Como Ter Covinhas

As covinhas são marcas na parte mais carnuda da bochecha causadas por pequenas deformidades musculares, que repuxam a pele da bochecha, criando "buraquinhos". Trata-se de uma característica facial adorável e normalmente herdada geneticamente. Se não teve a sorte de nascer com covinhas naturais, saiba que ainda é possível simulá-las utilizando métodos simples (maquiagem) ou drásticos (cirurgia). Continue lendo para aprender a criar suas próprias covinhas.

Criando as covinhas com exercícios

  1. "Chupe" as bochechas para dentro, fazendo bico. Exercite os músculos da bochecha como se tivesse acabado de chupar algo muito amargo. Os lábios devem ficar repuxados e as bochechas "para dentro". Abra um pouco a mordida, para dar espaço para a bochecha dentro da boca, e feche os lábios.
    • Nota: a técnica é um remédio popular sem nenhum suporte científico. Trata-se de um método simplesmente inverificável e que pode não funcionar.
    • As bochechas ficarão para dentro, com a parte mais profunda entre os dentes, no meio da boca.
    • Se tiver dificuldade para colocar a expressão em prática, coma ou beba algo amargo para reproduzi-la naturalmente. A reação natural ao amargor é o que o exercício procura imitar.
  2. Pressione e segure as reentrâncias. Localize os pontos das bochechas cujas reentrâncias são mais profundas. Marque o ponto usando os dedos indicadores, mantendo-os firmes sobre os pontos conforme prepara-se para mexer a boca.
    • Se achar mais fácil, use os dedões ou as pontas arredondadas de dois lápis no lugar dos dedos indicadores.
  3. Sorria e reposicione os dedos conforme necessário. Mude gradualmente a expressão para um sorriso largo, mantendo os dedos no lugar. O sorriso deve ser bem aberto, pois essa é a expressão em que as covinhas costumam aparecer naturalmente. Os dedos devem estar posicionados próximos dos cantos da boca, onde as covinhas surgiriam naturalmente se as tivesse.
    • Olhe-se no espelho. Se a posição dos dedos parecer errada, deslize um pouco a ponta deles pelas bochechas, até achar o ponto ideal.
    • Pressione a área desejada para as covinhas com as pontas dos dedos. Libere imediatamente para criar covinhas temporárias. Tire uma foto se quiser; saiba que as covinhas desaparecerão assim que relaxar a boca.
  4. Continue pressionando por meia hora ou mais. Treine a boca para formar covinhas duradouras pressionando as reentrâncias por mais tempo.
    • Quanto mais tempo mantiver as covinhas marcadas, mais elas durarão.
    • No passado, pessoas utilizavam dispositivos mecânicos para exercer pressão constante na face e "fabricar" covinhas. O funcionamento deles nunca foi comprovado, mas muitas pessoas os utilizavam. O exercício acima simplesmente simula o funcionamento de tal máquina.
  5. Repita diariamente o exercício de meia hora. Se, após um mês, ainda não tiver covinhas, talvez seja uma boa ideia seguir em frente com sua vida. Como a técnica acima não tem funcionamento comprovado, a falta de sucesso pode indicar que é melhor aceitar sua condição sem covinhas.

Simulando covinhas com maquiagem

  1. Sorria! Olhe-se em um espelho e dê um sorriso bem largo e natural. Identifique os pontos onde gostaria de ter as covinhas.
    • Quando sorrir, algumas marcas se formarão nas laterais da boca. As covinhas devem ficar ao lado delas marcas, um pouco acima das pontas do lábio superior.
    • Dê um sorriso largo, mas natural. As covinhas reais são mais proeminentes durante o sorriso. Ao mostrar bem os dentes, você terá uma ideia melhor de onde ficariam suas covinhas. Não seja tímido!
    • Nota – a técnica da maquiagem funciona melhor para a criação de covinhas temporárias para imagens. As covinhas provavelmente parecerão falsas pessoalmente.
  2. Marque a parte de cima das covinhas. Elas normalmente surgem como linhas pequenas ou formas crescentes. Utilize um delineador marrom para criar um pequeno ponto onde deseja que a linha da covinha comece.
    • O marrom escuro costuma funcionar bem, pois se mescla com a pele de modo natural. Evite delineadores pretos e coloridos.
  3. Desenhe linhas curvas nas bochechas. Agora que já marcou o topo das covinhas, relaxe a boca. Partindo o ponto que marcou no Passo anterior, crie uma linha levemente curva usando o delineador.
    • A linha deve ter no máximo 2,5 cm e ser levemente curvada. Faça com que ela seja um pouco mais reta do que a ponta de uma unha para criar uma covinha natural.
  4. Esfume e redesenhe se necessário Agora que já deu forma às covinhas, basta ajustar a maquiagem para que o resultado final fique sutil e natural. Use os dedos ou um pincel esfumador para disfarçar a linha, fazendo movimentos para cima e para baixo, nunca para os lados.
    • Uma única aplicação talvez não seja suficiente para se criar o tom desejado. Repita o processo quantas vezes necessário.
  5. Sorria para checar os resultados. Avalie as covinhas no espelho: elas estão uniformes? Estão escuras demais? Claras demais? Caso algo não pareça certo, limpe o rosto e comece de novo.

