Como Proteger Plantas do Frio

Se o clima estiver frio demais, ou se as plantas forem ainda muito frágeis, há coisas que podem ser feitas para ajudar o seu jardim a sobreviver ao inverno. Tudo dependerá de quão frágeis as plantas estão, de quão frio o clima está, de por quanto tempo a temperatura seguirá baixa e de quanta energia e esforço você deseja despender durante o cuidado. Em algumas combinações de climas e plantas, nenhuma quantidade de cuidado extra manterá o crescimento, mas, em muitos casos, um pouco de atenção a mais pode satisfazer as necessidades existentes.

Passos

  1. Traga as plantas envasadas para dentro. A primeira e mais fácil solução para o frio é simplesmente remover as plantas do local com baixa temperatura. Se você tem quaisquer plantas envasadas ou cestos pendurados fora de casa, traga-as para dentro. Mesmo transferi-las para a garagem ou para uma claraboia será benéfico, já que isso aumenta a temperatura por pelo menos 5 graus Celsius. Se for possível, a melhor solução será colocar as plantas ao redor do interior da casa como decoração. Elas lhe trarão o calor necessário sem se amontoarem no espaço extra.
    • Coloque plantas envasadas próximas a janelas por causa de seus requerimentos solares; janelas voltadas para leste ou oeste receberão a maior quantidade de luz, enquanto as opções norte e sul receberão um pouco menos.
    • Evite colocar plantas envasadas próximo a dutos de ventilação, já que isso pode ressecá-las e causar sua morte.
    • Colocar plantas muito próximas a uma janela pode ser daninho caso esteja extremamente frio fora de casa; temperaturas congelantes podem ser transferidas da janela para a sua planta, caso se toquem.
  2. Coloque uma cobertura de folhas. A cobertura de folhas age como isolante, mantendo o calor e a umidade presentes no solo. Ela é usada para proteger os sistemas de raízes de suas plantas das temperaturas frias. Às vezes, a temperatura fria não é o que danifica a planta, mas, ainda, o ciclo entre gelo e degelo que afeta o solo e causa certa "elevação" da planta. Similarmente, o solo frio pode evitar que a água seja facilmente retirada pela planta. Independente da razão, aplicar uma camada de 5 a 7 cm de folhas evitará esses problemas.
    • Uma cobertura feita com trigo ou gravetos de pinheiro funciona bem, já que se torna mais fácil de remover uma vez que você esteja pronta para alisar novamente o solo, e também prende bem o calor.
    • Certas plantas, como rosas e morangos, podem superar o inverno sendo cobertas com folhas limpas.
    • O isolamento funciona de ambas as formas. Ele pode evitar que o solo se resfrie muito rapidamente, mas também pode evitar que ele se aqueça prontamente quando o tempo vier. Você pode remexê-lo de volta para fora das plantas à medida que a primavera começa a aquecer as plantas.
  3. Cubra as suas plantas. Jogue um velho lençol, pano ou lona sobre plantas frágeis. Se você precisa proteger as suas plantas de um número pequeno de noites muito frias, um simples abrigo, como um lençol velho, pode ser o suficiente. Escolha a sua cobertura e, em seguida, espalhe-a cuidadosamente de modo a não tocar quaisquer das folhas ou dos ramos de sua planta. Você pode precisar de algumas estacas para mantê-la ereta, ou a planta pode acabar danificada. Esse método funciona melhor para protegê-la do congelamento, e não somente de temperaturas frias, já que a cobertura não aumentará a temperatura excessivamente.
    • Retire-a durante o dia de modo que as plantas possam receber iluminação e ar.
    • Você pode precisar pesar ou prender o tecido, para que o vento não o leve.
  4. Construa uma armação fria ou estufa. Construa uma armação fria temporária dobrando finos canos de metal em voltas e colocando as extremidades no solo, ao longo de uma coluna do jardim. Em seguida, cubra-a com plástico sobre as voltas de modo a encerrar a planta. Isso funcionará aprisionando o calor e bloqueando o frio, sendo a melhor solução ao manter as suas plantas a salvo e quentes no inverno. Por outro lado, fazê-lo requer certa construção, e não se trata da solução mais atraente.
    • Construa uma estrutura fria um pouco mais permanente articulando uma janela a um lado de uma caixa com base aberta, construída de lenho bruto.
