Como Colocar uma Palheta em um Clarinete

Antes de começar a tocar o clarinete, você tem que por uma palheta nele. A palheta é o segundo fator mais importante na produção do som do clarinete, isto é, o segundo mais importante para você, o clarinetista. Colocar a palheta no clarinete pode ser complicado, já que ela é delicada e fina. Você deve ser muito cuidadoso e se certificar de que a palheta está colocada corretamente e que está em um bom estado.

Colocando a palheta

  1. Certifique-se de que você tem uma ligadura. Ligaduras podem ser feitas de metal ou couro - as de metal são de cor prata e geralmente são ajustadas com dois parafusos. As de couro são mais caras, na maioria das vezes pretas, e normalmente só têm um parafuso. Elas geralmente vêm com o instrumento, mas também podem ser compradas separadamente. Ligaduras são universalmente projetadas para clarinetistas destros: o parafuso que você gira aponta para o seu lado direito.
    • Ligaduras de metal são mais baratas e podem funcionar bem, mas tendem a "morder" a palheta (cria fendas na parte inferior onde estão as ligaduras, o que torna difícil mudar o posicionamento da palheta depois que se toca).
    • Ligaduras de couro são mais caras, mas produzem um som melhor, e não mordem a palheta. O sistema com um parafuso é mais fácil e mais rápido de ajustar, e a pressão sobre a palheta se distribui de maneira mais uniforme. Elas geralmente vêm com instrumentos mais caros, ou podem ser compradas separadamente.
  2. Escolha uma palheta. Preste atenção na cor (uma palheta verde não vai tocar bem, mas uma amarela ou marrom dourada será boa), a condição (verifique se há rachaduras ou fissuras), e a fibra da palheta (deve ir na mesma direção e ser relativamente lisa). Além disso, certifique-se de que a palheta tenha a força com a qual você está acostumado, ou, se você toca com outras, que ela se ajuste à atual situação de uso.
  3. Se você deseja molhar a sua palheta, molhe-a apenas com água. A saliva e os ácidos em sua boca deterioram a palheta. Seque-a constantemente depois de usada, pois lembre-se, a saliva se distribui constantemente na palheta enquanto você toca. Além disso, seque-a deslizando a ponta de seu dedo ao longo de sua extensão até a ponta. Palhetas são essencialmente milhares de pequenos canudos, então se você deslizar seu dedo ao longo dela, todos os canudinhos apontarão para a mesma direção, permitindo uma melodia mais suave.
  4. Deslize a ligadura sobre a boquilha até que esteja quase em sua posição final, com os parafusos um pouco soltos.
  5. Deslize cuidadosamente a palheta úmida por debaixo da ligadura. Alinhe-a de modo que fique perfeitamente centrada, que as bordas fiquem alinhadas com os trilhos na boquilha, e que você apenas possa ver uma parte da boquilha sobre a ponta da palheta.
  6. Deslize a ligadura para baixo até a parte inferior da palheta e aperte-a apenas um pouco para manter a palheta ajustada, mas não o suficiente para segurá-la muito (o que pode sufocar as vibrações da palheta), ou para quebrar a ligadura. Muitas palhetas têm uma linha de vibração visível nelas. Tente colocar o topo da ligadura abaixo desta linha para permitir ao topo da palheta a amplitude máxima de vibração.

Removendo a palheta

  1. Desaperte um pouco a ligadura, e cuidadosamente deslize a palheta para fora por debaixo dela.
  2. Tire a palheta e limpe-a (se necessário) suavemente para secá-la. Você pode deixá-la de molho em água limpa por um tempo (o que irá prolongar a vida útil da palheta).
  3. Coloque a palheta dentro de um porta palhetas até usá-la novamente. O porta palhetas proporciona à palheta um local seguro para ficar enquanto ela seca, e permite que você carregue mais de uma palheta ao mesmo tempo.
  4. Pegue o resto do clarinete e coloque-o de volta em seu case (estojo), deixando os parafusos na ligadura um pouco soltos, para ser mais fácil de colocar a palheta da próxima vez.

Dicas

  • Existem palhetas sintéticas disponíveis que não requerem a mesma quantidade de manutenção ou substituição, como as palhetas de cana. Muitos clarinetistas sentem que o som produzido por essas não é tão bom ou puro como o das palhetas de cana, mas isso é muitas vezes afetado pela técnica do clarinetista e a preferência do ouvinte.
  • Nunca deixe a palheta na boquilha dentro da case, pois ela irá ficar deformada e mofo pode acabar se desenvolvendo no lado plano da palheta.
  • Uma imersão "ocasional" em 3% de solução de peróxido de hidrogênio (disponível em sua farmácia local) pode ajudar a prolongar a vida útil de sua palheta por contrariar os efeitos da sua saliva nela. Deixe-a na solução durante a noite e lave-a bem antes da próxima utilização.
  • Quando você remover a ligadura depois de tocar, deixe-a ligeiramente afrouxada para ser mais fácil de usá-la novamente na próxima vez.
  • Dobre seus lábios sobre os dentes inferiores, assim você não irá morder a palheta, ou você produzirá um som horrível. Você pode optar por cobrir seus dentes superiores com seu lábio superior ou deixar os dentes na boquilha - cobrir é mais difícil. Lembre-se: a boca de todo mundo é diferente - nenhuma embocadura funcionará para todos. Além disso, alguns tamanhos de palhetas não funcionam bem com o formato da boca de algumas pessoas, assim como suas boquilhas.
  • Palhetas são classificadas pelo número (força). Quanto menor for o número, mais fácil soprar através delas. Palhetas com números altos têm uma qualidade de som mais clara, mas são mais difíceis de soprar. Diferentes boquilhas têm diferentes atributos nas aberturas, o que faz delas mais adequadas para diferentes forças de palhetas.
  • Não existe algo como uma palheta velha. Tente imergi-la por alguns segundos - você vai notar que ela vai tocar tão bem como se fosse nova.
  • Algumas pessoas optam por manter suas palhetas em um vidro de remédio vazio (com tampa) cheio de água, até que fique saturada (afunde para o fundo). Isso pode prolongar a vida útil da palheta, tornando-a mais fácil de tocar e com uma melhor sonoridade.
  • Sempre coloque suas palhetas inutilizadas dentro de seu protetor de palhetas. Isso irá protegê-las e secá-las. Protetores de palhetas também irão se certificar de que elas não se curvem. Quando você compra suas palhetas, elas devem vir com protetores.

Avisos

  • Quando a palheta quebra, jogue-a fora, ou ela irá afetar dramaticamente sua música (com chiados). Mesmo uma pequena rachadura pode realmente atrapalhar o seu som.
  • Não deixe seu clarinete desacompanhado sem a tampa da boquilha sobre a palheta para protegê-la.

Materiais Necessários

  • Palheta de clarinete (qualquer nível de força que você prefira).
  • Um clarinete
  • Uma ligadura de clarinete.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.