Como Calcular Lucro Por Ação

Lucro por ação (LPA) é uma frase comum no mercado financeiro. Ele representa a porção de lucro de uma empresa que é alocada para uma ação. Portanto, se multiplicar o LPA pelo número total de ações de uma empresa, pode calcular o lucro líquido da mesma. Esse é um número que chama a atenção de muitos participantes do mercado.

Cálculo Básico

  1. Localize o lucro líquido da empresa no ano passado. Esta informação pode ser encontrada na maioria das páginas sobre finanças, ou no site da empresa. Usar este número é a forma mais básica de determinar o LPA.
    • Por exemplo, digamos que queira calcular o LPA da Microsoft, baseado em seu lucro líquido. Uma navegação rápida pelo site da empresa mostra que, em 2012, este número foi de, aproximadamente, 17 bilhões de dólares.
    • Tenha cuidado para não confundir os relatórios trimestrais com os anuais. Um é calculado a cada três meses, enquanto o outro, doze. Este erro pode resultar num número, aproximadamente, quatro vezes menor.
  2. Descubra quantas ações estão no mercado. Quantas ações a empresa têm disponíveis na bolsa de valores? Esta informação pode ser descoberta visitando um site especializado em mercado financeiro, e buscando dados sobre a empresa.
    • Novamente, continuando o exemplo da Microsoft. No momento da criação deste artigo, ela possui 8,33 bilhões de ações disponíveis.
  3. Divida o lucro líquido pelo número de ações disponíveis. Em nosso exemplo, dividimos USD 17 bilhões por 8,33 bilhões, e descobrimos um LPA básico de 2.
    • Outro exemplo básico. Digamos que uma empresa tenha um lucro líquido de R$ 4 milhões, e 575 mil ações. Dividimos R$ 4 milhões por 575 mil e chegamos a um LPA de 6,95.

LPA com Pesos Diferentes

  1. Modifique o cálculo básico. Este é mais preciso, pois leva em conta quaisquer dividendos que sejam pagos pela empresa aos acionistas. Entretanto, esta fórmula é mais complicada, então não é tão utilizada, apesar da precisão.
  2. Localize os dividendos da empresa nas ações preferenciais. Esta é uma quantidade de dinheiro paga aos acionistas, normalmente a cada trimestre, retirada de parte do lucro da empresa.
    • Vamos usar a Apple como exemplo. Em 2012, a empresa anunciou que pagaria USD 2,5 bilhões em dividendos, trimestralmente, começando no terceiro trimestre. Isso significa, mais ou menos, USD 5 bilhões durante o ano em dividendos.
  3. Pegue o valor do lucro líquido, e subtraia os dividendos das ações preferenciais. Em nosso exemplo, uma busca rápida revela que, em 2012, a Apple teve USD 41,73 bilhões em lucro líquido. Subtraia USD 5 bilhões deste número, e chegue a USD 36,73 bi.
  4. Divida a diferença pelo número de ações. Em nosso exemplo, USD 36,73bi divididos por 934,82 milhões de ações, para chegar a um EPS de, aproximadamente, 39,29.

Usando o Lucro Por Ação

  1. Use como um barômetro da lucratividade da empresa. Um número alto geralmente sinaliza que a empresa tem lucros robustos. Como a maioria dos números, ele não deve ser utilizado sozinho. Não existe um nível acima do qual uma ação deve ser comprada, ou abaixo do mesmo, vendida. É importante olhar o LPA em relação a outras empresas.
  2. Saiba que, mais do que qualquer outro número, o LPA é, provavelmente, o fator mais importante de influência no preço de uma ação. É, inclusive, mais importante do que olhar apenas o lucro, pois ele coloca o valor em perspectiva. Uma empresa muito grande gerando R$ 1 mi em lucros não é impressionante, já uma pequena, é. Este também é parte integral na avaliação da razão entre Preço e Lucro, ou P/L.
  3. Apenas a LPA não é o bastante para tomar uma decisão de investimento. Este número mostrará como uma empresa está se saindo em relação a outras, ou em relação ao mercado como um todo, mas não mostrará se é um bom investimento, ou se está com sobrepreço. Para tomar uma decisão de investimento, também deve considerar, pelo menos:
    • Capitalização.
    • Preço da ação.
    • Dividendos/Recompras.
    • Perspectiva financeira de longo prazo.
    • Liquidez.

Dicas

  • Ao determinar se deve, ou não, investir numa empresa, LPA normalmente é usado no lugar de lucro total. Este termo é tão utilizado porque é uma maneira mais fácil de representar a lucratividade de uma empresa.
  • Ao fazer estes cálculos, tome nota do número de ações disponíveis. Quanto mais ações, mais diluído será o resultado.
  • Praticamente todas as informações que precisa para fazer estes cálculos podem ser encontradas online. Para fazê-lo, acesse um site especializado em mercado financeiro, e procure os relatórios financeiros da empresa.
  • Fique atento ao tipo de cálculo que está fazendo. Em algumas situações a diferença é pequena, mas ainda é importante saber se está usando o tipo básico, para uma estimativa geral, ou o cálculo com pesos, que leva em conta outros fatores.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.