Como Fazer uma Bomba de Sementes

Bombas de sementes não são sempre domínio de "jardineiros de guerra" -- elas são, na verdade, uma boa maneira de espalhar sementes, especialmente em grande escala ou em solos pobres. Usar bombas de solo rico dá às sementes um pontapé inicial e reduz a necessidade de fertilizantes químicos. Aqui vão algumas dicas simples de como proceder.

  1. Compre ou colha suas sementes. Obtenha sementes de qualidade que crescerão bem em uma área ou em solos pobres sem a necessidade de muita atenção. Não escolha plantas que criarão danos ecológicos ou de outros tipos, como ervas daninhas, plantas invasivas ou que possuam sistemas de raízes destrutivos. Se não tiver certeza, descubra quais plantas criam problemas na sua área ou região; não dependa apenas de informações gerais, já que algumas plantas podem ser ideais no ambiente local, mas uma peste em outros lugares.
    • Considere o habitat por completo quando estiver escolhendo as sementes. Você quer que elas criem um novo habitat ou que apenas proporcionem algumas variedades de plantas? Heather C Flores sugere que você use entre uma variedade de sementes a até cem tipos diferentes.
  2. Deixe as sementes de molho por uma hora ou durante toda a noite em uma solução de algas marinhas fraca ou em chá de adubo. Descarte as que estiverem boiando -- a maioria delas está quebrada ou danificada de alguma forma. Essas sementes não crescerão ou gerarão uma colheita geneticamente fraca.
  3. Prepare as bombas de sementes. Há quatro formas principais de se proceder na hora de fazê-las:
    • Método 1: Compre ou consiga um pouco de solo franco rico ou outro tipo de solo argiloso que possa formar uma bola estável. O solo deve ser adequado para plantas crescerem; certifique-se de que ele não é muito ácido. Modele a terra pura para formar uma massa do tamanho de uma bola de golfe usando água para deixá-la maleável e, em seguida, insira as sementes em cada uma conforme prossegue. É possível também jogar as sementes antes de fazer as bolas, se você achar mais fácil.
    • Método 2: Use um adubo semi-seco (não esterilizado) e argila vermelha intensificada. Combine uma parte da mistura de sementes, três partes do adubo e cinco partes da argila. Forme uma bola redonda com as mãos, adicionando um pouco de água para deixá-la maleável. Ela deve ficar com a consistência de uma massa de biscoito.
    • Método 3: De maneira alternativa, junte caixas de papelão pequenas e biodegradáveis, como caixas de ovo, ou encontre tecidos biodegradáveis, como meias-calças velhas de algodão. Encha as caixas de ovo com o solo escolhido e as sementes como descrito nos métodos acima. Com as meias, é possível enchê-las com a mistura de sementes e solo, e então girá-las, dar um nó e cortá-las na ponta, como se estivesse fazendo linguiças.
    • Método 4: Misture serragem em uma proporção de 5 para 1 com as sementes, utilizando uma cola não tóxica e rapidamente biodegradável (preferivelmente comestível) e uma pequena quantidade de extrato de algas marinhas. Essa mistura não deve ser molhada, mas úmida o bastante para poder formar uma bola. O melhor é fazer essa versão em pequenas porções.
  4. Deixe que as bombas sequem por 24 horas. Arranje-as sobre uma lona seca ou em folhas de jornal em uma área coberta, como uma cabana.
    • Elas já estão prontas para o uso.
  5. Plante as bombas. Se você tiver um terreno com as fileiras já cavadas para o plantio, insira uma bola a cada conjunto de metros (ou como recomendado pelo produtor da semente), e então as cubra com a terra dos arredores.
    • Se você estiver planejando plantar em um espaço aberto com sementes de grama ou de árvores, apenas jogar as bolas de sementes criará uma paisagem mais aleatória e realista. Lembre-se de enterrá-las suficientemente bem para que haja retenção de umidade.
    • Se você preferir guardar as bombas por um tempo, mantenha-as em um lugar fresco, escuro e seco por não mais que algumas semanas. Entretanto, o melhor é usá-las frescas, já que as sementes podem começar a brotar.
  6. Fique de olho no crescimento. Se o processo foi feito corretamente, a plântula começará a ficar visível dentro de 2-3 semanas, ou em menos tempo em climas mais quentes. O processo não acelera a germinação de maneira dramática, mas quando a plântula começa a crescer, ela possui nutrientes em abundância em suas raízes. Isso fará com que ela cresça mais rapidamente e de maneira saudável.

Bombas de freezer

  1. Encontre uma boa terra vegetal. Umedeça bastante.
  2. Encha os espaços individuais de uma bandeja de gelo com a terra molhada. Coloque 1-2-3 sementes no meio. Cubra até o topo com a terra bem molhada.
  3. Congele na menor temperatura possível do freezer.
  4. Depois de congelados, remova os cubos de terra/sementes. Mergulhe-os em um fertilizante orgânico para revesti-los levemente. Recoloque-os no freezer até ficarem bem gelados.
  5. Retire do freezer. Coloque em um cooler pequeno com um pouco de gelo seco.
  6. Saia e jogue os cubos onde você deseja que as plantas cresçam.

Dicas

  • Na verdade, é melhor enterrar as bolas de sementes, já que elas podem se despedaçar na superfície ou serem comidas por animais selvagens se você as deixar sem proteção.
  • Para áreas muito pequenas, ou pequenas quantidades, não vale a pena se dar ao trabalho de fazer bombas de sementes. O melhor é enterrar o adubo no solo e plantar as sementes da maneira comum. As bombas só são viáveis para grandes áreas onde semeadoras não estão disponíveis, ou há muita gente para ajudar a distribuir as sementes.
  • Organize as bombas com um grupo de reflorestamento que tenha sido requisitado a trabalhar em uma área de maneira legítima. Essa é uma ótima forma de conhecer gente nova.

Avisos

  • Se você usar serragem, certifique-se de que ela não é oriunda de madeiras exóticas e possivelmente tóxicas ou de uma madeira tratada sob pressão.
  • Não faça nada ilegal ou anti-ético. Muitas plantas devastaram áreas que foram originalmente plantadas por jardineiros perspicazes.
  • Não use adubo puro como constituinte do solo de uma bomba de sementes; ele é muito forte isoladamente.
  • O uso dessas bombas nem sempre é viável em climas quentes e secos, já que as bolas secarão ou se transformarão em pó sem propiciarem uma umidade adequada a longo prazo para que a planta viva.
  • Essa técnica não deve ser feita em terras de outras pessoas sem a devida autorização.

Materiais Necessários

  • Mistura de solo apropriada
  • Recipiente para misturar o solo
  • Recipiente para modelar as bombas (opcional)
  • Área de secagem com lona ou jornal
  • Área de plantio para as bombas
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.