Como Ler um Livro

Um ótimo livro é um dos grandes prazeres simples da vida. Independentemente de você estar lendo romances, obras não-ficcionais, poesias ou uma grande e pesada apostila, este guia o ajudará a aprender como aproveitar ao máximo essa experiência.

Passos Básicos

  1. Escolha um livro. Você se encontrará lendo por puro prazer pessoal caso esteja desfrutando de um trabalho normal de ficção ou não-ficção (os tipos mais encontrados em livrarias); portanto, comece a pensar sobre quais assuntos lhe interessam ou lhe entretêm. Assim que tiver algumas ideias, haverá muitos recursos que o ajudarão a escolher algo aprazível.
    • Vá à biblioteca. A biblioteca local é um bom lugar para pesquisas obras, visto que você não terá de pagar coisa alguma caso encontre algum trabalho que lhe interesse. Aponte seus interesses ao bibliotecário e peça para que ele indique uma ou duas áreas da biblioteca que possam conter obras de seu desejo.
    • Fale com aqueles que lhe cercam. Bons amigos e parentes próximos podem recomendar livros de acordo com o que gostaram de ler.
    • Procure online. A Internet está cheia de amantes de livros que ficariam mais que felizes compartilhando opiniões acerca de diversos títulos. Encontre uma comunidade que discuta sobre livros e procure temas que lhe agradem, ou visite sites de vendas e analise as críticas das obras que parecem boas. Qualquer jeito é ótimo para identificar títulos populares e elogiados em qualquer categoria.
    • Faça um evento grupal. Clubes de livros e de leituras são jeitos divertidos de descobrir mais sobre diversas obras.
      • Muitos clubes se focam em um gênero específico de trabalho, como ficção científica ou romance. Alguns trabalham com todo tipo de obra.
      • Leituras de ficção acontecem regularmente em muitas livrarias independentes.
      • Escritores de não-ficção podem, ocasionalmente, ler trabalhos ou dar palestras em colégios próximos. Participe de tais eventos para descobrir se as obras deles parecem algo que você gostaria de ler. Você pode acabar aprendendo um pouco sobre algo que lhe interesse.
  2. Adquira um livro que você queira ler. Existem diferentes meios de fazer isso:
    • Analise o livro na biblioteca. A vantagem dessa abordagem é que ela é gratuita e simples. Caso não esteja cadastrado como membro da biblioteca, cadastre-se.
      • Muitos sistemas de bibliotecas permitirão que você reserve uma cópia do livro antecipadamente pela internet. O mesmo sistema pode notificá-lo quando o livro ficar disponível, permitindo que você possa retirá-lo logo após a notificação.
      • Esteja atento ao fato de que você pode ter de esperar meses caso queira ler uma obra muito popular.
    • Compre o livro. Visite a livraria/banca e compre sua própria cópia, guardando-a por quanto tempo quiser. A vantagem desse método é que ele é pouco trabalhoso; você pode encontrar as obras mais populares de imediato e lê-las sem burocracias. A desvantagem é que você terá de pagar pela obra.
      • Visto que você pagará, certifique-se de pegar o livro e ler algumas páginas dele primeiro. Assim, você descobrirá se o estilo do autor lhe agrada antes de lê-lo.
    • Tome o livro emprestado. Amigos e parentes que recomendam uma obra normalmente terão uma cópia e ficariam felizes de emprestá-la a você por tempo indefinido.
      • Certifique-se de tomar conta dos livros que foram pegos, e leia-os de maneira rápida para não se esquecer de devolvê-los.
    • Compre eletronicamente o livro. Com o advento de e-readers portáteis e smartphones nos últimos anos, edições eletronicamente publicadas de livros impressos estão se tornando cada vez mais comuns.
