Como Economizar Dinheiro Indo ao Supermercado Apenas uma Vez ao Mês

Com que frequência vai ao supermercado? Quando vai, você segue a lista ou compra tudo que o atrai? Diversos estudos demonstram que quase metade das pessoas vão ao mercado de três a quatro vezes por semana e compram cerca de 50% além do que planejavam. Economize tempo e dinheiro visitando o mercado uma vez no mês. Por mais radical que pareça, basta um pouco de planejamento e espaço de armazenamento. Por que ir mais ao mercado quando se pode passar por esse sofrimento uma vez no mês? Planeje-se com antecedência e se surpreenda com a economia no fim do ano!

Preparando-se para as compras

  1. Faça um inventário da despensa para descobrir o que já tem em casa. A lista ajudará a organizar as refeições do mês. Por exemplo, digamos que tem muitas massas guardadas no armário; utilize-as em diversas receitas nas próximas semanas. Liste tudo que tem na despensa e na geladeira. Não se esqueça de checar as gavetas do freezer.
  2. Atualize a lista sempre. Se não consegue fazer o inventário e ir para as compras no mesmo dia, é preciso atualizar a lista conforme usa os itens. Assim, você terá sempre uma versão atual para monitorar os itens mais usados e os que costumam sobrar.
    • Deixe a lista em um local visível. Uma boa ideia é colá-la na porta da geladeira.
    • Pinte um armário da cozinha com tinta preta e compre alguns gizes para incorporar a lista à decoração.
  3. Guarde todos os cupons fiscais. Comece a guardar os cupons no mês que antecede as compras mensais para ter uma ideia de quanto está gastando atualmente. Se possível, continue guardando os cupons de agora em diante para analisar o progresso.
    • Revise todos os cupons e destaque os itens essenciais (aqueles que usa todos que compra no mês).
    • Sublinhe os itens que não usou completamente no mês para ter uma ideia das coisas que compra compulsivamente.
    • Confira os versos dos cupons para ver se encontra promoções que podem ser usadas no futuro.
  4. Planeje as refeições do mês. Este Passo pode ser um pouco demorado no começo, mas assim que pegar o ritmo nos próximos meses, as coisas fluirão melhor. Algumas dicas:
    • Confira o calendário do mês e planeje-se de acordo com compromissos e atividades. Por exemplo, se vai sair para comemorar o aniversário de um amigo, tem um jantar a menos para cozinhar.
    • Confira livros e sites de receita para ter uma ideia do tempo de cozimento de cada refeição.
    • Use opções enlatadas e a granel, pois elas costumam ser não perecíveis e econômicas.
    • Leve alimentos perecíveis como frutas e legumes em consideração.
    • Escolha alimentos que possam ser utilizados para diversos pratos. A carne moída, por exemplo, pode ser utilizada para se preparar chili, molho vermelho, etc.
  5. Fique de olho nas ofertas. Confira os folhetos de mercados que costuma frequentar para ter uma ideia dos produtos que estarão em promoção na época da sua próxima compra e atualize o planejamento das refeições se necessário. Se conseguiu algum cupom de desconto, confira sempre a data de validade dele e, se possível, guarde alguns para os próximos meses.
  6. Faça uma lista de compras. Confira o que precisa substituir no inventário e o que precisa comprar para as refeições. Coloque tudo no papel e organize a lista do modo que parecer melhor para você. Por exemplo, algumas pessoas preferem organizar a lista de acordo com o departamento (laticínios, grãos, massas, etc.)..
  7. Cruze as informações das promoções com os itens da lista. Nos dias que antecedem a compra, confira as promoções e descontos do mercado e os itens da lista de compras. Assim, você terá uma ideia melhor de quanto gastará e facilitará todo o processo. Se encontrar um item mais barato no mercado concorrente, ligue para o mercado onde costuma comprar para ver se eles cobrem a oferta; alguns mercados sempre cobrem os preços das concorrências.

