Como Cultivar Berinjelas em Vasos

As berinjelas precisam de bastante espaço para crescerem, mas é possível cultivá-las em um recipiente contanto que ele seja grande o suficiente. Grandes quantidades de luz solar são a chave para manter suas berinjelas felizes, principalmente devido ao fato de que berinjelas se desenvolvem melhor em um solo aquecido. Você também deve manter o solo totalmente úmido, mas não encharcado, e alimentá-lo bem com fertilizante e matéria orgânica.

Preparação

  1. Compre vasos pequenos ou bandejas de jardinagem plásticas se for iniciar as berinjelas a partir de sementes. É necessário um vaso para cada duas sementes. Bandejas para plântulas e outros recipientes feitos de plástico barato podem facilitar depois a transferência de suas plântulas para vasos maiores.
  2. Escolha um vaso grande para acomodar sua berinjela madura. Ele deve ter uma capacidade de no mínimo 20 litros e cada berinjela deve ter aproximadamente 30 centímetros de espaço para crescerem, por isso talvez você deva plantar apenas uma por vaso.
  3. Opte por um vaso de argila. As berinjelas amam o calor e esse tipo de vaso o retém melhor que o de plástico. Se você consegue se lembrar de regar as plantas com frequência, selecione um vaso não esmaltado, mas se costuma esquecer de regar, use um esmaltado. Os não esmaltados secam a terra mais rapidamente, por isso berinjelas nesse tipo de vaso precisam de regas mais frequentes.
    • Vasos de argila também são mais pesados do que os de plástico, fazendo com que seja mais fácil suportar o peso de uma berinjela madura.
    • O vaso também deve ter furos de drenagem grandes para ajudar a equilibrar o nível de umidade da terra. Esses furos permitirão que o excesso de água saia, minimizando o risco de apodrecimento da raiz.
  4. Limpe os recipientes, principalmente se tiverem sido usados com outras plantas. Esfregue cuidadosamente o interior e exterior de cada vaso com água morna e sabão. Se você não os limpar, ovos de insetos microscópicos e bactérias prejudiciais podem danificar as berinjelas.
  5. Prepare um meio de cultivo. Uma opção boa e simples é uma mistura de duas partes de terra de plantio e uma de areia. A terra fornecerá à planta os nutrientes que precisa, enquanto a areia controlará a umidade. Misture um pouco de composto e um fertilizante de concentração 5-10-5 na terra para fornecer uma nutrição extra. Esse fertilizante contém concentrações moderadas de nitrogênio, fósforo e potássio com um pouco mais de fósforo para promover raízes mais fortes e aumentar a produção de berinjelas.
  6. Invista em um pequeno sistema de suporte. Sem qualquer tipo de apoio, as berinjelas terão dificuldade para crescer para cima e, como um resultado, produzirão poucas frutas. Uma gaiola de tomate ou suporte de estacas devem ser o suficiente para fornecer apoio adequado à planta.

Plantando Sementes

  1. Inicie as sementes dentro de casa para conseguir uma vantagem na estação de crescimento. As berinjelas exigem temperaturas de 13 °C ou mais, o que pode ser difícil de fornecer fora de casa durante a primavera. Se for iniciar as berinjelas dentro de casa, já pode começar em outubro.
  2. Encha as bandejas ou vasos pequenos com mistura de plantio. A terra deve ser colocada folgadamente nos recipientes e não deve ser comprimida.
  3. Faça um furo de 1,25 cm no centro de cada vaso ou de cada compartimento da bandeja. Use seu dedinho ou a ponta arredondada de uma caneta ou lápis para criar furos com um bom diâmetro.
  4. Coloque duas sementes em cada furo. Plantar duas aumenta as chances de pelo menos uma germinar. Entretanto, plantar mais de duas sementes pode privá-las dos nutrientes que precisam para enraizarem.
  5. Cubra as sementes com uma mistura de plantio extra. Adicione levemente a terra sobre elas em vez de comprimi-la.
  6. Coloque os vasos ou bandejas em um peitoril ensolarado e aquecido. Escolha uma janela bem ensolarada, ou seja, uma que receba luz solar direta por ao menos 8 horas por dia. Um local bem ensolarado fornece a quantidade suficiente de luz e calor para estimular o crescimento.
  7. Regue as sementes. Mantenha o solo úmido ao toque sempre, mas não o supersature, principalmente se estiver usando bandejas sem furos de drenagem. Não se deve criar poças sobre a terra, mas também deve-se procurar impedir que ela seque.
  8. Desbaste as plântulas assim que germinarem dois conjuntos de folhas. Em cada vaso ou compartimento da bandeja, mantenha a plântula mais forte das duas e corte a outra ao nível da terra. Não arranque a plântula mais fraca, pois fazer isso pode romper as raízes da que você quer manter.

