Como Abrir um Escritório de Contabilidade

A contabilidade é uma profissão mais diversificada do que muitos pensam e pode oferecer tanto estabilidade de longo prazo quanto autonomia. Muitas pessoas que estudam contabilidade têm a meta de abrir o seu próprio escritório de contabilidade. Abrir o próprio negócio não é uma tarefa fácil, mas o caminho para a autonomia na contabilidade já foi completamente mapeado. Saber como abrir um escritório de contabilidade significa seguir os passos de contadores autônomos que tiveram sucesso.

Passos

  1. Determine que tipo de negócio você vai abrir. Os contadores autônomos costumam ter escritórios pequenos, geralmente trabalham sozinhos, sem sócios e têm 1 ou 2 funcionários. Esses escritórios muitas vezes atendem o público para preparação de impostos e pequenas empresas para contabilidade básica, auditoria e serviços de declaração de impostos. No entanto, com a especialização e experiência em contabilidade, você pode abrir um negócio diferente.
    • Se você possuir experiência em consultoria, por exemplo, você pode abrir uma empresa de consultoria. Sua empresa poderia oferecer soluções para simplificar a contabilidade e estreitar o controle interno de seus clientes. Isso pode incluir a familiarização com programas e recomendações de pessoal.
    • Entrando em uma área específica da contabilidade pode definir as competências essenciais da sua empresa e diferenciá-lo dos concorrentes. Contudo, optar por um ramo mais específico pode não render a quantidade de clientes necessária para que a empresa vá para frente. Nos primeiros anos da sua carreira, mantenha-se aberto a todas as oportunidades para novos clientes.
  2. Escolha uma estratégia de entrada para o ramo. O início de um negócio pode ser feito de várias maneiras. Começar do zero é uma opção atraente, porém reservar meio período para o atendimento de clientes, fazer uma parceria com um contador já estabelecido e comprar um escritório já existente também são opções válidas.
    • Abrir um escritório de contabilidade do zero lhe dá mais controle. Você não terá que lidar com “pendências”, tais como software antigo, preços estabelecidos e outras coisas. Entretanto, com essa opção fica mais difícil atrair o capital inicial e comercializar o seu negócio para os primeiros clientes.
    • Começar com um escritório de contabilidade que funcione meio período é uma boa maneira de se precaver. Conciliar seus clientes com seu emprego de período integral permite que você “sinta o solo” de possuir o próprio negócio sem correr um grande risco financeiro. Estabelecer um relacionamento com seus clientes também facilita na transição para a carreira em período integral.
    • Uma parceria com um profissional de contabilidade já estabelecido pode ajudá-lo a fazer o negócio decolar. Trabalhar com um sócio implica em conexões mais comerciais, mais capital e mais relacionamentos com possíveis clientes.
    • Comprar um escritório de contabilidade já existente evitará que você tenha que lidar com muitas questões de iniciantes, mas reduz o seu controle e pode vir a custar uma fortuna mais para frente. Além disso, leva tempo para comparar os preços das empresas do seu ramo.
  3. Construa um plano de negócios. O plano de negócios é um documento formalizado que cobre todos os ramos do seu negócio, além de definir sua visão, meta e valores fundamentais. O plano de negócios é crucial para obter o financiamento de credores e também pode ajudá-lo a ter certeza de que planejou tudo muito bem.
    • Definir a sua visão, meta e valores será fundamental para construir a sua carreira e direcioná-lo. A visão representa o mais amplo papel da sua empresa no mundo, enquanto a meta representa o método mais concreto que você usará para concretizar essa visão.
    • Estruturar a sua empresa é outra parte importante do plano de negócios. A empresa de responsabilidade limitada (LLC) e as parcerias de responsabilidade limitada (LLP) são estruturas muito comuns entre as pequenas empresas de contabilidade. As C-corporações e as S-corporações são ideais se você pretender expandir o seu negócio e o direito de propriedade individual funciona bem na ramo da contabilidade porque as considerações de seguros geralmente são baixas.
    • Um plano de negócios também deve cobrir áreas maiores, tais como estratégia de marketing e projetos de custos e receitas. Em geral, o plano deve demonstrar que você conhece o mercado alvo e tem planos para gerenciar os aspectos administrativos e financeiros da sua empresa de contabilidade.
  4. Construa e comercialize a sua carreira. Tendo consultado o seu plano de negócios e escolhido a estratégia de entrada, a estrutura do negócio e a estratégia de marketing, você está pronto para começar. Estabelecer a sua atuação, comprar os materiais e alugar um espaço para o escritório são tarefas relativamente simples. Atrair os primeiros clientes muitas vezes se revela o aspecto mais desafiador da abertura de um escritório de contabilidade.
    • Contar com contatos antigos ajuda a atrair clientes. Se você já teve clientes trabalhando com um empregador anterior, você pode atraí-los para o seu novo negócio.
    • O marketing é a chave para se estabelecer sua presença e imagem. Torna-se cada vez mais crucial para a sua empresa que você mantenha um site, pois este é frequentemente a primeira coisa que possíveis clientes procuram. Além disso, ponha o seu negócio na lista telefônica e pense em fazer propaganda impressa e na televisão.

Dicas

  • Uma formação em contabilidade não é garantia da prática bem sucedida da contabilidade. Administrar um pequeno negócio bem sucedido também exige habilidades de gerenciamento de marketing e de relacionamentos entre outras.
  • Avalie as suas obrigações financeiras pessoais, isso determinará a sua estratégia inicial bem como os riscos que você poderá assumir. Se você sustenta uma família e paga uma hipoteca com a sua renda, por exemplo, você vai perder mais se o seu negócio não der certo.

Materiais Necessários

  • Planejamento
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.