Como Remover Calos dos Dedos do Pé

A ocorrência de calos nos dedos dos pés é devido ao atrito e pressão. Você pode removê-los amolecendo-os e, gradualmente, esfoliando a camada superficial de pele morta; no entanto, mas você precisa fazer isso com cuidado para evitar agravar o problema. Continue lendo este artigo para saber mais.

Tratamento básico caseiro

  1. Use sapatos confortáveis. Calos resultam de pressão e fricção em seus dedos, e sapatos apertados ou desconfortáveis podem ser uma das causas. Uma das coisas mais importantes que você pode fazer para evitar o desenvolvimento deste problema e reduzir a gravidade dos calos que você já pode ter é ficar longe de sapatos que fazem pressão sobre os dedos dos pés.
    • Idealmente, você deve usar principalmente sapatos que possam ser usados com meias. As meias podem amortecer os dedos dos pés, minimizando o atrito que pode causar e agravar calos.
    • Evite completamente saltos altos, especialmente aqueles com dianteiras estreitas.
  2. Alivie a pressão utilizando anéis de espuma em entre os dedos. Após chegar a casa e tirar os sapatos, você pode minimizar ainda mais a pressão sobre os dedos dos pés com um anel ou espaçador de espuma entre os dedos dos pés.
    • Vale a pena também tentar calçar um par de chinelos ou sandálias de espuma. Este tipo de calçado é equipado com espaçadores de dedos que mantêm os dedos dos pés separados impedindo o atrito à medida que você se move.
  3. Aplique talco entre os dedos. O talco pode absorver a umidade, evitando que os calos se tornem mais propensos a irritações ou inflamações.
    • Polvilhe o talco sobre e entre os dedos dos pés, antes de calçar suas meias e sapatos de manhã. Você também pode reaplicar o talco durante todo o dia, conforme necessário, se sentir que a pele entre os dedos dos pés está ficando suada.
  4. Esfregue delicadamente a pele grossa com uma pedra-pomes. Mergulhe os pés em água morna e sabão por cerca de 20 minutos para amolecer a pele. Em seguida, esfregue suavemente o calo com uma pedra-pomes para remover parte da pele mais resistente sobre a superfície superior.
    • Alternativamente, tente usar uma lixa em vez de uma pedra-pomes. Quando o calo se desenvolve entre os dedos, pode ser mais fácil esfregá-lo com uma lixa. Uma lixa de areia ou de metal deve ser usada nestes casos.
  5. Aplique gelo para reduzir qualquer desconforto. Se o inchaço e desconforto continuarem, você pode aplicar uma bolsa ou compressa de gelo sobre a área por alguns minutos para aliviar o desconforto e minimizar o inchaço.
    • O gelo não irá ajudar a curar o problema em si, mas pode ser utilizado para tratar a dor associada com calos graves.

Tratamento médico caseiro

  1. Tente pomadas ou gotas contra calos. A maioria dos tratamentos contém uma concentração mínima de ácido salicílico, que dissolve a proteína queratina responsável pelo aparecimento de calos e a camada grossa e dura de pele em cima dele.
    • Uma desvantagem desses tratamentos é que os ácidos, além danificar a pele afetada por calos, também podem danificar a pele saudável, por isso, se você usar esses tratamentos sem ter o cuidado necessário, você pode acabar causando mais danos do que benefícios.
    • Ácidos não devem ser utilizados por pessoas diabéticas, com sensibilidade reduzida ou com a pele fina.
    • Siga sempre as instruções no rótulo ao aplicar uma pomada ou outro tratamento tópico.
  2. Use um protetor de calos. Estes protetores se aderem à pele como uma bandagem adesiva, amortecendo, assim, o calo em seus dedos, além de conterem uma pequena concentração de ácido salicílico para tratar o problema durante o tempo em que ficam em contato com a pele.
    • Os melhores protetores são em forma de anel. Eles fornecem amortecimento, enquanto mantêm umidade suficiente para amolecer o calo, aliviando, assim, o desconforto.
    • Tendo em vista que muitos desses blocos contêm um tratamento ácido, você não deve usá-los com outros tratamentos. Se você precisar cobrir os calos após a aplicação de outro tratamento, certifique-se de usar um protetor sem ácido salicílico ou uma bandagem adesiva simples.

