Como Ser Ótimo

Cada um tem uma ideia diferente do que quer dizer ser incrível. Para uma pessoa, pode ser acordar e cantar na Broadway; para outra, pode ser salvar vidas trabalhando como enfermeiro em triagem. Embora você possa determinar o que faria de você incrível, há muitos aspectos em comum no que cada pessoa acha incrível na vida. Veja o Passo 1 para começar.

Sendo incrível na sua vida pessoal

  1. Seja apaixonado. Traga paixão a todas as partes da sua vida. Vai ajudar você a se animar com o que faz e com o que vive. Essa atitude também ajuda a encontrar amigos e parceiros amorosos, porque as pessoas são atraídas por aqueles apaixonados pelas coisas.
    • Descubra do que você gosta. Pode ser qualquer coisa, de cozinhar a jogar videogames ou salvar baleias.
    • Você deve sair e experimentar coisas novas para descobrir o que lhe interessa. Por exemplo: vá a uma palestra grátis na sua universidade local sobre as mudanças no clima global e crie paixão por salvar o planeta. Você não teria descoberto essa paixão se não tivesse saído da sua zona de conforto e tentado algo novo.
    • Você também pode dividir sua paixão com outras pessoas. Faça com que seus amigos se interessem pelos seus interesses, ou fique online e encontre pessoas com os mesmos gostos que possam se interessar pelas suas paixões. Há muitos websites dedicados a tudo, desde escaladas a costura. Você até pode procurar na sua região para ver se há um grupo devotado ao que você gosta, ou então para ver se há maneiras de fundar um (como um clube de escrita ou de quilting).
  2. Ser grato pelas coisas na sua vida é a primeira ação para melhorar suas saúdes mental e física. Isso não quer dizer necessariamente que tudo está indo muito bem na sua vida. Na verdade, a maioria das pessoas muito gratas já passaram por algum trauma ou algo que alterou suas vidas (em geral, de maneira ruim), como uma doença ou a morte de uma pessoa amada.
    • Isso quer dizer que, todo dia, você deve escrever de 3 a 5 coisas pelas quais você é grato. Elas podem ser simples, como "O sol me aqueceu hoje" ou "Eu comi bacon no café da manhã", ou grandes, como "Eu fiquei noivo hoje" ou "Meu livro foi aceito para publicação". Certifique-se de passar algum tempo pensando nas coisas pelas quais é grato.
    • Diga "obrigado" às pessoas com quem conversar ao longo do dia: o garçom que lhe traz o almoço, a moça que segura a porta para você, seu filho quando ele faz o jantar. Espalhando gratidão, não só você mostrará a si mesmo tudo pelo qual é grato (mesmo as menores coisas!), mas também espalhará apreço a todos aqueles que encontrar.
    • É impossível sentir medo/ansiedade e apreço ao mesmo tempo. Ao cultivar sua gratidão, você se deixa melhor equipado para lidar com os aspectos mais difíceis da sua vida de uma maneira saudável.
  3. Mude o que puder. Você não tem controle sobre muitas coisas que acontecem. É por isso que é importante manter controle sobre as quais você tem. Estas incluem: sua atitude em relação à vida, seu emprego, como você usa seu tempo livre, as pessoas que estão na sua vida, etc.
    • Ter atitude é imensamente importante. Você pode ter a "pior" vida de todas e, ainda assim, viver bem, porque o que conta é a atitude. Não se foque nos problemas da sua vida, a não ser que você os esteja usando como forma de aprender algo ou para fazer mudanças. Em vez disso, foque-se nas coisas boas.
    • Isso não quer dizer que você deva ignorar quando as coisas derem errado, ou mesmo que você não tem direito de se sentir triste por causa dessas coisas. Quer dizer que você não precisa ficar atolado a essa tristeza por conta de coisas que não pode mudar.
    • Confie nos seus instintos. Se seu emprego, o lugar onde você vive ou o relacionamento em que você está não parecem certos, veja se existe uma maneira de torná-los melhores (por exemplo, fale com seu chefe sobre o emprego, tenha uma conversa sobre seu relacionamento, etc). Se não der, pode ser a hora de deixar o emprego e procurar outro, procurar um apartamento diferente, um relacionamento diferente.
  4. Continue aprendendo. Aprimorar sua mente e deixar seu cérebro afiado são ótimas maneiras de manter sua saúde mental, reduzindo a possibilidade de Alzheimer, por exemplo. Ao continuar aprendendo e crescendo como pessoa, você se abre às possibilidades futuras.
