Como Esconder Dinheiro

Seu dinheiro só é "problema" seu. Se quiser protegê-lo de interesseiros, leia este tutorial para obter algumas dicas de como escondê-lo bem. Você pode, por exemplo, espalhar as notas pelo corpo durante uma viagem ou escondê-las em casa. Ademais, se quiser evitar credores e impostos, aprenda algumas maneiras de driblar o sistema.

Escondendo dinheiro no próprio corpo

  1. Ponha as notas nos sapatos ou na sua roupa íntima. Se estiver em uma área perigosa e precisar proteger seu dinheiro no caso de haver um assalto, esses são os melhores locais. Se for visitar um lugar que não conhece, esta é uma boa ideia para manter seu dinheiro a salvo.
    • As mulheres podem guardar algumas notas no sutiã, enquanto os homens podem recorrer à cueca. Você também pode optar por uma cinta, embora ela possa ficar frouxa com facilidade.
    • Se possível, costure um bolso em algumas cuecas para guardar seu dinheiro ou use um clipe de papel para prendê-las à bainha.
    • Disfarce e vá ao banheiro para pegar o dinheiro. Não passe a mão nas regiões íntimas em público.
  2. Carregue duas carteiras: a verdadeira e uma falsa. Se estiver escondendo dinheiro no corpo, essa é outra estratégia para se proteger. Assim, caso chame a atenção de um ladrão ou batedor de carteira, ele provavelmente sairá de mãos vazias.
    • Em vez de guardar cartões de crédito na carteira falsa, ponha cartões de visita variados ou expirados; em vez de dinheiro de verdade, ponha notas de Banco Imobiliário (ou apenas algumas notas pequenas, como R$ 2,00).
    • Se for mulher, deixe essa carteira visível e acessível dentro da bolsa. Se for homem, guarde-a no bolso traseiro da calça.
  3. Use calças com bolsos com fecho. Algumas peças têm clipes ou afins que podem ser usados para proteger o dinheiro dentro dos bolsos dianteiros. Tal é uma ótima maneira de evitar furtos durante viagens.
    • Muitas pessoas também usam correntes nas calças, o que pode deixar qualquer peça mais protegida.
    • Calças com botões com bolsos podem ser eficazes (mas menos que peças feitas com clipes específicos para o dinheiro). Combine alguns métodos para se proteger ainda mais.
  4. Guarde o dinheiro em vários locais separados. Não é seguro deixar todas as notas juntas, mesmo que elas fiquem em um ponto incomum. Se um ladrão encontrar alguns trocados no seu bolso, não será tão grave — já que você terá notas grandes espalhadas entre seus sapatos, sua bolsa ou mochila, sua roupa íntima e, talvez, no seu boné ou chapéu. Deixe que ele pense isso.
  5. Só carregue a quantia que for necessária. Eis uma das melhores maneiras de evitar um furto ou assalto, já que carregar pouco dinheiro consigo chamará menos atenção. Tente ter somente o necessário para determinados compromissos ou eventos; deixe o resto em casa (melhor ainda, no banco).
    • Sempre que possível, faça compras usando seu cartão. É simples: se não tiver dinheiro, você não será roubado.
  6. Se precisar mexer no dinheiro em público, disfarce. Se não conhecer bem o local, tente não revelar a quantia que tem consigo. Não mostre o interior da sua carteira ou bolsa a qualquer pessoa e não se exiba se não quiser chamar a atenção de criminosos.
    • Se receber troco, ponha-o em um bolso e, quando estiver a sós, transfira-o à carteira. Não mexa com dinheiro em público ou ande com a carteira à mostra.

