Como Escrever um Romance Curto

Você quer escrever um romance em pouco tempo? Isto consome muito tempo, não é? Com este guia, você poderá escrever um romance muito bom, tanto por dinheiro quanto por diversão.

Escrevendo seu Próprio Romance

  1. Escolha o gênero. Crime, Terror, Romance... você decide. Se não sabe qual escolher, apenas comece a escrever.
  2. Crie o elenco. Pense em um a três personagens interessantes. Escreva as características e o histórico de cada um deles. Eles devem ser familiares a você como seu amigo, seu irmão, irmã, mãe e/ou pai são. Após fazer isto, seus personagens irão falar por si mesmos e podem até te surpreender. Quando isso acontecer, você vai saber que eles são interessantes.
  3. Planeje seu romance num caderno ou em seu computador. Um esboço com os lugares do enredo pode ser detalhado de acordo com sua preferência. Podem ocorrer alguns desvios, mas isso pode manter a sensação mais orgânica do livro. Só tome cuidado para não se desviar demais. Um personagem não pode estar tentando resolver um assassinato, de repente ir para a Comicon fazer cosplay de Star Wars com os amigos e voltar a tentar solucionar o crime de onde parou.
  4. Escolha um lugar e tempo onde se passa a história (por exemplo, na Nova Iorque de 1929). Faça com que o lugar seja o mais interessante possível e que prenda a atenção do leitor!
  5. Desenvolva o enredo. Pense numa boa história em que os personagens estejam envolvidos. Pode ser do tipo "peixe fora d'água", onde o personagem se vê envolvido repentinamente numa situação estranha a ele (como em "O Náufrago"). Ou talvez algo acontece a ele ou a um familiar, e ele precisa resolver esta situação. Mas cuidado com a obviedade. Se o leitor antecipar o que vai acontecer antes de ler o desenvolvimento, é melhor que você fique desenhando equações em papel higiênico.
    • Lembre-se, não exagere no enredo! Os mais simples geralmente são os melhores.
    • Existem diversas parte numa história: o início, o conflito, o climax e a resolução.
      • O início da história não deve ser muito longo; ele deve introduzir e situar os personagens e a situação (Scrooge é um idiota; então, seu amigo volta como um fantasma para assombrá-lo).
      • O conflito é o que o personagem precisa enfrentar e resolver (fantasmas aparecem e atormentam Scrooge).
      • Tudo isto leva ao climax da história, onde as situações chegam à uma conclusão (Scrooge vê sua morte e muda suas atitudes).
      • A resolução "amarra" todas as pontas soltas e resolve o enredo (Scrooge dá um aumento e um peru para Cratchet).
  6. Escreva. Lembre-se que um livro deve ter, no mínimo, uma página, mais o preferível é que tenha mais que isso. Lembre-se que você não possui deadline, ou seja, uma data limite para escrever, portanto, não corra!
  7. Continue escrevendo e, ao terminar, deixe o romance de lado por uma semana, ou até um mês. Volte a ele e escreva-o novamente, e novamente, e novamente, mais um pouco. As primeiras publicações raramente estarão livre de erros. A maioria da magia da prosa vem ao reescrever o romance.
  8. Ao editar e finalizar o romance, encontre uma editora para mostrar seu romance.
    • Considere qual a editora correta para seu romance. Muitas delas possuem coleções e antologias que podem servir melhor ao seu romance.

