Como Fazer Xarope de Bordo

A arte de fazer xarope de bordo vem sendo praticada há milhares de anos. Muitos afirmam que ao fazer o xarope uma vez, desejará repetir a dose várias e várias vezes. Continue lendo para aprender como transformar a seiva do bordo em um xarope doce e delicioso.

Extraindo a Seiva

  1. Certifique-se de que as árvores estejam prontas para a extração. A estação do bordo ocorre quando a temperatura noturna alcança 0°C e os dias estiverem começando a esquentar. Isso faz com que a seiva comece a fluir nas árvores.
    • A estação do bordo acaba quando o padrão de temperatura se encerra. Nesse momento, a cor da seiva se tornará mais escura. Se a seiva for coletada após o final da estação, ela terá um conteúdo de açúcar baixo e possuirá um sabor indesejável.
  2. Selecione árvores. Há muitos tipos diferentes de bordos. Vários tipos possuem diferentes conteúdos de açúcar: quanto maiores, melhores. O Bordo-Açucareiro possui o maior conteúdo de açúcar. O bordo possui uma distinta folha de cinco pontas. Tipicamente, uma árvore deve ter 25 centímetros de diâmetro antes de sofrer a extração.
  3. Compre torneiras. A internet é o lugar mais fácil para encontrar torneiras. A maioria das torneiras é a mesma, mas os recipientes de coleta são um pouco diferentes uns dos outros. Determine qual tipo de recipiente de coleta você usará: um saco; um balde preso; um balde no chão; ou uma rede de tubos (normalmente usada por criadores avançados). Se você não sentir vontade de comprar um balde, uma jarra simples e limpa deverá funcionar. Evite comprar e instalar uma rede de tubos caso jamais tenha extraído seiva antes.
  4. Extraia a seiva. Produza um buraco no lado da árvore que recebe mais luz, acima de uma raiz grande ou abaixo de um galho largo. O buraco deverá ser do tamanho da torneira. Ele também deverá estar de 30 a 120 centímetros acima do chão, devendo ser 1,25 centímetros mais longo que a torneira. O buraco deve estar num ângulo ligeiramente baixo.
    • Uma furadeira elétrica deverá ser eficiente.
    • Você poderia produzir um buraco usando um martelo e uma estaca; use o martelo para inserir a estaca na árvore e remova-a.
  5. Prenda um recipiente de coleta na torneira. É melhor cobri-lo para afastar insetos e barrar a água da chuva.
  6. Extraia a seiva de mais árvores. 40 galões de seiva rendem apenas um galão de xarope (isso justifica o preço dos xaropes de bordo). Um bom número de árvores a terem a seiva extraída por um iniciante é de 7 a 10. Você conseguirá cerca de 10 galões de cada árvore para cada estação – portanto, acabará com alguns galões de xarope de bordo em mãos.
  7. Colete a seiva. Durante o curso de algumas semanas, verifique os recipientes de coleta diariamente. Transfira a seiva para baldes lacrados ou outros recipientes grandes para armazenamento. Continue coletando a seiva até o final da estação. Agora, você está pronto para transformar a seiva em xarope.

