Como Superar o Choque Cultural em um País Estrangeiro

É comum passar por um choque cultural ao viver por muito tempo num país estranho e com costumes totalmente diferentes dos seus. Este termo é definido como a sensação de desorientação, insegurança e ansiedade que uma pessoa pode sentir em ambientes desconhecidos. Valores, crenças e costumes sociais que estão incorporados em sua maneira de ser podem não valer de nada neste novo ambiente. Ao adaptar-se a uma cultura estrangeira, o choque poderá ser superado e você desenvolverá relacionamentos mais próximos com as pessoas à sua volta ao invés de sentir-se ansioso e confuso neste novo local.

Passos

  1. Mantenha sua cabeça aberta. Não considere "errado" tudo que achar diferente. Não julgar permitirá que você seja um observador mais objetivo, facilitando o processo de adaptação e entendimento de uma outra cultura. Ademais, se for morar num país que praticamente desconhece, pesquise um pouco sobre ele, pois ao aprender mais e não ter preconceitos (algo necessário), talvez você encontre a explicação para algo que não entende.
  2. Faça um esforço para aprender o idioma local. Isto aumenta suas habilidades de comunicação e lhe ajuda a integrar-se na comunidade da nação, sem falar que mostra seu interesse por ela.
  3. Familiarize-se com a conduta social no novo ambiente. Não suponha ou interprete com base em sua própria perspectiva cultural ou "filtro". O comportamento não é um dado; por exemplo, os americanos usam a frase "Como vai?" significando "Olá" ou como "Estou reconhecendo sua presença ao passar do seu lado no corredor". Um estrangeiro pode imaginar porque os americanos não respondem de forma detalhada quando alguém questiona se você está bem. Logo, podem interpretar o comportamento de distanciar-se antes mesmo que a outra pessoa responda como "superficial", "mal-educado" ou "insensível". Um americano (e até mesmo nós brasileiros) sabemos que não é assim que funciona e não nos sentiríamos ofendidos se a outra pessoa sequer esperasse para ser cumprimentada também. Portanto, se estiver em dúvida, pesquise sobre os costumes deste tipo!
  4. Não ache que a familiaridade ou o conhecimento cultural é apenas o que você viu. Mesmo após saber mais sobre rituais, costumes e protocolos do novo país, cuidado ao atribuir uma explicação ou racionalização ao que acredita que conhece. Um pouco de conhecimento pode ser ilusório. O psicólogo Geert Hofstede escreveu que "cultura" é como uma cebola que pode ser descascada, camada por camada, revelando seu conteúdo. Leva bastante tempo para realmente entender uma cultura em seu contexto histórico e social.
  5. Certifique-se de sair e conhecer pessoas do novo país. Faça perguntas de maneira respeitosa, leia jornais e vá a eventos e festivais.
  6. Tente alcançar um senso de estabilidade em sua vida. Estabelecer uma rotina lhe dará uma sensação de segurança.
  7. O mais importante: seja sempre bem humorado! Não ache que é o fim do mundo se você cometer uma gafe em relação à cultura ou não souber o que fazer numa certa situação social. Ria de si mesmo e os outros irão gargalhar com você; a maioria dos indivíduos irá admirar sua tenacidade e esforço para entender a cultura local, principalmente se não pré-julgar e nem realizar comparações culturais que sutilmente (e até de maneira inconsciente) dão aquele ar de arrogância e superioridade.

Dicas

  • Seja paciente. A adaptação a um novo local, um novo estilo de vida e uma nova cultura leva tempo.
  • É sempre bom manter contato com sua família e amigos de sua cidade natal. Entretanto, passar muito tempo comunicando-se com eles pode aumentar ainda mais a saudade de casa, retardando o processo de aculturação.
  • Quando uma pessoa passa por um choque cultural, é natural que ela retorne para o conforto do que lhe é familiar. Tente não sucumbir à tentação de se isolar.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.