Transplantando Plântulas

  1. Prepare as berinjelas para o transplante assim que as plantas tiverem atingido ao menos 15 centímetros de altura. No entanto, apenas faça isso se o clima lá fora tiver esquentado o suficiente. As berinjelas se dão melhor quando mantidas fora de casa, mesmo em vasos, pois têm mais acesso à luz solar e podem ser polinizadas.
  2. Instale o sistema de estacas em seu vaso permanente. Mantenha os pés das estacas ou a gaiola de tomate planos no fundo do vaso, posicionando o sistema em uma posição ereta.
  3. Encha o vaso permanente com o meio de plantio. Comprima a terra ao redor da estaca e certifique-se de que esteja bem firme. Deixe 2,5 cm de espaço vazio entre o topo da terra e a borda do vaso.
  4. Cave um buraco na terra com a profundidade e largura do recipiente atual da plântula. Ele deve ficar no centro do vaso.
  5. Remova a plântula mais forte de seu recipiente antigo. A mais fraca já deve ter sido desbastada.
    • Umedeça a terra para deixá-la o mais compacta possível. Uma terra úmida e compacta será mais fácil de transplantar do que uma seca e farelenta.
    • Se a plântula estiver em um recipiente plástico barato, é possível retirá-la dele dobrando o plástico.
    • Se ela estiver em um recipiente mais duro, talvez seja necessário deslizar cuidadosamente uma pá de jardinagem pela lateral do vaso até o fundo. Vire o recipiente de lado e traga lentamente a plântula e a terra para fora.
  6. Coloque a plântula no buraco do seu vaso novo. Mantenha-a o mais ereta possível.
  7. Adicione e comprima mais meio de plantio ao redor da plântula para fixá-la no lugar. Não pressione com muita força, pois pode danificar o sistema da raiz. No entanto, você deve preencher todo espaço vazio a fim de certificar-se de que a plântula fique bem firme.
  8. Regue a terra. Forneça uma rega completa à planta, mas não permita o desenvolvimento de poças no topo da terra.

Cuidados e Colheita

  1. Coloque o vaso em um local ensolarado. Um local fora de casa que receba bastante luz solar é o ideal, pois tanto a luz e o sol são essenciais para promover uma boa colheita. Berinjelas se desenvolvem em terras mornas.
  2. Regue a planta diariamente. Em um clima quente e seco, talvez a planta até mesmo precise de várias regas por dia. Sinta a superfície com as pontas dos dedos e sature a terra se parecer seca. Permitir que a terra seque reduzirá o número de berinjelas que você pode cultivar.
  3. Adicione um fertilizante líquido uma vez a cada uma ou duas semanas. Use um que seja solúvel à água e regue a berinjela antes de adicionar o produto à terra. Siga as instruções da embalagem para determinar a quantidade adequada.
    • Se as folhas da berinjela começarem a perder a cor, talvez você precise adicionar mais fertilizante. Um fertilizante de concentração 5-10-5 deve ajudar muito se a falta de nutrição for o único problema da planta. Um fertilizante com uma concentração maior de nitrogênio, fósforo e potássio pode ser muito forte.
    • Não cave mais do que 1,25 cm sob a superfície da terra para adicionar o fertilizante. Pois mais que isso pode incomodar as raízes da berinjela, que são bem rasas.
  4. Monitore o pH do solo. Um solo com um pH entre 6,3 e 6,8 deve satisfazer as necessidades da planta. Papel de tornassol ou um medidor de pH devem ser capazes de lhe fornecer uma leitura precisa.
    • Se for necessário aumentar o pH, tente usar calcário agrícola.
    • Se for necessário diminuí-lo, adicione matéria orgânica extra, como composto ou lixo vegetal, ou passe a usar um fertilizante com ureia.
  5. Amarre a berinjela à estaca para promover um crescimento para cima. Enquanto a planta começa a escalar, amarre folgadamente o caule à estaca usando barbante ou linha fina de tecido. Amarrar muito firmemente pode cortar ou sufocar a planta.
  6. Fique atento à pestes. Agrotis spp. são uma das pestes mais comuns que atacam berinjelas, mas geralmente podem ser afugentadas colocando uma coleira especial para esse tipo de peste sobre a planta. Você também pode considerar um pesticida orgânico para afugentar essas pestes e muitas outras.
  7. Colha as berinjelas assim que a casca ficar brilhante. O fruto deve parar de crescer e, em muitos casos, terá um tamanho próximo ao de uma laranja grande. O tempo que leva varia dependendo da variedade que você escolheu, mas a berinjela geralmente estará pronta para ser colhida dentro de dois ou três meses após o plantio das sementes.
    • Corte a berinjela da vinha usando uma tesoura de poda. O vegetal deve apenas ficar com um pequeno pedaço do caule.

Dicas

  • Também é possível comprar plântulas de berinjela em viveiros de plantas em vez de cultivar a partir da semente. Simplesmente siga as instruções de plantio a partir dos passos de transplante. Plante as plântulas por volta do início de dezembro para garantir que o solo permaneça adequadamente aquecido.
  • Muitas variedades de berinjelas se desenvolvem bem em recipientes. A "Pot Black" é uma variedade recentemente criada feita principalmente para jardinagem em recipientes. A "Black Jack" e a "Superhybrid" são ambas muito resistentes contra "verticillium wilt", uma doença que afeta comumente berinjelas e reduz severamente a produção. Jardineiros inexperientes também devem considerar tentar cultivar a variedade "Hansel" ou "Fairy Tale". Se você deseja cultivar berinjelas brancas, experimente também a variedade "Gretel".

Avisos

  • Tenha cuidado com pesticidas, tratamentos antifúngicos e outras substâncias químicas que for borrifar nas berinjelas. Muitas dessas substâncias não são seguras para o consumo humano, o que significa que você não as deve usar em frutas, verduras e legumes que planeja comer. Verifique sempre a etiqueta de um produto antes de usá-lo em suas plantas.

Materiais Necessários

  • Sementes de berinjelas
  • Plântulas de berinjela
  • Bandejas plásticas para plântulas ou vasos pequenos
  • Vasos de argila grandes
  • Terra de plantio
  • Fertilizante
  • Regador ou mangueira
  • Sistema de estacas
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.