Como Sobreviver a uma Nevasca Dentro de um Carro

Para a maioria das pessoas que moram em (ou, no caso dos brasileiros, que visitam) países onde há nevascas, ficar em casa -- um ambiente aquecido -- com uma bebida quente e em boa companhia é a melhor opção. Se você ficar preso no seu carro relativamente próximo a outras pessoas ou em uma área isolada, a situação pode se tornar um pesadelo de medo, fome e frio em pouco tempo. Sobreviver dentro do veículo durante uma nevasca requer que você mantenha a calma para poder usar o ambiente a seu favor -- obtendo abrigo, calor e bastante água. Estocar suprimentos adicionais para esse tipo de situação lhe ajudará a se sair bem; assim, você poderá se alimentar, ficar seco e até sair do local quando o tempo abrir.

Preparando-se para um evento do tipo

  1. Faça a manutenção constante do carro. Antes que o inverno chegue na região onde você está ou caso você planeje dirigir em locais com neve, certifique-se de que os fluidos do parabrisas e afins estão nas condições adequadas, que os pneus estão cheios e que os freios e a bateria estão funcionando bem. Veja se todos os faróis funcionam e que o óleo do motor foi trocado. Temperaturas negativas e condições ruins em estradas afetam bastante a parte mecânica e o desempenho do veículo.
  2. Não dirija sem bastante combustível. Quando o clima estiver ruim, certifique-se de que o tanque está cheio ou quase cheio. Já que uma nevasca pode durar dias, quanto mais combustível você tiver, melhores serão as suas condições. Você precisará disso para se manter aquecido e para evitar que o tanque congele e que a bateria falhe, bem como para poder deixar o local quando tudo estiver melhor.
  3. Compre um cooler e um balde de armazenamento. Quando se preparar para esse tipo de situação, você precisará guardar vários suprimentos no carro. As prioridades são os itens que ofereçam calor, fluidos e alimentos; depois, vêm os vários instrumentos usados para evitar a nevasca. Será preciso ter um cooler de qualidade para colocar tanto a comida quanto a água. Adquira também um balde de armazenamento durável de plástico para o resto dos objetos. Ele deve ter uma tampa justa para garantir que, caso seja necessário retirá-lo do veículo, nada que estiver no seu interior se molhe.
  4. Reúna os itens para se manter aquecido. Durante uma nevasca, quando as temperaturas estão abaixo de zero, uma pessoa só consegue sobreviver por três horas sem se proteger do vento e da umidade -- duas das maneiras pelas quais o corpo perde calor. Já que o seu veículo for ser tal abrigo, adicione itens complementares de modo a a) manter o calor dentro dele e b) manter o calor no seu próprio corpo. Roupas e mantas, por exemplo, não oferecem esse tipo de conforto. Mesmo assim, são essenciais pois preservam ou ajudam a manter o calor gerado pelo corpo.
    • A hipotermia, que só requer uma queda de temperatura de 2-3 graus do corpo, é a principal causa de morte em decorrência de exposição a situações assim. O primeiro efeito é a incapacidade de a pessoa pensar com eficiência.
    • Coloque uma manta de lã no carro para cada pessoa que você imagina que estará nele; inclua também mais peças dessas para emergências. Esse material seca rapidamente e poderá lhe manter mais aquecido do que outras opções.
    • Adicione também algumas peças adicionais de roupa para cada pessoa, além de dois pares de meia. Meias de lã são as melhores opções.
    • Inclua cachecóis, chapéus e luvas impermeáveis para ajudar a preservar o calor em áreas como a cabeça e o pescoço, além de evitar que as suas mãos se molhem.
    • Compre 15 pares de aquecedores de mão para cada pessoa -- encontre esses itens em lojas de artigos para acampamentos e afins.
    • Obtenha 5-10 jornais, dependendo do tamanho do veículo, para isolar as suas janelas. Isso ajudará a manter o calor produzido pelos seus corpos e pelo carro em si -- se e quando você ligá-lo --, além de servir como uma barreira contra o vento.
