Como Lidar com a Perimenopausa

Muito antes de sentir as ondas de calor, você começou a perceber que seus níveis de progesterona estão caindo, deixando suas menstruações irregulares e provocando insônia, irritabilidade, ansiedade, depressão e alterações de humor? Bem-vinda à perimenopausa. Felizmente, existem algumas medidas que você pode tomar para controlar esses sintomas.

Passos

  1. Saiba quais são os sintomas. Você pode sentir um ou mais destes listados abaixo:
    • Cansaço
    • Desejo sexual reduzido (perda da libido)
    • Irritabilidade
    • Ansiedade e/ou depressão
    • Variações de humor
    • Ondas de calor e suores noturnos
    • Insônia
    • Ganho de peso
    • Desejo de comer carboidratos e doces
    • Pés e mãos gelados
    • Em algumas mulheres, aumento na frequência de dores de cabeça ou enxaquecas.
  2. Use um bom creme natural de progesterona em seu corpo (diversas marcas estão disponíveis em farmácias e lojas online; contudo, consulte um médico antes de usar qualquer tipo de medicamento).
  3. Cuide bem de seu corpo. Dessa forma, ele poderá usar mais recursos para lidar com o problema. Coma bem, faça exercícios regularmente, tome um bom multivitamínico diariamente (com adição de cálcio e vitamina D) e minimize o estresse sempre que possível (o estresse "consome" progesterona; quanto menos progesterona você tiver, mais sintomas irá apresentar).
  4. Tome um suplemento de ervas direcionado especificamente para o alívio dos sintomas apresentados.

Dicas

  • Se os cremes de progesterona de venda livre mostrarem-se insuficientes para lidar com os sintomas, procure um médico familiarizado com o uso de suplementos hormonais naturais para a perimenopausa. Caso não consiga encontrar um, entre em contato com uma farmácia de manipulação de sua confiança. Mulheres com enxaqueca, por exemplo, frequentemente precisam de doses mais altas de progesterona do que as encontradas em medicamentos vendidos sem receita.
  • A perimenopausa é como uma super-TPM; logo, muitas das dicas para reduzir a TPM também podem ser úteis para a perimenopausa. Procure por artigos sobre TPM no wikiHow para saber mais.
  • Se a suplementação com progesterona não lhe parecer natural, lembre-se que a última remodelação do nosso corpo ocorreu quando tínhamos uma expectativa de vida de cerca de 40 anos... e por que a Mãe Natureza colocaria glândulas hormonais de 100 anos em corpos de 40? Embora seja "natural" que os hormônios diminuam nessa idade, as funções realizadas por eles não são simplesmente interrompidas subitamente na menopausa. Se os seus níveis hormonais ficarem baixos, você pode precisar de suplementos para manter as funções do corpo equilibradas. A propósito, não há indícios de que a progesterona natural aumente o risco de câncer e, como um hormônio de "anti-crescimento", ela pode na verdade acabar reduzindo as chances de aparecerem cistos, tumores fibroides e, possivelmente, câncer. O fato de que organizações internacionais como a FDA (Food and Drug Administration) permite sua venda sem receita médica é um bom indicativo de que o produto é seguro, desde que seja usado de acordo com as orientações.

Avisos

  • A Provera, Depo-provera, medroxiprogesterona e as progestinas nas pílulas anticoncepcionais NÃO são a mesma coisa que progesterona natural; esses medicamentos NÃO são quimicamente idênticos à progesterona do seu corpo (natural) e, às vezes, podem piorar os sintomas em vez de reduzi-los. Caso queira fazer uma suplementação com progesterona, tenha CERTEZA de que está de fato usando progesterona.
  • Todas as informações apresentadas neste artigo são apenas para propósitos educacionais, referenciais e informativos.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.