Escondendo dinheiro em casa

  1. Separe e guarde o dinheiro em meio a vários livros. Se tiver uma coleção de obras, esses são alguns dos esconderijos mais fáceis e interessantes. Guarde poucas notas em cada livro da estante. Ladrões não costumam vasculhar objetos desse tipo.
    • Se for muito dinheiro, guarde-o em uma página específica do seu livro favorito. Opte, por exemplo, pela página nove para homenagear o jogador de futebol Ronaldo (ou outro atleta de que goste). Assim, você não se esquecerá. Pode ser fácil perder dinheiro e, por isso, esta é uma boa estratégia.
    • Se tiver muito dinheiro, use um estilete para fazer um orifício em um livro grande. Use uma obra grossa e faça um retângulo no meio das páginas, acomodando melhor as notas.
    • Caixas de jogos eletrônicos, DVDs, fitas VHS e afins podem ser ótimas alternativas aos livros (caso não haja nenhuma obra disponível).
  2. Enrole as notas e, depois, esconda-as no meio de rolos de papel higiênico. Esses objetos raramente atraem atenção de criminosos.
    • Faça pontos com um pincel atômico no rolo que contém as notas para reconhecê-lo. Assim, você não tentará usá-lo e poderá encontrar o dinheiro rapidamente.
  3. Esconda o dinheiro em caixas de alimentos ou outros produtos. Use algo que esteja há semanas ou meses na despensa (e que você provavelmente não comerá tão cedo). Eis algumas ideias:
    • Tire a parte de trás do rótulo de latas e esconda as notas por baixo dele.
    • Sob potes ou latas de biscoitos.
    • Em caixas de tampões ou camisinhas.
    • Em meio ao pó de café.
    • Entre o saco e a caixa de cereais.
    • Dentro da geladeira, em uma caixa vazia de bicarbonato de sódio.
  4. Guarde as notas em um vaso com uma planta de plástico ou outro objeto doméstico. Além da cozinha, há inúmeros outros locais na casa que podem proteger seu dinheiro de criminosos. Experimente uma das seguintes ideias:
    • Dentro e um violão ou da caixa de outro instrumento.
    • Sob abajures.
    • Por atrás de fotos e quadros emoldurados.
    • Em caixas de quebra-cabeças.
    • Em um par velho de sapatos.
    • Por trás de pôsteres na parede.
  5. Construa uma lâmpada ou um cano falso. Se quiser fazer o esconderijo para o dinheiro, faça uma instalação hidráulica ou elétrica extra e desnecessária em um local da casa que não chame atenção. Opte também por esconder as notas atrás de azulejos frouxos ou afins.
    • Compre canos idênticos aos da casa e, depois, instale-os à tubulação verdadeira. Deixe uma ponta solta, onde possa colocar as notas. Faça alguma marcação nela para encontrá-la com facilidade.
    • Afrouxe parte do remate do canto de um cômodo e ponha o dinheiro ali. Depois, reposicione a peça usando massa de vidraceiro ou cola.
  6. Guarde o dinheiro no banco e só retire o que for necessário. Esta sempre é a melhor maneira de proteger suas propriedades contra furtos e roubos, já que não é preciso se preocupar com contas bancárias.
    • Crie algumas contas diferentes se quiser espalhar seu dinheiro e dificultar sua localização. Confira a próxima seção do artigo para descobrir mais sobre como driblar impostos.

Escondendo dinheiro de impostos

  1. Crie um fundo de fideicomisso irrevogável. Esta é uma boa opção se você tiver muito dinheiro e quiser protegê-lo de credores do governo federal. Embora esse fundo seja, tecnicamente, propriedade da pessoa a quem é associado, você ainda será capaz de usá-lo. Em termos simples, você "abrirá mão" desse investimento ou propriedade, mas ainda poderá usá-lo sem ter de pagar os impostos ligados a ele.
    • Consulte seu contador ou assessor financeiro para descobrir como criar esse fundo. Os termos do fideicomisso são inalteráveis e, por isso, não haverá retorno. É importante entender as condições logo na primeira vez; por isso, converse com um profissional para obter ajuda.
  2. Abra uma conta em um banco no exterior. Guardar dinheiro em países com códigos fiscais mais atraentes é uma maneira muito popular para quem quer esconder fundos do governo. As ilhas Cayman, a Suíça e a ilha de Man são "paraísos fiscais" para pessoas ricas.
    • Bancos nem sempre são totalmente confiáveis. Países subdesenvolvidos, como o Brasil, costumam abranger seus códigos fiscais brandos na tentativa de atrair investidores poderosos. Essa jogada pode ser perigosa. Nunca guarde todas as suas economias em um banco estrangeiro para não arriscar perder tudo o que tem.
  3. Faça a apropriação original de um pedaço de terra. Em alguns lugares (como o estado da Flórida, nos Estados Unidos, por exemplo), as leis de apropriação são "generosas", resguardando propriedades familiares tradicionais de credores.
    • Esse conceito pode ter conotações diferentes, mas costuma envolver a apropriação dos direitos de pedaços de terra. Se você viver nos Estados Unidos, clique aqui para descobrir mais sobre o assunto.
  4. Invista seu dinheiro em metais preciosos. Ouro, metal e platina costumam ser vistos como investimentos de longo prazo mais seguros do que contas bancárias. Embora seu valor varie consideravelmente, muitos acreditam que esse tipo de transação substituirá os grandes bancos caso o sistema venha a quebrar no futuro.
    • No entanto, é muito difícil lucrar com o investimento em ouro a curto prazo. Essa estratégia pode proteger seu dinheiro a ponto de impedi-lo de usá-lo.
  5. Compre cartões presente pré-pagos. Se tiver muito dinheiro mas não quiser fazer a declaração de impostos, você pode obter esses cartões e usá-los para fazer compras. Esses recursos podem se aplicar a diversos fins, como a venda de combustível, mantimentos e outros itens mais específicos.
    • Essa tática é comum entre traficantes de drogas. Alguns chegam a explorar opções de débito que extrapolam bastante os limites financeiros dos cartões presente.
    • Você pode ter de fornecer determinadas informações, como número de CPF, para comprar cartões de débito pré-pagos tradicionais. Se for o caso, a técnica não dará certo.

Dicas

  • Não conte onde está escondendo o dinheiro a alguém que possa trair sua confiança!
  • As dicas dos subpassos se aplicam a notas.

Avisos

  • Se você esconder o dinheiro de outra pessoa, a deixará irritada.

Materiais Necessários

  • Dinheiro
  • Gaveteiro
  • Um bom esconderijo
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.