    • Aprenda com seus erros. Sempre que acontecer algo em que você seja rejeitado, em que seja sacaneado, em que falhe, examine o que deu errado e o que você pode fazer de melhor na próxima vez. Erros não são o fim do mundo e, se você se lembrar disso, terá menos medo de falhar. Por exemplo: se você tentou fazer um suflê e o resultado foi algo totalmente murcho, talvez seja melhor verificar a receita para ver se você pulou um passo ou se não seguiu as instruções como deveria. O mesmo vale para qualquer tipo de fracasso em sua vida.
    • Quando mais esforço fizer para aprender algo sobre suas paixões, mais chances você terá de encontrar pessoas interessadas nelas também. Ao fazer aulas sobre algo de que você realmente gosta, ao ir a uma convenção ou ao entrar em um fórum do assunto, você estará falando sobre sua paixão enquanto aprende!
    • Há diversas maneiras de continuar aprendendo gastando pouco ou nada. Você pode se matricular em um programa como o Open University, no qual pode fazer aulas de quase qualquer matéria online e de graça. Você também pode ver o que sua cidade tem a oferecer. Muitas comunidades têm palestras grátis em museus ou universidades, ou bibliotecas. Elas, muitas vezes, oferecem a oportunidade de aprender coisas diferentes.
  5. Mantenha-se saudável. Você precisará manter sua saúde tanto quanto puder se quiser ser ótimo. De novo, há algumas coisas que não têm remédio (como certas doenças que aparecem do nada), mas manter um estilo de vida saudável pode ajudar você a lidar com essas doenças. Se você não tiver nada sério, fazer isso pode aumentar sua energia e tornar a vida mais simples de lidar.
    • Coma direito. Prefira alimentos melhores, mais saudáveis, como vegetais e frutas, especialmente os vegetais folhosos e coloridos como pimenta-caiena, acelga e cenoura. Consiga muita proteína através de carnes mais magras, como o frango. Você também pode ingeri-las, além de gorduras saudáveis, de nozes (amêndoas e nozes são as melhores), de ovos e da soja. Quando o assunto é carboidrato, evite coisas com farinha branca refinada e, em vez disso, escolha arroz integral, quinoa, aveia e grãos integrais (o pão Ezequiel 4:9 é excelente).
    • Durma o suficiente. A maioria das pessoas, hoje em dia, funcionam com um déficit de sono. Isso quer dizer que você não está funcionando tão bem quanto poderia! Tente dormir ao menos 8 horas por noite. Determine um horário para ir dormir (de preferência, antes das 11 da noite) e um para acordar. Desligue aparelhos eletrônicos (celulares, computador, iPod, etc) ao menos 30 minutos antes de ir deitar, de modo que você não estrague seus ciclos de sono.
    • Beba água. Ficar desidratado tem um efeito ruim no seu corpo. Faz você se sentir sonolento e confuso, além de lhe dar dores de cabeça e tornar a concentração difícil. Tente beber ao menos 8 copos de água por dia. A ideia é que sua urina fique em um amarelo pálido. Bebidas açucaradas ou com cafeína só o deixarão mais desidratado.
    • Exercite-se. É preferível fazê-lo pelos benefícios à saúde a como rotina para perda de peso. Exercitar faz seu corpo liberar substâncias químicas, como endorfinas, que melhoram seu humor, de modo que você se sente mais feliz. Encontre uma rotina de exercícios que lhe agrade. Pode ser qualquer coisa, de escalar uma parede em sua academia a correr ou ouvir música e dançar. Faça isso por 30 minutos todos os dias.
  6. Responsabilize-se por seus atos. Uma coisa importante em ser ótimo é responsabilizar-se pelas coisas que você faz e que sente. Lembre-se de que ninguém deve nada a você (nem respeito, sexo ou amor) além de civilidade, e o mesmo vale para você.
    • Não culpe outras pessoas quando as coisas derem errado. É claro que elas podem ter ajudado, mas é bem improvável que tudo seja culpa delas. Admitir seus erros e responsabilizar-se por eles ajudará as pessoas a verem você como alguém que sabe trabalhar em conjunto com outros, alguém que consegue lidar com as coisas apropriadamente.
    • De novo, lembre-se, não é a situação que é o problema, mas sua reação a ela. Até a pior situação pode ser resolvida com uma abordagem positiva. Por exemplo: muitas pessoas diagnosticadas com doenças severas e terminais acham que isso tira o peso de várias pretensões em suas vidas, permitindo-lhes viver mais profunda e completamente.
    • Isso não quer dizer que você não possa se sentir aborrecido, bravo ou triste. Apenas significa que você não põe a culpa dessas emoções nos outros. Ninguém pode obrigar você a sentir nada (é evidente que existem casos em que alguém inflige um dano irreparável em você, como agressão, abuso ou estupro. Aja de modo que consiga justiça por meios legais para que isso permita que você se cure).

