Como Ser Bom no Inglês

Se você está sofrendo nas aulas de Inglês, você não está sozinho. Desde escritores famosos como H.G. Wells e Mark Twain a políticos como Teddy Roosevelt, várias pessoas já sofreram com a sintaxe, utilização e outros problemas básicos de gramática. Cheio de peculiaridades e contradições, o Inglês não é o idioma mais fácil de aprender e de usar corretamente. Ao lidar com os erros e problemas mais comuns, porém, você pode começar a corrigir ativamente seus erros, melhorar seu vocabulário, ortografia e escrita para ter as melhores chances de sucesso no Inglês. Se o Inglês não for seu primeiro idioma, você pode querer começar com Como Aprender Inglês ou Como Melhorar Seu Inglês.

Corrigindo Erros Comuns

  1. Aprenda a diferença entre your e you're. Misturar estas duas palavras é um dos erros mais comuns e também mais fáceis de corrigir no Inglês. Já que não há nada que fique mais em destaque do que escrever "Your not coming to the dance, are you?" é importante saber a diferença entre os dois e nunca mais cometer este erro novamente.
    • Your é usado para indicar "algo que você tem". Dizer "Is that your cantaloupe?" ou "Where is your pocketknife?" são formas adequadas de usar "your". Você também pode testar substituir "you are" por "your" em uma frase. Se "you are" fizer sentido, então você deve usar a outra forma, "you're."
    • You're é uma contração das palavras "you" e "are", e é usado como substituto para estas palavras em uma frase. "You are an excellent tennis player" pode ser escrito como "You're an excellent tennis player."
  2. Aprenda a diferença entre their, they're e there. Se "you" e "your" é um primeiro erro básico, errar estas duas palavras é algo bem parecido. Esse erro também é de ortografia, porque os corretores ortográficos não sugerirão a versão certa da palavra, necessariamente, se você cometer um erro de digitação. Pode ser confuso, mas a diferença ficará clara uma vez que você tiver memorizado a regra de utilização.
    • Their significa "pertence a eles". Utilizações adequadas incluiriam "Their balloon popped quickly" ou "Have you not seen their baby?" Esta palavra só é usada neste contexto e em nenhum outro além de significar "mais de um dono".
    • They're é uma contração das palavras "they" e "are" e deve ser usada para substituir estas palavras na frase. "They are very much in love" pode ser escrito como "They're very much in love." Independente do fato da contração ser usada, esta palavra não implica em posse.
    • There se refere a locais e todos os demais usos. "Place the apple over there" ou "There is nothing more boring than math" são utilizações adequadas para "there."
  3. Aprenda a diferença entre its e it's. Esta é uma regra levemente confusa que vai contra a regra básica dos apóstrofos, mas este é apenas um exemplo de contradição nas contrações. Regra rápida: substitua as palavras "it" e "is" em uma frase por um "its" ou um "it's". Se fizerem sentido na frase, é preciso usar o apóstrofo. Caso contrário, deixe o apóstrofo de lado.
    • Use its quando você quiser indicar posse sobre algo. Embora não haja apóstrofo, isso significa que algo tem a posse de alguma outra coisa. "Its hair was really dirty" ou "I can't compete with its power!" são exemplos do uso apropriado de its.
    • Use it's quando quiser contrair "it" e "is". Seria adequado escrever "It's not that great" ou "When it's raining, I like to read."
  4. Use "two," "too," e "to" corretamente. Este é um erro de digitação muito comum, mas é também um erro de gramática que muitos escritores talentosos ainda cometem. As diferenças são muito fáceis de perceber. Regra rápida: Too tem dois "os", o que pode ajudar você a lembrar que há mais de uma determinada coisa, então você deve usar esta palavra para comparar quantidades. Se, como na frase "To be, or not to be," não houver uma quantidade sendo discutida, deixe o "O" extra de lado.
    • To é uma preposição, o que significa que sempre deve preceder um substantivo ou um verbo e começar uma frase preposicional. "I want to visit France" e "I went to France" são usos adequados de "to."