Dicas

  • Tenha um limite de páginas para escrever por dia (uma por dia, uma e meia, etc). Isso lhe ajudará a administrar seu tempo e energia.
  • Pesquise quais editoras se interessariam em publicar seu trabalho. Analise com cuidado as páginas delas e pendure em sua parede, para mais inspiração. A maioria provavelmente não aceita violência, mas provavelmente não será rejeitado apenas porque seu romance contém violência ou conteúdo adulto. Existe mercado para este tipo de história.
  • Não hesite em tirar um dia de folga. Ele poderá refrescar sua criatividade.
  • Se você escreve uma parte de seu romance à noite por pelo menos uma hora, será tempo suficiente para trabalhar na história e seguir com seu emprego ou rotina. Ao escrever algumas páginas por noite, em alguns dias seu romance estará pronto.
  • Para se inspirar, leia o jornal, revistas, dê uma volta em alguns lugares, leia seu diário, assista TV e notícias.
  • Minimize ou evite palavras como: é, foi, tem, teve, ser, sido, tem sido, tinha sido, seria e assim por diante. Isso vai dar mais dinamismo às suas sentenças e elas ficarão menos chatas.
  • Faça o seu melhor para não editar enquanto escreve. Você irá travar em sentenças e parágrafos e eventualmente, perder a confiança em sua escrita. Escreva pelo menos algumas páginas antes de lê-las novamente; como alguém já disse, apenas escreva sem parar e se preocupe com a edição depois.
  • Algumas editoras baseiam suas categorias em contagem. A maioria dos romances possui cerca de 35 mil palavras e os trabalhos se baseiam nas palavras. A maioria dos programas de escrita podem lhe dar uma estimativa da contagem de palavras por páginas de duplo espaço (papel) com margens.
  • A escrita consiste em enganar a mente, para que ela pense que aquilo "está ali", logo, você deve dar uma "sensualidade" à sua escrita, ou seja, dar aos leitores uma sensação de lugares através dos sentidos: olfato, tato, audição, paladar e visão.
  • Não apresse a edição após terminar o romance. Assim, você se entenderá melhor com o editor, depois.
  • Você pode tentar o método da "bola de neve": escrever o esqueleto da história, lê-la, e dar sustentação a ela enquanto a revisa. Talvez tenha que fazer isto várias vezes, mas valerá a pena para escrever mais páginas!
  • Tente não mostrar o romance aos seus amigos e à sua família. Eles podem não querer te desagradar se não gostarem de certas passagens ou se souberem demais sobre suas escrita, desvendando comentários, piadas internas e outros aspectos. Eles também tendem a preferir histórias "bonitas" e "seguras". Ao invés disso, entre para um grupo de escritores, que são criteriosos e honestos; é a única maneira de melhorar. Aprenda a aceitar e usar qualquer conselho ou crítica ao seu favor.
  • Se estiver escrevendo um romance, ou algo com um ritmo semelhante, você deve absolutamente meter seu personagem em conflitos em após algumas páginas. Nada "mata" um romance ou história melhor do que demorar a entrar num conflito. Leia Dean Koontz para saber mais disto (Tick Tock, Strangers, Lightning and Phantoms são exemplos).
  • Para começar, escreva no seu processador de palavras: "Este é um romance de (terror, drama, etc)". Continue sempre adicionando outros detalhes e mais da história.
  • Cuidado com os "clichés": morto de susto, devagar como uma tartaruga, duro como uma pedra e frases semelhantes. Se estiver empolgado, use estas frases e reescreva-as depois.
  • Para inventar nomes, pesquise em livros de nomes para bebês.
  • Outra maneira de usar nomes é saber o que significam e relacioná-los com seu personagem. Use palavras que descrevam o personagem, mas de um modo diferente.
  • Pense sobre o público que você deseja atingir, e use diálogos que este público irá entender e se relacionar, mantendo-o relacionado com a configuração do romance. Não foque em utilizar palavras "melhores" na primeira escrita. Ao voltar para editar seu trabalho, use palavras que irão se encaixar em sua história; certifique-se de não ser formal em excesso.

Avisos

  • Não fique obcecado com as críticas de um editor se o romance for rejeitado. Se você que submeteu o livro, absorva os comentários dele e utilize-os para melhorar seu trabalho. Alguns editores podem ser duros; se receber uma carta com muitas críticas, pense se você realmente deseja trabalhar com esta editora.
  • Escrever um romance requer muito tempo, portanto, esteja pronto para dedicar-se a isto por um bom período.

Materiais Necessários

  • Um bloco de notas com lápis e caneta.
  • Um computador ou máquina de escrever (opcional).
  • Uma câmera para fotografar (isso pode lhe ajudar a se inspirar).
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.