  5. Prepare o estoque de água. Uma pessoa pode sobreviver três dias sem fluidos, embora não seja uma experiência agradável. Para você se manter adequadamente hidratado, deve consumir 2 L de fluidos a cada dia. Uma garrafa d'água comum costuma ter 500 mL, o que pode significar o consumo de 12-13 garrafas por cada pessoa em um período de 72 horas. Para uma família de cinco pessoas, isso equivale a 60-65 garrafas -- uma quantidade que dificilmente pode ser armazenada em um carro. Embora jarras sejam uma alternativa, o plástico usado terá chances de se distorcer e quebrar quando for exposto a temperaturas extremas. Assim, recomenda-se o seguinte:
    • Coloque uma quantidade suficiente de garrafas d'água no cooler para cada pessoa para um dia. Assim, por exemplo, você deverá armazenar 20 garrafas para uma família de cinco pessoas. Se sobrar espaço, coloque quantas garrafas conseguir.
    • Já que isso não será suficiente caso você fique preso por mais de um dia, será preciso derreter neve. Para isso, precisará do seguinte: uma lata de café de 900 g ou 1,2 kg com tampa, várias caixas de palitos de fósforo impermeáveis, três velas de 5 cm de diâmetro e um ou mais copos de metal.
  6. Obtenha os alimentos corretos. A comida é o combustível do corpo e oferece a energia necessária para gerar calor. Quando o corpo é exposto a temperaturas negativas, mais da metade das calorias consumidas são usadas na manutenção da temperatura interna. Assim, quanto mais frio fica, de mais alimento as pessoas precisam. Em situações normais, um indivíduo adequadamente hidratado pode sobreviver 1-6 semanas sem se alimentar, dependendo de vários fatores. Em temperaturas extremas, esse número vai para 3 semanas.
    • Por exemplo: para uma pessoa que ingere 2.300 calorias por dia, metade dessa quantidade seria usada para regular a temperatura do corpo; se esse indivíduo estivesse preso em um veículo, teria de ingerir, no mínimo, 3.500 calorias a cada dia.
    • Isso equivale a uma quantidade moderada de alimentos para uma família de cinco pessoas durante 72 horas. Para fazer com que tudo caiba no cooler, compre produtos não perecíveis e de alto valor calórico, como barras de granola, carne seca, castanhas, cereais, frutos enlatados e chocolate.
  7. Reúna o resto dos suprimentos. Será preciso adquirir vários itens para remover o carro da neve caso seja necessário, para ajudar os outros a lhe localizarem e para se adequar às condições do clima e da estrada, bem como para cuidar das necessidades básicas e para improvisar caso haja algum problema inesperado. Após coletar todos os itens listados abaixo, armazene-os no balde. Verifique as condições de tudo com frequência.
    • Sinalizadores para indicar a sua localização para possíveis socorristas.
    • Um material vermelho e chamativo com cerca de 30 cm x 1,2 m de diâmetro.
    • Um rádio transistor ou a manivela com várias pilhas de reserva para se manter atualizado quanto às condições do clima e da estrada.
    • Lanternas com lâmpadas fortes e várias pilhas de reserva para as noites e para sinalizar pedidos de ajuda.
    • Cabos de ligação direta, que podem ser necessários quando a nevasca passar e se a bateria do carro falhe.
    • Uma pá de metal portátil.
    • Uma corda de gincho para a) ajudar a liberar o seu veículo ou b) amarrar uma ponta desse veículo à cintura de uma pessoa caso seja absolutamente necessário que alguém deixe o local durante a nevasca.
    • Uma bússola.
    • Um saco de areia, sal ou afim para dar tração aos pneus caso eles fiquem presos.
    • Quatro latas de infladores de pneus caso os pneus murchem.
    • Um raspador de gelo com uma escova -- com um cabo longo.
    • Um kit de ferramentas para evitar surpresas.
    • Um canivete com um abridor de latas.
    • Um relógio a manivela para ter ciência das horas.
    • Um kit de primeiros socorros.
    • Um kit de emergência de remédios para cada pessoa para 72 horas.
    • Um par de botas impermeáveis de cano alto para o motorista.
    • Lenços de papel, papel de toalha e sacos de lixo para propósitos higiênicos.
    • Produtos femininos e fórmula infantil, fraldas e lenços, se necessário.