    • Too é usado como quantidade, ou para concordar com algo. "There was too much alcohol the party" ou "I ate too many ice cream cones" são usos adequados. Também pode sugerir graus, ou níveis de emoção e quantidade de tempo: "You're way too angry" ou "I cried for too long." Também é usado para concordar com algo: "I want to go to the party too."
    • Two é um número e só deve ser usado assim. "I ate two large pizzas" ou "There were two pro wrestlers at the party" são usos adequados de "two."
  5. Aprenda a diferença entre "less" e "fewer." Essas palavras são normalmente usadas de forma errada, mas é fácil de aprender. Uma é usada para se referir a quantidades e a outra é usada para se referir a números. Se você aprendeu a diferença entre os substantivos "contáveis" e os "incontáveis", esse conhecimento será útil com esta regra. Quando há "less traffic" significa que há "fewer cars."
    • Less se refere a quantidades e substantivos incontáveis. "There was much less water in the pool than last week" ou "Much less applause could be heard at the game" são usos adequados. Se você não puder contar unidades individuais de algo, "less" é a palavra adequada para se referir a isso. Há "less doubt", "less oxygen" e "less morale".
    • Fewer se refere a números e substantivos contáveis. "Many fewer people applauded" ou "One more bike, one fewer car" seriam usos adequados de fewer. Se você puder dar um número específico a um objeto, como bolinhas de gude, notas de dinheiro, cantalupos ou jogos, a palavra certa é "fewer."
  6. Use "lay" e "lie" corretamente. Se você errar isso aqui, você não estará sozinho. Aprenda a regra e você jamais precisará se preocupar em errar isso de novo. As pessoas ficam confusas porque o passado de "lie" também é "lay", mas a diferença é algo que você pode aprender rapidamente.
    • Use "lay" quando estiver colocando algo em algum lugar. "I lay the book on the table" ou "Please lay your head on your desk" são usos adequados de "lay."
    • Use "lie" quando estiver descansando, ou reclinado. Você escreveria, "I'm going to lie down now" mas o passado deste verbo é "lay," o que cria muita confusão. Em outras palavras, você também poderia escrever, "I lay down yesterday." Use pistas contextuais da frase para descobrir o significado.
  7. Use "random" e "literally" corretamente. Não há palavras mais utilizadas e aplicadas incorretamente do que estas duas. Aprenda a usá-las corretamente e você ganhará a admiração dos professores de Inglês e as pessoas chatas em geral.
    • Random significa a falta de ordem ou coerência em uma série, ou sequência. Não deve haver padrão em algo que realmente é random (aleatório). Muitas vezes, as pessoas usam "random" quando querem dizer algo "surprising", ou "unexpected". Por exemplo, não foi "some random guy" que falou com você depois da aula. Vocês vão para a mesma aula, estudam na mesma escola e vivem na mesma cidade, o que significa que não há nada de aleatório em ter uma conversa com outra pessoa com a qual você compartilha um espaço. Na verdade é bem provável.
    • Literally não deve ser usado para indicar gravidade, porque "literally" significa que algo realmente aconteceu e que é uma verdade literal. O único momento em que você poderia dizer adequadamente "I literally couldn't get out of bed this morning," seria se você estivesse realmente fisicamente incapaz de mover suas pernas, não porque você não quer movê-las. Do contrário, você quis dizer "figuratively."
  8. Evite linguajar da internet. Quando estiver escrevendo, não use linguagem de internet, ou emojis para substituir palavras. Dois pontos e um sinal de fecha parênteses formando uma carinha jamais deve concluir uma frase. Estes símbolos têm utilizações reais! Deixe suas palavras comunicarem o que você quer dizer e use a versão completa delas.
    • Todos gostamos de mandar mensagem rápido, mas é melhor evitar escrever coisas como "ur" mesmo quando se está escrevendo uma mensagem. Quando se está escrevendo com o linguajar da internet, você está se treinando a conectar os músculos usados na digitação com estas palavras, o que lhe deixa mais propenso inconscientemente a escrever errado em um ambiente formal.
    • Quando estiver falando, também é um bom hábito evitar dizer coisas em voz alta como "OMG" ou "lol". Se você estiver rindo, apenas ria, não precisa verbalizar a risada.

