Como Desenhar Coisas de Forma Realista

Desenhar objetos reais e pessoas reais de forma que pareçam reais ou como fotografias é chamado de Realismo. Este estilo de desenho é difícil de dominar, mas os fundamentos básicos são fáceis o bastante de se aprender. Assim como em todas as habilidades, é preciso prática e paciência, mas com um pouco de trabalho, você também pode desenhar coisas realistas. Continue lendo para obter dicas e instruções valiosas.

Conseguindo as Ferramentas Certas

  1. Use lápis. A ferramenta mais comum para desenhar neste estilo é um lápis. Os lápis permitem que você faça as sombras facilmente e deixe em branco ou apague áreas para fazer a iluminação. Lápis são fáceis de fazer camadas, dando a você um grande controle sobre a imagem que você está criando. Eles também se misturam relativamente bem.
    • Os lápis vêm com espessuras diferentes (criados para conter mais ou menos grafite). Quanto mais duro o lápis, mais leve será a marca. Use lápis diferentes dependendo do quão claras ou escuras suas linhas precisem ser. Lápis duros serão rotulados com um H e lápis macios serão com um B. Quanto maior o número listado ao lado da letra, mais duro ou macio o lápis é. Um lápis padrão, por exemplo, é um HB.
  2. Use canetas. Você também pode usar canetas para criar desenhos realistas. Isso se valerá de linhas e proporções altamente precisas, bem como hachuras, variações de linhas e sombras no estilo hachura. Você pode usar qualquer caneta para isso, mas você obterá os melhores resultados com uma caneta tinteiro ou caneta pincel, já que dará a você uma melhor oportunidade de modificar a espessura das linhas.
  3. Use carvão. Você pode usar carvão para criar desenhos realistas também. O carvão talvez seja o meio de desenho mais fácil para se criar sombras e luzes, um aspecto crucial do desenho realista. O carvão é facilmente borrado, o que pode ser usado para seu benefício, mas também pode criar dificuldades.
    • O carvão para desenho vem em tamanhos e formas diferentes. O carvão em bastões é ótimo para os traços médios, enquanto os lápis de carvão são ótimos para fazer detalhes.
  4. Use o papel adequado. Dependendo de que meio você use, você precisará ter o tipo apropriado de papel. O carvão especialmente exige um papel feito para esse tipo de ferramenta (um papel bastante texturizado que dá ao carvão algo para se fixar). Lápis irão funcionar em papéis mais macios, já que isso ajudará ao esfumar.
    • Certifique-se de procurar por papéis arquivístico sem ácido, quando disponível. Isso impedirá que seus desenhos fiquem amarelados com o tempo, ou de outra forma ficarem acabados.
    • Além do papel especial, o carvão exige o uso de um fixador em spray para impedir que ele borre, assim que você tiver terminado de criar sua imagem.
  5. Consiga um esfuminho. Um esfuminho é um rolo de papel prensado em formato de lápis. A ponta do esfuminho é usada para esfumar o carvão ou o lápis, formando o gradiente suave de sombras em seu desenho. Você precisará fazer a ponta dele sempre que ele ficar muito coberto de carvão ou grafite. O esfuminho pode ser comprado ou feito à mão.
  6. Consiga uma borracha. Uma borracha é um item inestimável para remover os erros e criar luzes. Você pode usar uma normal de vinil ou de borracha para lápis, ou uma borracha maleável para carvão. Você também pode usar a borracha maleável para lápis, já que ela pode ser facilmente moldada para ter uma ponta fina para fazer os detalhes.

Desenhando Objetos da Vida Real

  1. Desenhe usando um modelo. A maneira mais fácil de desenhar objetos da vida real é usando um modelo. Desenhe o que está à sua frente. Pode ser uma pessoa, um objeto, ou uma paisagem. Desenhar diretamente de algo que você pode observar irá resultar numa grande melhora das suas habilidades.
    • Tente trabalhar o mais rápido que puder. Isso irá ensinar ao seu cérebro a pegar as informações mais importantes de forma rápida e eficiente. Note as formas básicas e proporções antes de continuar para os detalhes. Isso irá prevenir que você tenha que ajustar as coisas se seu modelo se mexer.
  2. Desenhe a partir de uma fotografia. Se você não tiver um modelo vivo disponível, estiver preocupado do modelo se mexer demais, ou simplesmente não tem tempo para dedicar ao desenho de um modelo vivo, você pode desenhar a partir de uma foto, ao invés disso. Não é uma ferramenta de aprendizado tão eficaz, mas produz resultados similares em termos de desenho final.
    • Se você quiser desenhar algo foto-realista, mas não tem as habilidades adequadas, este será o método mais fácil já que você poderá perceber os mínimos detalhes em seu próprio ritmo.
  3. Desenhe a partir da sua imaginação. Embora você não vá aprender tanto, você pode simplesmente criar uma imagem realista a partir da sua imaginação. Para ser realmente realista, você precisará ter um excelente entendimento de luz e sombra, bem como proporção, forma e física.