Fazendo todo o possível para evitar ficar preso

  1. Atente-se ao clima. Se houver uma nevasca se aproximando e você não precisar sair, não saia. Certifique-se de entender a diferença entre avisos e alertas de mudanças climáticas. Uma alerta indica que há uma chance de 50-80% de que haja uma quantidade considerável de granizo, neve, gelo ou uma combinação de dois ou mais desses eventos em determinada área. Um aviso significa que há uma chance de pelo menos 80% de que algo do tipo acontecerá em uma área. Avisos de nevascas indicam que esse evento climático acontecerá em 12-72 horas e que terá velocidades altas -- o que reduzirá a visibilidade a menos de 400 metros.
    • Lembre-se: embora você possa achar que consegue dirigir em climas desfavoráveis, muitas das outras pessoas que também estão na estrada têm menos experiência. E a mãe natureza é rígida até com os motoristas mais habilidosos -- e sempre gera surpresas.
    • Se você planejar dirigir sob condições perigosas, sempre conte os seus planos e a sua rota a um amigo ou parente.
  2. Caso um pouco de neve entre no escapamento, retire o material de antemão. Se você tiver de fazê-lo, deverá desligar o veículo e se certificar de que tudo se resolve; caso contrário, o carro poderá ficar cheio de monóxido de carbono, um produto venenoso. Desligue o motor, vista luvas e "escave" o máximo possível da neve. Se não tiver luvas, use um galho ou algo semelhante.
  3. Remova a neve e o gelo do seu veículo e dos arredores. Se você estiver preso há um tempo e decidir tentar liberar o seu carro, comece removendo a neve do capô e avance em direção às partes mais baixas. Enquanto o faz, ligue o motor para que a neve nos vidros do veículo seja derretida. Depois, pegue uma pá e remova a maior quantidade possível de neve dos pneus e das laterais. Tente também escavar a direção em que você quer seguir. Raspe o parabrisas por último. Se não tiver um raspador tradicional, use um cartão de crédito ou uma caixa de CD para ajudar a remover o gelo ainda sólido.
    • Se não tiver um raspador de gelo com uma escova para remover a neve do carro, use o galho de um arbusto ou um jornal (ou o que estiver ao seu alcance).
    • Se não tiver uma pá, use qualquer outro recurso, como uma calota ou afins.
  4. Mexa bastante o veículo. Para liberá-lo, mexa as rodas algumas vezes entre a direita e a esquerda para afastar o resto da neve. Se o veículo "comum", certifique-se de que ele está engatado. Leve-o à marcha direta (a marcha mais leve em um carro comum) e acelere levemente -- até alguns centímetros serão suficientes. Depois, mude para a marcha ré e acelere novamente. Repita o processo até ter tração suficiente para sair do local.
    • Se os pneus começarem a girar, solte o acelerador imediatamente e pare -- ou você só ficará ainda mais preso.
    • Peça que um passageiro fique de fora do veículo, pressione o interior da janela do motorista e lhe ajude a empurrar o carro.
    • Nunca deixe que alguém fique atrás do veículo para empurrá-lo, pois pode haver um acidente e as pessoas podem se ferir.
    • Se você não obtiver resultado algum, tente pegar a tração de outro modo. Se você tiver areia, sal ou algo semelhante, espalhe um pouco próximo aos pneus, dependendo do tipo do veículo. Se necessário, espalhe o material entre as quatro rodas.
    • Se você não tiver qualquer desses materiais, use os tapetes do veículo, pedrinhas, galhos, etc. para obter tração.
  5. Se conseguir, deixe o local rapidamente. Se a nevasca estiver começando e você não conseguir soltar o veículo, tente pedir ajuda sinalizando aos outros motoristas e ligando para as autoridades. A situação provavelmente só piorará. No entanto, lembre-se que as distâncias são bastante distorcidas pelo efeito da neve. O que parece ser perto costuma ficar muito longe. Assim, deixar o veículo só é algo recomendado caso você tenha certeza de que a ajuda está a caminho e tenha uma boa visão. Se algo acontecer a você, as chances de sobreviver a esse evento usando o carro como um abrigo serão menores.