Melhorando a Ortografia e o Vocabulário

  1. Leia tudo. A melhor maneira de aprimorar o seu Inglês em todos os aspectos é lendo bastante. Leia livros difíceis, leia livros bobos, livros longos, revistas, caixas de cereal, letreiros e programas. Leia tudo e cerque-se de palavras. Ler vários livros diferentes não somente aumentará o seu vocabulário, mas também lhe ajudará com a ortografia. Além disso, é uma excelente diversão e uma boa alternativa a assistir TV.
    • Tente ler em voz alta às vezes, especialmente se você ficar desconfortável com isso em sala de aula. Quanto mais confortável você estiver em lidar com as palavras, melhor sua fala ficará e mais confiança você terá na pronúncia e na conversação. Também pode ser divertido ouvir como uma boa produção literária soa aos ouvidos. Leia Edgar Allan Poe em voz alta, ou outros poetas para um efeito maior.
  2. Aprenda as palavras que você normalmente escreve errado. O Inglês é cheio de contradições e anomalias, o que torna difícil entender tudo e escrever corretamente. Por que há um "b" no fim da palavra "comb" se ele não é pronunciado? Por que as pessoas pronunciam a palavra "conch" como "conk", mas não falam "church" como "churk"? Sei lá. Todos temos alguma palavra que nos deixa malucos, então é melhor aprender a ortografia e memorizar estas palavras que você tem dificuldade em lembrar. Palavras normalmente escritas de forma errada, ou difíceis de lembrar e que as pessoas sofrem com elas incluem:
    • definitely
    • beautiful
    • believe
    • library
    • nuclear
    • neighbor
    • ceiling
    • exercise
    • vacuum
    • villain
    • jewelry
    • license
  3. Use meios mnemônicos para lhe ajudar a memorizar palavras difíceis. As pessoas têm escrito palavras erradas desde que surgiu a escrita. Não é algo novo. Por sorte, isso significa que vários truques foram transmitidos ao passar dos anos, assim você pode usar alguns atalhos para facilitar a sua vida e a sua nota na prova de Inglês. Eis alguns dos melhores:
    • You cut a piece of pie
    • You hear with your ear
    • Because Elephants Can Always Understand Small Elephants.
    • Never believe a lie.
    • An island is land.
    • Eee! A cemetery!
  4. Jogue jogos de palavras. Há vários jogos de palavras, tanto analógicos, quanto digitais, que você pode jogar e irão lhe ajudar a lidar com as palavras regularmente, de maneira divertida, em vez da maneira tradicional encontrada nas atividades de casa. Jogue jogos de tabuleiro como Boggle, Scrabble e Bananagrams para ajudar a manter os seus "músculos ortográficos" em atividade e faça cruzadinhas para ajudar com seu vocabulário. Em seu celular você pode jogar Crosstix, Hangman, e Wordscramble gratuitamente, ou desafiar seus amigos a uma partida do popular "Words with Friends." Bem melhor do que o Candy Crush.
  5. Desative o seu corretor ortográfico. Segundo estudos recentes da BBC, mais de um terço das pessoas que responderam não sabiam escrever "definitely" corretamente, enquanto dois terços não conseguiram identificar a escrita correta da palavra "necessary". Chamado de efeito do "auto-correct", parece que o corretor ortográfico pode ter um efeito negativo em nossa habilidade de escrever as palavras corretamente. Embora livrar-se do seu companheiro corretor ortográfico possa parecer um destino pior do que a morte, pode ser bom se forçar a aprender e escrever corretamente as palavras. Você pode passar o corretor ortográfico depois, antes de entregar. Basta praticar.