Tracejando a Forma

  1. Esboce antes de começar. Antes de começar, crie esboços do que você quer que seja sua imagem final. Isso irá ajudar você a criar uma imagem final melhor ao permitir que você explore a composição e os detalhes, assim como irá funcionar como um treino.
    • Você pode começar com pequenos esboços, ou pequenas imagens que devem demonstrar apenas as formas básicas do desenho. Essa é uma ótima maneira de decidir o layout geral (geralmente chamado de composição, nas belas artes).
    • Assim que você tiver decidido a composição, você pode fazer um esboço mais detalhado. Isso irá ajudar você a se acostumar a criar a forma do sujeito, agindo como um tipo de treino. Se você tiver muita dificuldade com a imagem durante esta fase, será um indício de que você deve usar uma pose ou forma mais simples.
    • Encontre as formas básicas. Quando estiver criando estes esboços, procure pelas formas básicas que formam o objeto do desenho. Todas as coisas que existem são compostas de formas ou de diversas formas. Narizes, por exemplo, são pirâmides complexas, enquanto árvores são um conjunto de cones ou círculos. Encontre as formas para ajudar você a dar dimensão ao seu desenho, bem como para ajudar você a desenhar corretamente.
    • É interessante desenhar sua imagem final por cima do esboço, seja o básico ou detalhado, dependendo da sua preferência pessoal. Isso permitirá que você mexa com as formas, bem como dará a você um guia para criar sua imagem final.
  2. Desenhe primeiro a silhueta completa do sujeito. Faça isso da forma correta e você vai achar muito mais fácil descobrir o que vai onde. Você, muitas vezes, achará mais fácil desenhar o formato do espaço negativo ao redor do objeto, do que a própria borda do objeto.
    • Por exemplo - quando você desenhar um olho, não desenhe a pupila primeiro e depois o resto; ao invés disso, desenhe apenas a parte branca do olho e você terá desenhado automaticamente o olho inteiro.
  3. Desenhe o que você vê, não o que você acha que vê. Um dos aspectos mais importantes de desenhar images realistas é garantir que você está desenhando o que você realmente está vendo, ao invés do que acha que está vendo. Nosso cérebro costuma generalizar as imagens, então prestar atenção e recriar o que seu cérebro costuma ignorar não irá apenas criar uma imagem mais realista, mas também irá te ensinar bastante.
    • Um truque para prevenir isso é pegar uma imagem de uma revista, virá-la de cabeça para baixo e desenhá-la. Esta técnica faz com que nosso cérebro pense que está olhando para algo novo, ao invés de algo que você acha que tem familiaridade. Desta forma, você pode desenhar o que você realmente vê - apenas formas - ao invés de desenhar o que você sempre presumiu que o objeto parecesse.
    • Preste atenção em particular a coisas como orelhas, narizes, folhas de árvores e colarinhos de camisas. Estas são coisas que costumamos generalizar em nossas mentes e ignorar os detalhes delas. Se você quiser desenhar algo de forma realista, certifique-se de que você esteja desenhando as coisas que a tornam única. Coisas como as orelhas são amplamente diferentes entre pessoas diferentes.
  4. Use perspectiva. A perspectiva, ou como os objetos parecem ter tamanhos diferentes em relação à distância que estão de você, é muito importante para tornar os objetos mais realistas. Quando estiver criando uma paisagem realista, por exemplo, você precisará desenhar as árvores mais afastadas em tamanho menor e com menos detalhes, muito embora elas possam ser maiores do que as árvores que estão próximas a você. Isso irá imitar como seu olho percebe os objetos e tornará a imagem mais realista.
  5. Preste atenção às proporções. As proporções são os tamanhos dos objetos em relação uns aos outros. Especialmente quando estiver desenhando pessoas, prestar atenção às proporções será crucial para tornar sua imagem mais realista. A maioria dos rostos humanos, por exemplo, segue fórmulas matemáticas que fazem com que as partes do rosto e do corpo se alinhem de forma particular. Errar nas proporções fará com que seus desenhos pareçam cartunescos ou estranhos.
    • Por exemplo, os humanos têm de cinco a sete cabeças de altura. Há um olho de distância entre um olho e o outro. A linha da boca geralmente aponta para o canto da mandíbula. Há um pé de distância entre o cotovelo e o punho. Existem muitas medidas com estas no corpo humano e pode levar tempo para aprendê-las, mas é um processo recompensador e interessante.

