Como Tomar Cúrcuma em Pó

A cúrcuma (ou açafrão-da-terra) em pó é empregada como um delicioso tempero na culinária do Sul da Ásia. Ela pode trazer inúmeros benefícios à saúde, que vão desde facilitar a digestão até prevenir doenças degenerativas perigosas como o Alzheimer. Embora a cúrcuma seja um pouco amarga e tenha um paladar desagradável quando fresca, há muitas maneiras de incorporar esse poderoso antioxidante à alimentação diária e aos cuidados com sua saúde.

Usando a cúrcuma de diferentes maneiras

  1. Utilize a raiz. A cúrcuma pode ser encontrada na raiz da planta Curcuma longa. É possível comer esse parente próximo do gengibre na forma fresca, embora ela tenha um gosto amargo.
    • Recomenda-se consumir entre 1,5 e 3 g dessa raiz por dia.
  2. Adicione a cúrcuma em pó a alimentos e bebidas. A cúrcuma geralmente é encontrada em forma de pó. É preciso tentar consumir entre 400 a 600 mg da especiaria, três vezes ao dia. Adicione-a a molhos, sopas ou bebidas como leite e chá.
    • Para fazer chá de açafrão-da-terra, ferva uma xícara de água e dissolva duas gramas de cúrcuma em pó na água. Adicione também limão, mel e gengibre para melhorar o sabor do chá.
    • Se esta não for a sua bebida preferida, você também pode colocar uma colher de chá de cúrcuma em pó em um copo de leite a fim de acrescentar propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias a ele.
  3. Use tintura de cúrcuma. Todos os benefícios da raiz de cúrcuma estão reunidos nela. É possível adicionar de 2 a 3 gotas de tintura de açafrão-da-terra na água, em chás, sopas ou em qualquer outro líquido que você tome no dia a dia com facilidade.
    • É possível comprar a tintura de cúrcuma na maioria das lojas de produtos naturais ou no setor de temperos de um supermercado local.
  4. Faça uma pasta de cúrcuma. Se você tiver cortes ou queimaduras, a pasta de cúrcuma pode ser a melhor forma de aproveitar os benefícios da especiaria, pois ela pode ser colocada diretamente sobre a área afetada.
    • Misture água, cúrcuma em pó e gengibre em pó e mexa tudo. Use uma espátula ou um pincel esterilizado e limpo para aplicar na área machucada. Se você usar as mãos, é preciso que elas estejam limpas antes de aplicar a pasta. Deixe a pasta no local por algumas horas.
    • Para tratar queimaduras menores, você pode aplicar pasta de cúrcuma e Aloe vera. Misture porções iguais de cúrcuma em pó e de Aloe vera para fazer a pasta.
  5. Tome comprimidos de açafrão-da-terra. A cúrcuma também está disponível na forma de cápsulas. A dose pode variar dependendo da embalagem, mas os comprimidos são geralmente de 350 mg. Pode-se tomar de um a três comprimidos por dia. Se você tiver desconforto estomacal, é possível tomar uma dose maior (três comprimidos). Eles podem ser encontrados em uma farmácia ou loja de produtos naturais da região.

Entendendo quando não usar cúrcuma

  1. Regule as doses. Mesmo que a cúrcuma traga muitos benefícios para a maioria das pessoas saudáveis, é necessário não ultrapassar a dosagem recomendada ou você pode ter dores de estômago. Consulte um médico para saber a quantia correta que se deve incluir na alimentação.
  2. Não use a cúrcuma como um remédio se você estiver grávida ou amamentando. O consumo de porções normais adicionadas aos alimentos não causa problemas, mas não tome doses adicionais em forma de cápsula ou tintura.
  3. Evite a cúrcuma caso você seja diabético. Fale com o médico antes de começar um tratamento com açafrão-da-terra se o nível de açúcar no seu sangue for anormal. A cúrcuma é conhecida por diminuir os níveis de açúcar no sangue. Caso você sofra de hipoglicemia, é preciso evitar o uso medicinal da especiaria.
    • Além disso, a cúrcuma também pode interferir nos medicamentos prescritos para tratar a diabetes.
  4. Não utilize a cúrcuma caso você sofra de acidez estomacal excessiva. Evite-a se você estiver tomando remédios para controlar a acidez estomacal, como Pepcid e o Zantac, pois pode haver interação.
  5. Caso você tenha problemas na vesícula, evite o uso de açafrão-da-terra. Ele pode ajudar a regular a quantidade de bile produzida numa vesícula biliar saudável. Porém, o uso da cúrcuma pode ser prejudicial se você tiver problemas de vesícula, pois ela induz à formação de cálculos biliares ou até à obstrução do ducto biliar.

Conhecendo os benefícios da cúrcuma

  1. Alivie a indigestão. A cúrcuma contém um poderoso elemento chamado curcumina. É comprovado que a curcumina alivia indigestões por seu efeito sobre a vesícula biliar. Ao estimular a vesícula biliar a produzir mais bile, a curcumina melhora a digestão e alivia a sensação de inchaço.
  2. Diminua inflamações. A curcumina também é um anti-inflamatório eficaz e, como tal, pode auxiliar em casos de vários problemas de saúde, desde artrite e psoríase até dores crônicas nas costas e no pescoço.
    • A curcumina evita a ativação do gene ciclo-oxigenase-2 (COX 2) que produz uma enzima que pode gerar uma inflamação dolorosa.
  3. Cicatrize cortes e feridas. A cúrcuma tem uma forte propriedade antibacteriana, que ajuda na cicatrização de cortes e os protege de infecções.
  4. Previna doenças cardíacas. As doenças cardíacas geralmente são causadas pelo acúmulo de placas nas artérias do coração. As propriedades anti-inflamatórias do açafrão-da-terra melhoram a circulação sanguínea e mantêm as artérias sem placas.
    • Ao utilizar a cúrcuma para manter a circulação sanguínea saudável, é possível diminuir os riscos de ataques cardíacos ou de um acidente vascular cerebral.
  5. Previna-se contra o câncer. Embora não haja estudos conclusivos sobre o papel da cúrcuma na inibição do câncer, resultados preliminares indicam que ela pode retardar ou evitar o desenvolvimento de células cancerosas no cólon, na próstata e nos pulmões.
    • A população da Índia tem uma das menores taxas de incidência de câncer nesses órgãos (13 vezes menor que a dos Estados Unidos). Muitos pesquisadores acreditam que especiarias como o açafrão-da-terra em pratos típicos indianos sejam responsáveis por estes índices.
    • Acredita-se fortemente que as propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias potentes da cúrcuma sejam úteis na prevenção de câncer. A inflamação costuma ser um fator responsável pelo desenvolvimento de células cancerosas.
    • Não tente curar um câncer usando apenas suplementos naturais e ervas. É preciso fazer um tratamento com um oncologista se você estiver doente.

Dicas

  • Muitos médicos comparam os benefícios anti-inflamatórios e antioxidantes da cúrcuma com analgésicos não esteroides de venda livre, exceto pelo fato da cúrcuma oferecer um número bem menor de riscos e efeitos colaterais do que essas drogas.
  • Não confunda o açafrão-da-terra (cúrcuma) com o açafrão comum. Eles são completamente diferentes e o açafrão não oferece os mesmos benefícios que a cúrcuma.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.