Melhorando Sua Escrita

  1. Use a voz ativa em vez da passiva. Os verbos têm vozes passivas e ativas e os bons escritores sempre usam a ativa. A voz passiva, adequada para relatórios científicos e alguns tipos de escritas técnicas, distanciam a escrita. A voz ativa, por outro lado, exige reconhecimento. Usando o mesmo verbo você pode deixar uma frase muito mais ativa e viva. A escrita na voz ativa é uma boa escrita.
    • Voz passiva: "The city has been scorched by the dragon's breath." Aqui, o verbo na frase é na verdade o "to be", porque o sujeito da frase - a cidade (the city) - está sofrendo a ação de ser modificada por algo (the dragon's breath).
    • Voz ativa: "The dragon's breath scorched the city." Aqui, o dragão é o sujeito da frase e o verbo mais forte - scorch - é usado como verbo na frase, em vez de uma frase verbal.
  2. Use poucas vírgulas e use corretamente. Vários escritores inexperientes acham que o maior problema do mundo é usar as vírgulas corretamente. nâo é um problema tão importante quanto você pensa. As vírgulas não são normalmente usadas quando você quer "uma pausa", elas são usadas para separar frases em períodos complexos. Isso não significa que não seja complicado usá-las, mas sim que usá-las levianamente é um sinal de escrita pobre.
    • Use vírgulas quando começar frases com advérbios: "Although I drank the poison Kool-Aid, my Wednesday was mostly boring."
    • Use vírgulas com frases com "because" apenas se a sentença após o "because" for complexa. Por exemplo: "I drank the Kool-Aid because I was thirsty" não precisa de uma vírgula antes do "because". Porém, "I drank the Kool-Aid, because my sister left me home alone and there wasn't anything else to drink" requer uma vírgula. Você não bebeu Kool-Aid porque sua irmã lhe deixou, mas sim porque não havia mais nada para beber.
    • Use vírgula para separar frases iniciais: "Fortunately, I carry a pocketknife" é um uso adequado da vírgula. Da mesma forma, "To begin a novel correctly, forget everything you know" também é.
    • Use vírgulas para separar frases com ideias opostas: "The puppies were cute, but smelled disgusting." Evite vírgulas quando houver concordância entre as frases: "I'm happy but I can't help it."
  3. Seja conciso. De maneira geral, usar menos palavras ajuda a escrever melhor. Muitos estudantes e escritores inexperientes acreditam que escrever uma prosa longa e cheia de floreios irá impressionar o professor e fazê-lo pensar que um gênio entrou na sala de aula. Preocupe-se apenas em escrever frases claras, e não tentar "ser esperto" escrevendo de maneira copmlexa. Não escreva além das suas capacidades e carregue suas frases com palavras extras para tentar aumentar a contagem de palavras. Use frases "musculosas" o máximo possível - corte a "gordura".
    • Advérbios e adjetivos são fáceis de cortar. "The flowing, fiery dragon breath beset the besieged and ragged city dwellers, cowering in their filthy, stinking, scorched rags of clothes, all matted and terrible" seria uma frase muito melhor se escrita assim: "Flowing, the dragon breath scorched the city dwellers, who cowered in their stinking clothes."
    • Evite frases preposicionais em conjunto. Para evitar se perder nas frases, adquira o hábito de procurar frases preposicionais "em conjunto". Elas são bons indicadores que você precisa reestruturar a frase para melhorar a concordância entre o sujeito e o verbo. Uma frase "em conjunto" é confusa: "In the field, over the cascading weeks, inside a house, like a weeping girl stood Joseph." Em vez disso, tente esta: "Like a weeping girl, Joseph stood inside a house in the field. Over the cascading weeks, he…"
  4. Para de usar a função de sinônimos do seu editor de texto. Vários estudantes acham que clicar com o botão direito e substituir palavras "muito usadas" por sinônimos irá melhorar a sua escrita. Na maioria das vezes isso não é verdade. Além disso, se você mudar a frase "The bond between the nations was strong" para "The bond between the nations was beefy," como o gerador de sinônimos sugere, sua escrita parecerá boba. A maioria dos professores também reconhecerá quando você está escrevendo além do que sabe, então é melhor se concentrar mais nos aspectos importantes da sua escrita.
    • Se você quiser usar uma palavra mais apropriada, ou substituir por uma palavra que você está usando demais, olhar os sinônimos sugeridos é uma maneira perfeitamente aceitável de encontrar alternativas, mas se você não conhecer a palavra, procure-a no dicionário antes de inseri-la.
  5. Revise, revise, revise. Escrever bem significa também ter uma boa edição. Nenhum bom escritor consegue escrever perfeitamente na primeira vez, e você também não vai conseguir. Se você quiser ser bom no Inglês e ter sucesso na disciplina, é importante que você reserve tempo suficiente no fim da tarefa de redação para ler e modificar o texto. Embora envolvam habilidades semelhantes, ler e revisar seu texto, ou editá-lo são bem diferentes e igualmente importantes.
    • A edição acontece quando você melhora uma parte do texto reescrevendo as frases para aprimorá-las, vendo o conteúdo do texto e lidando com as preocupações maiores sobre ele, ou sobre a atividade. Quando você revisa, você está "vendo novamente" a escrita, olhando-a com novos olhos.
    • Quando você procura por erros, você está procurando por erros de ortografia e gramática em cada frase. Então, erros de ortografia, vírgulas e outros probleminhas são o que você deve procurar quando estiver procurando erros. Isso deve acontecer depois da revisão.

Dicas

  • Tente o máximo que puder não desenhar, ou passar bilhetinhos na sala. Você pode perder uma informação importante e isso também lhe poupará de ter que ir para a diretoria!
  • Tente praticar regularmente sua ortografia todos os dias, no mesmo horário. Pratique para as provas todos os dias até a hora de fazê-las.
  • Tente sentar perto da frente sempre e faça perguntas usando um vocabulário adequado.
  • Fazer perguntas e pedir ao professor para repetir algo não irá apenas lhe tornar um ouvinte melhor, mas também poderá responder a perguntas que outras pessoas poderiam ter e também lhe ajudará a lembrar disso enquanto faz a lição de casa.
  • Compre um Nook, ou Kindle. Eles deixam a leitura mais conveniente e lhe poupam espaço na prateleira, enquanto permitem que você leve consigo vários livros, aonde quer que vá!

Avisos

  • Não se estresse! O Inglês é difícil e às vezes pode ser complicado memorizar as coisas, mas se tornar bom nesse idioma não é algo que acontecerá da noite para o dia!
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.