Alcançando coisas incríveis

  1. Descubra o que quer fazer. O mundo valoriza pessoas trabalhadoras, e você passará boa parte da sua vida trabalhando, em teoria. Isso quer dizer que você precisa fazer algo que ame ou descobrir uma maneira de fazer seu trabalho de modo que ele seja recompensador.
    • Considere as coisas pelas quais você tem paixão. Se gostar de justiça social, veja como conseguir um diploma em ciências sociais ou justiça social e faça algum trabalho pro bono. Se curtir música, pode começar um acampamento para crianças com deficiência ou tocar para pessoas com problemas terminais.
    • Se você acabar em um trabalho que odeia, comece a procurar por outro. Não é preciso largar o atual de imediato e, normalmente, é melhor já ter um emprego em vista antes de largar o anterior. Mantenha a mente aberta quanto aos tipos de serviços que você pode encontrar, porque nunca se sabe o que o espera a cada esquina.
    • Se estiver em um trabalho difícil e não puder largá-lo, tente encontrar maneiras de torná-lo mais fácil. Se você tiver um chefe difícil, clientes irritantes ou se o trabalho for imensamente entediante, tente procurar soluções criativas para resolver esses problemas. Por exemplo: para um serviço entediante, procure razões pelas quais este trabalho é importante (você está alimentando pessoas, limpando a bagunça delas, ajudando alguém a conseguir um empréstimo para que ele consiga ter uma vida incrível, etc). Lembre-se dessas razões quando seu emprego estiver desanimando você.
  2. Trace metas. Embora planos mudem com frequência e rapidamente, você deve ter metas que deseja alcançar. Também é importante trabalhar para conquistá-las da melhor maneira possível, independentemente de outras coisas que estejam acontecendo na sua vida.
    • Tenha uma lista de metas ordenadas da mais importante à menos importante. Elas podem ser: correr em uma maratona de 10 km, conseguir um emprego numa editora, fazer um quilt de constelações para uma cama king size.
    • Trabalhe duro para alcançar suas metas. Se quiser trabalhar no mercado editorial, não procure um emprego sem muita força de vontade. Descubra de que precisa para conseguir o emprego que deseja. Consiga os diplomas e a experiência necessários, procure por estágios ou empregos em posições mais baixas, demonstre que está disposto a fazer aquele esforço extra.
  3. Crie prazos. A ideia é ter planos específicos traçados para que você consiga alcançar suas metas e ter um prazo para isso. Novamente, isso não quer dizer que você não possa adaptar os prazos ou mesmo as metas, ou que as coisas não podem mudar. Quer dizer, no entanto, que você deve manter o foco e alcançar seus objetivos.
    • Por exemplo: se você quiser correr numa maratona de 10 km, precisa escolher o momento e o lugar apropriados para fazê-lo. Precisar setar um prazo específico para treinamento. O quão longe e o quão rápido você precisa correr? E quando? Você está preparado para a maratona? Fez sua inscrição? Cada vez que riscar um desses itens da sua lista, você chegará mais perto da sua meta e se sentirá realizado.
    • Revisite suas metas e seus prazos todo mês. Do que você ainda precisa para cumpri-los? O que precisa ser ajustado para tornar a tarefa mais praticável? O que mudou desde a última vez em que você revisitou seus planos e o que você alcançou desde então?
  4. Pense positivo. A visualização pode parecer besteira, mas já se provou efetiva. É uma técnica que muitas pessoas famosas usaram para alcançarem o sucesso, incluindo Mohammad Ali.