Simulando as covinhas com piercings

  1. Vá até um estúdio profissional. Qualquer piercing apresenta um risco de infecção quando aplicado sem as medidas sanitárias necessárias. Não tente perfurar sua pele em casa. Marque uma sessão com um profissional de qualidade com o treinamento e as ferramentas necessárias para minimizar os riscos de infecções e complicações.
    • A maioria dos profissionais se recusará a colocar um piercing na bochecha de menores de idade, mesmo com autorização do pai ou responsável.
    • Nota – muitos profissionais não recomendam a colocação de piercings na bochecha. Enquanto os piercings de orelha e nariz perfuram apenas pele e cartilagem, os de bochecha cortam músculos e podem causar danos nervosos ou outras complicações.
  2. Limpe bem o local. Se encontrou um profissional qualificado, ele provavelmente limpará suas bochechas cuidadosamente. A parte externa da bochecha deve ser limpa com sabão antibacteriano, lenços umedecidos esterilizados ou algum método de esterilização similar para remover os microrganismos noviços que podem causar complicações.
    • Ele pedirá que você faça um bochecho com enxaguante bucal antibacteriano para minimizar as chances das bactérias presentes na boca infeccionarem o piercing.
  3. Verifique se as ferramentas também estão limpas. Os profissionais qualificados utilizam pistolas com agulhas descartáveis, pistolas que utilizam agulhas esterilizadas ou agulhas descartáveis que não necessitam de pistolas. A agulha a ser usada na perfuração deve ser completamente estéril. Nunca perfure a pele com uma agulha suja. Além disso:
    • A agulha pode ser aquecida antes do uso para maior esterilização.
    • O profissional deve lavar bem as mãos com sabão antibacteriano. Ele pode ou não usar luvas descartáveis, mesmo após lavar as mãos.
    • As joias que serão colocadas nas bochechas também precisam ser esterilizadas.
  4. Coloque o piercing. O profissional utilizará uma agulha para perfurar rapidamente a pele no local exato onde ficariam as covinhas naturais. Após a perfuração, ele colocará as joias nos buracos, além de solução antibacteriana.
  5. Cuide bem do piercing. Qualquer piercing exige cuidado especial para reduzir os riscos de infecções e complicações. Peça instruções para a pessoa que colocou o piercing; você provavelmente precisará limpar a área com uma solução salina várias vezes ao dia até que o buraco cicatrize.
    • Caso não receba uma solução salina da pessoa que colocou o piercing, não se preocupe. Para criar uma solução em casa, misture 1 colher de chá de sal com 1 copo de água destilada.
    • Aplique a solução com um cotonete esterilizado. Passe-o próximo do pino do piercing, limpando também a cabeça dele.
    • Não cutuque o piercing enquanto ele cicatriza. Ficar mexendo na joia pode transferir bactérias das mãos para a ferida. Além disso, você pode movimentar o piercing, irritando a ferida no processo.
  6. Deixe o piercing quieto por um a três meses. Esse é o tempo médio de cicatrização que deve ser respeitado antes que se possa tirar a joia da pele. Removê-la prematuramente pode fazer com que a perfuração feche. Espere pelo menos um mês para que as bochechas se recuperem parcialmente.
    • A pele iniciará o processo de cicatrização no momento em que remover o piercing. Até que a pele cicatrize, você terá dois buracos nas bochechas. Após a cicatrização, ficará apenas com duas reentrâncias que lembram as covinhas.
    • Fique de olho nas joias que utiliza nos três meses. Algumas pessoas tem reações alérgicas a determinados tipos de metal, principalmente os mais baratos.
    • Nota – os piercings são semipermanentes. As novas covinhas ficarão nas bochechas o tempo inteiro, independentemente de sua expressão facial no momento.

Dicas

  • As covinhas são bonitas. Ser você também é bonito, mesmo sem covinhas. Aceite quem é.
  • Coloque uma tampa de garrafa na bochecha e pressione-a. Você criará uma covinha falsa e temporária.
  • Você também pode realizar uma cirurgia cosmética. Não é um método natural, mas pode funcionar.

Avisos

  • Os piercings nas bochechas podem causar danos inesperados e duradouros nos músculos da face. O cuidado inadequado pode causar infecções graves. Utilize o método apenas se estiver completamente preparado para as consequências em potencial.

Materiais Necessários

  • Espelho
  • Lápis
  • Solução antibacteriana
  • Solução salina
  • Delineador marrom escuro
  • Pincel esfumador
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.