Como Motivar sua Esposa a Voltar ao Mercado de Trabalho

Seja porque sua esposa tirou licença do trabalho, está afastada por questões de saúde ou em casa para cuidar das crianças, conversar com ela sobre retornar ao trabalho é uma situação delicada. É importante sentar-se com ela e determinar se sua precisa realmente precisa de uma renda adicional. Se decidir falar com ela sobre isso, facilite a conversa ao se oferecer para cumprir algumas responsabilidades da casa e ajude-a a encontrar um trabalho que ela goste.

Avaliando os custos e benefícios

  1. Revejam as finanças. Uma das formas mais fáceis de motivar alguém a trabalhar é reavaliar quanto dinheiro há disponível. Em um momento reservado, sentem-se juntos e listem todos os gastos mensais. Compare-os com a sua renda mensal para determinar se a sua família precisa de um outro salário para complementar a renda.
    • Inclua tudo que gera gastos todos os meses, como empréstimos e financiamentos, utilidades, mensalidades escolares, alimentação, transporte, roupas e entretenimento.
    • Além disso, considere investimentos para a aposentadoria, poupanças para emergências ou até certos luxos, como férias. Converse com a sua esposa sobre os objetivos financeiros a longo prazo e se é possível atingi-los com uma renda só.
  2. Considere os custos ocultos. Embora seja fácil pensar que uma segunda renda fará uma enorme diferença na situação financeira da família, podem haver custos associados ao retorno da sua esposa ao mercado de trabalho, especialmente se vocês têm filhos. Sentem-se juntos e listem todas os gastos que ocorrerão se ela voltar a trabalhar. Compare-os com o possível salário dela para determinar se essa é uma decisão que faz sentido para a família.
    • Se vocês têm filhos pequenos, creches podem ser caras. Oferecer uma solução acessível e boa para esse problema pode ajudar sua esposa a decidir se ela quer voltar a trabalhar.
    • Se ela lava as roupas e limpa a casa, pode ser necessário contratar alguém para fazer isso enquanto ela está no trabalho.
    • Reflita se vocês terão que comer fora com mais frequência se ela não tiver mais tempo de cozinhar em casa todos os dias.
    • Considere se vocês terão que comprar outro carro para que ela possa ir ao trabalho.
    • Pense nos gastos associados ao ter que ir ao trabalho, incluindo combustível, pedágios, roupas sociais e almoços.
  3. Ofereça-se para ajudar nas tarefas de casa. Se a sua esposa dá conta da casa toda ou das crianças sozinha, talvez ela não queira voltar a trabalhar fora porque sente que essas tarefas ainda serão responsabilidade integral dela. Será muito mais fácil convencê-la a voltar a trabalhar se você estiver disposto a dividir as tarefas.
    • Monte uma agenda de cuidado com as crianças que seja justa e igualitária. Se ela era totalmente responsável pelas crianças, então, você terá que tomar uma atitude. Caso tenham um bebê, ofereça-se para alimentá-lo durante a noite ou, se tiver crianças mais velhas, comprometa-se a levá-las para o treino de futebol ou outra atividade.
    • Comece a ajudar na cozinha, na limpeza e no cuidado com as roupas. Se ela vir que você está disposto e apto a cumprir com as tarefas, ela se sentirá mais confortável com a ideia de voltar a trabalhar.
    • Pergunte como você pode facilitar a vida dela se ela resolver voltar a trabalhar. Às vezes, pode não ficar claro, então, em vez de adivinhar, pergunte.
  4. Considere o bem-estar emocional dela. A motivação em voltar ao mercado de trabalho não deve ser só financeira. Há muitas emoções envolvidas. É importante determinar como sua esposa realmente se sente com a ideia e ouvir quaisquer preocupações que ela tiver.
    • Algumas mulheres ficam entediadas e deprimidas quando não estão trabalhando. Se você acha que é esse o caso, demonstre sua preocupação e fale que pode ser uma boa ideia retornar ao mercado de trabalho.
    • Algumas mulheres com filhos pequenos podem se sentir muito culpadas de voltar a trabalhar. Se a sua esposa se sente dessa forma, é conversar sobre o que você pode fazer para que seus filhos se mantenham felizes e saudáveis quando ela voltar a trabalhar. Pode ser necessário encontrar uma boa creche ou um emprego que seja flexível o suficiente para que ela possa continuar frequentando os treinos de futebol ou outras atividades da escola.