Organizando-se e usando o abrigo de modo inteligente

  1. Não abandone o veículo. Se você não conseguir liberá-lo, fique onde está -- essa será a melhor forma de se proteger por enquanto. Uma pessoa só sobrevive sem abrigo por três horas em temperaturas negativas. A menos que você possa ver uma construção próxima (que saiba que poderá lhe abrigar) ou se a ajuda estiver no seu campo de visão, não deixe o local. Lembre-se que o movimento da neve distorce as distâncias. Além disso, a neve cobre buracos, objetos pontiagudos e outros itens perigosos; por isso, sair do carro a pé é um risco sério em meio a condições extremas.
  2. Notifique as autoridades com o celular. Geralmente, as pessoas carregam telefones móveis o tempo todo. Antes que a bateria acabe, encontre a sua localização exata usando o GPS do veículo ou do próprio aparelho; ligue para a emergência e informe as pessoas que você está preso e quem está com você. Certifique-se de adicionar outras informações relevantes, como a quantidade de comida e água que você tem, quanto combustível o carro tem e se alguém tem com algum problema médico sério.
    • Sê você tiver bateria suficiente no celular, faça uma ligação rápida para alguém que você saiba que está seguro e que poderá contatar as autoridades por você e garantir o seu resgate (se for necessário). Certifique-se de informar a sua localização.
    • Desligue o celular quando terminar de falar para economizar o restante da bateria para usar em emergências futuras.
  3. Torne-se visível para os socorristas. Às vezes, quando cai uma nevasca, milhares de pessoas ficam presas com seus veículos. Algumas escolhem abandonar o carro; outras ficam. Já que as autoridades irão priorizar as pessoas que ainda estão em seus veículos, deixe claro que é o seu caso. Primeiro, vista um par de botas impermeáveis de cano alto sobre as calças, um chapéu, um cachecol, luvas e um casaco denso para não se molhar -- o que você deverá evitar a todo custo, se possível. Se você ficar molhado em condições climáticas extremas, a temperatura do seu corpo irá cair rapidamente e você poderá sofrer de hipotermia.
    • Amarre o pedaço de tecido vermelho à antena do carro para sinalizá-lo. Se o veículo não tiver uma antena, encontre um ponto alto no capô onde o vento vá soprar para movimentar esse tecido. Tente colocá-lo na direção da qual você acha que o resgate virá.
    • Se você não tiver um tecido vermelho, encontre algo no veículo que possa ser usado. Os socorristas reconhecerão esse sinal.
    • Se você ficar preso em uma área isolada, forme as palavras "HELP" ou "SOS" na neve em letras grandes (em inglês, já que não neva em boa parte do Brasil e presume-se que você estará no estrangeiro) para facilitar o seu resgate caso a ajuda seja aérea. Se você tiver acessos a gravetos ou galhos de árvore, use-os como "recheio" das letras. Pode ser necessário fazê-lo novamente quando a nevasca passar.
    • Acione a buzina usando código Morse para falar SOS -- mas só quando o seu veículo estiver ligado para conservar a bateria. Toque-a três vezes curtas, três longas, três curtas, pare por 10-15 segundos e repita.
    • Erga o capô do veículo após a nevasca parar para indicar que você precisa de ajuda.
    • Alterne turnos de alerta e de sono para ficar atento à ajuda!
  4. Limpe o escapamento com frequência. Mesmo que você já tenha desentupido a peça quando tentou liberar o veículo, será preciso fazê-lo mais de uma vez caso a neve não cesse; assim, você poderá tentar ligar o motor em algumas ocasiões. O envenenamento por monóxido de carbono pode deixar as pessoas doentes e levar à morte após períodos longos ou até mesmo curtos (mas intensos) de exposição. Os principais sintomas são a náusea, as dores de cabeça e as vertigens.
  5. Use o combustível com consciência. O tempo em que você ficará preso no veículo dependerá de vários fatores, como a rigidez da neve, a sua localização, as possibilidades quanto ao resgate e quantas outras pessoas estão presas. Assim, é extremamente importante usar pouco combustível. Se ninguém vier lhe ajudar e você estiver em uma área remota, pode precisar do combustível para sair dali quando o clima melhorar.
    • Se você tiver um tanque relativamente cheio, ligue o motor por 10 minutos a cada hora. Quando o fizer, abra uma janela para evitar o acúmulo do monóxido de carbono.
    • Se você não tiver muito combustível, ligue o motor somente 1-2 vezes por dia por 10 minutos para que a bateria não falhe e o tanque de combustível não congele. Tire vantagem do o calor do sol e ligue o carro durante a noite, o que também lhe manterá aquecido.
  6. Use bem a energia. Você terá uma quantidade limitada desse recurso e deverá equilibrar as suas necessidades e os seus suprimentos. A principal fonte de energia será o combustível do veículo, que poderá ligar as luzes interiores, os faróis, os pisca-alertas etc. Se você estiver preparado, também terá lanternas, fósforos, velas, pilhas e um rádio. Para conservar os recursos, use uma ou duas fontes de energia de cada vez. Por exemplo: não use uma lanterna enquanto houver uma vela acesa para derreter a neve e obter água. Certifique-se de sempre desligar qualquer item que use uma bateria após terminar de usá-lo.