      • O custo de um livro virtual normalmente é ligeiramente menor do que o custo de uma cópia física; portanto, você pode economizar dinheiro caso tenha um e-reader.
      • Assim como um livro de papel-e-tinta, a obra eletrônica é sua assim que você pagar por ela.
      • Lembre-se de que é mais difícil levar edições eletrônicas consigo caso planeje viajar ou acampar.
  3. Leia seu livro. Encontre um lugar confortável para se sentar, certifique-se de que haja bastante luz e abra o livro. Comece do início, que normalmente é o primeiro capítulo quando não há algum material introdutório. Leia cada página até o livro terminar. Se houver qualquer material de conclusão, espere ter terminado o resto do livro antes de lê-lo.
    • Decida se você quer ler ou não o material introdutório. O material introdutório é a parte escrita do livro que antecede seu primeiro capítulo. Ele surge em quatro variações básicas, cada uma delas servindo a um diferente propósito. Você pode decidir se quer ler ou não essa determinada seção. Os quatro tipos de materiais introdutórios são:
      • Agradecimentos: Uma seção breve que lista pessoas que ajudaram o autor de alguma forma durante o processo de escrita. Você pode ler os agradecimentos se quiser, mas a maioria das pessoas não se incomoda com eles. Os agradecimentos comumente aparecem no final do livro.
      • Prólogo: O prólogo é escrito por uma pessoa diferente do autor; portanto, ele normalmente é visto apenas em edições posteriores de um trabalho que causou alguma espécie de impacto no passado, como romances premiados ou obras científicas importantes. O prólogo fala um pouco sobre o que esperar do livro, e porque é importante lê-lo.
      • Prefácio: O prefácio é escrito pelo autor do livro. Ele normalmente (mas nem sempre) é mais curto que o prólogo, e é basicamente um ensaio que explica como e porque o livro foi escrito. Caso tenha se interessado pela vida pessoal do autor ou pelo processo criativo, o prefácio pode lhe dar informações valiosas.
      • Introdução: A introdução é o lugar onde o autor fala diretamente com o leitor e apresenta o livro, revisando qual a intenção dele e animando o possível apreciador. A introdução normalmente é encontrada em livros de não-ficção.
    • Decida se você quer ler ou não o material de conclusão. O material de conclusão é constituído por outros textos, tipicamente de autores diferentes, que aparecem após o final da obra principal.
      • O material de conclusão tipicamente é composto por ensaios ou editoriais no próprio livro, e comumente não é visto fora de “edições estudantis” acadêmicas de certos trabalhos muito famosas, como As Vinhas da Ira de John Steinbeck.
      • Assim como com qualquer material introdutório, todo o material de conclusão é totalmente opcional.
      • Se você gostou muito do livro, o material de conclusão pode lhe dar a chance de revisitar partes dele; se você não compreendeu a importância do trabalho, ele pode fornecer importantes informações históricas e culturais. De qualquer maneira, a maioria das pessoas ignora tal material.
  4. Estabeleça um ritmo. Ler um livro muito bom é uma experiência que faz o tempo voar. Tenha um marcador de páginas em mãos e certifique-se de não passar muito tempo lendo. (Programe o cronômetro no seu celular/relógio caso precise.) Isso permitirá que você aproveite o livro por mais tempo, evitando deixar de lado responsabilidades ou desobedecer prazos por ter mergulhado completamente na obra.

