Como Fazer a Fiação de um Circuito Elétrico de 120 V

A melhor maneira de lidar com circuitos de 120 V é contratando um eletricista, mas se você aceitar o desafio, é possível economizar dinheiro fazendo alguns serviços elétricos básicos. Esse artigo mostra os passos para instalar um circuito simples de 15 A (amperes) com um receptáculo.

Passos

  1. Desligue a alimentação de energia do painel no qual você irá trabalhar. Primeiramente desligue todos os disjuntores e só então desligue a chave geral que fornece energia para o painel. Isso é recomendado pois é muito mais seguro operar muitos dispositivos com corrente menor, um de cada vez, do que operar um único dispositivo de corrente alta de uma só vez. Quando os disjuntores menores estiverem desligados, a quantidade de corrente passando pelo disjuntor maior, de 50 ou 100 A, deve ser zero.
  2. Esse artigo é sobre o desenvolvimento da fiação de um circuito elétrico simples. Ele não vai tratar das seguintes informações, que podem variar dependendo do tipo de instalação que está sendo feita e do tipo de fiação existente à qual você pode estar fazendo uma ligação:
    • A escolha e instalação de caixas elétricas.
    • A escolha e instalação de conduítes.
    • A melhoria de um painel elétrico já existente para acomodar um novo circuito.
  3. Confira os seguintes requisitos, que devem ser levados em conta antes de dar procedimento com esse projeto. Estes estão fora do alcance desse artigo, portanto, devem ser tratados antes de iniciá-lo.
    • Você vai precisar obter e instalar a caixa de tomada. Você pode instalá-la embutida em uma parede de alvenaria ou usar uma caixa de alumínio ou PVC protegida contra intempéries e instalá-la superficialmente em uma parede externa.
    • Você precisará determinar o percurso dos fios entre a caixa da tomada e o painel elétrico.
      • Você precisará instalar conduítes caso utilize fios isolados individuais.
      • Instale os fios que irá usar caso não esteja usando um cabo não metálico.
  4. Meça a distância do painel elétrico até o local onde sua nova tomada será instalada, seguindo o caminho que você escolheu e tentando determinar a distância real por onde o fio irá passar. Deixe um espaço extra para os cantos, especialmente se for instalar conduíte, pois eles fazem curvas de raio amplo para virar em dobras mais fechadas. Além disso, deixe pelo menos 60 cm de sobra para prender os fios no disjuntor ou bloco de fusível e nos terminais de neutro e terra no painel, e de 15 a 20 cm para os terminais no lado da caixa de tomada.
  5. Passe os fios pelo conduíte da caixa de tomada. Coloque alguns pedaços de fita isolante nas extremidades dos fios para que o cobre não fique exposto. Desse modo, se seu fio tocar um condutor exposto alimentado durante a passagem pelo conduíte, ele não vai causar um curto ou conduzir a corrente até você.
    • Se você instalou o conduíte e a passagem for bem curta, você pode simplesmente empurrar o fio pelo lado da tomada até o painel elétrico.
    • Para passagens longas, você pode precisar usar um cabo condutor através do conduíte para prender o fio e passá-lo através dele.
    • De qualquer maneira, você precisa passar os fios entre o painel elétrico e a caixa de tomada de modo que eles não fiquem expostos e não tenham seu isolamento danificado.
  6. Corte o cabo de modo que sobre 20 cm na caixa de distribuição e cerca de 80 cm no painel elétrico.
  7. Corte cerca de 15 cm do isolamento externo (geralmente amarelo ou cinza) do cabo, tomando cuidado para não danificar o isolamento branco ou preto dos fios internos. Isso normalmente vai deixar livre um fio desencapado de cobre ou com isolamento verde (o fio terra), um fio preto (o fio fase) e um fio branco (o fio neutro) .
  8. Desencape cerca de 1,5 cm do isolamento das extremidades de ambos os fios branco e preto. Se você tiver um desencapador, prenda o fio isolado no local referente ao tamanho do fio, dê meia volta na ferramenta para cortar o isolamento e puxe o fio. Isso vai remover o isolamento sem danificar o condutor de cobre lá dentro.
    • Se você não conseguir remover a capa, use o furo de 2 mm² de um alicate de desencapar. Usar o furo de 3,3 mm² diminui significantemente a chance de danificar o fio. Ao usar o furo de 2 mm², segure a ferramenta perpendicularmente ao fio, ou você pode danificá-lo. Desencape também a extremidade do fio terra caso ele esteja isolado. Se você cortar muito fundo, não se preocupe... Corte a ponta do fio e tente novamente. Você tem três ou quatro tentativas antes que o fio comece a ficar curto demais para se trabalhar com ele. É muito importante NÃO danificar o fio.