Mantendo-se aquecido durante a nevasca

  1. Use as roupas e as mantas de reserva. Para preservar o calor produzido pelo seu corpo, crie "camadas". O ideal é que cada pessoa possua uma camada extra de roupas e meias que possa ser usada sob um casaco denso, além de um chapéu, um cachecol e luvas. Se não, prenda as meias às barras da calça e a camisa às luvas. Mantenha o calor preso de qualquer modo possível. Se você tiver uma faca ou outro instrumento como uma chave de fenda, uma caneta afiada ou um pedaço de plástico ou metal arrancado do carro, corte o tecido dos assentos, dos painéis ou do teto e se envolva nele. Também use os tapetes do chão como conseguir.
    • Amasse e coloque mapas e papeis do porta-luvas, além de jornais, papeis toalha, guardanapos etc. sob as suas roupas para se isolar.
    • Use as mantas de lã que você guardou para se aquecer.
    • Racione os aquecedores de mão, mas use-os estrategicamente. Coloque-os nas suas luvas e nos bolsos quando necessário, além das meias, o interior do chapéu e assim por diante.
  2. Bloqueie os espaços que não são usados e isole as janelas. Lembre-se: o veículo é o seu abrigo, sua fonte de proteção. Assim como você isola a sua casa para se proteger do inverno e fecha as portas quando o vento bate, deverá afastar o frio e manter o calor no interior do carro. Primeiro, reduza o espaço vago no local. Se você tiver uma manta extra e uma caminhonete grande, por exemplo, passe o tecido do teto ao chão atrás do assento traseiro para selar a área. Prenda jornais às janelas para isolá-las.
    • Se você não tiver uma manta para bloquear os espaços vagos, use quaisquer materiais à sua disposição. Você poderia, por exemplo, cortar as almofadas dos assentos e colocá-las em pontos estratégicos para reduzir o espaço no local.
    • Se você não tiver jornais para isolar as janelas, examine o seu arredor. Você vê alguma revista ou algum papel toalha, guardanapo ou livro? Você pode usar artigos assim como tapetes. Se não tiver fita, você possui curativo, gomas de mascar ou uma cola?
  3. Tente obter calor a partir do corpo de outra pessoa. Caso não esteja sozinho, a pessoa próxima a você estará muito mais aquecida do que qualquer outra coisa! Ela pode estar tremendo, mas 36 graus C ainda são melhores do que nada. E se vocês se mantiverem juntos, especialmente em locais confinados, poderão aumentar a quantidade de calor na área. Crie um "casulo" à sua volta com mantas, casacos ou outros itens que você tenha encontrado.
  4. Movimente o seu corpo. Isso aumentará a sua circulação, o que criará energia que ajudará a lhe manter aquecido. Na verdade, o corpo produz 5-10 vezes mais calor quando não fica parado. Em situações assim -- especialmente se você não tiver alimentos que possam lhe ajudar --, fazer muitos exercícios físicos é algo inviável e não recomendado. Mesmo assim, você ainda deverá fazer alguns movimentos. Quando estiver sentado, mexa as mãos e os pés em círculos, flexione os dedos das mãos e dos pés e alongue os braços e as pernas.

