Como Aceitar uma Rejeição Social se Você é uma Pessoa Perseguida

Uma rejeição de qualquer tipo é difícil, mas pode ser ainda mais difícil de aceitar se você for um indivíduo perseguido e se isso o obrigada a se afastar socialmente. Ao encontrarmos mais maneiras de lidar com o afastamento, mais fortes nos tornamos. Esse artigo irá ajudá-lo a lidar melhor com a rejeição social como uma pessoa perseguida.

Passos

  1. Aceite sua situação atual, mas saiba que não é o fim do mundo. A situação pode mudar ao ajustar o seu modo de pensar sobre a situação e como você lida com o isolamento. É possível tirar proveito desta situação ruim!
  2. Reconheça que não está sozinho. A maioria das pessoas perseguidas são afastadas involuntariamente de seus amigos, seus familiares, sua comunidade e de todas as formas de apoio. Leve em conta que você não pode controlar o que os demais fazem, mas pode controlar a sua reação sobre a situação.
  3. Investigue e aprenda tudo sobre ser um indivíduo perseguido. Isso o ajudará a seguir em frente. Informação é poder!
  4. Reconheça a dor que sente em relação a ser um objeto de rejeição e solidão. Decida-se por viver a melhor vida que puder, sem importar mais nada.
  5. Agradeça pelas pessoas e pelas coisas que ainda tem em sua vida (por exemplo: amigos, família, vizinhos, colegas de trabalhos, animais de estimação, etc) e cultive essas relações. Não sobrecarregue com esse tema aqueles que não são perseguidos, já que a maioria deles não o entenderão e só se afastarão de você.
  6. Encontre apoio de outras pessoas perseguidas online. Entre em contato e faça amizade com outras pessoas na mesma situação. Há grupos de apoio online e chamadas de conferências diárias para os perseguidos.
  7. Não se permita ficar deprimido. Aprenda a curtir a sua própria companhia, vá para a natureza e aprenda a fazer algo que sempre quis. Faça jardinagem, cozinhe novas receitas, escute música boas e veja bons filmes. Continue fazendo tudo o que já fazia antes de se deprimir, ainda que tenha que fazer sozinho e se houver gente para instigá-lo do contrário. Supere isso e aproveite sua vida sem se importar com nada!
  8. Os seres humanos precisam de interação humana. Continue tentando interagir com outras pessoas, ainda que não dure muito. Uma amizade curta bem vivida certamente é melhor do que nenhum contato.
  9. Talvez você queira se comunicar através das redes sociais (Twitter, Facebook, etc). Una-se a grupos e fóruns online (há grupos e fóruns para perseguidos online). Comece um passatempo, interesse-se por ativismo e conheça outras ativistas (outros ativistas poderiam entender pelo o que você está passando). Entre na academia mais próxima (algumas oferecem aulas) ou faça aulas em um ginásio na sua comunidade. Entre em um clube de escrita ou leitura.
  10. Busque oportunidades de voluntariado. O hospital infantil local, o asilo ou o restaurante popular geralmente são bons lugares para ser voluntário.
  11. Seja você mesmo. Não deixe que nada e nem ninguém acabem com seu bom-humor.

