Como Ligar um Carro

Ligar um carro pela primeira vez pode ser um desafio, principalmente se você está começando a aprender a dirigir. Por sorte, o processo em si é simples, seja em um carro com câmbio automático ou manual. Este artigo aborda as duas possibilidades. Confira o primeiro passo logo abaixo para começar.

Ligando o Carro

  1. Sente-se no banco do motorista e coloque o cinto de segurança. Não dirija sem o cinto!
  2. Coloque a chave na ignição. Geralmente, ela está próxima ao volante e é uma peça redonda de metal com um buraco de chave. Insira a chave na fenda até o fim.
    • Você precisará da chave ou de uma cópia para inseri-la na ignição.
    • Alguns modelos mais modernos não usam a tradicional chave. Você precisará encontrar um botão para ligar o carro; ele vem com algo escrito como "partida do motor" e fica localizado em um lugar bem visível.
  3. Caso esteja dando partida em um carro automático, coloque o câmbio na posição "P" ou "N". Um carro com câmbio automático faz o trabalho para você — não é preciso ficar trocando de marcha toda hora conforme as mudanças de velocidade.
    • Se o carro tem transmissão automática, ele vem com dois pedais. Em alguns carros há até mesmo um "pedal neutro", que nada mais é do que uma placa de borracha no canto esquerdo do piso, e serve apenas para deixar o pé descansando ali.
    • Carros com transmissão automática vêm equipados com um sistema de segurança. Esse sistema impede que o carro seja ligado enquanto o motor está engatado, a não ser que o câmbio esteja nas posições "P" ou "N"("Park" ou "Neutral"-- respectivamente, “Estacionar” ou “Neutro”).
  4. Se o carro tiver câmbio manual, haverá um pedal de embreagem. É importante saber que o câmbio tem de estar no ponto neutro (ou morto) antes de ligar.
    • Se o carro tem transmissão manual, ele terá também três pedais; o que fica mais à esquerda é a embreagem.
    • É importante conferir se o câmbio está no ponto morto — ou seja, que nenhuma das marchas está engatada - antes de tentar dar a partida. Se o carro estiver engatado ou mandando força do motor para as rodas através da transmissão no momento em que é dada a partida, o veículo vai dar uns solavancos e então morrer. A transmissão pode até mesmo acabar danificada.
    • Você pode conferir se o câmbio está no ponto morto ao balançar de leve a alavanca dele. Se ele estiver solto e puder ser movimentado sem a menor força, então é porque não está engatado. Mas se você sentir que está um pouco travado, o carro está engatado. Aperte a embreagem com o pé e desengate a marcha antes de dar a partida.
  5. Gire a chave na ignição para dar a partida. Você terá que girá-la passando por dois intervalos e empurrá-la contra uma mola até o fim para ligar o motor. Use a mesma mão que você usou para inserir a chave, tomando o cuidado para não puxar a mesma para fora enquanto faz o giro.
    • Solte a chave assim que o carro der a partida. Se você continuar forçando a chave até o fim mesmo depois que o motor estiver ligado, você vai ouvir um ruído bem alto vindo das engrenagens batendo umas com as outras. Isso não é nada bom para o veículo.
    • As primeiras duas paradas vêm com as letras 'ACC' (para o Inglês 'accessories'-acessórios) e 'ON'(“ligado”). A primeira dá acesso ao uso do rádio e outros acessórios elétricos; já o 'ON' é a posição para a qual a chave volta depois que foi dada a partida.
  6. Se o motor não ligar, experimente os seguintes truques na ordem em que aparecem aqui. É comum um carro que não liga mesmo depois que se deu a partida corretamente. Acontece.
    • Caso a chave não passe da primeira ou da segunda parada no giro e o volante não se mexe, é porque o carro está com o modo de direção travada acionado. Este sistema de segurança serve para evitar que o carro seja ligado sem ninguém no volante. Nesse caso, pode ser preciso virar e mexer um pouco o volante para a frente e para trás para destravá-lo e conseguir girar a chave.
    • Se o carro não dá a partida, experimente pisar firme no freio ou embreagem enquanto gira a chave. Alguns modelos mais modernos são feitos para serem ligados dessa forma para evitar que o carro dê um solavanco ou saia acelerado ao ser ligado.
    • Se mesmo assim o carro não ligar, experimente girar a chave para o outro sentido. Alguns modelos mais antigos não seguem as mesmas normas dos carros mais modernos.
  7. Cuidado ao mudar de marcha. Alguns (mas nem todos) os carros com transmissão manual vêm equipados com um interruptor de segurança para a embreagem que interrompe a eletricidade para a ignição, a não ser que se pise bem fundo na embreagem; isso significa que deve-se pisar na embreagem para que o carro ligue.
    • Depois que o motor estiver rodando, não solte a embreagem de repente ou de uma só vez com o câmbio engatado e sem pisar no acelerador. Isso vai fazer com que o veículo dê um solavanco e morra. Para evitar esse problema, confira se o câmbio está em ponto morto antes de dar a partida (lembre-se do método de dar uma mexida na alavanca do câmbio conforme explicado acima).
  8. Confira pelos espelhos se não há pessoas, objetos ou outros carros no seu caminho e dirija com segurança. Respeite as regras de trânsito e dirija não só para você, mas para os outros também (ser responsável no volante não é o suficiente; é preciso estar atento aos outros motoristas e aos pedestres, que por vezes cometem atos estúpidos e podem lhe causar prejuízos).