Lidando com as necessidades de se alimentar e ingerir água

  1. Racione os alimentos e a água. É preciso beber cerca de 150 mL de fluidos a cada hora para evitar a desidratação. Isso equivale a preencher metade de uma caneca de café -- cerca de 1/3 de uma garrafa d'água. Também é preciso fazer lanches a cada hora para ajudar a oferecer energia ao seu corpo -- e, consequentemente, calor. Use um relógio de pulso (e não o telefone celular) ou do carro que funcione com bateria para ter uma noção do horário. Se não tiver recursos assim, tente "saber" o tempo observando os movimentos do sol pelo céu.
    • Evite a cafeína e o álcool. Ambos aceleram os efeitos negativos dos climas extremos no corpo, mesmo que pareçam ajudar.
    • O objetivo é regular a temperatura do corpo e os níveis de fluidos e de açúcar no sangue da melhor maneira possível, bem como se certificar de que os seus suprimentos duram bastante.
  2. Derreta neve para fazer água. Já que você terá um número limitado de garrafas d'água (ou garrafa nenhuma), será preciso fazê-lo. No entanto, primeiro: nunca ingira neve pura, não importa quão sedento você esteja. Ela diminuirá a temperatura do seu corpo a níveis perigosos. Se você tiver se preparado, terá uma lata de café, fósforos impermeáveis e algumas velas. Para derreter a neve, preencha a lata -- de ½ a ¾ do total -- e acenda alguns palitos de fósforo ou uma vela para aquecer o objeto por baixo. Não coloque toda a neve no recipiente.
    • Certifique-se de abrir uma janela enquanto faz isso, pois até velas e fósforos pequenos podem produzir monóxido de carbono.
    • Se você não tiver esses suprimentos, procure à sua volta. O que é de metal ou plástico e pode ser esvaziado ou cortado e usado para conter neve, como um saco de mercearia ou até um compartimento do porta-luvas?
    • Quando você ligar o veículo, aponte os respiradouros para a neve para derretê-la. Se você não tiver combustível, coloque quantidades menores de neve no recipiente e leve-o ao sol ou a um ponto mais quente do carro.
  3. Armazene a água de modo apropriado. Coloque as garrafas no cooler. Se você não tiver esse cooler mas ainda tiver garrafas, envolva-as em uma manta ou outro tipo de material isolante. A neve derretida poderá ser guardada nas garrafas vazias. Se a água ficar muito lamacenta, coloque-a sob a luz do sol ou próxima a uma fonte de calor quando ligar o motor. Você também pode usar recipientes hermeticamente fechados e enterrar tudo cerca de 30 cm abaixo da superfície. Até quando o ar que circula tem temperaturas congelantes, o ar preso na neve é isolante e ajudará a evitar que o líquido congele.
  4. Encontre alimentos onde puder. Lembre-se: você pode sobreviver em temperaturas negativas sem alimento por até três semanas -- desde que se mantenha hidratado e tenha um bom abrigo. Não será divertido, mas você só pode resistir a três horas em temperaturas congelantes sem abrigo. Vasculhe o veículo em busca de algo de comer que você nem se lembre de ter posto ali, como uma barra de cereal que tenha ficado presa entre os assentos ou pacotes de açúcar que tenham ficado no seu bolso.
    • Se encontrar algo, não o devore -- não importa o tamanho da sua fome. Coma somente pequenas quantidades a cada vez e mastigue lentamente. Isso fará você sentir que comeu mais.
    • Se você suspeitar que alguém que está com você tem hipotermia e não está raciocinando, tome precauções extras caso essa pessoa também tenha fome. Não deixe que ela saia do veículo para buscar comida.