    • Assegure-se de que as plantas na estufa ou estrutura fria recebam ventilação adequada. Pense a respeito de quão quente o interior de seu carro fica em um dia ensolarado. Se as temperaturas diurnas forem quentes, abra para permitir a circulação de ar. Em caso negativo, você pode acabar sobreaquecendo as plantas ou gerando umidade excessiva no interior.
  5. Regue as suas plantas. Regue pesadamente o solo ao redor de suas plantas, anteriormente a uma noite muito fria ou nevasca. O solo aprisionará melhor o calor úmido do que quando seco, e a evaporação será lenta, aquecendo o ar ao redor das plantas. Não execute esse procedimento se você espera uma grande nevasca, já que isso pode dar errado, mas para proteger as plantas do frio, é possível utilizar uma generosa rega para reter um pouco do calor diurno e levá-lo para a noite.
    • Não regue o solo congelado, já que isso não ajudará e poderá até mesmo tornar as condições de vida das plantas mais difíceis.
    • Não regue pesadamente o solo ao redor de plantas suculentas, já que não podem tolerar os níveis de umidade.
  6. Disponibilize uma fonte de calor. Se você estiver prestes a suportar frio extremo, de modo que as plantas não serão capazes de sobreviver, é possível ajudá-las possibilitando a elas uma fonte de calor. Cubra-as com uma lona ou lençol plástico ou, ainda, construa uma estufa improvisada (como citado anteriormente) e, em seguida, insira a fonte de calor em seu interior. Possíveis fontes térmicas incluem luzes de natal ou um bulbo de 100 watts; elas não são tão quentes a ponto de causar danos às plantas, mas o suficiente para elevar sua temperatura. Não posicione a fonte de calor em contato direto com as plantas; coloque-a levemente mais longe, de modo a elevar a temperatura sem queimá-las.
    • Use cabos extensores e materiais de segurança que evitem situações perigosas.
    • Descubra as plantas e ligue a fonte térmica durante o dia, para permitir boa ventilação. Isso também ajudará a evitar o início de um incêndio a partir de um bulbo luminoso superaquecido.
  7. Opte por plantas adequadas ao seu clima. Essa é a escolha mais simples e fácil de ser executada. Aprenda a zona de crescimento na qual você se encontra (se o seu país possuir um sistema de classificação) ou, pelo menos, as temperaturas máximas e mínimas durante o ano, escolhendo plantas que sobrevivam a esses extremos. Algumas plantas podem morrer, perder suas folhas ou, ainda, hibernar durante o inverno, então tome algum tempo para saber como plantas adaptadas ao seu clima agem de acordo com cada situação. A desvantagem a essa abordagem, naturalmente, é que ela limita a sua seleção de plantas.
    • Plantas anuais são aquelas que morrem a cada ano e que devem ser replantadas se elas não se replantarem sozinhas. Em climas mais frios, algumas plantas perenes podem ser cultivadas como anuais, caso não sobrevivessem ao inverno em outras condições. A estação de crescimento de algumas anuais pode ser estendida com abrigos ou ao serem iniciadas internamente ou em uma estufa.
    • Perenes são as plantas que continuam a crescer de um ano para outro. Para essas, você precisará aprender, se necessário, cuidados adicionais para permitir sua sobrevivência ao inverno.
    • Converse com pessoas na casa de plantas de sua preferência sobre o que esperar de certa planta durante os invernos em sua área. Ainda, pergunte onde plantá-la e como cuidá-la antes de efetuar a compra.
    • Busque por variedades e cultivos de plantas adequadas ao seu clima. Há algumas variedades que são geneticamente obtidas com maior resistência do que outras, tornando-as melhores opções para ambientes frios.

Dicas

  • Pesquise a respeito de suas plantas particulares e descubra quanto frio elas podem tolerar, como elas se comportam no frio e quão melhor é cobri-las durante o inverno ou protegê-las de geadas e nevascas. Algumas plantas suportam cobertura, transplante ou escavações melhor do que outras.
  • Se uma planta tem sido mantida, ou se uma semente foi iniciada, dentro de casa por um longo período de tempo, coloque-a fora de casa gradualmente, começando com uma hora por dia e aumentando esse número pouco a pouco. Isso é chamado de "endurecimento", e ajuda a planta a adaptar-se ao ambiente externo e se fortalecer.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.