Como Fazer Bainha Manualmente

A máquina de costura deu defeito? Você está de férias e só tem acesso à agulha e linha? Saber como consertar uma bainha manualmente é uma habilidade valiosa e nada difícil de se aprender. As pessoas vêm costurando há muitos anos, portanto saber usar uma agulha é uma vantagem muito legal. Este artigo explicará como você pode costurar uma bainha sem precisar da máquina.

Passos

  1. Passe o tecido no qual a bainha será feita. É importante remover quaisquer amassados ou vincos para que a peça fique plana e a bainha, precisa.
  2. Meça a bainha. Use uma régua grande para medi-la a partir do chão. Use alfinetes ou giz de alfaiate para marcá-la. Apare o tecido no comprimento desejado, logo abaixo da linha de alfinetes ou giz. Lembre-se de deixar material suficiente para dobrar a bainha, mas não muito, ou o local ficará volumoso.
    • Outra opção é, após medir, passar a bainha na largura desejada. Isso pode ajudar muito se você não tiver alfinetes nem giz por perto; e, até mesmo se tiver, vai deixar as bordas ainda mais bonitinhas, fazendo com que seja mais fácil seguir a linha marcada.
    • Ao determinar o comprimento da bainha, é recomendado que você calce os sapatos que pretende usar com a roupa, pois isso garantirá mais precisão.
  3. Passe a linha numa agulha pequena. Use uma linha cuja cor seja a mais próxima possível da roupa.
  4. Começando no lado avesso da bainha, faça um pontinho minúsculo através do tecido dobrado. Leve a linha para a borda do material. Os pontos mais recomendados são os seguintes (dependendo do tipo da bainha):
    • Pontos inclinados: esse é o método mais rápido, mas também menos durável, pois a linha fica exposta e pode desfiar com facilidade; como o objetivo do artigo é ajudar você num momento de pressa, esse ponto é que aparece nas imagens.
    • Pontos verticais: esse é muito mais durável, mas funciona melhor em tramas de lã ou renda.
    • Pontos deslizados: também muito durável, esse ponto é quase invisível; esse método se utilizada de pontos desiguais feitos na dobra da bainha.
    • Pontos espinha de peixe: outra técnica durável, esses pontos são melhor utilizados em bordas picotadas; a linha se cruza sobre si mesma em cada ponto.
    • Pontos cegos: essa técnica é simples e fácil para o uso em bainhas cegas.
    • Pontos espinha de peixe (cego): esse método é quase igual ao espinha de peixe, mas os pontos ficam entre a bainha e o tecido; é ideal para materiais mais pesados.
    • Pontos abertos: uma bainha ornamental utilizada principalmente em lenços de bolso, toalhas de mesa e outros itens decorativos; é bastante específica, portanto, use apenas se estiver trabalhando em uma peça mais fina e tiver bastante tempo sobrando.
  5. Continue costurando da direita para a esquerda. Faça pontos pequenos com cerca de 2,5 cm de distância uns dos outros. Pegue apenas um fio da trama por vez, depois leve a agulha para cima, através da borda do material. A bainha começará a se formar ao longo do comprimento da roupa.
  6. Quando terminar, dê um nó na linha e apare o que sobrar. Experimente a peça para ver se a bainha está reta. Com um pouco de sorte, tudo estará nos conformes. Se não, desmanche e costure novamente quaisquer áreas problemáticas.
    • Se usar a técnica de pontos inclinados, mas quiser que a bainha seja mais durável, mais tarde, quando tiver mais tempo, use quaisquer um dos outros métodos sugeridos acima ou costure na máquina. A beleza do procedimento mais rápido é que ele permite consertos temporários ou testes no comprimento da peça, por isso, é ideal em viagens, sessões de foto, desfiles etc.

Dicas

  • Após cortar o tecido, será preciso endireitar as bordas cruas. Alguns tecidos darão mais trabalho nesse sentido.
  • Se puder escolher entre fazer a bainha na máquina ou manualmente, saiba que a costura na máquina dá mais opções, além de ser muito mais resistente. Contudo, se desejar pontos invisíveis ou uma roupa parecida com uma peça original de alta-costura, costurar à mão é sempre a melhor escolha. A bainha feita na máquina sempre terá a aparência de um item comprado na loja.
  • É recomendado ter outra pessoa para ajudá-lo, pois ela poderá julgar o posicionamento da bainha. Se isso não for possível, use um busto para costura do peso ideal.
  • Esse procedimento é rápido, mas ainda assim exige paciência. Não se apresse.

Avisos

  • Sempre guarde a agulha imediatamente após o uso, para evitar perdê-la ou se machucar.
  • Se passar a agulha pelo tecido for um processo doloroso, um dedal pode ajudar.
  • Guarde a agulha com pelo menos 15 cm de linha com um nó duplo nas pontas. Dessa forma, será mais fácil encontrá-la se cair no chão.

Materiais Necessários

  • Agulha
  • Linha
  • Tesoura
  • Ambiente confortável e iluminado
  • Ferro e tábua de passar
  • Alfinetes e giz de alfaiate (opcional, mas útil)
  • Busto para costura (opcional, mas útil)
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.