Avaliando as suas opções quando a nevasca passar

  1. Determine as condições da estrada. Se você ainda ficar preso após o fim da nevasca, será preciso tomar uma decisão de quanto e como você sairá dali. Isso dependerá bastante da sua localização, do tempo em que você ficou preso e de como você está fisicamente. Se você tiver um rádio a manivela ou transistor ou combustível no tanque para ouvir o rádio do carro, tente determinar as condições da estrada e se certos pontos estão bloqueados.
    • Converse com as pessoas caso você tenha ficado preso em uma autoestrada, por exemplo. Se o seu celular ainda tiver bateria, ligue para um amigo ou parente e peça ajuda. Pergunte também o que foi feito para limpar as estradas e/ou encontrar você.
  2. Se estiver isolado próximo a outras pessoas, decida se você quer sair do local. Se você estiver em uma cidade ou em uma autoestrada onde haja outras pessoas presas, as chances de você ser resgatado quando o clima melhorar serão maiores, já que as autoridades terão mais liberdade de movimento. Mesmo assim, se houver muitas pessoas no mesmo ponto, pode demorar bastante para que esse resgate chegue -- um tempo que você pode não ter. Se decidir caminhar e procurar um local seguro, vá com outras pessoas (quando possível). Deixe um recado no veículo informando aonde você está indo e mantenha o seu plano; assim, os socorristas e seus entes queridos poderão lhe encontrar caso localizem o carro antes. Vista várias camadas de roupas e leve consigo a maior quantidade de suprimentos que puder sem ficar sobrecarregado.
    • Se você tiver um pouco de combustível e achar que pode evitar ficar preso novamente, tente liberar o veículo.
    • Se escolher ficar no carro, certifique-se de que a sua localização será óbvia para os socorristas.
  3. Escolha se quer ficar no carro ou deixá-lo caso esteja em uma área remota. Climas muito frios aumentam o estresse sobre o coração humano e atividades como limpar a neve, empurrar o carro e tentar passar por terrenos obstruídos podem causar ataques cardíacos ou piorar bastante outras condições. Se você estiver em um ponto removo, tiver uma boa condição física e acreditar que tem combustível suficiente para chegar a um posto de gasolina, um hotel ou algo semelhante, considere escavar a neve próxima ao veículo. Se não, será preciso tomar uma decisão -- tentar caminhar a um local seguro ou fazer todo o possível para que os socorristas lhe vejam.
    • Se ficar, escreva "SOS" novamente na neve e coloque galhos de árvores nas letras. Use um CD ou quebre um dos espelhos do carro para "escanear" o horizonte com frequência. Isso refletirá o sol e os socorristas que vierem de helicóptero reconhecerão o sinal.
    • Se você poder criar uma fogueira quando a neve parar, faça -- especialmente durante a noite -- para obter calor e sinalizar a sua localização.
    • Se escolher caminhar, deixe um recado indicando o seu objetivo; novamente: atenha-se ao plano. Crie camadas de roupas e leve suprimentos consigo, além de sair no início da manhã e fazer intervalos frequentes para descansar e se alimentar.

Dicas

  • Se você estiver em uma situação de desespero e precisar deixar o carro mas não tiver botas, use algo para rasgar as almofadas dos assentos, envolva os seus pés e a parte inferior das pernas com elas e prenda-as com fita, corda ou outro material.
  • Os fios do seu veículo podem ser usados de várias maneiras para prender as coisas; no entanto, tenha cuidado com os itens que escolhe.
  • Se você ficar preso com outras pessoas, converse com elas sobre coisas que não se relacionem com a situação. Se você estiver sozinho, conte piadas, leia um livro (caso tenha um) e repita os passos do seu plano mentalmente. O moral é uma das características mais importantes em situações de crise.
  • Se você tiver um animal de estimação consigo, é essencial que ele só saia quando o ambiente lá fora estiver seco. Se possível, cubra-o com uma manta. Se você costumar viajar com os bichos, inclua suprimentos para eles.

Avisos

  • Se uma pessoa ficar molhada, troque as suas roupas imediatamente. Se você suspeitar que ela esteja com queimaduras causadas pelo frio ou hipotermia, use o calor do seu corpo para aquecê-la primeiro. Comece pelo seu torso, não pelos braços ou pelas pernas -- isso pode fazer com que o coração pare. Depois, envolva a pessoa em roupas secas e em uma manta (caso tenha uma).
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.