Lendo um Livro de Ensaios ou Poemas

  1. Passe os olhos na tabela de conteúdos e no índice. A maioria dos livros compostos por pequenos textos possui uma tabela de conteúdos para facilitar o acesso à determinada obra. Alguns também têm um índice ao final, que listará palavras-chave e outros termos importantes enquanto indica as páginas onde eles aparecem.
    • Um jeito eficiente de ler um livro de poemas ou ensaios é escolher um texto que pareça interessante e ir direto a ele. Você pode ler esse item primeiro e decidir como se sente quanto a ele. Em seguida, ajuste seu método de pesquisa para encontrar mais textos parecidos com o que gostou e evitar coisas chatas ou menos impressionantes.
  2. Pule textos. A não ser em poemas extensos (como a Ilíada de Homero ou Os Lusíadas de Camões), a maioria das coletâneas de trabalhos curtos pode ser lida na ordem que você quiser. Passe o olho e folheie o livro, parando sempre que algo despertar seu interesse.
    • Faça com que essa experiência seja sua. Aborde-a de acordo com suas vontades pessoais em vez de tentar ler direto. Você ficará surpreso e maravilhado a cada página virada, em vez de sentir que é preciso passar por elementos desinteressantes até chegar à parte boa.
    • Mantenha os olhos abertos. Você ficará mais ligado ao tom do livro; objetos que pareciam de pouca importância começarão a parecer interessantes. Você sempre terá algo mais para ler.
  3. Leia interativamente. Abite a escrita dentro do livro e faça com que ela se torne parte de sua vida ao enfatizar suas partes favoritas. Você aproveitará um pouco mais do que se tivesse de desconstruir secamente a obra ou acompanhá-la de maneira linear.
    • Anote coisas sobre o material. Anote números de páginas ou nomes de autores para identificar objetos particularmente agradáveis para que você possa revisitá-los mais tarde.
    • Use uma caneta. Se você possui o livro, considere marcá-lo levemente com uma caneta sempre que vir uma frase ou palavra que chame sua atenção.

Lendo um Livro Didático

  1. Tome notas. É possível ler um livro didático por diversão, mas a prática não é muito comum. A maioria das pessoas lê livros didáticos por precisarem de informações, sendo que tais obras são excelentes fontes de informações concentradas e organizadas em muitos tópicos. Para aproveitar maior parte da leitura, tenha um caderno de anotações por perto enquanto lê.
    • Estabeleça um padrão. Leia um parágrafo por vez, e pare para anotar o que o parágrafo disse. Tente resumir isso em uma ou duas frases rápidas.
    • Revise seus resultados. Ao final de sua sessão, você terá uma cópia pessoal de todas as informações necessárias. Releia-as para garantir que tudo faça sentido.
  2. Leia capítulo por capítulo. Normalmente, não é necessário ler o livro todo do começo ao fim, mas não é muito útil pular de seção a seção. Em vez disso, sempre que você ler uma parte do capítulo, planeja lê-lo completamente.
    • Compreenda melhor o que você lê. Leia o capítulo inteiro para colocar toda a informação necessária em um contexto sólido, facilitando a compreensão e a memorização dela.
    • Comemore. Não há necessidade de reler um capítulo inteiro caso tenha terminado. Você pode coletar os fragmentos interessantes mais tarde.
  3. Anime-se. Você provavelmente está lendo o livro didático para estudar e conseguir boas notas em determinada aula. Livros didáticos são leituras densas e lentas; portanto, o melhor meio de abordá-las é através do progresso antecipado e lento.
    • Estabeleça uma data. Agende um espaço de tempo regular para ler seu livro didático. A leitura dele ficará muito mais fácil do que se você houvesse tentado lê-lo completamente no dia antes da prova.

Dicas

  • Apesar de ser mais um caso de ser lido do que ler um livro por conta própria, audiolivros podem ser boas escolhas para determinadas situações. Audiolivros são livros profissionalmente gravados para serem escutados em tocadores de música. Eles podem ser uma alternativa decente à leitura caso queira desfrutar de uma boa história durante uma longa viagem.
  • Não se esqueça de acompanhar as datas de entrega da biblioteca. Retorne ou renove os livros na data certa para evitar multas.
  • Caso tenha em mãos um livro que não saiba bem se será bom ou não, mas ainda queira dar a ele uma oportunidade, leia um capítulo ou 20 páginas antes de continuar. Caso não se anime agora, você provavelmente não se animará mais.
  • Leia no humor certo. Se você estiver distraído, nervoso ou muito preocupado para se concentrar, boa parte da experiência não valerá a pena. Você não conseguirá se lembrar do que foi lido.
  • Feche os olhos e entre no mundo do livro caso ele seja de mistério/suspense, magia e mistério, fantasia ou ficção realista.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.