Dominando as Sombras e os Brilhos

  1. Decida suas fontes de luz. Os brilhos e as sombras irão fazer a maior parte do trabalho em tornar seu desenho foto-realista. Quanto mais detalhados forem os brilhos e sombras, mais realista seu desenho parecerá. Contudo, antes de colocá-los, você precisará decidir onde em seu desenho está sua fonte de luz.
    • Uma fonte de luz pode ser algo como uma lâmpada, ou pode ser a luz de uma janela. Se estiver do lado de fora, pode ser o próprio sol. A luz irá viajar em uma linha reta a partir de sua fonte e irá acertar os lados do objeto que você está desenhando que estão virados para ela.
  2. Coloque as sombras. As áreas que estão escondidas ou bloqueadas da linha de iluminação estarão nas sombras. Quanto mais longe da luz, mais escura é a sombra. Assim que você tiver determinado de onde vem a luz no seu desenho, decida onde suas sombras mais escuras estarão e comece a sombrear deixando estas áreas escuras. As sombras dão aos desenhos profundidade e forma.
    • Seu próximo passo será adicionar as sombras médias. Estas são áreas que estão apenas parcialmente nas sombras e não são tão escuras quanto as áreas mais profundas. Continue fazendo isso até que você tenha de três a seis níveis de áreas de sombreamento.
    • Assim que você tiver colocado suas sombras, misture elas usando seus dedos ou um esfuminho. Isso irá formar um gradiente suave na sua sombra. Mantenha as linhas fortes da sombra se existirem, tais como sombras de uma mesa ou outro objeto sólido.
    • Traços e variações de linhas. Se você estiver usando tinta ou não quiser usar sombras em gradiente, você pode adicionar profundidade e forma usando linhas e texturas cuidadosamente colocadas. Faça traços mais grossos em áreas onde haveria sombras, como o declive na parte de cima de uma maçã, ou a parte de trás do pescoço onde ele se junta próximo à orelha. Use as linhas para seguir a forma de um objeto e linhas sobrepostas em direções diferentes para criar a aparência de sombras.
    • Procure por hachura (em Inglês, hatching ou etching) para ver exemplos e dominar os exemplos desta arte. Fazer esse tipo de desenho é muito desafiador e é preciso muita prática. Porém, é muito versátil.
  3. Posicione os brilhos. Assim que você tiver colocado todas as suas sombras, adicione os brilhos aos locais onde a luz atinge diretamente o objeto. Você pode fazer isso apagando ou usando um carvão branco ou uma substância similar.
    • Em um rosto iluminado na frente, por exemplo, os brilhos irão acima da sobrancelha, abaixo da linha do nariz, na bochecha e no queixo, já que estas são as áreas que se sobressaem mais no rosto.

Dicas

  • Use um lápis de ponta fina para áreas detalhadas, como cílios e rugas. Isso vai facilitar o desenho deles e torná-los mais realistas. Uma boa espessura de lápis deve ser de .5mm ou menor.
  • Desenhar cabelo e pele de forma realista é uma das habilidades mais difíceis de se dominar. Lembre-se de desenhar os cabelos em grupos, pois é assim que crescem. Cada parte terá suas sombras e iluminações. Isso irá ajudar a fazer com que o cabelo desenhado pareça real. Além disso, lembre-se de observar as imperfeições na pele. Sardas, manchas, cicatrizes e rugas são o que fazem a pele parecer real, ao invés de plástica.
  • Divirta-se!
  • Vire seu papel ou olhe para ele em um espelho de vez em quando enquanto está desenhando. Isso vai permitir que você veja quando estiver desenhando de forma irregular. É muito comum desenhar um olho mais alto ou maior que o outro. A mandíbula também é frequentemente desenhada de forma desigual. Virar seu desenho é muito útil e terá muito impacto durante a fase de esboço.
  • Desenhe com frequência. Tenha um livro de desenho e desenhe sempre que puder. Desenhe pessoas ao seu redor enquanto anda de ônibus ou trem. Você também pode desenhar as coisas ao seu redor quando estiver almoçando, ou sentado e assistindo TV. Praticar, muitas vezes ajudará você a desenvolver suas habilidades mais rapidamente.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.