Como Identificar Maus Amigos

Às vezes um amigo pode confundi-lo - você não tem certeza sobre a lealdade e suporte que ele pode oferecer a você. Fique atento se algo em você estiver dizendo que sua amizade não é tão boa e que pode ser hora de identificar o que essa pessoa realmente quer e se realmente vale a pena manter essa amizade.

Identificando traços antipáticos

  1. Cuidado com o oportunista. Essa é a pessoa que gosta de usar você porque você tem carro, casa própria, muito dinheiro ou casa na praia. Ou, eles podem usar você para chegar perto de seus melhores amigos ou irmãos. Esse tipo de pessoa comerá na sua casa e até usará seus produtos de higiene pessoal. Mas quando você confrontá-los, eles ficarão bravos. Eles desrespeitam você e seus pertences.
    • Você perceberá que empréstimos se tornarão um problema. Eles pegam dinheiro emprestado e nunca devolvem. Pegam emprestadas suas roupas e nunca dão de volta. Ou, devolvem com danos. Eles podem até deixar outras pessoas usarem seus pertences.
    • Eles podem pedir um favor e nunca compensá-lo por ele.
  2. Cuidado com os egocêntricos. Esse tipo de pessoa vive sob o mantra “Tudo é sobre mim.” Eles estarão sempre falando de si mesmos. Não se importarão com você, não ligam para o dia que você teve ou como você está se sentindo. Você também perceberá que eles se gabam muito. Seja sobre si mesmos, coisas materiais, namorados, casamento, férias, eles sempre encontrarão algo para que suas vidas pareçam melhores.
    • Esse tipo de pessoa parece sempre ter uma opinião sobre tudo. Uma opinião é o pensamento e a ideia de alguém sobre um assunto. É um julgamento, uma avaliação de algo. Uma pessoa egocêntrica não consegue se colocar no lugar do outro e acredita que todos vêem o que ela vê (ou que o que ela vê excede o que os outros vêem). Isso é uma característica comum em crianças. Elas não conseguem enxergar nada separado de suas crenças, pensamentos e ideias.
  3. Afaste-se do amigo que se faz de vítima, sempre usando o “pobre de mim”. Essa pessoa sempre vem até você quando tem problemas, pedindo conselhos, e fazem muito esforço para mostrar a você quão mal estão, usando muitos exageros. Mas quando você precisa de conselhos ou desabafar, eles são curtos e grossos. Então não é justo você passar duas horas tentando acalmá-los sendo que, quando você precisa deles, eles têm apenas 5 minutos. Você não é terapeuta, não os deixe descarregar os problemas deles em você.
    • Essa pessoa ficará brava com você quando vocês brigarem pois ela só aceita o próprio ponto de vista.
  4. Se desapegue do amigo grudento. Esse tipo de pessoa não consegue dividir você com os outros. Quando ela o vê com outros amigos, fica com ciúme porque quer você todo para ela. E mesmo assim, esse grude segue um tipo de hierarquia que deixa você de fora quando alguém mais importante aparece - por exemplo, essa pessoa não incluirá você ao passeio com o namorado, pois agora é essa pessoa o centro do mundo. Depois de passar muito tempo com essa outra pessoa, quando ela estiver ocupada, ela voltará a querer você o tempo todo. É claro que essa pessoa não consegue ficar sozinha e você é apenas uma babá. Tenha certeza de que esse amigo trocará você por uma outra pessoa assim que puder.
  5. Deixe de lado o amigo falso. Essa pessoa sorri na sua frente, mas quando está com outras pessoas, faz você se sentir mal com diversas ofensas. Essas pessoas podem usar drogas e esconder isso. Elas prometem ligar e nunca ligam. Sempre deixam você esperando. Sempre têm desculpas para não terem ligado.
  6. Evite o esnobe. Essa pessoa nunca aprende sobre sua etnia/cultura. Esse amigo considera você algo diferente, e pensa que é OK insultar sua descendência usando gírias que podem ofender.
  7. Livre-se do espião. Ninguém quer um amigo que fique checando seus bens. Esse amigo pode muito bem estar fazendo isso para outra pessoa que quer saber coisas sobre você. Esse tipo de amigo também pode usar técnicas de espionagem porque tem inveja. Também pode ser que ele queira se aproximar de seus amigos e conhecidos. Ele não está realmente interessado em você, então tente dar um fora nesse amigo assim que descobrir que ele pode lhe fazer mal.
    • Você notará que essa pessoa sempre precisa saber de tudo. Por exemplo, você está conversando com outro amigo sobre algo muito particular, e ela aparece do nada, querendo saber qual é o assunto. Certo, pode não ser nada, não fique paranoico. Mas um espião faria isso e um pouco mais - eles estão sempre tentando ouvir as conversas e de olho nos e-mails que você abre, pedindo seu celular emprestado, lendo mensagens de texto suas.
    • Espiões geralmente mentem. Eles podem mentir sobre nome, idade etc.
    • Cuidado com extrema curiosidade. Eles podem apelar para chantagem ou bullying.
    • Eles podem usar ou comer coisas suas.
    • Se você se sente intimidado ou ameaçado por essa pessoa, diga a uma autoridade ou alguém mais velho em quem confie.
  8. Ignore o amigo que ignora você. Esse tipo de “amigo” é absolutamente irritante. Quando você sai com ele e outros amigos seus, ele sempre fala com todos. Porém, quando você sai com ele e outros amigos dele, sempre que você tenta entrar no assunto, ele ignora você e continua a falar com os outros amigos. Isso é um tipo de insegurança mascarada com sociabilidade. Você não precisa disso.
  9. Esteja atento ao intruso. Essa pessoa usa suas ideias, interfere nos seus contatos, estudos e trabalho, interrompe suas conversas com outras pessoas, tentando fazer amizade com todos com quem você fala, geralmente querendo saber onde você vai e o que vai fazer. Esse tipo de “amigo” procura sempre uma promoção ou foi promovido no lugar de pessoas mais talentosas, manipulando autoridades.
    • Se você disser “Vou elogiar os sapatos de fulano,” esse amigo fará isso primeiro que você e fingirá que foi uma ideia dele. Se você disser “Acho que fulano seria bom para um emprego que vi em um anúncio,” ele perseguirá a pessoa e dirá que a acha perfeita para o trabalho. Se você trabalha com alguém assim, essa pessoa tomará crédito por suas ideias e dirá a seu chefe que todos os melhores pensamentos saíram da própria cabeça. Se você frequenta a escola com essa pessoa, ela correrá até o professor para dizer que teve uma ideia brilhante, quando na verdade a ideia foi sua.
  10. Evite os dominadores. Essas pessoas não aceitam que você tenha uma opinião diferente da delas. Elas o aceitam apenas se você pensar como elas. Algumas pessoas são assim por insegurança, mas outras são apenas idiotas com necessidade de dominar. O mais amedrontador é que eles tiram vantagem de suas amizades e podem fazer com que todos os seus amigos se virem contra você em questão de dias, apenas para se vingar ou brincar com você.

