Como Superar seu Medo de Falar em Público

Você sabia que falar em público é o medo número um na América do Norte? O segundo maior medo é o da morte! Se tem medo de falar em público, você não está sozinho. Você deve entender o que o medo é. O medo é a antecipação da dor. O seu medo é real ou imaginário?

Superando seu Medo de Falar em Público

  1. Identifique a fonte. A fonte de seu medo é esta: não saber o que acontecerá quando estiver na frente das pessoas fazendo sua palestra ou apresentação. Você não tem medo porque não sabe sobre o assunto. Tem medo porque não sabe o que irá acontecer quando estiver lá na frente.
    • O medo de ser julgado, cometer um erro, não corresponder às expectativas, machucar-se mental ou fisicamente pode atrapalhar um bom desempenho (palestra, seminário, apresentação de vendas, etc). Lembre-se que o público realmente quer que você se saia bem. Ninguém está ali esperando que sua apresentação seja chata ou ruim. Se estiver vindo de um lugar autêntico e cobrir o material claramente, já ganhou ¾ de sua batalha interna contra o medo.
  2. Encare seus medos. Se sentir que seus joelhos parecem gelatinas, lembre-se que medo representa uma evidência falsa que parece real (em inglês, “fear”, false evidence appearing real). Normalmente o que quer que seja que você teme não acontecerá. Se houver uma preocupação real, por exemplo, caso tenha se esquecido de um item importante, faça algo para resolver e pare de preocupar-se. Lembre-se, você sempre pode pensar racionalmente sobre o medo.
  3. Respire fundo. Fazer um exercício de respiração antes de continuar o ajudará a relaxar seu corpo e sua mente. Você pode fazer isto em qualquer lugar, até mesmo nos bastidores. Levante-se e sinta o chão abaixo de seus pés. Feche seus olhos e imagine-se suspenso, preso ao teto por um fio muito fino. Escute sua respiração e diga a você mesmo que não precisa ter pressa. Respire devagar até conseguir contar 6 segundos para inspirar e 6 segundos para expirar. Você ficará muito relaxado e confiante.
  4. Relaxe. O relaxamento é muito importante. Há muitas formas de se fazer isso. Você pode imaginar que é feito de borracha. Ou pode sentar-se na frente de um espelho e fazer uma careta. Por que não deitar-se no chão e fingir que está boiando? Você também pode jogar-se no chão como uma boneca. Relaxe seu corpo e você se sentirá completamente calmo e relaxado.
  5. Aprenda como entreter o público. Se ainda não fez um curso profissional relacionado a apresentações para o público, tente encontrar algum curso mais simples. Saber a arte de falar em público pode melhorar seus resultados em uma reunião, em uma apresentação de vendas ou até ajudá-lo a ser promovido. Essa é uma característica obrigatória para os executivos e empresários.
  6. Use o impulso contra a parede. É uma técnica usada por Yul Brynner, estrela do musical “O Rei e Eu”. Fique cerca de 45 centímetros de uma parede e coloque a palma de suas mãos sobre ela. Empurre a parede. À medida em que empurrar, seus músculos abdominais se contrairão. Quando expirar, assovie e contraia os músculos abaixo de sua caixa torácica como se estivesse remando um barco contra a correnteza. Faça isso algumas vezes e conseguirá perder o medo do palco.
  7. Entenda que as pessoas não conseguem ver que você está nervoso. Quando estiver indo para o palco, ninguém perceberá que você está nervoso. Você sentirá seu estômago embrulhar e pensará que está passando mal, mas não estará demonstrando nada disso. O fato de achar que as pessoas estão percebendo que você está nervoso faz com que você fique ainda mais nervoso. Somente alguns sinais sutis demonstram o nervosismo e eles são tão pequenos que as pessoas nem percebem. Não se preocupe demais. As pessoas não enxergam o nervosismo que está dentro de você.
    • Blefe. Mantenha a postura ereta. Sorria. Mesmo que não esteja feliz ou confiante, pareça. Você parecerá confiante e seu corpo enganará seu cérebro, que realmente achará que você está confiante.
  8. A adrenalina envia o sangue para o centro do cérebro, na base do crânio. Coloque sua mão sobre sua testa e pressione delicadamente seus ossos. O sangue irá para as partes do cérebro que precisam dele para que você faça uma boa apresentação.
  9. Pratique. Encontre organizações, redes de contatos e grupos nessa área para que tenha a oportunidade de treinar. Lembre-se de escolher assuntos sobre os quais já entenda. Falar sobre algo que não conhece muito bem aumentará seu estresse e atrapalhará seu desempenho.
  10. Compre um gravador para gravar tudo em seu notebook. Revise o material para ver onde pode melhorar. Peça para alguns profissionais da área assistirem a sua apresentação e darem a opinião sobre ela. Aproveite a oportunidade de aprender mais com seus erros.
  11. Prepare-se. Certifique-se de conhecer bem o material. Faça um guia detalhado e divida-o em pontos básicos para memorizar. Inclua subitens e o título da apresentação. Aqui está uma ideia para preparar uma apresentação:
    • Associe cada parte de seu guia com um cômodo de sua casa. Seu primeiro ponto é a sala de entrada. O segundo, seu hall, cozinha, sala de estar (a segunda parte de sua casa em sua imaginação), etc.
    • Associe cada subitem com quadros na parede. Os quadros devem demonstrar algo que o ajudará a lembrar-se do tópico. Quanto mais ridículo, melhor para se lembrar (contanto que nãos e distraia).
    • Na manhã da apresentação, ande pela “casa” em sua mente e decodifique sua técnica de memorização.

Dicas

  • Confie em você.
  • Vai ficando mais fácil. A prática ajuda muito.
  • Só você sabe o que precisa dizer, portanto não há nenhum problema em mudar alguma coisa durante a apresentação (não é legal dizer palavra por palavra, conforme estiver escrito em seu texto).
  • SORRIA e tente fazer algumas piadas para aliviar seu nervosismo. O público rirá (de forma boa, é claro!) e pensará que você é engraçado. Não tente ser engraçado em situações sérias, como um velório ou uma reunião muito importante, você poderá ter problemas.
  • Lembre-se de que até os melhores profissionais aprendem algo toda vez que precisam falar em público.
  • Lembre-se também de que você não parece tão nervoso quanto realmente está.
  • Não leve nada para o lado pessoal.
  • Seja autêntico.
  • Se estiver na escola, ofereça-se para ler alguns textos quando o professor pedir.
  • Se achar que as pessoas com quem estiver falando o julgarão demais, pense que elas são outras pessoas, que são seus irmãos ou amigos. Imagine pessoas que o respeitam e que não o julgarão se cometer um erro.

Avisos

  • Evite o PowerPoint! O uso exagerado desse programa fará com que seu público sinta sono.
  • Se não souber a resposta de uma pergunta, pergunte ao público se alguém sabe (você não precisa admitir que não sabe... só pergunte ao público).
  • Não dê uma resposta errada ou desinformada. Pergunte se há algum problema em responder para a pessoa no intervalo. Diga que quer verificar melhor para ter certeza de dar a resposta correta.
  • Evite ficar atrás de plataformas, mesas ou qualquer outra barreira física entre você e o público.

Materiais Necessários

  • Materiais opcionais para apresentações:
  • Flip chart, canetas, microfone, muita água (beba muito) e confiança para fazer uma ótima apresentação.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.