Como Diagnosticar a Perda de Faísca no Motor do seu Carro

Uma maneira muito simples e barata de diagnosticar a perda de centelha no motor de seu veículo.

Passos

  1. Desligue o sistema de combustível removendo o fusível ou relé da bomba de combustível. Você não vai querer que combustível seja despejado na câmara de combustão enquanto o sistema de ignição está desmontado.
  2. Remova os cabos de vela um por um. Insira uma pequena chave de fenda no soquete (CONSULTA A SEÇÃO AVISOS). Tome cuidado, você não quer levar um choque de 60.000 volts. Segure o cabo de modo que a chave fique cerca de 3 milímetros do motor. Peça para alguém dar a partida e veja se você obtém uma faísca branca. Se você obtiver uma boa faísca em todos os cabos, o problema pode ser o sincronismo do distribuidor, ou alguma outra coisa.
  3. Remova a tampa do distribuidor. Peça novamente para alguém dar partida no motor e observe se o rotor está girando. Alguns veículos mais novos não possuem tampa em seus distribuidores. Caso o rotor não esteja se movendo, talvez o problema seja na correia de sincronia.
  4. Gire a chave na ignição, mas não dê partida.
    • Localize o fio positivo da bobina. Utilize uma lâmpada de teste para verificar se há energia.
    • Se houver energia, então a fiação vinda da ignição está em boas condições.
  5. Localize o fio negativo ou terra da bobina. Utilizando uma lâmpada de teste, verifique se há energia fluindo. Conecte um fio no aterramento da bateria, e o outro no terminal negativo da bobina. A lâmpada de teste irá se acender, indicando que há energia fluindo pelo polo negativo.
  6. Peça para alguém dar partida no motor e observe a lâmpada de teste. Se você notar que a lâmpada oscila enquanto a chave é girada, e não há faísca, pode ser que ou o enrolamento da bobina está com problemas, ou a bobina está danificada.
    • Utilize um ohmímetro para realizar este teste.
    • Se não houver nenhuma oscilação na lâmpada, verifique a intergridade de toda a fiação do circuito primário. Examine o fio negativo até sua fonte, o módulo de ignição.
  7. Verifique o gerador de impulsos no distribuidor. Alguns veículos não possuem esta peça. Nesses casos, o ECM (electronic control module ou módulo de controle eletrônico) do veículo manda um sinal para o eixo de comando e para o virabrequim.
  8. Com o motor desligado, conecte um voltímetro no par de fios do gerador de impulsos e dê a partida. Você deve esperar obter um sinal entre 4 e 6 volts de corrente alternada. Se isso for observado, seu modulo de ignição pode estar com defeito ou inoperante. Caso não obtenha nenhuma leitura no voltímetro, o gerador de impulsos pode estar com defeito.
  9. Sabendo que esta parte do sistema primário de ignição está funcional, verifique as conexões do ECM. Se não houver problemas, suspeite do próprio ECM como um último recurso.

Avisos

  • Tenha cuidado para não levar um choque. A tensão na bobina pode chegar aos 60.000 volts.
  • Quando verificar a presença de faíscas com uma chave de fenda, tome cuidado. Você pode danificar seriamente seu motor. O melhor a fazer é utilizar um testador de velas de ignição adequado.

Materiais Necessários

  • Uma lâmpada de teste de 12 volts.
*Um multímetro com as funções voltímetro e ohmímetro.
  • Um testador de velas de ignição.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.