    • A visualização ajuda o cérebro a se preparar para o ato físico em si, ganhar um salário maior ou chamar um garoto bonitinho para sair. Esta prática pode ajudar a aumentar sua confiança, sua motivação e a levá-lo ao sucesso.
    • Toda noite, logo antes de deitar, sente-se e visualize-se alcançando o sucesso nas suas metas e na sua vida. Veja as coisas como se estivessem acontecendo de verdade (conseguindo o aumento, dando um discurso de sucesso, chamando uma garota para sair). Utilize seus cinco sentidos: qual é o cheiro? Que sons você consegue ouvir? Quem está com você? O que você está usando? Toda noite, faça isso combinado a uma afirmação positiva: "Eu sou superconfiante", "Eu serei um editor-assistente excelente", "Eu sou um corredor incrível".
  5. Celebre suas conquistas. No caminho para a grandeza, você precisa parar um tempo para reconhecer e celebrar as coisas que já alcançou. Não há necessidade de ser uma conquista grande, que mudou sua vida para sempre. As pequenas, como "mantive minha casa limpa por 3 meses consecutivos", também contam.
    • Pense no que aconteceu nas últimas 24 horas. Qual foi uma maior realização nesse tempo? Pode ser algo simples, como "fiz um jantar delicioso e nutritivo", ou algo grande, como "não desisti de dançar".
  6. Seja criativo. Criatividade é a chave para ser bem-sucedido em sua vida, e a grandeza vem da criatividade. Ela vem de haver uma flexibilidade em sua mente para considerar outras opções que os outros já descartam de imediato. Pessoas que usam a criatividade em suas vidas costumam ter facilidade de superar obstáculos.
    • Pense além do óbvio. As pessoas tendem a se prender muito a como se deve usar certas coisas. Olhe para os objetos na sua casa e pense em maneiras alternativas de usá-los para que seu cérebro se acostume a olhar para as coisas de forma diferente. Por exemplo, você pode construir um terrário com as capas de plástico da frente de um CD.
    • Uma coisa que reprime a criatividade é o medo de falhar. Para contornar isso, considere o obstáculo ou o problema sem nenhuma limitação atrelada a ele. Estas perguntas podem ajudar você a se abrir para um mar de diferentes possibilidades: "Se eu pudesse pedir ajuda a qualquer pessoa no mundo, para quem pediria?", "Se tivesse acesso a quaisquer ferramentas existentes, quais eu usaria?", "Qual solução arriscada eu poderia tentar de modo que não restasse qualquer chance de falhar?".
    • Sonhe acordado. Este processo ajuda a formar conexões e a se recordar de informações. Não é só uma atividade irracional. Parar um tempo para deixar sua mente viajar pode ajudar você a ter ideias melhores e mais criativas. Você pode sonhar acordado enquanto caminha, antes de dormir ou até por alguns minutos no trabalho.
  7. Arrisque-se. Se quiser ser incrível na sua mente e na sua vida, você terá de correr alguns riscos e aceitar a possibilidade do fracasso. Ninguém que se deu bem na vida fez isso porque tudo deu 100% certo para eles (é claro que algumas pessoas tiveram vantagens, mas isso não quer dizer que elas não arriscaram nada).
    • Ponha a cara a tapa. Seja honesto com as pessoas quanto a quem é e ao que quer fazer. Não esconda suas paixões e seus interesses. Se você se abrir para a vida e para suas vulnerabilidades, também se abrirá para o sucesso e para as coisas novas.
    • Obviamente, seja esperto quanto aos riscos que vai correr. Por exemplo, pular de um prédio de 50 andares sem uma corda ou qualquer coisa para apartar sua queda é o tipo de risco que acarretará na sua morte ou em ferimentos graves. Isso não é aconselhável.