  9. Use um alicate de bico para formar um pequeno gancho nas pontas de cobre expostas em todos os fios para prendê-los nos terminais da tomada se você não for instalar dispositivos adicionais através dessa caixa de distribuição. De outro modo, corte pedaços de 20 cm de fios preto, branco e verde (ou de cobre desencapado) da parte não utilizada do cabo para serem usados como "pigtails".
  10. Cuidadosamente desencape as duas extremidades dos pigtails como mostrado acima. Junte todos os fios fase (normalmente pretos ou vermelhos) e o pigtail de 20 cm preto. Torça-os juntos e coloque um conector de torção com firmeza sobre eles. Nenhuma parte de cobre deve ficar visível para fora da cobertura isolante do conector de torção.
  11. Dobre o conjunto para a parte de trás da caixa, com o pigtail saindo pela frente da caixa. Use o alicate de bico para fazer pequenos ganchos na parte exposta de cobre na extremidade do pigtail. Esse único fio preto representa o conjunto de todos os fios pretos e será mais fácil de manusear do que toda uma porção de fios.
  12. Repita esse procedimento com os fios remanescentes. Se sua caixa for de metal, você precisará de um pigtail de fio terra (verde ou desencapado) extra para aterrar a caixa.
  13. Olhe para a tomada. Na lateral dela, você verá alguns parafusos. Os parafusos de um lado são mais escuros do que os do outro, os do lado mais escuro normalmente sendo de latão e os do lado mais claro, de prata. Na parte de trás da tomada, você verá dois ou quatro pequenos furos redondos perto dos parafusos. Esses são os pontos de "conexão rápida".
    • NOTA: Você pode usar tanto os terminais de parafuso quanto as conexões rápidas. Porém, os parafusos são o método preferido por darem um contato melhor entre os fios e a tomada. Além disso, se você não desencapar fio suficiente para a conexão rápida, ele pode se soltar com o tempo fazendo com que a tomada falhe.
  14. Prenda os ganchos que você fez nos fios em torno dos terminais com parafuso da tomada. Isso cria uma conexão significantemente superior quando comparada com as conexões feitas pela parte de trás, e a maioria dos eletricistas usa essa técnica em suas próprias casas por esse motivo. Se você preferir a conexão traseira, insira a ponta do fio preto em um dos furos perto dos parafusos escuros e empurre-a o máximo possível. Você pode precisar de um alicate de bico para inserir o fio, pois eles podem ser bem duros às vezes. O fio deve entrar todo o espaço de 1,5 cm. Repita isso com o fio branco em um dos furos perto dos parafusos mais claros.
  15. Procure em uma das extremidades da tomada por um parafuso verde. Coloque o gancho feito no fio terra em volta do parafuso verde no sentido horário. Aperte o parafuso até ficar bem firme. Essa conexão deve ser bastante forte.
  16. Isso completa a fiação do lado da tomada do circuito.
  17. Empurre todos os fios com delicadeza para dentro da caixa de tomada, parafuse a tomada no lugar e instale seu espelho.
  18. Vá até o painel elétrico. Certifique-se de verificar que a energia elétrica esteja realmente desligada. Ainda assim, é uma boa ideia tratar todos os fios expostos como se estivessem eletrificados.
  19. Coloque um tapete de borracha no chão e fique sobre ele enquanto trabalha. Dobre os fios para longe do painel enquanto os prepara, de modo que suas mãos não fiquem próximas de circuitos potencialmente ligados.
  20. Localize o barramento neutro / terra. É uma longa barra com muitos terminais de parafuso com fios desencapados ou isolados verdes presos a ela e algumas vezes com alguns fios brancos também. A maioria das propriedades com apenas um painel elétrico tem apenas um barramento (conforme descrito acima) para ser usado como terminal tanto de fios terra quanto neutros. A maioria das propriedades que possuem mais de um painel elétrico (um segundo painel para uma área diferente da casa ou algo que sirva como oficina; ou feito durante uma expansão ou adição a uma casa – são as situações mais comuns) precisam ter um barramento para os terminais de fios terra e um "barramento separado para os terminais de fios neutros. É bom lembrar que caso o painel tenha um barramento de terminais apenas com fios brancos e outro usado como terminal apenas de fios verdes ou desencapados, é extremamente importante que essa configuração seja mantida, acrescentando fios terra apenas no barramento terra e fios neutros apenas no barramento neutro. Não fazê-lo é uma violação da legislação e pode criar risco potencial de choque.