Remédios alternativos

  1. Amoleça o calo com óleo de rícino. Ao amolecer o calo em seus dedos, você pode minimizar qualquer dor ou desconforto associado e tornar a área afetada mais fácil de esfoliar.
    • Aplique o óleo usando uma bola de algodão. Deixe o óleo sobre a área afetada por 3 a 4 minutos antes de enxaguar e esfoliar a área.
    • Repita este procedimento até três vezes ao dia.
  2. Use um sal Epsom. Em vez de mergulhar os pés em água pura ou com sabão, misture um pouco de sal Epsom ou sal grosso para ajudar a acelerar o processo de amaciamento.
    • O sal grosso também é um abrasivo, por isso embeber seus pés em água salgada pode suavizá-los e remover alguma da pele morta e seca sobre a superfície de seus calos.
    • Dissolva cerca de 1/2 xícara de sal Epsom em 8 litros de água morna dentro de um balde grande. Deixe os pés de molho nesta água salgada durante 20 a 30 minutos.
    • Quando terminar esfregue os calos com uma pedra-pomes para remover o máximo de pele morta possível.
  3. Aplique aspirina esmagada. A aspirina é uma fonte de ácido salicílico. Você pode esmagar a aspirina e aplicá-la topicamente sobre o calo para dissolver alguma da proteína responsável pela sua aparição e a camada de pele morta no topo do mesmo.
    • Esmague uma única aspirina e misture-a com algumas gotas de água, apenas o suficiente para formar uma pasta granulada.
    • Aplique esta pasta sobre as áreas afetadas dos dedos dos pés. Deixe descansar por 5 a 10 minutos antes de enxaguar com água morna e secar.
  4. Faça uma pasta de bicarbonato de sódio. A pasta feita de bicarbonato de sódio, suco de limão e água pode ajudar a acelerar o processo de remoção de calo em seus pés.
    • Misture algumas gotas de suco de limão com um pouco de água e cerca de 1 colher de chá de bicarbonato de sódio. Misture até formar uma pasta e aplique sobre os seus calos. Cubra com um curativo, e enxágue a pele no dia seguinte pela manhã. Dentro de 4 a 6 dias, o calo deve secar por conta própria.
    • Alternativamente, misture 2 a 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em uma banheira de água quente. Deixe os pés de molho por 15 a 20 minutos antes de esfregar os calos em seus dedos com uma pedra-pomes.
    • Você também pode misturar o bicarbonato de sódio com algumas gotas de água para formar uma pasta. Aplique esta pasta sobre a área afetada, cubra com um curativo, e deixe descansar durante a noite. Enxágue a mistura na parte da manhã.
  5. Experimente mergulhar os dedos em chá de camomila. Camomila pode acalmar o desconforto que você sente e secar do suor entre os dedos dos pés e alterando o pH da sua pele, acelerando assim a recuperação.
    • Você pode aplicar um saquinho molhado de chá quente de chá de camomila sobre os calos durante 1 a 3 horas.
    • Alternativamente, deixe seus pés de molho em um pequeno balde de chá de camomila diluído, por 15 a 20 minutos.
    • Após ter usado qualquer um dos métodos, você pode tentar remover parte do calo com uma pedra-pomes ou com uma lixa.
  6. Aplique um pouco de vinagre. O vinagre é um adstringente, portanto ele pode fazer com que mais quantidade de pele seque e morra, dando-lhe a oportunidade de esfregá-la com uma pedra-pomes ou lixa.
    • Dilua o vinagre numa proporção de 1 parte de vinagre para 3 partes de água.
    • Aplique esta solução sobre os calos e cubra-os com curativos adesivos ou protetores. Deixe descansar durante a noite.
    • Pela manhã, esfolie a pele grossa com uma pedra-pomes ou lixa.
  7. Aplique purê de mamão. Mamão pode aliviar qualquer dor ou desconforto associado com calos, e, muitas vezes, isso ajuda o calo a secar e cair mais rápido.
    • Corte um mamão e use um garfo para amassar um pouco da polpa. Aplique este purê diretamente sobre a área afetada, cubra com uma bandagem adesiva ou com um protetor e deixe agir durante a noite.
    • Na parte da manhã, o calo pode ser esfoliado novamente. Ocasionalmente, este tratamento pode até mesmo fazer com que os calos caiam por conta própria.
  8. Use suco de figo verde e óleo de mostarda. Suco de figo verde pode suavizar os calos, tornando-os mais fáceis de remover, e óleo de mostarda pode ajudar a matar todas as bactérias que podem causar infecções.
    • Apply the green fig juice first. Dab a small amount on with a cotton ball and let it dry on your skin.
    • Aplique o suco de figo verde primeiro. Aplique uma pequena quantidade com uma bola de algodão e deixe secar sobre a pele.
    • Após o suco ter secado, você pode aplicar um pouco de óleo de mostarda usando, também, uma bola de algodão. Isso deve ajudar a evitar infecções bacterianas que podem resultar se o processo de esfoliação deixar a pele rachada e com cortes.
  9. Faça uma mistura com cúrcuma, aloé, e bromelina. Esta mistura vai amolecer a pele dos dedos afetados, facilitando a remoção do calo.
    • Cúrcuma tem propriedades anti-inflamatórias que podem aliviar o desconforto, aloé tem propriedades de cura, e bromelina é um extrato retirado de abacaxi, que tem propriedades adstringentes. Na falta de bromelina, você pode usar óleo da árvore do chá.
    • Misture partes iguais de cúrcuma em pó, gel de aloé e bromelina para formar uma pasta. Aplique a pasta sobre as áreas afetada, cubra com um curativo e deixe a mistura agir durante a noite. Na parte da manhã, enxágue a mistura e use uma pedra-pomes em seus calos.