Cultivando um sistema social forte

  1. Encontre uma comunidade. "Comunidade" não significa necessariamente pessoas na sua cidade. Quer dizer apenas um grupo de pessoas que apoie você. Ser parte de uma comunidade pode ajudar você de verdade a viver mais e mais feliz, e pode fazer com que se sinta menos sozinho.
    • É aqui que suas paixões entram. Você pode encontrar uma comunidade e um lugar a que pertencer com base nas coisas em que tem interesse. Por exemplo: se você se interessar por justiça social, pode encontrar pessoas com o mesmo pensamento em sua área em um evento de caridade ou se voluntariando em uma ONG.
    • Você também pode encontrar uma comunidade através de pesquisa na Internet, em lugares com o Reddit e o Tumblr, por exemplo. Muitos desses lugares têm ferramentas de pesquisa para facilitar a procura de pessoas com gostos parecidos. Tudo o que você tem que fazer é pesquisar e ir falar com elas.
    • Não corte relações. Você não tem que necessariamente manter pessoas tóxicas em sua vida, mas não enxotá-las dramaticamente pode ser bom para você a longo prazo. Mesmo pessoas tóxicas podem fazer coisas como escrever cartas de recomendação para você ou apresentá-lo a outras pessoas. Isso não quer dizer que você não precise se proteger. Se alguém agir de forma ameaçadora ou depreciativa com você, você tem todo o direito de criticá-lo e removê-lo de sua vida por completo.
    • Lembre-se da regra do 30/30/30. Ela basicamente quer dizer que 1/3 das pessoas que você conhecer vai amar você; 1/3 vai odiar você, não importando o que faça; 1/3 simplesmente não vai lhe dar a mínima. Trabalhe para fortalecer os relacionamentos com o 1/3 que ama você e esqueça o resto.
  2. Seja o amigo que você gostaria de ter. Em vez de se preocupar com que tipo de amigos tem, seja a pessoa que queria ter como amigo. As pessoas respondem a esse tipo de amizade, e você vai perceber que vai acabar atraindo os amigos que deseja.
    • Apoie seus amigos. Quando algo bom acontecer com eles, celebre-os sem nem um pingo de ciúme. Quando algo ruim acontecer, certifique-se de estar lá para ajudá-los.
    • Diga a seus amigos o que eles significam para você. Seja sincero sobre a importância deles em sua vida sem se importar se eles sentem o mesmo. Por exemplo: você pode dizer a uma amiga o quanto ela significa para você escrevendo uma carta que detalhe todas as coisas incríveis que existem sobre ela. Você também pode dizer a um amigo "Eu não sei o que faria sem você. Você sempre consegue me fazer rir, mesmo quando eu estou triste".
  3. Aprenda a ouvir. Ouvir de verdade é uma habilidade que a maioria das pessoas não exercita ou que não aprende até ficarem bem velhas. Ela se refere a quando você escuta de verdade o que alguém está dizendo e pensa a respeito do assunto em vez de se distrair com, por exemplo, o que vai comer no jantar ou com a próxima coisa que você quer dizer.
    • Isso é chamado de escuta ativa. Para fazê-la, você precisa evitar se distrair com as coisas ao seu redor. Caso se distraia, peça à pessoa para repetir o que disse.
    • Faça perguntas e ouça as respostas. Em vez de responder direto com uma história ou um pensamento seus, faça à pessoa uma pergunta que continue o assunto e continue fazendo isso. As pessoas notam que você está interessado no que elas têm a dizer.
    • Mantenha o contato visual e tente evitar mostrar-se inquieto ou mexer no celular (especialmente este último). Muitas pessoas escutam com metade de sua atenção.
  4. Seja gentil. Este é difícil, porque é fácil se irritar e esquecer que as outras pessoas estão, em geral, fazendo o melhor que podem, assim como você. Ser gentil não quer dizer necessariamente ser um puxa-saco ou "legal". Quer dizer dar às pessoas o benefício da dúvida e tentar ver as coisas por outras perspectivas além da sua.