  21. Corte o fio terra no comprimento em que alcance confortavelmente o terminal de aterramento após seguir um percurso para fora do caminho dos outros fios, normalmente trilhando ângulos retos na parte inferior do painel até o terminal de aterramento. Não corte os fios muito curtos, mas também não deixe muita sobra. Se o fio terra tiver um isolamento verde, desencape 1,5 cm na extremidade do fio.
  22. Encontre um terminal não utilizado nesse barramento de aterramento, desparafuse-o parcialmente, insira o fio terra e aperte o parafuso novamente sobre o cobre exposto até ficar bem firme. Coloque apenas um fio por terminal. Não aperte demais para não estragar o condutor debaixo do parafuso.
  23. Localize o barramento neutro caso exista um. Ele é similar ao barramento de aterramento, porém tem apenas fios brancos presos a ele. Em muitos casos, o barramento neutro e de aterramento são o mesmo. Se este for o caso, tanto o fio terra quanto o neutro devem ser conectados ao mesmo barramento de aterramento.
  24. Corte o fio branco neutro no comprimento certo, desencape 1,5 cm do isolamento e prenda-o ao barramento neutro do mesmo modo que foi feito com o fio terra. Coloque apenas um fio por terminal. Não aperte demais para não danificar o condutor sob o parafuso.
  25. Localize o slot aberto no painel elétrico onde você irá instalar esse circuito. Note que há um barramento condutivo fase em um lado do painel e uma guia plástica ou metálica aterrada no outro (dependendo do fabricante do painel) .
  26. Tomando cuidado para não tocar em nada condutivo, determine o comprimento de fio necessário para alcançar com facilidade esse slot, também seguindo um trajeto em torno da parte externa do painel. Corte o fio no tamanho correto.
  27. Escolha um disjuntor apropriado para a tarefa e para o painel. Use sempre disjuntores testados e aprovados por órgãos como o Inmetro.
  28. Localize o parafuso de conexão do novo disjuntor. Não coloque ainda o disjuntor no lugar, mas dê uma olhada em como há um slot no painel para encaixá-lo e outro onde o barramento condutivo irá se encaixar.
  29. Desencape 1,5 cm da extremidade do fio preto e insira-o no disjuntor. Prenda-o com firmeza.
  30. Certifique-se de que seu novo disjuntor esteja desligado.
  31. De pé sobre o tapete de borracha, coloque um das mãos ao lado do corpo ou para trás... Isso não é nenhuma pegadinha, mas sim uma medida de segurança. Trabalhar com as duas mãos é perigoso pois se você tocar em algo eletrificado, a corrente pode entrar por um braço, atravessar seu coração e sair pelo outro braço. Uma mão é mais do que suficiente, portanto, tire a outra do caminho.
  32. Usando a mão livre, deslize o disjuntor no slot sobre a guia do painel elétrico.
  33. Então, empurre com firmeza a outra ponta do disjuntor por cima do contato elétrico até que ele fique alinhado com os outros disjuntores.
  34. Encontre o local na primeira tampa do painel onde o novo disjuntor vai ficar exposto. Muito provavelmente há uma guia de metal que deve ser quebrada no painel onde o disjuntor vai atravessar. Quebre essa guia de metal e feche a primeira tampa do painel.
  35. Restaure a energia elétrica do painel. Refaça ao contrário o procedimento de desligamento do primeiro passo religando a chave geral. Essa chave de corrente alta não tem nenhuma carga, portanto, como resultado, isso causará menos estresse ao circuito. Continue restaurando a força nos circuitos ligando seus respectivos disjuntores, um de cada vez. Deixe para ligar o novo circuito por último. Uma vez que todos os circuitos tiverem sido religados, verifique se todos os circuitos e dispositivos elétricos originais estão funcionando novamente. Se algum disjuntor for desarmado imediatamente, provavelmente você causou um curto circuito. Nesse caso, você deverá desligar todo o fornecimento de energia e inspecionar cuidadosamente o painel e/ou outras partes para encontrar o problema ou chamar um eletricista.
  36. Ligue o novo circuito. Se ele for desarmado imediatamente, você precisará verificar novamente o seu trabalho e todas as conexões.
  37. Ligue uma lâmpada em seu novo circuito para testá-lo. É muito provável que ele irá funcionar como deveria. Sorria, pois você acabou de economizar uns R$ 500 ou mais!

