Como Fazer Glacê Preto

Fazer um glacê na cor preta não é lá muito simples, pois o tom pode acabar ficando um acinzentado horroroso. Continue lendo para aprender o segredo de um glacê preto de verdade. Você também vai entender como resolver os problemas mais comuns.

Tingindo o glacê com corante alimentício

  1. Compre ou faça o glacê. De preferência, prepare uma cobertura de chocolate. Começar com uma base já escura evita a adição de muito corante para alcançar o tom desejado.
    • É possível começar com um glacê branco, mas você terá, provavelmente, que acrescentar algum sabor depois para encobrir o gosto amargo do corante.
    • Com as instruções a seguir, você pode tingir quase qualquer cobertura (creme de manteiga, glacê real etc). No entanto, como eles geralmente são brancos, será necessário acrescentar cacau em pó ou outro sabor para disfarçar o gosto do corante.
  2. Escolha o corante preto. De preferência, compre um corante em gel. Dessa forma, a quantidade necessária será bem menor do que se ele fosse líquido.
    • Caso não consiga encontrar o corante já na cor preta, misture partes iguais de vermelho, azul e verde. O tom não será verdadeiramente preto, mas sim um cinza bem escuro. Porém, vai funcionar!
  3. Engrosse a cobertura, se necessário. A adição do corante (principalmente se for do tipo líquido) pode deixar o glacê bem mais ralo, e ele pode ficar escorrendo no bolo. Caso a cobertura seja comprada pronta, você provavelmente não precisará se preocupar com este Método.
    • Para engrossar a mistura, utilize um pouco de açúcar de confeiteiro.
    • Se não quiser aumentar o teor de açúcar do glacê, acrescente um pouco de pó para merengue.
    • Caso esteja utilizando glacê real, passe uma faca de manteiga na superfície da mistura. Conte o tempo necessário para a cobertura voltar ao normal. De cinco a 10 segundos, a consistência está perfeita. Do contrário, mexa mais um pouco ou acrescente um dos ingredientes citados mais acima.
  4. Transfira o glacê para uma tigela de vidro ou inox. Lembre-de de que o corante mancha quaisquer materiais plásticos.
    • Outra dica é usar um avental durante o processo para não sujar a roupa.
  5. Adicione o corante aos poucos até alcançar o tom desejado. Geralmente, a quantidade necessária é enorme: até 30 g de corante para cada xícara de cobertura. No entanto, sempre trabalhe de pouco a pouco para não exagerar na dose e estragar o glacê.
  6. Misture bem até o corante se dissolver por completo.
  7. Prove o glacê. Não se esqueça de que o corante pode deixar a mistura muito amarga. Se isso acontecer, leia a próxima seção para aprender a disfarçar o sabor.
  8. Se a cobertura não quiser passar de um cinza escuro, cubra a tigela e deixe que descanse por um tempo. A cor vai ficar mais viva com o passar dos minutos e, dentro de uma hora, o preto poderá se sobressair.
    • Mesmo depois de colocado no bolo, o glacê vai continuar a escurecer. Por isso, se estiver com muita pressa, pode já começar a fazer a decoração. No entanto, nesse caso, lembre-se de que você não poderá corrigir mais nada.
    • Durante o tempo de descanso, mantenha a tigela longe da luz direta, pois ela faz com que o preto desbote.
  9. Decore a obra de arte!

Lidando com os problemas mais comuns

  1. Esteja ciente de que o corante pode manchar lábios e dentes. Para diminuir esse problema, use o produto em pouca quantidade — mesmo que o tom final não seja aquele preto vivo maravilhoso. Do contrário, deixe bastante água e guardanapos por perto na hora de servir.
    • Outra dica é usar a cobertura preta apenas nos detalhes da decoração.
  2. Um problema muito comum com o corante preto é que ele deixa o glacê amargo. Se o preto for usado moderadamente, tudo bem. Do contrário, há algumas maneiras de disfarçar o problema:
    • Cacau em pó: a cobertura ficará com gosto de chocolate e bem mais escura também. Em uma tigela pequena, combine 1/2 xícara de cacau com 2 colheres de chá de água para facilitar a mistura. Caso o amargo não saia, acrescente mais 2 colheres de sopa de cacau em pó.
    • Incorpore algum sabor bem forte, tal como cereja ou laranja. Use aproximadamente 1 colher de chá para cada 2 xícaras de glacê.
    • Se não tiver cacau em pó, pode substituir por farinha de alfarroba.
  3. Caso a cobertura não esteja no tom desejado, deixe descansar por várias horas antes de acrescentar mais corante. Nesse tempo, a cor pode mudar drasticamente.
    • Se o preto estiver com um tom esverdeado, adicione um pouco de corante vermelho — uma gota por vez.
    • Se o preto estiver com um tom arroxeado, adicione um pouco de corante verde — também uma gota por vez.
  4. Evite que o glacê fique escorrendo. Isso, geralmente, é causado pela condensação. Portanto, sempre armazene a mistura em um local escuro e fresco e não na geladeira. Se estiver trabalhando com um bolo gelado, deixe que respire e alcance a temperatura ambiente antes de começar a decorá-lo.
    • Evite guardar bolo e biscoitos na geladeira ou em recipientes herméticos em temperatura ambiente, pois ambos os Métodos causam condensação.
    • Na hora de criar o glacê preto, use o menos possível de corante alimentício. De outra forma, a cobertura vai ficar rala e, possivelmente, escorrer. Para engrossá-la, use açúcar de confeiteiro. Além disso, escolha um sabor mais forte para disfarçar o amargo do corante.
  5. Mantenha o bolo longe da luz direta, pois ela faz com que o preto desbote. O mesmo vale para suco de limão e cremor de tártaro.

Ingredientes

  • Cacau em pó (opcional)
  • Glacê (comprado pronto ou feito em casa)
  • Corante alimentício gel ou líquido (de preferência, gel)

Avisos

  • Se a textura, o sabor ou o cheiro ficarem meio esquisitos, não coma o glacê.

Materiais Necessários

  • Espátula
  • Água (opcional)
  • Tigela de vidro ou inox
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.