Fervendo a Seiva

  1. Filtre a seiva. Se você possui uma quantia menor de seiva, isso pode ser feito facilmente com um filtro de café. Esse processo serve apenas para remover quaisquer sedimentos, insetos ou galhos da seiva. Você poderia alcançar e remover pedaços grandes de detritos com a ajuda de uma colher. A seiva será filtrada novamente depois, após ter fervido.
  2. Crie fogo para ferver a seiva. O xarope é feito através da remoção da água da seiva, de maneira que apenas o açúcar permaneça intacto. A seiva contém cerca de 2% de açúcar. Você pode usar um evaporador, que é uma máquina feita especificamente para transformar seiva em xarope. Há também alternativas mais baratas, como um bom fogo quente (você também pode fervê-la em uma panela no fogão, mas sua casa ficará cheia de vapor por conta da umidade). Para criar uma fogueira externa para ferver a seiva, siga estes passos:
    • Pegue uma ou mais panelas de 18 litros.
    • Cave um buraco profundo no lugar onde você quer criar a fogueira.
    • Crie uma caixa de blocos de concreto ao redor do buraco. Ele precisa ser larga o bastante para acomodar todas as panelas. Coloque uma grelha de churrasco na caixa para segurar os potes, criando espaço o suficiente abaixo dela para criar fogo.
    • Crie fogo debaixo da grelha para aquecer as panelas.
  3. Adicione a seiva às panelas. Encha 3/4 da panela com seiva. As chamas lamberão o fundo das panelas e farão a seiva ferver. Enquanto a água evapora, adicione mais seiva lentamente. Continue atiçando o fogo e adicionando seiva às panelas até metade delas estarem cheias com a seiva restante.
    • O processo de ferver a seiva pode demorar várias horas. Você não poderá fazer pausa alguma, ou acabará queimando o xarope de bordo. O fogo precisa ser quente o suficiente para manter a seiva fervendo constantemente, e será preciso continuar adicionando mais seiva quando houver pouco líquido – mesmo que isso signifique permanecer acordado durante toda a noite.
    • Você pode pendurar uma garrafa de café sobre a panela da seiva. Corte um buraco no fundo para que a seiva saia da garrafa gradualmente. Assim, você não precisa ficar no lugar para monitorar o processo o tempo todo.
  4. Verifique a temperatura. Quando terminar de adicionar a seiva e o líquido restante começar a baixar, use um termômetro de doces para verificar a temperatura. Ele apresentará uma temperatura de 212 graus Fahrenheit (100°C), mais ou menos, durante o processo de fervura – porém, a temperatura aumentará assim que a maior parte da água evaporar. Remova o líquido do calor quando ele atingir os 219 graus Fahrenheit (103°C).
    • Se você remover o xarope tarde demais, ele engrossará ou queimará. Certifique-se de monitorá-lo de perto.
    • Você pode terminar o xarope dentro de casa caso queira controlar o calor e a temperatura de perto.

Finalizando o Xarope

  1. Filtre o xarope finalizado. Quando a seiva ferver, ela produzirá níter, ou “areia açucarada”. O níter ficará no fundo se não for filtrado. A filtragem removerá a substância e outros substratos que possam estar imersos no xarope – como cinzas do fogo ou insetos que o invadiram. Coloque alguns pedaços de papel-queijeiro sobre uma tigela grande e despeje o xarope nela: você pode fazer isso algumas vezes para remover o níter.
    • Filtre o xarope enquanto ele ainda está quente – caso contrário, ele grudará ao papel.
    • Filtros especiais de algodão feitos para absorver menos xarope podem ser encontrados na Internet.
  2. Despeje o xarope em recipientes esterilizados. Potes de vidro funcionam bem – se bem que você pode voltar a usar recipientes fervidos de xarope. Coloque as tampas nos potes imediatamente.
  3. Remova as torneiras das árvores no final da estação. Não tampe os buracos – e eles se fecharão sozinhos.

Dicas

  • A extração não prejudicará as árvores: árvores possuem milhares de galões (litros) de seiva correndo nelas a cada ano, sendo que uma torneira normal produzirá 10 galões (38 litros) de seiva em 1 ano.
  • Um evaporador é a maneira mais limpa, rápida e eficiente de ferver seiva. Porém, ele é muito caro.
  • No início da maioria das estações de açúcar, a neve será “pontuda” ou “dura” em vez de fofinha ou “em pó”.

Avisos

  • Ferva fora de casa. O vapor da água pode danificar seu lar. É possível ferver em ambientes internos, mas você precisará ventilar o vapor para fora.
  • Extraia a seiva de suas próprias árvores ou adquira a permissão do proprietário da planta.
  • Tome cuidado se o xarope não ferver. É uma boa ideia ferver xarope em um forno que possa ser desligado imediatamente.
  • Ferva a seiva o mais rápido possível. A seiva estragará. Durante o início da estação, a seiva pode durar, no máximo, uma semana.
  • Extrair a seiva de uma árvore diminui o valor dela caso ela vá ser vendida como lenha.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.