Dicas

  • Esse mesmo procedimento pode ser usado para criar um circuito de 20 A se (e somente se) você substituir todas as partes por um disjuntor de 20 A, um fio de 3,3 mm² e uma tomada de 20 A. Não substitua apenas uma das partes sem que todas sejam também substituídas.
  • Inspecione seu trabalho. Aqueles R$ 500 que você economizou vão para o ralo caso você perca todos os seus objetos ou um ente querido em um incêndio elétrico.
  • Peça permissão para realizar esse serviço no órgão responsável de sua cidade.

Avisos

  • Dentro de um painel elétrico, MESMO COM A CHAVE GERAL DESLIGADA, você pode estar exposto a uma alta voltagem mortal. Em muitos casos, isso é, por definição, verdadeiro, portanto, não considere que está seguro só porque tem um painel novo e bem cuidado.
  • Não use disjuntores de 20 A com fios de 2 mm² ou menores. Isso cria risco de incêndio pois fios de 2 mm² são apropriados para disjuntores de no máximo 15 A.
  • Se você não tem total ciência sobre os requerimentos de segurança no trabalho com eletricidade, não realize essa tarefa. Erros podem ser literalmente mortais nesse tipo de serviço.
  • Não use disjuntores de 15 A com tomadas de 20 A. Elas são diferentes das tomadas de 15 A e seu uso vai indicar a futuros usuários que existe 20 A de corrente disponível. Isso não é verdade com um disjuntor de 15 A (isso se aplica apenas em prédios comerciais e industriais pois prédios residenciais não precisam de tomadas de 20 A mesmo em um circuito de 20 A).
  • Se você encontrar fios pretos ou vermelhos presos aos barramentos de aterramento ou neutro, NÃO CONTINUE O PROCEDIMENTO. Isso indica a existência de fiação não padrão e potencialmente perigosa. É melhor fechar o painel e buscar um eletricista profissional para orientá-lo sobre como realizar essa tarefa.

Materiais Necessários

  • Um disjuntor de 15 A
  • Cabos com dois fios mais fio terra de 2 mm² e de comprimento suficiente para alcançar o local onde você quer instalar a tomada
  • Uma tomada elétrica de 15 A
  • Um caixa de tomada instalada, pronta para receber a tomada e os fios
  • Um percurso, seja em conduíte ou outro método aprovado, para que o fio passe da caixa até um painel elétrico
  • Um slot vago no painel elétrico onde o circuito será instalado
  • Desencapador de fio
  • Alicate de bico fino
  • Para espaços longos, pode ser necessário um condutor de fio
  • Calçado de sola de borracha e de preferência, um tapete de borracha.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.