Como Determinar o Sexo do seu Hamster

Já se perguntou se um hamster é macho ou fêmea, mas não consegue distinguir os gêneros de jeito nenhum? Pode ser importante diferenciá-los, em especial se mais de um hamster morar na casa e não desejar que eles deem cria. Determinar o sexo do hamster exige apenas alguns simples passos, permitindo que o dono saiba o que deve verificar. É um processo simples e rápido, principalmente porque o animalzinho não vai gostar muito de ficar sendo virado, mas pelo menos você saberá se adotou um menino ou menina!

Contendo o hamster

  1. Espere pelo momento certo de analisar o hamster. Para determinar o sexo dele, é preciso examinar a parte inferior e traseira do roedor; muito provavelmente, a melhor hora é quando ele estiver alerta e relaxado, pois pegar um hamster adormecido ou agitado é uma ótima maneira de ser mordido.
    • Dê atenção e um petisco do agrado do hamster. Esses animais não gostam de ficar de barriga para cima – o que é exatamente o que você deverá fazer com ele –, logo, acariciá-lo e dar um alimento que gosta o deixará mais calmo, permitindo que o “exame” seja mais simples.
  2. Pegue uma tigela grande ou caixa com uma toalha dentro. Dessa forma, se o hamster ficar nervoso e escapar de sua mão, ele cairá em um lugar macio e evitará que ele fuja.
  3. Pegue o hamster pelo “cangote”. Para evitar que o hamster fuja, aproxime-se dele de forma calma, sem assustá-lo. Coloque a palma de uma mão sobre o animal, apoiando o polegar e o indicador na pele sobre as omoplatas. Com cuidado, pegue a pele logo acima das omoplatas entre o polegar e o indicador, controlando a cabeça e evitando que ele o morda.
    • Não puxe a pele ou tente levantar o animal apenas pelo “cangote”.
  4. Pegue e vire o hamster. Use o resto da mão para apoiar o corpo do roedor; com a mão livre para apoiar o peso, erga-o e vire-o de forma que o corpo do animal repouse na palma da mão que está segurando o “cangote” dele. Nesse momento, todo o corpo dele deverá estar apoiado.

Procurando pelas diferenças de gênero entre os adultos

  1. Analise o tamanho do hamster. Geralmente, os machos são maiores que as fêmeas. Caso não tenha outro hamster para comparar, essa técnica não será muito útil para determinar o sexo dele; do contrário, basta analisar o tamanho dos animais. Apesar de não ser algo definitivo, o dono terá uma melhor ideia se o animal é macho ou fêmea.
    • Ao olhar de cima para um hamster macho adulto, pode ser possível perceber que a parte traseira é mais “pontuda” e alongada, enquanto as fêmeas são mais “arredondadas”.
  2. Analise a parte inferior do hamster, perto da cauda. A maturidade sexual dessa espécie é alcançada após cerca de 35 dias de idade; depois disso, é muito mais simples determinar as diferenças de gênero em hamsters. Os machos terão testículos proeminentes, deixando essa área do corpo protuberante e semelhante ao formato de uma amêndoa enquanto as fêmeas, não terão nenhuma saliência na área das “nádegas”.
  3. Examine o abdômen do pet e verifique se há glândulas mamárias abaixo da cauda. Ao encontrar testículos, o hamster é macho; caso verifique a presença de glândulas mamárias, é uma fêmea. As fêmeas apresentam seis pares de glândulas mamárias salientes.
    • Nas espécies de hamsters anões, o macho também apresenta uma glândula anal (que exala odores) muito saliente. Na maioria dos casos, ela apresenta uma cor amarela que se destaca do resto do corpo, localizada na área umbilical. Essa área é no meio do abdômen, mais ou menos onde o hamster teria um umbigo.
    • Se ainda não conseguir determinar o sexo do animal, ele poderá ainda não estar sexualmente maduro.

Procurando por diferenças de gênero em filhotes

  1. Localize as duas cavidades da parte inferior do hamster. Geralmente, elas se assemelham a dois círculos rosa pequenos e levemente elevados nas bordas. O ânus fica logo abaixo da cauda enquanto a área urogenital, onde estão os órgãos urinários e genitais, está acima do ânus (mais para o centro do abdômen).
  2. Avalie a distância entre o ânus e a área urogenital. É muito mais difícil distinguir hamsters machos e fêmeas enquanto eles são filhotes, mas isso ainda é possível ao analisar a distância entre o ânus e a área urogenital. Nas fêmeas, essas duas cavidades ficam próximas, o que até dificulta para que elas sejam diferenciadas; a cavidade urogenital (vulva, nas fêmeas) e o ânus dão a impressão de que são uma só abertura ou estrutura. Nos machos, as aberturas são mais distantes, deixando mais evidente a separação entre ânus e a área urogenital.
    • Pequenas partes inchadas podem ser detectadas nessa área se o hamster for macho. São os testículos em crescimento.
  3. Caso ainda não tenha certeza, deixe para analisar a anatomia do hamster em outro momento. Se encontrar apenas uma cavidade – em especial se ela aparenta ser grande –, muito provavelmente é uma fêmea; ainda assim, faça esses exames posteriormente ou consulte um veterinário que tenha experiência com hamsters, pois o dono pode acabar não encontrando a segunda abertura. Ela pode ser muito sutil em machos recém-nascidos, em especial se o animal for um hamster anão minúsculo.
    • O sírio, espécie de hamster que é mais adotada como animal de estimação, é solitário e precisa ser mantido em gaiola individual, ou seja, não é tão importante determinar o gênero dele logo cedo. Os anões, por outro lado, são mantidos em grupos do mesmo sexo, sendo importante confirmar o gênero antes de separá-los, evitando “gestações indesejadas” entre seus hamsters.

Dicas

  • Não esqueça que os hamsters são animais predados e ficam nervosos muito facilmente. Na maioria das vezes, tentar acalmar um hamster agitado ao acaricia-lo ou conversar como se ele fosse um filhote de cão ou gato não funcionará. O melhor é deixá-lo sozinho na própria gaiola depois que ele ficar um tempo em suas mãos.
  • Quando mais hamsters você examinar, mais simples será de determinar o sexo deles, até mesmo nos recém-nascidos.
  • Caso o hamster ganhe muito peso repentinamente, a fêmea pode estar grávida. É preciso aprender a cuidar de hamsters bebês, mas descobrir o sexo de um deles será bem mais simples!
  • Separe hamsters machos e fêmeas. Ao descobrir o gênero do roedor, é preciso separar os machos das fêmeas se não possuir a intenção de criá-los; do contrário, a chance da fêmea engravidar é muito grande. Na verdade, o melhor é ter uma gaiola para cada hamster, já que algumas espécies, como o hamster sírio, poderão brigar uns com os outros ao chegarem à fase adulta.
  • Ao adotar hamsters como pets pela primeira vez, sempre veja se não há nenhum pedaço de alimento em suas mãos para não ser mordido ao segurá-los. Crianças devem sempre ter a supervisão de um adulto ao fazê-lo e é essencial higienizarem as mãos antes de manuseá-los.

Avisos

  • Os hamsters não gostam de ficar de barriga para cima. Eles poderão morder ou fincar as garras na mão da pessoa que fizer isso.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.