Como Infundir Vodka com Cerejas

Seja para uma festa ou simplesmente para alegrar uma noite, essa receita é muito simples e leva apenas uma semana para ficar pronta. A melhor mistura de vodka com cerejas é com o uso da fruta natural. Em grande parte do mundo, o período de colheita da cereja é entre maio e agosto, sendo junho o melhor mês. Diversas variedades da fruta podem ser usadas com a vodka e, se não puder comprar diretamente de uma colheita, a congelada também funciona.

Passos

  1. Encontre um pote com tampa, como o de pepino ou maionese, limpo. Seja qual for a escolha, certifique-se que ele tem espaço suficiente para fazer a infusão.
  2. Despeje a vodka dentro do pote.
  3. Acrescente as cerejas limpas ao pote com a vodka e misture-os usando uma colher grande.
  4. Coloque um pedaço de papel manteiga sobre a borda do pote.
  5. Aperte a tampa e confira se está bem vedada.
  6. Deixe a mistura em um local seco e quente por 2 dias.
  7. Misture ou chacoalhe o pote 3 vezes por dia.
  8. Prove a mistura depois de 2 dias. Embora você possa decidir esperar mais 2 ou 3 dias, saiba que é provável que mais nenhum gosto seja adicionado depois de um período de 7 dias.
  9. Passe a mistura por uma peneira para remover as cerejas.
  10. Sirva em uma garrafa trabalhada.

Ingredientes

  • Garrafa de 750 ml de vodka
  • 1,8 litros de cereja com o cabo removido

Dicas

  • Se as cerejas ainda tiverem sabor depois de removidas, guarde-as e use-as para decorar os copos.
  • Bebidas com porcentagem maior de álcool extraem mais sabor da fruta.
  • Para acrescentar mais amargor ao sabor, esmague levemente as sementes da fruta e inclua no pote com a cereja e a vodka.

Avisos

  • Não deixe ar entrar na mistura (exceto ao provar). Ar extra irá dificultar o processo de infusão.
  • Se você usar uma garrafa maior, acrescente mais cerejas durante o processo de infusão.

Materiais Necessários

  • Pote largo e com tampa
  • Colher grande
  • Papel manteiga
  • Peneira
  • Garrafa trabalhada
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.