    • Por exemplo: quando aquela pessoa irritante fechar você no trânsito, em vez de se afundar na raiva (talvez até provocando o outro motorista), dê a ela o benefício da dúvida. Talvez ela não tenha visto você. Talvez esteja distraída com notícias ruins no trabalho, em casa. Talvez ela simplesmente seja uma pessoa brava que, nesse caso, merece a sua simpatia, porque a vida dela na certa será mais difícil que a sua, já que ela não consegue deixar as coisas para lá.
    • Ser gentil quer dizer não falar pelas costas dos outros, ser direto quando alguém magoar você em vez de usar-se de ações passivo-agressivas. Quer dizer não ter que dar a última palavra em discussões e, de fato, escutar o que o outro tem a dizer. Isso não significa aceitar abuso vindo de outras pessoas.
    • Seja gentil consigo mesmo, além de com as outras pessoas. Faça uma lista de coisas que você diz a si próprio frequentemente ("Sou feio", "Sou um perdedor"). Você não diria essas coisas a outras pessoas (espera-se), então, não tem por que dizer a si mesmo. Quando isso acontecer, pare e mude de ideia. Diga, em vez disso, "Estou me achando um perdedor, mas eu sei que isso é só um pensamento do momento e que não é verdade".
    • Não se compare com os outros. Sempre vai ter alguém com a vida melhor que a sua e, se continuar se comparando com pessoas que considera mais bem-sucedidas que você, vai apenas se fazer terrivelmente infeliz. Você também vai ressentir-se delas, o que é o oposto de ser gentil.
  5. Seja honesto. A honestidade é um ato de coragem, e tentar viver sua vida dessa maneira quer dizer que você se tornará ótimo independentemente do que fizer da vida ou do que conquistar. Você não precisa ser rude para ser honesto. De novo, você deve equilibrar suas opiniões com gentileza, mas isso não significa atenuar as coisas.
    • Por exemplo: se estiver no trabalho e cometer um erro, pode ser mais fácil acobertar o erro e fingir que não é com você. No entanto, isso não seria honesto. Aja com integridade e assuma o erro e dê um exemplo de como pode consertá-lo.
  6. Retribua. Esta é uma parte imensamente importante de ser ótimo. Ajudar sua comunidade (qualquer que seja) contribui para promover uma atmosfera de doação e garante que os membros dessa comunidade fiquem bem cuidados. A filantropia, na verdade, ajuda a manter sua saúde e um melhor estado mental.
    • Ajude seus amigos e sua família. Ofereça-se para levar sua avó à consulta no médico, cuide do filho do seu amigo para que ele possa sair com seu parceiro, limpe a casa da sua irmã quando ela estiver muito ocupada.
    • Voluntarie-se em sua comunidade. Pode ser algo como fazer sopa para os pobres ou abrigos. Também pode ser algo para uma ONG importante ou para um grupo local de justiça social. Você também pode doar dinheiro e coisas; mesmo uma quantidade pequena pode fazer uma diferença enorme.
    • Faça algo para um estranho. Pode ser uma doação para a poupança médica da pessoa ou comprar a bebida da pessoa que está atrás de você na fila. Faça essas coisas anonimamente, para que o ímpeto esteja no ato em si, e não no agradecimento que você vai receber por ele.

Dicas

  • Ser incrível não quer dizer ser melhor que todo mundo. Sinta-se igual às pessoas. Ajude alguém. Essa atitude quer dizer ser verdadeiro consigo mesmo e ser o melhor que você pode ser.
  • Saia com pessoas que pensem que você é incrível. Não se transforme em algo que não quer apenas para impressionar os outros. É o primeiro passo para viver uma mentira e fazer a si mesmo infeliz.

Avisos

  • Sua vida não vai ser o que você queria. A de ninguém é. Mas isso pode ser uma coisa boa se você puder seguir o fluxo e ver o lado positivo das coisas que acontecerem.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.