Facilitando o “término”

  1. Decida se vale ou não a pena continuar com essa amizade. Se seu amigo pertence a algum dos grupos citados acima, ele provavelmente rouba sua energia e paciência com frequência, é bem melhor ficar longe, afastando-o de seu círculo de amizades mais próximas.
    • Avalie se vale a pena manter essa pessoa pelo menos como colega. Depende do contexto - se você terá que conviver com essa pessoa no ambiente de trabalho ou em reuniões familiares, então é melhor manter uma distância saudável. Por outro lado, se essa pessoa não tem outras ligações com você, é melhor cortar relações de uma vez.
  2. Pare de entrar em contato. Se você é sempre o primeiro a falar com um amigo e está cansado de receber respostas curtas ou nenhuma resposta, pare de entrar em contato. Se essa pessoa é realmente amiga, ela irá atrás de você depois de um tempo sem contato. Mandar uma mensagem ou e-mail leva apenas alguns minutos. Se ela não entrar em contato, você estava certo sobre esse amigo e pode começar a passar seu tempo com amigos que realmente se importam.
  3. Diga a seu amigo que a amizade acabou quando você sentir que é apropriado. Se você não consegue se distanciar e recusar todos os convites dessa pessoa, você precisará ter atitude e acabar com a amizade. A melhor maneira de “terminar” com uma amizade que não está funcionando é enfrentar o amigo, pessoalmente ou por telefone, dizendo claramente que você não sente que consegue continuar com essa amizade e qual é a razão.
    • Cuidado com o tipo de linguagem. Você não tem que dizer “o problema não é você, sou eu”, você tem que deixar claro que está fazendo isso por causa dos seus sentimentos e paz de espírito. Evite insultar o caráter da outra pessoa ou culpá-la por seus sentimentos.
    • Faça a pessoa lembrar dos outros amigos na vida dela.

Dicas

  • Esse artigo não é sobre afastar amigos que mudaram com o passar dos anos. Permitir que sua amizade evolua e mude naturalmente é importante. Essa aproximação flexível na amizade permite que seu amigo seja tão único quanto você, e que ambos possam curtir essa relação. O problema começa quando tudo é unilateral e você sente que estão tirando vantagem de você.
  • Verdadeiros amigos sempre estarão dispostos a lhe ajudar.
  • Perceba como seu amigo reage a uma pequena briga. Se ele ficar bravo, mas ainda quiser ser seu amigo, ele se importa com você. Porém, se ele quiser terminar a amizade porque você não agiu exatamente como ele gostaria, não é um bom amigo.
  • Crie barreiras. Veja como você se sente quando está longe dessa pessoa. Isso lhe dará tempo para refletir e descobrir se ela é uma boa amiga para você.
  • Às vezes um amigo pode ser grudento por não ter outros amigos ou porque se importa profundamente com você, como irmão.
  • Cuidado com pessoas moralistas e que agem como se você sempre precisasse corresponder ao que elas querem. Essas pessoas vêem os amigos como propriedades.
  • Não se esqueça, “É na hora do perigo que se conhece um amigo.”
  • Frase do Doutor Seuss sobre amigos: Diga quem você é e como se sente, porque aqueles que se preocupam com você, não se importarão com seus defeitos.
  • Se seu amigo mudar para pior (se importava com você antes e agora lhe ignora completamente), é realmente hora de distanciar-se. Dessa maneira, você pode reatar a amizade se essa pessoa melhorar ou deixá-la de vez se ela continuar ignorando você.

Avisos

  • Esteja preparado para ser forte e sair da amizade caso você e seu amigo não consigam chegar a um consenso. Um amigo que faz bullying com você não é um verdadeiro amigo. Um verdadeiro amigo estará disposto a entender seu problema e lhe ajudará a resolvê-lo.
  • Com oportunistas, lembre-se que primeiro eles se tornarão seus amigos, e depois lhe deixarão e tratarão como um nada.
  • Não estabeleça muitas regras e expectativas. Não tente encaixar as pessoas em seus padrões.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.