O Que Fazer Se o Carro Não Ligar

  1. Saiba que há muitos motivos pelos quais um carro não dá a partida. Consulte o manual do veículo e leve-o a um mecânico se possível. Caso você tenha que ir urgentemente a um lugar ou não possa pagar um mecânico no momento, você pode tentar resolver o problema por conta própria.
  2. Aprenda a dar a partida em dias extremamente frios. Se está fazendo muito frio, pode ser preciso colocar uma dose extra de gasolina para o motor ligar. Isso depende do fato do seu veículo ter injeção eletrônica ou um motor carburado.
    • Se o carro foi fabricado antes de 1990, então ele tem um carburador. Um carburador é um equipamento mecânico que mistura ar e combustível para alimentar o motor. Nesse caso, pise no acelerador algumas vezes para dar a partida. Isso fará com que o carburador libere uma pequena quantidade de combustível para o motor. Cada vez que você acelera em um carro equipado com um carburador, mais combustível é levado ao motor.
    • Cuidado ao fazer isso em um carro frio. Levar combustível demais antes do carro dar a partida pode acabar afogando o motor, deixando-o com combustível demais e ar de menos para haver uma ignição adequada, já que o combustível líquido não queima com facilidade. (Veja a dica abaixo para o caso de um motor afogado)
    • Se o motor afogou, pise fundo na embreagem e gire a chave na ignição até o fim. Dessa forma você vai levar mais ar ao motor para que ele seque o excesso de combustível. Pode ser preciso deixar a chave virada um pouco mais que o normal para que o veículo ligue. Assim que conseguir dar a partida, solte a embreagem.
  3. Se o seu carro não der a partida mesmo com você girando a chave até o fim e mantendo-a assim por um pouco mais de tempo, pode ser preciso trocar a bateria. Baterias gastas são a maior causa de motores que não ligam.
  4. Se o carro fica fazendo “clic” mas não liga, pode ser preciso trocar o alternador. Peça a um mecânico de confiança para testar essa peça no seu carro.
  5. Se a bateria e o alternador estão sem problemas, pode ser preciso trocar as velas ou as bobinas de ignição.

Dicas

  • Depois de ligar o motor, antes de sair com o carro, confira se não há pequenos animais que costumam se esconder perto ou embaixo do veículo.
  • Tenha certeza de que tem a chave certa. Muitos carros modernos possuem sistemas anti-roubo que não permitem a ignição se uma chave errada for utilizada. Se sua chave tiver um chip na base ou um transponder (dispositivo de comunicação), nem mesmo uma cópia vai funcionar. A ignição pode até virar, mas girar a chave não vai ligar o carro.
  • Alguns carros, como os Renaults, por exemplo, têm um sistema imobilizador para travar e destravar com um controle remoto.
  • Para veículos com botão de ignição, pressione o botão após executar todos os passos que você deve tomar antes de ligar o carro.
  • Conheça seu veículo primeiro. Isso vai lhe poupar tempo na hora de saber onde colocar a chave.
  • Para evitar que o carro ande sozinho, naqueles com câmbio manual, utilize o freio de mão antes de pisar na embreagem.
  • Para veículos a diesel, talvez você queira esquentar as velas (GM, Ford) ou o aquecedor de grade (Dodge) primeiro. Pesquise para obter mais informações.

Avisos

  • Carros e outros veículos não são brinquedos. Nas mãos de pessoas sem instrução para conduzi-los ou de pessoas que não têm condições para dirigir, há uma chance alta de danos ou morte. Nunca tente ligar um veículo se não souber muito bem o que está fazendo. Faça isso somente sob a supervisão de alguém competente.
  • Em carros com câmbio manual, confira se o veículo não está engatado antes de dar a partida. Se estiver, o veículo dará um "soco" para frente (ou para trás se estiver engatado na ré) quando o motor for ligado. Isso pode danificar objetos ou pessoas que estiverem próximas ao veículo. Se você não for capaz de verificar se o carro está engatado, não tente ligá-lo!
  • Se o carro não ligar, não insista em tentar dar a partida. Não faça isso por mais que 60 segundos em períodos de 5 minutos. O motor precisa esfriar. Se você não seguir essa regra, vai queimar a partida (que consiste em um motor elétrico pequeno e frágil que fornece a força para que o moto comece a funcionar) e terá de trocá-la -- um conserto que sai caro. Além disso, se o motor não ligar em 60 segundos, há algo errado que precisa da ajuda de um profissional.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.