Como Arte Finalizar um Desenho

Você finalmente acabou de fazer um desenho, mas ele está um pouco insubstancial. Não há problema! Com esse artigo, você pode melhorar seu desenho usando canetas e marcadores.

Passos

  1. Limpe seu desenho a lápis o máximo possível. Não tem problema deixar algumas linhas para mostrar onde pôr cor/sombreamento, mas na maior parte, é melhor deixar um desenho a lápis limpo, somente com as linhas base presentes. A figura mostra como ficou nosso desenho antes de começarmos a finalização.
  2. A base – primeira finalização. Passe por cima do desenho, cobrindo as principais linhas com uma caneta. Se ela tiver uma ponta fina, ela funciona melhor para isso, pois esse é simplesmente um outro passo para limpar seu desenho e contorná-lo. Quando todas as linhas do lápis estiverem cobertas, passe por cima do desenho novamente, escurecendo as linhas, deixando-as lisas e adicionando espessura. Use um pincel, uma caneta pincel ou técnica com qualquer tamanho de ponta para isso. Há muitas formas de decidir quais linhas devem ser mais espessas. Algumas pessoas engrossam somente as linhas que separam o personagem do background, deixando as linhas dos detalhes mais finas. Nesse desenho, o artista engrossou as linhas que delineiam a sombra. Experimente com diferentes pontas, métodos e estilos para determinar de qual você gosta mais.
  3. Adicione textura. Usando uma variedade de traços – incluindo, mas não limitado a tracejados, cruzado, pontilhado e linhas contínuas – adicione textura às diferentes partes do seu desenho. É aqui que a atenção ao detalhe é útil. Novamente, é possível conseguir montes de diferentes texturas com uma caneta pincel, e usá-las em camadas para adicionar profundidade e dinâmica a um desenho. Alternativamente, você pode optar por usar tons pré-fabricados, como é frequentemente feito em mangá.
  4. Adicione o tom. Finalize a peça adicionando definição às sombras e contornos, alisando as linhas, e limpando mais a arte-final.

Dicas

  • Tracejar pode ser tedioso – tente fazê-lo ouvindo música, seguindo o ritmo dela. Isso lhe manterá interessado e impedirá que os pontos virem traços.
  • Erros pequenos podem ser corrigidos com tinta branca. Não use liquid paper – ele arruinará o papel.
  • Se quiser colorir o seu trabalho, considere usar aquarelas. Elas funcionam bem com tinta à prova d’água e podem adicionar mais profundidade à peça.
  • É melhor não usar uma caneta muito rígida para o primeiro contorno, como uma esferográfica.
  • Ao fazer a primeira e segunda camadas, tente desenhar usando o braço, não só o punho, para deixar as linhas mais lisas.
  • Trabalhe devagar e não se apresse. Mesmo que esboçar seja o lado mais rápido de desenhar, a arte-final é lenta e metódica. A pressa é inimiga da perfeição.
  • Seja criativo com a gradação de cores. Misture-as.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.