar, olhar para longe, contar até 10, ou de 10 a um. Quando você se distrair, não pensará mais na agulha. No momento em que alcançar o final da contagem regressiva, o procedimento terá acabado e você poderá sair.

Fazendo apelos emocionais e racionais

  1. Lembre-se de que você é maior que isso. A agulha não é sua mestra. Você está no controle de sua vida, e uma pequena picada não pode acabar com isso. Recupere o controle do que você sente ao ser intencional, e não reativo. Você é o mestre de seu próprio futuro!
  2. Lembre-se de que tomar a injeção ou tirar o sangue é medicamento necessário. Sua saúde será ajudada por esse procedimento, mesmo que sua sensação temporária seja de dor. Evitar isso, assim como outras táticas, normalmente não é a resposta.
    • Muitas pessoas que temem agulhas evitam ir ao médico e tirar os exames de sangue necessários, evitando também levar os medicamentos que só podem ser administrados intravenosamente. Isso representa um grave risco à saúde, que normalmente significa “mais” trabalho e medicamentos para compensar. Portanto, se você pensar nisso, evitar agulhas pode acabar aumentando seu risco de tomar mais agulhadas no futuro.
  3. Diga a si mesmo que centenas de milhares de pessoas entram em contato com agulhas diariamente sem incidentes. Tudo bem, talvez esse não seja o argumento emocional mais eficiente, mas certamente é racional. Isso é algo que acontece diariamente com muitas pessoas sem que o paciente perca a vida. Se eles podem fazê-lo, você também pode!
  4. Diga a si mesmo que isso acabará em questão de segundos. Há 86400 segundos em um dia, e tomar injeções e tirar sangue são procedimentos que tomam de 2 a 30 segundos de seu tempo. Após isso, a agulha sumiu e o procedimento acabou. Mesmo se houver dor ou desconforto, essa dor ou desconforto tomará apenas 0.0003% de seu dia!
  5. Dê a si mesmo uma recompensa após a injeção. Ótimo, então a injeção não foi tão boa assim. Porém, você pode dar a si um pequeno mimo ou indulgência após o procedimento. Assim, você conseguirá associar o procedimento a algo positivo.
  6. Confie em seu lado mais otimista. O otimismo é a crença de que tudo, mas tudo mesmo, terá um resultado positivo, e não negativo – mesmo que tal positividade demore para surgir. Tomar uma injeção não é o fim do mundo. Na verdade, é a continuação do mundo. A vida seguirá em frente e tudo ficará melhor após a injeção. A agulha é um apenas um pequeno obstáculo na estrada.

Dicas

  • Tente dizer o alfabeto de trás para frente em sua cabeça quando tomar a injeção. Isso é algo tão difícil para seu cérebro que ele não terá tempo de se sentir mal ou apagando.
  • Não olhe para o médico quando ele estiver aplicando a injeção. Pense em coisas felizes.
  • Escute rock ou Dubstep. Isso ajuda seu cérebro a focar mais nos sons interessantes, e não na agulha.
  • Ao tomar a injeção, respire fundo, relaxe e distraia-se. Você mal sente a dor quando está completamente distraído.
  • Respire e solte o ar.
  • Traga algo que possa ser mordido, como doces (pirulito, por exemplo) e uma mão para segurar. Ingira algum açúcar e respire fundo.
  • Aperte uma mão se precisar fazer com que sua mente não se concentre na agulha.
  • Use sua outra mão para beliscar sua perna. Isso ajudará a cobrir a dor da agulha e o manterá focado em outra coisa.
  • Relaxe. Isso dói tanto quanto pressionar uma caneta na pele.
  • Compreenda que essa injeção lhe ajudará no longo prazo.

Avisos

  • Não se mova enquanto tomar a injeção. Você correrá o risco de ter de tomá-la novamente.
  • Tente não esperar a dor – não pense nela!
  • Não faça algo que poderia fazer com que a pessoa administrando a injeção se distraia.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.