Dicas

  • Esteja consciente de que este é um tipo de bullying (perseguição, maltrato) se for muito adiante.
  • Se o rejeitam, você deve saber que não é por algo que tenha dito ou feito. Você foi colocado involuntariamente em um programa por alguns malfeitores, mas não é o fim do mundo. Siga em frente.
  • Faça coisas que lhe tragam paz, como orar,fazer yoga, meditação, caminhadas longe do trânsito e fique perto da natureza.
  • Quando rirem de você, ridicularizem ou intimidarem, perceba que o objetivo é que você reaja de maneira mais amável, então, escolha manter uma mente pacífica e tolerante.
  • Nunca foque nos agressores. Isso é o que eles querem, portanto, ignore-os a todo custo. Concentre sua energia em você mesmo.
  • Ria, sorria, divirta-se e se mantenha em um lugar positivo. A vida é curta. Aproveite!
  • A ferramenta mais impactante que às vezes é usada na neutralização das vítimas são os médicos; os psiquiatras ou quaisquer profissionais que ofereçam auxílio ou terapia.
  • Nunca recorra às drogas, álcool ou substâncias que causem danos a você ou a outras pessoas.
  • Chore e expresse como se sente com o que estão fazendo com você, mas não faça isso por tempo demais para que não se deprima. Você se sentirá melhor quando deixar as emoções saírem. Isso também o ajudará a seguir em frente.
  • Procure ajuda profissional se a perseguição, rejeição ou depressão for muito difícil de lidar para você.
  • Quando se sentir confuso, incomodado ou tonto em público, pare onde estiver, relaxe e respire lenta e profundamente. Não continue a fazer o que estava fazendo até se sentir melhor.
  • Considere adotar um bichinho de estimação, pois eles são uma companhia maravilhosa. Entretanto, esteja ciente de que sua condição também pode afetar seu mascote. Se não puder ter um cachorro ou um gato, tente outros bichos como peixes, aves ou coelhos.
  • A maconha pode ser relaxante (onde ela for permitida).
  • Se tiver episódios de problemas intestinais, elimine a lactose da sua dieta. A lactose é o principal causador desses problemas.
  • Não odeie os seus agressores, isto o conduzirá a pensamentos e ações autodestrutivas, que é a razão pelo qual eles fazem isso. Na verdade, você não deveria nem admitir a existência dele. Essa estratégia de desconexão da sua parte pode fazer os agressores, astutamente, enganem-no para que você pense que uma pessoa inocente é um agressor com o objetivo de desconectá-lo do mundo e conseguir seu total afastamento.
  • Lembre-se: você tem a vida que tem porque pode vivê-la, já que o universo é justo. Você escolhe seu próprio destino e pode dirigir seu universo para qualquer direção que queira, sempre com calma. Com a mente positiva, pense em como você quer que seja o seu mundo. Faça isso. Pouco a pouco as coisas vão melhorar.

Avisos

  • Lembre-se de que você pode e irá encontrar sua força interior para seguir!
  • Ser um indivíduo perseguido pode ser um dos piores tipos de bullying. Focar em tudo isso pode ser devastador, então, não faça isso. Ignore a perseguição e não dê importância quando o maltratarem, nunca se renda. Siga adiante!
  • Saiba que o bullying existe e que a vida não é justa, mas com a ajuda de Deus, você poderá contornar a situação e continuar seguindo sua vida. A rejeição nos ensina a usar nossa força interna e inevitavelmente nos faz mais fortes.
  • Seus agressores são muito persistentes, grandes mentirosos e semicriminosos que adoram atuar. Eles desejam isolá-lo, então mantenha-se próximo de gente confiável o máximo possível (falar alivia a dor), tente evitar falar sobre o tema em voz alta às autoridades ou médicos (eles têm contatos em toda parte e podem diagnosticá-lo como esquizofrênico)
  • Seus agressores sempre preparam um cenário, invadido por um exército de mentirosos que adoram fazer esse papel e o reduzindo com todo tipo de maltrato e dificuldades nos lugares em que você frequenta, como o mercado, o centro comercial, o ônibus ou o banco.
  • Seus opressores não usam uma equipe convencional nem tecnologia comum. São os mais modernos que conhecemos atualmente: amplificadores de pensamentos, ultrassom, raios invisíveis, frequências ultrabaixas, a maioria de uso militar.
  • Antes de se preparar para fazer sua própria equipe antibullying, investigue na internet. Há muitas pessoas perseguidas no mundo todo e algumas se organizaram para encontrar um alívio temporário. Não gaste muito no começo, seus opressores gostam de vê-lo gastando tempo e dinheiro. No início fingirão estar impressionados com o seu trabalho. Quando você terminar, permanecerão em silêncio por um tempo e de repente voltarão a ter a mesma atitude cruel para diminuir seu ânimo e sua moral.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.