Ajudando-a a encontrar a melhor opção

  1. Determinem qual é o horário disponível. Pode ser útil para os dois planejar uma nova agenda. Pense cuidadosamente sobre as responsabilidades e limitações da sua esposa ao decidir quantas horas ela poderá trabalhar na semana.
    • Se vocês têm filhos, considerem quando ela deverá estar em casa para cuidar deles. Se ela deve buscá-los na escola todos os dias, um trabalho em período integral pode não ser a melhor opção.
    • Se a sua esposa está se recuperando de uma doença, considere quantas horas ela poderá trabalhar sem comprometer a saúde. Não obrigue ela a fazer mais do que pode aguentar.
    • Tenha em mente que há outras opções além de trabalhar meio-período ou integralmente. Dependendo das habilidades da sua esposa e da situação financeira da família, ela pode ser capaz de trabalhar em casa ou até mesmo começar o próprio negócio.
  2. Discuta os prós e contras do último emprego dela. A última coisa que você quer fazer pela sua esposa é convencê-la a voltar para um trabalho em uma área que ela odeia, então, pergunte se ela estava feliz no último emprego. Ela se sentirá muito mais disposta a voltar a trabalhar se puder fazer algo que realmente gosta.
    • Se ela gostava do último emprego, encoraje-a a entrar em contato com a empresa onde ela trabalhava para ver se há oportunidades em aberto. Se essa não for uma opção, pense em outras oportunidades similares.
    • Se ela não gostava do emprego antigo dela, pergunte o que é que ela não gostava. É importante saber se ela não gostava da empresa ou do tipo de trabalho. Se ela não gostava do tipo de trabalho, então, vocês devem buscar opções completamente diferentes.
  3. Considere como os interesses dela e as habilidades mudaram ao longo do tempo. Se sua esposa não trabalha fora há muito tempo, voltar ao mesmo tipo de emprego que ela tinha pode não ser mais uma boa opção. Sente-se com ela e discuta o que mudou desde a última vez que ela trabalhou fora.
    • Talvez ela tenha descoberto novas paixões durante o tempo em que ficou fora do mercado de trabalho. Se esse for o caso, pense em oportunidades diferentes de trabalho que poderiam alimentar essas paixões.
    • Talvez ela tenha outras prioridades. Por exemplo, ela pode não querer voltar a trabalhar se é necessário viajar constantemente, porque ela deseja ficar mais tempo com a família. Se esse for o caso, pense em oportunidades de trabalho que se encaixem nas habilidades dela sem ter que viajar.
    • Se a sua esposa precisa de ajuda para descobrir o que fazer, encoraje-a a conversar com um orientador vocacional.
  4. Decida se um emprego temporário é necessário. Se a situação financeira está crítica, talvez não seja possível esperar pelo emprego perfeito. Se esse é o caso, sente-se com ela e converse sobre a possibilidade dela arrumar um emprego temporário para ajudar nas contas da casa.
    • Confira se ela entender que você quer que ela continue buscando o emprego dos sonhos enquanto trabalha no temporário. Seja compreensivo caso ela não goste do emprego atual e ajude-a a conseguir um emprego que ela realmente goste.