Indo às compras

  1. Planeje as compras para o dia correto. O dia da semana certamente influencia na economia. O meio da semana normalmente é a opção ideal para ofertas e menos tumulto. Algumas dicas:
    • Na maioria dos mercados, há promoções nas Quartas-Feiras; os preços também costumam ser reduzidos quando os itens estão se aproximando da data de validade.
    • A Quarta-Feira também é o dia que muitos mercados escolhem para divulgar os folhetos de ofertas. Você aproveitará as ofertas da semana passada e as novas também.
  2. Compre sozinho. A falta de companhia elimina as distrações e faz com que se concentre exclusivamente nas compras. Se prefere ir acompanhado, avise a outra pessoa de seu objetivo e peça que ela o ajude: não deixe que ignore a lista de compras e peça que pegue itens específicos. É muito mais fácil ater-se à lista se deixar as crianças em casa!
  3. Compre os itens que costuma usar com frequência a granel. Alguns itens saem mais baratos quando comprados em grandes volumes; você economizará e estocará a despensa por mais de um mês. Não compre itens perecíveis e que não costuma usar com frequência a granel ou perderá dinheiro. Muitos mercados oferecem descontos em grandes volumes; faça um cálculo e veja se está conseguindo uma boa oferta.
  4. Vá em vários mercados. Cada rede de varejo tem seus pontos fortes e fracos, portanto, aproveite o máximo. Se vai às compras algumas vezes na semana, ir a vários mercados acabará custando muito no quesito do transporte, mas isso não se aplica se vai ao mercado apenas uma vez no mês. Compre itens a granel em um mercado e legumes em outro, por exemplo. Se preferir, vá até um sacolão para comprar legumes e frutas.
    • Planeje-se para ir em dois ou três mercados.
    • Não vá em mais de quatro mercados.
    • Gaste no máximo quatro horas nas compras.
  5. Pague sempre no dinheiro. Por mais que tal não seja um requisito, é recomendável. Ao pagar tudo em dinheiro à vista, você terá uma noção melhor dos gastos e saberá se está ou não seguindo o orçamento estimado.

Organizando as compras

  1. Guarde primeiro as comidas. Fazer as compras do mês certamente acumulará muitas sacolas. Para manter tudo fresco e preservado, comece guardando os alimentos congelados e refrigerados. Em seguida, comece a guardar tudo que vai nos armários. Se tem crianças em casa, envolva-as na arrumação.
  2. Organize os produtos. Enquanto guarda as comidas, disponha-as de acordo com o tempo de consumo. Bananas e espinafres são perecíveis e precisam ser comidos antes das laranjas e do aipo, por exemplo. Deixe os itens que estragam mais rapidamente na frente como lembrete.
    • Os compradores mais experientes planejam as refeições para usar itens perecíveis antes, guardando os itens mais resistentes para depois.
  3. Separe as porções na hora da organização. Ao mesmo tempo em que prioriza os perecíveis, separe-os em porções para economizar tempo na hora do preparo. Esta é uma opção muito útil para itens congelados, pois alguns não podem ser descongelados, separados para uma refeição e então congelados novamente. For example:
    • Divida itens como tortilhas em saquinhos separados na hora de guardá-los no congelador. Assim, pode descongelar apenas um saco para a próxima refeição e deixar o restante congelado para o futuro.
    • Se comprou ou fez massa de pizza em casa, separe-a em pequenas bolinhas e congele-as individualmente. Assim, poderá descongelar o suficiente para uma pizza e manterá o restante congelado.
  4. Congele corretamente os itens. Agora que faz compras uma vez por mês, é preciso aprender quais itens pode comprar a granel para congelar e usar mais tarde. Muitos produtos podem ser congelados, basta seguir procedimentos adequados. Por exemplo:
    • Embale bem os alimentos para que nenhum ar os toque. Assim, você manterá a qualidade e evitará queimaduras causadas pelo frio.
    • Lave e seque frutas e vegetais antes de congelar.
    • Lembre-se de que os líquidos expandem quando congelados; deixe espaço suficiente nos recipientes para que eles não estourem.
    • Lembre-se de quando congelou cada coisa. Os frangos inteiros duram até um ano no congelador, mas algumas carnes duram no máximo dois meses.
  5. Continue atualizando o inventário e organizando os armários durante o mês. Assim, você terá um controle sobre o que já usou e sobre o que ainda tem em casa. Ache os itens prestes a vencer e deixe-os mais na frente da geladeira. Caso algo estrague antes do esperado, faça uma nota mental para evitar o item no próximo mês ou utilizá-lo antes.
  6. Analise e adapte-se. No começo, haverá um pouco de tentativa e erro nas compras. Você precisará ir ao mercado algumas vezes no mês para comprar coisas que esqueceu, mas não deixe que as "visitas emergenciais" se tornem um hábito. Atenha-se à lista durante elas e lembre-se de comprar mais dos itens faltantes na próxima compra do mês.

Dicas

  • Se está realmente comprometido em economizar e organizar as compras, talvez seja uma boa ideia investir em um congelador grande. Alguns congeladores de altas capacidades são mais econômicos. Pesquise bem.
  • Combine as técnicas acima com as encontradas no artigo Como Cozinhar Uma Vez Por Mês para economizar ainda mais.
  • Fique de olho nas marcações erradas no mercado. Os preços mudam com tanta frequência que você pode acabar pagando mais caro por algo. Fique de olho em tudo enquanto passa no caixa para verificar se está sendo cobrado o valor correto.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.