Tratamento médico profissional

  1. Obtenha palmilhas personalizadas. Palmilhas ortopédicas podem fornecer a quantidade certa de amortecimento e proteção para os pés, ajudando assim os calos em seus dedos curar mais rapidamente e prevenir que outros surjam.
    • Você pode usar palmilhas de gel padrão comprados na loja, contudo, palmilhas feitas sob medida serão muito mais eficazes. Converse com um podólogo sobre onde e como comprar estes tipos de palmilhas feitas sob medida.
  2. Peça uma prescrição para remédio tópico. Remédios vendidos sob prescrição costumam conter maiores concentrações de ácido salicílico que as versões compradas sem receita, e alguns deles também contêm outras combinações mais fortes de ácidos para o mesmo objetivo.
    • Ácidos não devem ser utilizados por pessoas diabéticas, com sensibilidade reduzida, ou com a pele fina.
    • Outros ácidos que podem ser utilizados para o tratamento de calos incluem ácido tricloroacético e uma combinação de ácido salicílico, ácido lático, e colódio.
    • Siga as instruções cuidadosamente ao usar uma medicação para evitar danos acidentais na pele ao redor do calo.
  3. Tome antibiótico. Em caso de infecção, você pode precisar pedir ao seu médico um antibiótico para tratar a infecção até que os calos curem.
    • Tenha em mente que um antibiótico oral ou tópico só poderá ser prescrito em caso de infecção. Os antibióticos não terão qualquer efeito sobre o calo e só tratarão a infecção.
  4. Peça conselhos a um podólogo sobre como remover a pele endurecida. Embora você não deva raspar ou cortar um calo por conta própria, um dermatologista ou um podólogo pode, muitas vezes ser capaz de removê-lo com segurança, se as circunstâncias permitirem.
    • O podólogo vai anestesiar a área e cuidadosamente cortar a parte espessa do calo com uma fina lâmina bem afiada. O procedimento é indolor e seguro quando feito por um profissional, e pode reduzir o desconforto geral, e também acelerar o processo de cicatrização.
  5. Informe-se sobre intervenção cirúrgica. Se você desenvolver calos em seus dedos com frequência, um podólogo pode recomendar um procedimento cirúrgico que pode corrigir o posicionamento dos ossos em seus dedos do pé. Isto, por sua vez, alivia a pressão sobre seus dedos e torna o desenvolvimento desta condição muito menos provável de ocorrer.
    • Calos podem desenvolver entre os dedos dos pés quando os ossos em seus dedos crescem em ângulos que os fazem esfregar naturalmente uns contra os outros. Uma cirurgia pode realmente realinhar estes ossos, tornando-os mais retos e menos propensos a colidir.

Avisos

  • Nunca tente cortar ou raspar um calo. Isso não vai ajudar a resolver o problema subjacente e, pior, você irá criar uma ferida que pode facilmente tornar-se infectada por bactérias.
  • Não tente tratamentos caseiros se você tem diabetes, aterosclerose, ou qualquer outra forma de doença circulatória.

Materiais Necessários

  • Sapatos confortáveis
  • Meias
  • Espaçadores de dedos ou sandálias de espuma
  • Talco
  • Pedra-pomes
  • Lixa
  • Gelo
  • Pomadas, gotas, protetores de dedos do pé
  • Óleo de rícino
  • Água
  • Sal Epsom
  • Aspirina
  • Bicarbonato de sódio
  • Chá de camomila
  • Vinagre
  • Mamão
  • Suco de figo verde
  • Óleo de mostarda
  • Cúrcuma
  • Aloés
  • Óleo da árvore do chá ou bromelina
  • Tratamentos tópicos da prescrição
  • Antibióticos
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.