Ajudando-a a conseguir um emprego

  1. Ajude-a a atualizar suas habilidades. A força de trabalho muda frequentemente, então, se faz um tempo que ela não trabalha, talvez as habilidades dela estejam defasadas em relação ao mercado. É muito importante que ela entenda as novas normas da indústria, o que pode significar desenvolver novas habilidades.
    • Tenha em mente que a tecnologia provavelmente mudou desde a última vez em que ela teve um emprego. Mesmo que só faça alguns anos, motive-a a fazer um curso ou aprender sobre as tecnologias mais modernas relacionadas à área dela.
    • Você também pode ajudá-la a voltar à indústria ao pesquisar conferências para ela ir ou inscrevê-la em publicações da área. This will not only help her stay on top of the latest trends and news, but it may reinvigorate her passion.
  2. Estimule-a a fazer contatos. Pessoas que estão procurando empregos têm muito mais chances de conseguir um trabalho se conseguirem entrar em contato com os profissionais da área. Se sua esposa não estiver fazendo isso, converse com ela sobre a importância disso.
    • Se ela tem contatos do último emprego que podem ajudá-la a ser recolocada no mercado, sugira que ela entre em contato com eles por telefone ou e-mail. Redes sociais, como o Linkedin, são ótimas para buscar oportunidades.
    • Se a sua esposa não conhece mais ninguém da área, sugira que ela faça trabalhos voluntários na área ou vá a congressos para conhecer pessoas novas.
  3. Ajude-a a montar um currículo. Se faz um tempo que ela não trabalha, então, é provável que o currículo dela precise ser atualizado. Colocar todas as experiências no papel pode parecer intimidante, mas é importante ter um bom currículo para causar uma primeira boa impressão nos recrutadores.
    • Se faz muito tempo que ela não trabalha, ajude-a a fazer um currículo funcional em vez de cronológico. Isso significa que as experiências e habilidades mais relevantes devem ter destaque, em vez de colocar tudo do mais antigo para o mais recente.
    • Se você é bom em fazer currículos, ofereça-se para revisar ou editar o dela. Se você não é necessariamente bom nisso, peça ajuda para alguém que saiba como montar um ótimo currículo ou, então, contrate um profissional especializado.
  4. Simule entrevistas. Para fazer sua esposa se sentir mais confiante e ter mais chances de conseguir um emprego, faça perguntas típicas de uma entrevista de emprego, tanto as mais comuns, como as mais específicas da área dela e também sobre o período em que ela se ausentou.
    • Ajude-a a ter ideias sobre experiências úteis que ela pode ter adquirido durante o período em que ficou fora do mercado de trabalho. Por exemplo, se ela trabalhava como designer gráfico, pode ser que ela tenha usado as habilidades dela para fazer pôsteres para a peça de teatro das crianças na escola. Falar sobre essas habilidades pode ajudar sua esposa a convencer recrutadores de que ela nunca realmente deixou de lado sua área de interesse.
    • Perguntas comuns em uma entrevista incluem “Por que você quer trabalhar nessa empresa?”, “Quais são suas maiores qualidades e defeitos?”, “Por que você acha que seria ideal para essa posição?”, “Quais são seus objetivos de carreira?”, “Qual foi a sua maior conquista e sua maior derrota?”, “Como você lida com clientes irritados e desentendimentos entre colegas de trabalho?”.
    • Confira se ela se informou sobra a empresa onde fará entrevista. É uma boa ideia ajudá-la a pensar sobre perguntas para fazer ao recrutador, pois essa é uma ótima forma de demonstrar interesse no emprego. Uma boa pergunta pode ser “O que você espera que a empresa alcance no ano que vem?” ou “Qual é o maior obstáculo desse departamento no momento?”. Aconselhe-a a evitar perguntar sobre pagamentos ou benefícios a não ser que o recrutador traga o assunto à tona.
  5. Dê apoio. Voltar ao mercado de trabalho depois de um longo período de ausência não é fácil. Muitos profissionais que já tiveram sucesso têm dificuldade em encontrar trabalhos com salários altos. Esteja preparado para essa realidade e apoie-a caso ela se sinta desencorajada.
    • É comum começar a duvidar da própria capacidade depois de ficar muito tempo fora do mercado de trabalho. Se você acha que esse é o caso com a sua esposa, motive-a e lembre-a de todos os talentos e conquistas dela.
    • Ajuda muito ser compreensivo se a busca por emprego não estiver sendo bem-sucedida. Mesmo que a família esteja passando por dificuldades financeiras, não vai ajudar em nada pressioná-la e culpá-la por não conseguir um emprego.

Dicas

  • Seja um campeão na busca dela por um emprego. Se ela está procurando um trabalho em tempos de crise, seja paciente e dê apoio a ela.
  • Se o emprego dos sonhos dela requer maior formação ou treinamento, dê suporte para que ela consiga o emprego que tanto quer.

Avisos

  • Não insista que sua esposa volte a trabalhar, pois isso pode gerar tensão no relacionamento. Abordem a questão como uma equipe.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.